Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 21, 2008

Zeppelin

Crônica

Bar ruim é lindo, bicho!

Antonio Prata
Eu sou meio intelectual, meio de esquerda, por isso freqüento bares meio ruins. Não sei se você sabe, mas nós, meio intelectuais, meio de esquerda, nos julgamos a vanguarda do proletariado, há mais de cento e cinqüenta anos. (Deve ter alguma coisa de errado com uma vanguarda de mais de cento e cinqüenta anos, mas tudo bem).

No bar ruim que ando freqüentando ultimamente o proletariado atende por Betão – é o garçom, que cumprimento com um tapinha nas costas, acreditando resolver aí quinhentos anos de história.

Nós, meio intelectuais, meio de esquerda, adoramos ficar “amigos” do garçom, com quem falamos sobre futebol enquanto nossos amigos não chegam para falarmos de literatura.

– Ô Betão, traz mais uma pra a gente – eu digo, com os cotovelos apoiados na mesa bamba de lata, e me sinto parte dessa coisa linda que é o Brasil.

Nós, meio intelectuais, meio de esquerda, adoramos fazer parte dessa coisa linda que é o Brasil, por isso vamos a bares ruins, que tê…
Imagem

As faces do amor

Corre na rede - Marylu

Do Blog do Noblat
O marido estava sentado quieto lendo seu jornal quando sua mulher, furiosa, vem da cozinha e senta-lhe a frigideira nas idéias.
Espantado, ele levanta e pergunta:
-Por que isso agora?
-Isso é pelo papelzinho que eu encontrei no bolso de sua calça com o nome Marylu e um número...
- Querida, lembra do dia em que fui na corrida de cavalos? Pois é... Marylu foi o cavalo em que eu apostei, e o número foi o quanto estavam pagando pela aposta.
Satisfeita, a mulher saiu pedindo 1001 desculpas...
Dias depois, lá estava ele novamente sentado quando leva uma nova porrada, dessa vez com a panela de pressão.
Ainda mais espantado (e zonzo), ele pergunta:
-O que foi dessa vez, meu amor???
-Seu cavalo ligou...
Imagem

Opinião

Trabalho escravo

Editorial do Estadão
Reportagem da nossa edição de segunda-feira dava conta de que, em um ano, 4.418 pessoas que se encontravam em condições consideradas, pelas autoridades, de trabalho escravo foram localizadas e, por assim dizer, "libertadas".

Desde 2005, quando o presidente Lula lançou o primeiro Plano Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, pretendendo eliminar o problema até 2006, nada menos que 32.185 trabalhadores rurais foram encontrados nessas condições, o que levou a 22.700 autuações, num valor de R$ 46,4 milhões em indenizações e multas.

Há de se reconhecer aí um anacronismo inteiramente incompatível com a modernização das relações de trabalho no Brasil e que já levou o País ao extraordinário nível de produtividade alcançado, inclusive no agronegócio.

O escravismo "moderno", vigente 120 anos depois de decretada a Abolição, é definido pelo artigo 149 do Código Penal e se caracteriza por situações em que a pessoa é submetida a trabalho…
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 27 / 12 / 2008

Folha de São Paulo
"Lula muda lei para tornar fundo soberano ilimitado"
Medida provisória editada ontem pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, permite destinar ao fundo soberano mais que o montante previsto para o ano que vem. O fundo é uma espécie de poupança que o governo planeja ter para gastar em caso de crise e arrecadação menor. A intenção de Lula, segundo a Folha apurou, é que o fundo receba em 2009 mais do que os R$ 14,2 Bilhões que lhe serão destinados até dia 31. Segundo o secretário – adjunto do tesouro, Cleber Oliveira, a MP abre essa possibilidade. “Vai ser avaliado ao longo do ano”. No MP, o Planalto mudou a lei aprovada pelo congresso. Para capitalizar o fundo, poderão ser emitidos títulos da divida pública no valor equivalente ao poupado pelo governo. Sem a mudança, os R$ 14,2 Bilhões seriam exclusivamente para abater a divida. Na pratica, o governo reduz a divida, mas a eleva emitindo títulos no mesmo valor. A oposição ameaça ir ao ST…
Imagem
Clique sobre a imagem e saiba mais

Xô crise...

Sexta-feira, 27

Sidney Borges
Acabo de ler que um rapaz morreu em Goiânia de forma que podemos classificar de não usual. Foi vitimado por uma descarga elétrica proveniente do celular. Aconteceu durante uma tempestade. Isso é o que chamo de acaso nefasto. O inverso é o acaso auspicioso, modelo "de luxe". Acontece quando alguém ganha a sorte grande sozinho. Morrer de raio no celular é moderno, óbito contemporâneo. Deve haver alguma compensação cósmica. Apartamento celestial com ar condicionado, ou um cartão de crédito estelar. Eu sempre tive comigo que os celulares representam algum perigo. Se não fazem mal à saúde, o que é questionável, pesam no bolso. O desequilíbrio pode danificar a coluna, sugiro que o indivíduo compre dois celulares e coloque um em cada bolso. Um pode ser de mentirinha. Durante algum tempo falaram de câncer, se a coisa tivesse fundamento o Brasil ficaria em maus lençóis. Na terra cabralina funcionam mais de cem milhões de aparelhos. Se existe negócio da Chi…
Imagem

Resposta

Papai Noel

Luis Fernando Verissimo
Espero que não tenha acontecido com você o que aconteceu comigo. Papai Noel respondeu ao E-mail que mandei com meus pedidos de Natal, mas num tom irritado que em nada lembrava o jovial velhinho. Sarcástico, perguntou se eu tinha alguma idéia do que significaria, em termos de negociações, propostas e contrapropostas, inclusive com o marido - para não falar na logística da adequação dos seus contratos profissionais e, ainda por cima, a dificuldade para embrulhá-la adequadamente e colocá-la embaixo da árvore - ele me dar a Catherine Zeta-Jones de presente. Argumentou que meu pedido estava completamente fora da realidade e que eu aparentemente não lia os jornais, senão saberia do seu total engajamento numa missão que exige toda a sua energia e todo o seu tempo: nada mais nada menos do que a salvar o sistema capitalista mundial. Contou que tinha sido recrutado para distribuir sacos e sacos de dinheiro a grandes empresas ameaçadas de falência e não tinha con…
Imagem

Coluna da Sexta-feira

Sagrado recado

Celso de Almeida Jr.
Neste Natal conversei com Deus. Ele sempre atende quando chamo. Não o incomodo com freqüência, mas, em datas especiais, não resisto a uma prosinha.
Ele está animado. Acredita que o homem tomará juízo. Quando comecei a me contagiar com a divina alegria, murchei. Suas referências temporais envolvem séculos e séculos e a previsão para a calmaria na Terra está projetada para o ano 10500.
Aproveitei para consultá-lo sobre o chororô ubatubense. Ele revelou-se impaciente com o número de orações suplicando um emprego na prefeitura. Orientou-me a não telefonar para o Eduardo ou para o Maurinho. Eles poderiam pensar que eu estou na fila. Sugeriu que revele as minhas idéias publicamente, através do Ubatuba Víbora. Mandou, inclusive, eu ligar para o Sidney Borges, cumprimentando-o pelo alcance de seu blog.
Protestei! Por ser onipresente, por que não dar o recado direto ao Borjão? Respondeu-me que adora os papos com ele, mas que a conversa …
Imagem

Opinião

Perguntas de fim de ano

Washington Novaes
O Brasil chega a este final de ano posto diante de algumas das maiores dúvidas e interrogações de sua história. Trata-se de saber o que fará com sua matriz energética, especialmente com o petróleo, e com seus recursos naturais, no mundo perplexo com a crise financeira e condicionantes "ambientais" muito graves.

Os jornais anunciam que o governo vai contratar um escritório de advocacia para definir o marco legal para a exploração do petróleo na chamada camada pré-sal, depois que o presidente da República optar entre os vários caminhos examinados por uma comissão interministerial. Aí já terá pela frente questões complicadas, de ordem política, financeira e econômica, que têm sido examinadas por este jornal ao longo dos últimos meses. Mas o problema não se esgota nesse ponto. Será preciso saber como o mundo e o País se comportarão no panorama das mudanças climáticas e na discussão sobre a insustentabilidade do uso de recursos e serviços na…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 26 / 12 / 2008

Folha de São Paulo
"Teles planejam investir R$ 19 bi em celulares no próximo ano"
Apesar da crise, as operadoras de celular devem investir R$19 bi no próximo ano. O valor é 35% superior ao montante investido em 2008. quando as empresas incorporaram 30 milhões de novos clientes. A maior parte dos recursos será destinada às melhorias da rede atual e à aplicação da cobertura da telefonia 3G (terceira geração), tecnologia que permiti o acesso à internet rápida. As companhias pressionaram o governo para ter crédito especial.

O Globo
"Paes combaterá camelôs com guardas nas ruas até de noite"
O centro e mais dois bairros nas Zonas Sul e Norte do Rio receberão um superchoque de ordem a partir de 5 de janeiro: além de combater transporte pirata, estacionamento irregular e população de rua, o governo Eduardo Paes vai estender o horário de trabalho de guardas municipais até as 21h para inviabilizar a estratégia dos camelôs de ocuparem as calçadas após a…

Detalhes

Imagem
Jardim

Sidney Borges
Essa rosa é a mais recente moradora da casa. Na semana passada mudou-se para cá um teiú filhote. Está acomodado atrás da máquina de lavar, imagino que esperando o Brasil se acostumar com a idéia. Enquanto isso devora as frutas que ofereço. A brilhante e esfuziante criatura rosácea nasceu na antevéspera do Natal e foi muito aplaudida por todos os que a viram, especialmente o beija-flor verde metálico que a encheu de beijos esta manhã.

JOHN LENNON

2009

O Ano Novo já está batendo na porta

Marcelo Mungioli
Comece a arrumar as gavetas, colocar suas coisas em ordem. Escolha as roupas com as cores do Ano Novo (verde ou vermelho) para a noite da Virada e prepare-se: 2009 tem tudo para ser um dos melhores anos de sua vida!

Digo isso partindo da seguinte premissa: estamos todos mais maduros, já passamos por poucas e boas e estamos aprendendo com os nossos erros cotidianos. Temos 2009 pretextos para que o primeiro dia do próximo ano seja a nossa porta de entrada para a felicidade.

Se você não anda muito bem de saúde, pare e pense em como a medicina evoluiu nos últimos anos. Concentre suas energias positivas, mentalize positivamente e ajude a medicina a fazer o seu papel: deixar você novo em folha!

Se a grana anda curta, anime-se: o ano novo promete ser bem melhor que o passado. Estude novas possibilidades de negócios e serviços. Ouse, saia da mesmice. Invista em você, sempre!

Se a reclamação é o seu amor, ou a falta dele, 2009 lhe oferece a oport…
Imagem

Opinião

O jogo dos reféns

Demétrio Magnoli
Na visita de Lula a Havana, 11 meses atrás, teceu-se a operação diplomática que culminou na Cúpula da América Latina e do Caribe (Calc), no Sauípe, semana passada. O acerto bilateral entre Brasil e Cuba passou menos pelo Itamaraty do que pelos canais diretos de Lula e do PT com os Castros. Os dois lados compartilhavam o interesse de promover uma iniciativa latino-americana que excluísse Hugo Chávez do centro do palco. O presidente brasileiro almejava recuperar a auréola perdida de liderança regional. Os cubanos pretendiam desvencilhar-se do caixote estreito da Alternativa Bolivariana para as Américas, o grupo geopolítico controlado pela Venezuela, que lhes serviu no cenário imposto pelo governo Bush, mas torna-se quase imprestável com o advento do governo Obama.

"Mesmo que nada tivesse acontecido aqui, essa reunião valeu a pena só pelo fato de o Grupo do Rio ter aprovado a volta de Cuba." Lula é muito claro, quando quer. Essencialmente, nada a…
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 25 / 12 / 2008

Folha de São Paulo
"Americano volta a financiar imóveis"
Os pedidos de hipotecas nos Estados Unidos cresceram 48% na semana encerrada no último dia 19, nível mais alto desde julho de 2003, segundo dados divulgados ontem pela Associação de Bancos de Hipoteca (MBA, na sigla em inglês). Essa alta é sinal de que começa a dar resultado a política do Fed, o banco central americano, de baixar os juros (para quase zero) e baratear o custo do dinheiro no país. Também parece funcionar a intervenção recorde do Fed, de até US$ 500 bilhões, nas três gigantes hipotecárias, Fannie Mae, Freddie Mac e Ginnie Mae.Com as medidas, o juro do financiamento de 30 anos dos imóveis caiu para 5,04%, a menor taxa em cinco anos e após um pico de 6,59% em 2008. E o número de pedidos de financiamentos (novos ou renegociações) subiu 106% em relação ao mesmo período de 2007. Por outro lado, o Ministério do Trabalho informou que houve aumento recorde nos pedidos de auxílio-de-desem…
Imagem
Clique sobre a imagem e saiba mais

Imprensa

Noves fora

Ideologia é papel de embrulho em campanha de jornalistas

por Márcio Chaer
(...) Jornalistas não precisam ser imparciais. Mas convém que sejam honestos. É impossível proibir a troca de favores ou a lealdade a fontes. O dinheiro não é um corpo estranho na relação entre empresas, governos e jornais, blogs e revistas — a partir do momento em que os veículos de comunicação o recebem de personagens das notícias pelas portas do departamento comercial. O desejável é que não se misture publicidade com informação jornalística. Quando um órgão de informação passa a trabalhar a favor ou contra empresário, político ou empresa, seria conveniente que informasse frontalmente seus motivos. (...)
Leia mais

Luiz Melodia em Boas Festas

Véspera

Feliz Natal

Sidney Borges
Jesus veio ao mundo nos salvar. Obviamente de nós mesmos. Apesar da tragédia envolvendo martírio, crucificação, ressurreição e depois, em nome Dele, embora eu tenha certeza que sem o apoio Dele, a Inquisição, parece que tudo piorou. Ou se não piorou continua ruim depois de dois mil anos de guerras, matanças, escravidão e intolerância. Segundo o filósofo Theodor Adorno, “a barbárie continuará existindo enquanto persistirem no que têm de fundamental as condições que geram essa regressão”. O homem evolui lentamente, se é que no aspecto moral acontece alguma evolução. A atitude predatória e inconseqüente é marca registrada do macaco pelado. O Planeta vai sendo destruído em nome de um consumo desenfreado, esquizofrênico e desnecessário. Talvez a humanidade se mude para outros planetas. Fazer apologia da hecatombe não é do meu feitio, embora seja impossível não abordar o tema quando o propósito do texto é dar boas festas aos amigos. O que eu quero dizer é que lá no P…

TV Víbora

Coca-Cola - Tamanho Grande - anos 50
Imagem

Opinião

Só quem trabalha pode pagar o almoço

José Nêumanne
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva encasquetou com a idéia fixa de que ele vai livrar o Brasil da crise se fizer o brasileiro consumir. Por isso, fingiu descer do palanque eleitoral para trocar o papel de eterno candidato pelo de garoto-propaganda do consumismo redentor. A idéia parte do pressuposto aparentemente simples, mas na verdade apenas simplista, de que, se o consumidor comprar, o comércio venderá, levando a indústria a produzir, a empresa a empregar e o trabalhador garantirá, destarte, sua renda para assegurar o próprio poder de compra. Usando uma parábola futebolística da preferência presidencial, é como se uma partida começasse aos 90 minutos e o cronômetro fosse rodando para trás até chegar ao zero - com o resultado predeterminado pelo árbitro. Caberia aos jogadores dos dois times cumprirem as determinações prévias de fazer os gols necessários para a derrota, a vitória ou o empate determinados pelo supremo juiz.

A torcida…
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 24 / 12 / 2008

Folha de São Paulo
"BC prevê freada no crédito em 2009"
O Banco Central prevê que, em 2009, o mercado de crédito cresça metade do que aumentou em 2008 (16%, ante 31% neste ano ). Segundo o BC, em meio à crise financeira, os bancos estão emprestando menos e os consumidores têm sido mais cautelosos em contrair dividas. Esse comportamento já se refletiu nos números de novembro, com empréstimos mais caros e com prazo menor. No mês, o crédito para empresas aumentou 3%, mas a variação foi zero para as pessoas físicas. O cenário só não foi pior devido à ação dos bancos oficiais, que ajudou na recuperação dos financiamentos a empresas. Segundo Altamir Lopes, do BC, o crédito para o consumo das famílias foi fortemente afetado pela queda nos empréstimos para a compra de veículos. No mês passado, a inadimplência nas operações com pessoas físicas atingiu 7,8%, o maior valor desde agosto de 2003. Foi a segunda alta seguida desde o agravamento da crise.

O Globo
&qu…
Imagem

Coluna da Terça-feira

Taxa do lixo em Ubatuba: agradeça ao Prefeito por esse presente de Natal

Maurício Moromizato
Estava preparando uma crônica de Natal, mas não foi possível deixar de comentar o mais recente absurdo de nossa cidade.

Os cidadãos de Ubatuba e os proprietários de imóveis no município acabam de receber um belo presente de Natal da Prefeitura e da Câmara dos Vereadores: está publicada a lei 3145 de 12 de Dezembro de 2008, dispondo sobre a cobrança da Taxa de Coleta de Lixo a partir de 2009. Estão contemplados todos os 36.444 imóveis registrados, com valores proporcionais ao IPTU e os permissionários de quiosques, tributados em R$ 500,00 anuais.

Quem procurar no mesmo jornal, encontrará publicada a lei 3155 de 17 de dezembro de 2008, estimando receita e despesa do Município de Ubatuba para 2009. Nessa lei, no item Receitas correntes, há um item de “outras receitas correntes”, estimado em R$ 9.773.000,00 (nove milhões e setecentos e setenta e três mil Reais), e abaixo, no artigo 5º, como despesa …

TV Víbora

Esso Motor Oil Opera - anos 50

TV Víbora

Primeiro comercial Coca-cola no Brasil - anos 50

Câmara

Definição sobre vereadores vai ficar para 2009

Por Luciana Nunes Leal, no Estadão:
Os presidentes do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN), e da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), vão passar as festas de fim de ano sem uma decisão final sobre a emenda constitucional que cria 7.343 vagas de vereadores no País, motivo de grave atrito entre as duas Casas desde a semana passada. O Supremo Tribunal Federal (STF), ao qual Garibaldi recorreu para garantir o aumento das vagas, informou por meio de sua assessoria que o mérito do mandado de segurança será decidido depois do recesso do Judiciário, que termina em 31 de janeiro.

Nos últimos minutos de sexta-feira, o ministro do Supremo Celso de Mello pediu informações à Câmara e não atendeu ao pedido de liminar feito por Garibaldi, para imediata promulgação da emenda, com o argumento de que esgotaria a questão antes das alegações de Chinaglia. Na quinta-feira passada, a Mesa Diretora da Câmara decidiu não promulgar a emenda constitucional, por considerar…
Imagem

Opinião

Pressa suspeita

Editorial do Estadão
Com a publicação, ontem, no Diário Oficial da União do ato da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) que autoriza a Oi a comprar a Brasil Telecom (BrT), conclui-se, em tempo recorde e em circunstâncias nebulosas, o maior negócio do setor de telecomunicações do País desde a privatização do Sistema Telebrás, há cerca de dez anos.

O governo poderá dizer que não passa de simples coincidência o fato de uma das empresas beneficiárias ser também um dos maiores doadores de recursos para a campanha presidencial do candidato do PT. Mas o notório interesse das autoridades em apoiar e, sobretudo, criar as condições legais e financeiras para a concretização de um negócio mal justificado e realizado em condições absolutamente excepcionais deixa o governo em situação no mínimo desconfortável. A fusão das duas operadoras resultará na constituição de uma supertele, com receita líquida anual de R$ 30 bilhões, base de 22 milhões de telefones fixos e mais de 20 mi…
Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 23 / 12 / 2008

Folha de São Paulo
"Emprego em novembro tem pior taxa em 10 anos"
O nível de emprego em novembro registrou a primeira queda nesse mês do ano desde o inicio do governo Lula. Foi a maior retração no mês em dez anos. Segundo o Ministério do Trabalho, houve perda de 40,8 mil vagas –diminuição de 0,13% em relação a outubro. O impacto da crise internacional foi mais sentido pela industria, que fechou 80,8 mil posto. A agricultura cortou 50,5 mil empregos. A construção civil, 22,7 mil. A retração foi aliviada por contratação em serviços e comércio, que criaram somados, 117 mil vagas. O ministro Carlos Lupi (trabalho) classificou de “pífia” a queda de empregos em novembro, em comparação com a intensidade da crise em outros paises. “O mundo está desempregando muito, e o Brasil continua mantendo a empregabilidade forte”, avaliou Lupi. Ainda ontem, relatório do Banco Central condicionou o controle da inflação em 2009 a crescimento menor que o planejado pelo gov…
Imagem
Clique sobre a imagem e saiba mais

Crônica

Dorival Caymmi virou Tartaruga Ninja

Marcelo Mirisola*
Conheci um cãozinho, Bob, que envia e recebe emails. Sua dona jura que sim, e disse que a caixa de entrada do Bob está sempre cheia. Às vezes, ela mesma tem de responder aos emails do “filhão”, tamanho o assédio internético da cachorrada. Imagino os compromissos e as coisas que passam na cabeça dele, e dela. Além de responder emails, Bob anda de skate e toca piano. Um gênio da raça, a dona garante que sim.

Pensei: esse cãozinho ainda vai ser entrevistado pela Ana Maria Braga, e cheguei a uma conclusão definitiva e incontestável: Bob é um gênio porque atende às expectativas da dona, deve ser o Einstein do Pet Shop.

A partir daí dei uns tratos à bola. O segredo do graal é simples: atenda-se às expectativas. Tudo é uma questão de correspondência, e não de valor. Sob esse ponto de vista, para a grande maioria da população brasileira, Lula é um Abraham Lincoln. Quem se atreve a dizer que não? A expectativa foi correspondida e, embora não …

Simplesmente Carla.

Imagem

Você sabia?

"Dos 181 países que fazem parte da ONU, somente o Brasil paga salário a vereador."
Leia mais
Imagem

Coluna da Segunda-feira

A farra do boi

Êêêê, vida de gado,
Povo marcado e povo feliz.

Zé Ramalho, músico e poeta popular

Renato Nunes
O nosso Brasil é um país curioso. Tão cheio de belezas, alegria, folclore, cores, músicas, tudo isso produzido por uma mistura de raças, culturas, índios, europeus, asiáticos, árabes e muita gente mais. Se fossemos relacionar encheríamos páginas, ou faríamos um livro grosso como os de Gilberto Freire ou Darcy Ribeiro, só para citar os mais conhecidos que tentaram compreender e descrever a identidade do povo brasileiro. Com freqüência surgem características novas indicando que a formatação procurada ainda não está concluída.

Creio que nenhum deles poderia imaginar tantas qualidades produzindo tantas maldades, tantas falcatruas. O Brasil de hoje parece uma feijoada que ainda não está pronta, ainda temos que esperar no mínimo meio século para que tudo fique cozido por igual, sem o gosto predominante de nenhum dos ingredientes, até que seja fixado um novo gosto, único, resultante do in…
Imagem

Opinião

Mudança no ensino médio

Editorial do Estadão
Um ano depois de ter afirmado que o ensino médio vive uma "crise aguda" e reconhecido que as políticas adotadas pelo governo para enfrentá-la não surtiram efeito, o ministro da Educação, Fernando Haddad, voltou a tratar da questão. Agora, ele está anunciando uma proposta de alteração do currículo desse ciclo de ensino, para torná-lo mais técnico e voltado à realidade do mercado de trabalho. Preparada por um grupo interministerial encarregado de formular projetos de qualificação de jovens, a proposta acaba de ser apresentada ao Conselho Nacional de Educação.

Destinado aos estudantes na faixa etária entre 15 e 17 anos e com um currículo reconhecidamente anacrônico, o ensino médio é considerado o principal gargalo do sistema educacional brasileiro. Os índices de aproveitamento dos estudantes, nos mecanismos de avaliação, têm sido assustadoramente baixos. A maioria dos alunos apresenta graves deficiências em matérias básicas, como portug…