Postagens

Mostrando postagens de Junho 14, 2009

Voar é com os pássaros

Numa tarde de 2043...

Sidney Borges
O rapaz entrou no bar do 23º andar de um velho edifício da Quinta Avenida, em Manhattan. Estava vazio, apenas uma mesa ocupada por um velho muito forte.

- Ouvi dizer que da janela deste bar é possível voar. É verdade?

O barman que esfregava o balcão de mármore parou, mordeu o cigarro que pendia do canto da boca e não respondeu. Seus olhos buscaram o freguês que lia jornal.

- O senhor sabe de alguma coisa? Perguntou o rapaz.

- Depende.

- Depende do quê?

- Das correntes.

- Como assim?

- Não dá pra explicar, melhor ver como está.

Na janela o velho sentiu o vento:

- Dia perfeito. Vou mostrar.

Sentou-se com as pernas para fora, virou-se e esticou o corpo até ficar na horizontal. Com um leve movimento de ponta de dedos empurrou o parapeito e recuou flutuando com os braços abertos. O impulso foi suficiente para levá-lo até o outro lado da avenida, onde tocou num prédio e voltou.

O rapaz ficou radiante.

- Quer tentar?

- Quero.

Cheio de adrenalina o jovem repetiu os moviment…

Tá explicado

Imagem
Na descida todo santo ajuda

Sidney Borges(Raciocinando em bloco como o Lula)
A foto mostra de forma clara e cristalina o porquê das nações do Hemisfério Norte serem ricas e desenvolvidas.

Veja a linha tracejada. É perfeitamente horizontal, no entanto o oceano aparece mais alto do lado direito. Faz sentido, o Norte é em cima e quando queremos subir precisamos fazer esforço. Certo?

Os barcos que vêm do Norte descem, caso do veleiro que nem sequer levantou as velas. Para eles tudo é fácil.

Já os barcos que vão para o Norte precisam de motor.

As mercadorias têm custo reduzido e proporcionam lucros exorbitantes quando são transportadas do Norte para o Sul.

Felizmente com o petróleo do pré-sal o desnível oceânico deixará de ser problema.

Twitter
Imagem

"Secreta"

Quem é o culpado? O mordomo? Quanta obviedade!

Sidney Borges
Desta vez não há muito a investigar. O mordomo é a prova do crime. Roseana Sarney, filha do donatário do Maranhão, José Sarney, presidente do Senado, tem um serviçal com salários pagos pelo Senado.

Mordomo de mil e uma utilidades.

"Secreta" é o apelido da fera. Amaury de Jesus Machado é o nome.

Sarney é amigo de Lula. Amigo de fé, irmão, camarada.

Roseana é ex-senadora e governadora do Maranhão.

Secreta, digo Amaury, ganha doze mil reais por mês.

Gente fina é outra coisa!

Twitter
Imagem

Demorô...

Anatel proíbe Telefônica de vender Speedy

Após sucessivas falhas do serviço de acesso à internet, agência decide forçar operadora a comprovar qualidade do serviço

Multa estipulada em caso de descumprimento será de R$ 15 milhões e de R$ 1.000 por unidade do Speedy vendida durante a proibição

Folha de São Paulo
A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) publica na segunda-feira no "Diário Oficial" da União um despacho em que proíbe a Telefônica de vender o Speedy, produto de acesso à internet em banda larga, até que a operadora implemente medidas que assegurem a qualidade do serviço. A agência só vai liberar o Speedy quando a Telefônica comprovar que as medidas impedirão novos colapsos.

Caso a operadora descumpra qualquer item do despacho, será multada em R$ 15 milhões. Além disso, a agência fixa também um valor (R$ 1.000) para cada unidade do Speedy vendida e habilitada durante a vigência da proibição.
A agência também determinou que a operadora informe os clientes, com a seg…
Imagem

Palavra do dia

Meteorito

Na última semana, na Alemanha, um garoto de 14 anos foi atingido por um meteorito quando se dirigia à escola. Segundo o seu relato, o meteorito tinha o tamanho de uma ervilha e ainda estava incandescente quando atingiu sua mão, antes de chocar-se com o chão e abrir uma cratera.

A palavra "meteorito" tem sua origem no francês "météorite", da junção de "meteoro" com o sufixo "-ite". Este substantivo masculino designa um fragmento de corpo celeste que atravessa a atmosfera e cai sobre a terra.
Definição do "iDicionário Aulete":

(me.te:o.ri.to) sm.

1. Astron. Fragmento de corpo celeste que atravessa a atmosfera e cai sobre a Terra; AERÓLITO; ASTRÓLITO; METEORÓLITO
[F.: meteoro + -ite, pelo fr. météorite.]
www.aulete.com.br

Twitter
Imagem

Opinião

Jornalista sem diploma

Editorial do Estadão
Finalmente, depois de anos de polêmica, o Supremo Tribunal Federal (STF) deu solução definitiva à questão da obrigatoriedade do certificado de conclusão de uma faculdade de comunicação social para exercer a atividade de jornalista. Por 8 votos a 1 o STF decidiu que o Decreto-Lei 972 de 1969, que exigia tal condição, é incompatível com a Constituição de 1988, justamente porque esta garante a plena liberdade de expressão e comunicação. "O jornalismo e a liberdade de expressão são atividades que estão imbricadas por sua própria natureza e não podem ser pensados e tratados de forma separada. O jornalismo é a própria manifestação e difusão do pensamento e da informação." Com estas palavras, o ministro Gilmar Mendes associou liberdade de expressão e comunicação que a Constituição assegura em alguns de seus dispositivos - com ênfase típica de uma sociedade que já sofreu a censura de um regime autoritário - ao exercício da atividade jornalís…
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 20 / 06 / 2009

Folha de São Paulo
"Com a crise, fome cresce e afeta mais de 1 bilhão"

Para a ONU, mundo deve ganhar 100 milhões de subnutridos neste ano

Neste ano, o número de pessoas que passam fome no mundo deve superar pela primeira vez a marca de 1 bilhão (quase 1 em cada 6 pessoas). Estima-se que 100 milhões de pessoas ingressem na zona da fome em 2009. Segundo a FAO (organismo da ONU para agricultura e a alimentação), é um resultado da crise global, que aumentou o desemprego e reduziu o poder de compra da população, especialmente dos mais pobres. Os dados assinalam o fim de um período de quase 20 anos em que a proporção da população mundial subnutrida (consumo abaixo de 1.800 calorias/dia) vinha caindo, como resultado de ações contra a pobreza e do crescimento de economias como Índia, China e Brasil. Entre 2003 e 2005, o percentual de subnutridos no mundo era de 13%. Agora, o número deve ficar em torno de 16%, retornando ao nível do período 1990-92.

O Globo
"Lul…

Como é mesmo?

Petróleo

Para que servirão os royalties?

Ernesto F. Cardoso Jr.
Entre as várias atividades de lavra mineraria que constituem, em nosso país, monopólio da União, está a “pesquisa e a lavra das jazidas de petróleo e gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos” - Art. 177 da Constituição Federal do Brasil.

Fundamentando este monopólio, a Constituição no Art. 20 – inciso “IX” define como “Bens da União” “os recursos minerais, inclusive os do subsolo” e no inciso “VI” – “o mar territorial”. No parágrafo primeiro deste artigo a Constituição estende aos Estados e Municípios participação no resultado da exploração de petróleo, gás natural e energia, tratando, pois, como federativos estes bens, sua pesquisa e lavra ou exploração. Essa extensão atende à nossa realidade físico-institucional, pois, somos uma Federação de Estados decompostos em municípios.

Essa participação dos Estados e Municípios e de certas entidades federativas – Ministério da Ciência e Tecnologia e Comando da Marinha do Brasil, materiali…
Imagem

Justiça

Conselho admite que Eduardo Jorge foi perseguido

Decisão mantém punição aplicada a procuradores e acolhe recurso do secretário-geral do governo FHC

Fausto Macedo (original aqui)
O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) reconheceu que os procuradores regionais da República em Brasília Luiz Francisco de Souza e Guilherme Schelb perseguiram Eduardo Jorge Caldas Pereira, ex-secretário-geral da Presidência no governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB). A decisão, tomada por unanimidade na sessão de quarta-feira, mantém punição aplicada aos procuradores e acolhe recurso - embargos de declaração - de Eduardo Jorge para inclusão da expressão "perseguição" no texto do acórdão.

"Eu já havia me sentido reparado pela decisão anterior, mas entrei com embargos porque o acórdão omitiu a perseguição pessoal, motivada por razões políticas, reconhecida naquele julgamento", declarou Eduardo Jorge, hoje vice-presidente executivo do PSDB.

Alegando ter sido alvo de "investigações …
Imagem

Futebol

Noite gelada e frustrante

Sidney Borges
Confesso que não havia muita expectativa de minha parte em relação ao jogo de ontem. O São Paulo que tenho acompanhado perdeu a objetividade, não consegue fazer gols, e futebol sem gols é como macarrão sem queijo ou amor sem beijo.

Na hora do vamos ver sentei-me em frente ao aparelho.

Fazia um frio de lascar, o dia de ontem começou dando a impressão de que ia esquentar, mas no final da tarde a coisa tomou outros rumos e eu precisei ver o jogo enrolado num cobertor. Nas mãos uma xicara de chá à guisa de luvas.

E o São Paulo patinando. O Cruzeiro, mais estruturado jogava com a objetividade dos campeões.

Contra equipes desse naipe só vence quem tem pelo menos um craque de fazer chover, coisa rara no futebol de hoje. Sobra preparo físico, falta técnica.

No intervalo dei uma zapeada e encontrei no canal de filmes antigos o clássico "Mundo em perigo", de 1954, sobre formigas de 4 metros, mutação genética produzida por testes nucleares.

Voltei ao…
Imagem

Coluna da Sexta-feira

Calor

Celso de Almeida Jr.
Há muito tempo, um amigo maranhense disse que achava os paulistas pouco receptivos.

Dizia adorar o retorno a São Luiz, quando reencontrava calor humano e entusiasmo, qualidades características da gente do nordeste.

Creio que exagerava.

Afinal, estava longe de casa.

Presa fácil da nostalgia...

Mas, lembrando dele, pensei em nós.

Como somos vistos por quem nos visita?

Somos calorosos, receptivos?

Procuro achar as respostas para, num período tão lindo do ano, Ubatuba não atrair turistas do mundo inteiro.

Essa temperatura amena, que comanda o nosso outono, soa como verão para os europeus.

Mas eles não nos visitam.

O que, afinal, acontece?

Erramos na comunicação?

Não nos empenhamos o suficiente?

Somos dominados pelo conformismo e por uma baixa estima que não nos permite assumir um papel de destaque no turismo nacional?

Não trabalhamos o suficiente? Somos preguiçosos?

Somos incompetentes?

Muitas vezes, a agonia toma conta de mim.

Vejo nossos jovens reféns de uma cidade que não ofer…
Imagem

Opinião

O inquietante aviso das águas

Washington Novaes
Ao que parece, caminha-se, nas áreas de pesca e aquicultura, em algumas direções que merecem exames mais aprofundados e cautelosos das áreas acadêmica, ambiental e política. Porque o pressuposto, na última, parece ser um desejado aumento exponencial da produção de recursos pesqueiros a curto prazo - mas que pode ocorrer a preços questionáveis, como já se mencionou aqui em outros artigos.

No primeiro desses passos, caminha-se no Congresso para dar status de Ministério à atual Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca, com "exclusividade no tratamento de recursos pesqueiros" - retirando, portanto, atribuições ao já combalido Ministério do Meio Ambiente nas áreas de recursos hídricos e de águas marinhas. Segundo, porque o Conselho Nacional do Meio Ambiente aprovou resolução que pode ter seus motivos - como unificar os critérios de regras para a aquicultura, hoje a cargo dos Estados -, mas simplifica também as exigências para licenci…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 19 / 06 / 2009

Folha de São Paulo
"Senado escondeu atos de propósito, afirma servidor"

Funcionário nega que criação de cargos e aumento de salários tenham se tornado secretos por ‘erro técnico’

O chefe do serviço de publicação do boletim de pessoal do Senado, Franklin Albuquerque Paes Landim, afirmou que as ordens para manter atos administrativos da Casa em caráter secreto vinham diretamente do ex-diretor-geral Agaciel Maia e do ex-diretor de Recursos Humanos João Carlos Zoghbi, informam Andreza Matais e Adriano Ceolin.
Os atos secretos eram usados pelo Senado para criar cargos ou aumentar salários sem que isso fosse de conhecimento público.

O Globo
"Calote com cheques é o maior desde 1991"

Consumidor já chegou ao Dia das Mães endividado

Em maio, o número de cheques devolvidos por falta de fundos foi o maior em 18 anos no país: 25,2 em cada mil cheques emitidos, o nível mais alto desde 1991, segundo o Serasa. Como outras modalidades de crédito sofreram restriç…
Imagem

Da série: "O mundo gira e a Luzitana roda"

Luiz Inácio em dois momentos

"Adhemar de Barros e Maluf poderiam ser ladrões, mas eles são trombadinhas perto do grande ladrão que é o governante da Nova República".
Lula sobre José Sarney, em 1987

Na campanha à reeleição, a autocrítica:

"Eu me dei conta de quantas vezes nós cometemos injustiças contra pessoas... Uma coisa eu tenho tranquilidade, Sarney: nunca lhe ofendi".

Nota do Editor - Pois é. (Sidney Borges,com informações do Blog do Noblat)

Praia espacial

Imagem
Vista de área de Marte: pela primeira vez há evidências de linhas costeiras na superfície do planeta.

É encontrada 1º prova de lago em Marte

Reuters
WASHINGTON - Um longo e profundo cânion e os restos de uma praia talvez sejam a prova mais clara já encontrada sobre a existência de um lago na superfície de Marte.
Aparentemente, este cânion continha água quando o planeta já deveria ter secado, afirmaram cientistas na quarta-feira (17/06).

Imagens de uma câmera chamada High Resolution Imaging Science Experiment a bordo do satélite Mars Reconaissance Orbiter indicam que a água escavou um cânion de 50 quilômetros de extensão, revelou um grupo da Universidade do Colorado.
Leia mais

Nota do Editor - Onde tem praia tem surfista e corrupto. Não entendam errado, estou falando do molusco. Tenho uma teoria sobre os marcianos, sei que existem. São pequenos, tão pequenos que nem com microscópio eletrônico dá pra ver. Corruptos também são seres pequenos. Mas fazem um estrago... (Sidney Borges)

Quem?

Imagem
Perguntinha pros leitores cinéfilos. Quem está na foto?

Pensata

Caiu o diploma

Sidney Borges
A obrigatoriedade do diploma específico de jornalismo para o exercício legal da profissão remonta ao ano de 1969. Antes de continuar é bom abrir parênteses.

Jornalismo foi durante muito tempo uma espécie de quebra-galho de estudantes de direito e áreas afins até a chegada ao mercado da editora Abril, no início da década de 1960.

Os salários altos atrairam parte daqueles que não tinham interesse pelas profissões do chamado trio de ferro: medicina, engenharia e direito.

Para ser jornalista bastava saber escrever e ter disposição para aprender. Em seis meses de redação a parte técnica da profissão perdia o mistério.

Escrever bem, de forma fundamentada e criativa não é fácil, implica em cultura geral e isso não se aprende em cursos específicos. É doutrina de vida.

A maioria dos jornalistas posicionava-se de forma crítica em relação às desigualdades sociais. O governo ditatorial não tolerava críticas. "Ame-o ou deixe-o". A exigência do diploma fez parte …
Imagem

Frases

'Quando saí do Brasil ninguém sabia que aqui existia moda. Achavam que tinha macaco'.

Gisele Bündchen
Imagem

Opinião

O atraso no espelho

Eugênio Bucci
Fratura exposta. A evolução das tensões na Cidade Universitária, centro da mais prestigiosa, mais influente e mais produtiva instituição de ensino superior no Brasil, deixa transparecer as mazelas, as fraquezas e as debilidades da instituição. É uma pena. Conforme o ângulo, às vezes é um vexame.

Vexame número 1: uma tropa de policiais sai disparando balas de borracha e distribuindo bombas de gás lacrimogêneo e de efeito (i)moral contra estudantes, professores e funcionários. A Polícia Militar (PM) trata a Universidade de São Paulo (USP) como se ela fosse um presídio rebelado.

Vexame número 2: o movimento grevista dos funcionários imagina que consegue sustentar-se na base de piquetes que, em lugar de convencer pela argumentação, intimidam por meio de barreiras físicas. Enquadra-se, voluntária e festivamente, no estereótipo das "minorias radicais", dessas que só veem o próprio umbigo.

Vexame número 3: a cúpula da universidade, encastelada em órgãos…
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 18 / 06 / 2009

Folha de São Paulo
"Lula apoia Sarney e ataca 'denuncismo'"

Presidente diz que senador não é 'pessoa comum' e afirma que denúncias põem em risco credibilidade da imprensa

Em visita ao Cazaquistão (Ásia central), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou o que chamou de "denuncismo" da imprensa em torno dos escândalos no Congresso e deu seu apoio ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).
"Sarney tem história suficiente para que não seja tratado como se fosse uma pessoa comum", disse Lula. Anteontem, o presidente do Senado defendeu-se das acusações de empregar parentes e afirmou que a crise não era dele, e sim da Casa.
Para Lula, a sequência de denúncias é um perigo para as instituições, inclusive a imprensa, que "corre risco de ser desacreditada". O presidente questionou a veracidade das revelações de irregularidades, mas pediu "investigação séria" delas.
Um grupo de oito senadores de v…
Imagem
Clique sobre a imagem e saiba mais

Jornalismo

Maioria vota contra exigência de diploma para jornalista

Juliana Boechat
Para sete dos 11 ministros do Supremo Tribunal Federa (STF), o diploma não deve mais ser obrigatório para o exercício da profissão de jornalista.

Os ministros estão julgando desde as 15h30, uma ação protocolada pelo Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão do Estado de São Paulo (Sertesp) e pelo Ministério Público Federal, que pedia o fim da obrigatoriedade do diploma.

Com a decisão de hoje, fica a cargo das faculdades e das empresas decidir se cobram ou não o diploma. Mas o Estado não poderá intervir em nenhum caso.

Por quase 1h, Gilmar Mendes, presidente do tribunal e relator do caso, votou contra a obrigatoriedade do diploma. Para ele, a profissão de jornalista não oferece perigo à coletividade, como outras profissões. O ministro Cezar Peluso seguiu o raciocínio:

- Não garante eliminação do mau exercício da profissão, à deficiência de caráter, ética, de cultura humanística e até de sentidos. Ou seja, não existe, …

Fim dos tempos?

Imagem
Imagine um monte desses desabando do céu (Foto: Reprodução)

Japão tenta entender misteriosa chuva de girinos em Hiroshima

Peixes e até sapo totalmente formado foram achados na precipitação. Tromba d'água é uma das hipóteses, mas nada foi provado.

Do G1, em São Paulo (original aqui)
Um mistério ronda as cidades japonesas de Hiroshima e Iwate: bizarras ocasiões de chuva de girinos, afirma o jornal britânico "The Guardian". Peixes e sapos formados também foram encontrados na estranha forma de precipitação.

Segundo o "Guardian", os meteorologistas japoneses ainda não sabem como explicar o fenômeno, no qual os girinos mortos parecem despencar dos céus. Os animais muitas vezes cobrem casas, plantações, pátios de escolas e carros.

Alguns chegaram a propor que os bichos foram arrancados de seu local de origem por trombas d'água, mas não há registros de ventos fortes que tenham acompanhado o fenômeno.

Outra hipótese é que aves aquáticas tenham capturado os bichos e depois…
Imagem

Combate à corrupção

Polícia federal ocupa prefeituras no Ceará

As sedes da Fundação Naciona da Saúde (FUNASA) em Fortaleza e de cinco das maiores prefeituras do Ceará (Caucaia, Nova Russa, Morrinbhos, Brejo Santos e Iguatu) estão ocupadas desde hoje cedo por agentes da Polícia Federal.

É a "Operação Fumaça" que investiga fraudes em licitações, desvio de verbas e extravio de documentos. Ela foi autorizada pelo juiz federal Sérgio Fiuza Padhim, de Juazeiro do Norte.

A ministra Dilma Rousseff, da Casa Civil, está no Ceará desde ontem para visitar obras do Programa de Aceleração do Crescimento. (Blog do Noblat)
Imagem

Males que vêm pra bem...

Fraudes de Madoff jamais teriam prosperado no Brasil, diz 'FT'

Segundo jornal, regulamentação restritiva do sistema financeiro trouxe vantagens ao Brasil.

O fraudulento esquema montado pelo banqueiro americano Bernard Madoff jamais teria ocorrido no Brasil por causa das regulamentações restritivas no sistema financeiro no país, segundo a edição desta quarta-feira do diário britânico Financial Times, O jornal diz a que as operações de Madoff - que admitiu culpa por fraudes no valor de US$ 50 bilhões - "não decolariam", porque as autoridades mantêm um sistema regulador que prevê que os investidores prestem contas de todos os investimentos de seus clientes.

O Financial Times cita as regulamentações restritivas no sistema financeiro e o ritmo lento de mudanças do Brasil para explicar como o país conseguiu evitar o pior da crise, e aponta os dois fatores como exemplos a serem seguidos por outros países.

Mas o jornal afirma que nem todos os aspectos positivos desta regulamen…
Imagem

Sarney no telhado

A defesa de Sarney
Sua Excelência não convenceu

Lucia Hippolito (original aqui)
Muito nervoso, maltratando a língua portuguesa, o presidente do Senado, senador José Sarney, foi à tribuna para se defender das críticas, segundo ele, muito injustas, que não respeitam sua biografia.

Não convenceu. Listou vários fatos de sua biografia. Falou dos 50 anos de vida pública, misturou fatos ocorridos durante a ditadura com ações suas na presidência da República.

Eximiu-se de toda e qualquer responsabilidade pela desmoralização completa por que passa o Senado da República. Repetiu inúmeras vezes que a crise não é dele, é do Senado.

Lamento, mas o senador José Sarney é o maior responsável pela crise.

Não se trata de desmentir ou de apagar a biografia do nobre parlamentar. Longe disso. Quem reescrevia o passado eram os historiadores soviéticos. A história de José Sarney é bem conhecida.

O que há de mais curioso a ressaltar no discurso de quase meia hora é a total falta de compromisso de José Sarney com os …
Imagem

Trabalho escravo

Relatório associa tráfico de pessoas a canaviais

Documento alerta para exploração sexual de crianças e trabalho escravo

Gilberto Scofield Jr. em "O Globo"
O relatório sobre tráfico humano mundial do Departamento de Estado dos EUA mantém o Brasil, pelo oitavo ano consecutivo, (com exceção de 2006, quando foi rebaixado para uma lista de observação) na posição de país que não cumpre padrões mínimos de ação contra o trabalho escravo, apesar dos esforços na criação de leis que criminalizam essas práticas. O relatório diz, citando a Polícia Federal, que entre 250 mil e 400 mil crianças são exploradas sexualmente em áreas turísticas e bordéis.

Além de mulheres e crianças traficadas para prostituição, mais de 25 mil homens são sujeitos ao trabalho escravo nas lavouras de cana para produção de açúcar e etanol, fazendas de gado e de grãos na Amazônia e campos de mineração. O documento lembra que, com o aumento nas exportações de etanol, os casos de tráfico para trabalho escravo em fábrica…
Imagem

Coluna da Quarta-feira

Cultura para Ubatuba

Maurício Moromizato
Foi com muita honra que participei da equipe da ANIBRA (Associação Nipo-Brasileira de Ubatuba) que promoveu a 2ª Festa da Colônia Japonesa de Ubatuba.

Estivemos na Avenida durante os quatro dias do feriado que passou.

Milhares de pessoas passaram por lá para saborear pratos de nossa culinária e ver atrações como o Taikô (tambores japoneses), artes marciais, tai-chi-chuan, dança de rua, dança de salão e a Lira Padre Anchieta.

Foi muito trabalhoso, mas muito prazeroso, porque feito com dedicação e com a clareza de que não era apenas uma festa, mas a expressão de nossa cultura ancestral. Na minha mente, e tenho certeza que na de todos os que trabalharam, estava presente a certeza de que nosso prazer estava em mostrar a todos os visitantes que a imigração japonesa valeu a pena para o Brasil e para nós, descendentes desses corajosos desbravadores que há mais de um século cruzaram o mundo em busca de um mundo melhor.

Era feriado, havia poucos turistas, mas…
Imagem

Opinião

Um defensor da teocracia iraniana

Editorial do Estadão
Se é que não o fez longe das vistas, o presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad bem que poderia ter aproveitado a presença do seu colega brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva ontem na cidade russa de Ecaterimburgo, para a reunião dos chefes de governo dos Brics (Brasil, Rússia, Índia e China), da qual o Irã participou como observador, e dar-lhe um fraternal abraço de agradecimento. O motivo, as palavras de desdém com que o seu futuro anfitrião sul-americano escarneceu dos protestos que acabariam levando às ruas de Teerã centenas de milhares de pessoas e deixaram pelo menos 7 mortos, abatidos pela milícia do regime na mesma segunda-feira em que Lula, ainda em Genebra, desqualificava as manifestações. Elas exprimiram a revolta de legiões de iranianos contra os resultados oficiais da eleição presidencial que deram a Ahmadinejad uma vitória literalmente inacreditável de 63% a 34% dos votos sobre o reformista Mir Hossein Mousavi.

Com a mesm…
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 17 / 06 / 2009

Folha de São Paulo
"Depósitos na poupança triplicam"

Captação nos 7 primeiros dias úteis de junho, de R$ 2 bi, já supera a de maio inteiro; fundos perdem quase R$ 4 bi

Menos de um mês após o governo propor novas regras na poupança para impedir a migração de recursos dos fundos, os depósitos triplicaram, relata Toni Sciarretta. Nos primeiros sete dias úteis de junho, foram R$ 2,018 bilhões, já descontados os saques.
A média diária registrada no início deste mês foi de R$ 288,4 milhões. O volume de junho supera toda a captação líquida em maio, que já havia sido o melhor mês do ano para a poupança. No mês passado, os depósitos somaram R$ 1,881 bilhão, ou R$ 94 milhões diários.
A alta das aplicações na poupança ocorre no momento em que a maioria dos fundos tem rendimento líquido inferior ao da caderneta. No início de junho, os fundos DI e os de renda fixa perderam R$ 3,98 bilhões, diz a Anbid (associação dos bancos de investimento).
Os fundos cobram taxa de…