Postagens

Mostrando postagens de Agosto 10, 2008
Imagem

Urgente

Dorival Caymmi morre aos 94 anos no Rio

Compositor baiano teve insuficiência renal e falência múltipla dos órgãos. Caymmi deixa mais de uma centena de canções, entre elas "Rosa morena".

Do G1, no Rio, com informações da TV Globo
O cantor e compositor Dorival Caymmi morreu na manhã deste sábado, aos 94 anos, no Rio de Janeiro. Caymmi faleceu por volta das 6h de insuficiência renal e falência múltipla dos órgãos.
O músico nasceu em Salvador, na Bahia, no dia 30 de abril de 1914. Ele deixa mais de cem composições, entre elas ‘Eu não tenho onde morar’, ‘Maracangalha’, ‘O que é que a baiana tem?’ e ‘Rosa Morena’.
Imagem

Opinião

Os riscos das nanotecnologias

Gilberto Dupas
Nanotecnologia é a nova fronteira da era global. Ela permite o domínio de partículas com dimensões extremamente pequenas que exibem propriedades mecânicas, óticas, magnéticas e químicas inéditas; e é aplicável em amplas áreas de pesquisa e produção, como medicina, eletrônica, computação, física, química, biologia e materiais. Sua aplicação causará enormes impactos na sociedade, gerará enormes lucros com produtos e serviços revolucionários e provocará imensos riscos.
Os patronos dessas técnicas garantem, para um futuro próximo, nanorrobôs circulando pelo sangue humano para reparar células, capturar micróbios ou combater cânceres; materiais dez vezes mais resistentes e cem vezes menos pesados que o aço; e armas e aparelhos de vigilância milimétricos e potentíssimos. Anunciam a implantação de nanochips no organismo humano para substituir ou adicionar células com funções novas, abrindo espaço para uma primeira geração de pós-humanos. E seus orácul…

Manchetes do dia

Sábado, 16 / 08 / 2008

Folha de São Paulo
"Governador do Rio pede Exército para garantir eleições"
Um dia após o emprego das Forças Armadas nas eleições no Rio ser autorizada pelo Tribunal Superior Eleitoral, o governador do Estado, Sérgio Cabral (PMDB), enviou ofício ao TSE pedindo tropas federais “o mais breve possível” para atuar na segurança pública durante o período eleitoral.Antes, o presidente do TSE, Carlos Ayres Britto, afirmava não ver necessidade de uso do Exército, apesar das denúncias de que candidatos e jornalistas são impedidos de circular em favelas devido a ameaças de traficantes. Cabral afirmou que seria um “presente” se a força ficasse após o pleito.Depois de receber o ofício de Cabral, Britto disse que será feito um mapeamento para definir onde as Forças Armadas atuarão: “A idéia é identificar ponto de maior dependência dessa influência nociva das duas forças, o tráfico e as milícias”. O reforço só deve chegar após esse mapeamento.

O Globo
"TRE: tráfico e…

Brenda Lee - Dynamite

Madeleine Peyroux - This is Heaven to Me

Luis Melodia - Quase Fui lhe Procurar

Madeleine Peyroux - J'ai Deux Amours

The rolling stones

façamos

Clocks Buena vista social club

Ibrahim Ferrer - Dos Gardenias

Pensata

“Cala a boca, Batista!”

Maria Helena Rubinato Rodrigues de Sousa
Jô Soares e Chico Anysio são criadores de tipos extraordinariamente engraçados e de bordões que entraram para nosso cotidiano. Quem não viu o deputado Justo Veríssimo, do Anysio, todo janota, com um 'bigodón' que faria o orgulho de Stalin, declarando “Quero que pobre se exploda!”, não sabe o que perdeu. Assim como o bravo general linha dura do Jô, que entra em coma no auge da “gloriosa” e sai do coma num mundo novo, sem militares no governo. A cada novidade que a família lhe contava, com extremo cuidado e preocupação, ele implorava aos médicos: “Me tira o tubo! Me tira o tubo!”.
Foram muitos os personagens e muitos os bordões. Eram engraçados, inteligentes, críticos, sempre atentos ao nosso dia a dia, aos nossos costumes. Razão tinha Tolstoi, grande é falar sobre a nossa aldeia.
Jô tinha um personagem que faz muita falta hoje em dia. Era o Irmão Carmelo, italiano responsável por uma paróquia aqui no Rio. Seu sacristã…
Imagem

Sonhos

Noite de inverno

Sidney Borges
Noite confusa esta última. Eu estava sonhando com o Hotel Le Grau du Roi, situado à beira de um canal que atravessa Aigues-Mortes, cidade cercada de muralhas em direção ao mar. No sonho eu viajava de bicicleta pela estrada branca que ladeia o canal quando um som mais ou menos assim; yam, yam, yam... me colocou em semi-vigília. Estou dormindo ou acordado? Eu sou eu ou sou outra pessoa? Perguntas foram surgindo em cascata em minha cabeça enevoada. Ao fundo yam, yam, yam... Reconheci o quarto, era a minha casa, definitivamente eu estava voltando ao mundo da realidade. Ou pensei que estava, a vida me parece real, principalmente quando ao fundo um alarido ponteado por yams, yams, yams começa a me irritar. Quero dormir, voltar aos canais, pensei com meus botões, embora eu nunca durma com peças de vestuário que tenham botões, pode ser perigoso. Yam, yam, yam... Desta vez foi demais. Peguei a lanterna de CSI, o canivete suíço e saí em busca do alarido. Disposto a …
Imagem

China

O pensamento chinês

Do Trem Azul
Quando, em 1934, Marcel Granet publicou a primeira edição de O pensamento chinês, os estudiosos logo perceberam que estavam diante de um clássico. O tempo confirmou essa impressão. Este livro "cheio de intuições geniais" – nas palavras de Lévi-Strauss – permanece até hoje no catálogo das editoras mais importantes do mundo, como a principal obra de referência sobre o tema que estuda.

O fascínio

A China fascina e perturba o Ocidente, ao mostrar a possibilidade de existir outro pensamento, diferente do nosso, dotado de alta capacidade civilizatória. Seus costumes, suas artes, sua escrita e sua sabedoria conquistaram as imensas populações de todo o Extremo Oriente, tornando-se uma referência essencial para quem quiser conhecer de forma mais abrangente a experiência humana. Este foi o desafio a que Marcel Granet dedicou sua vida, aponta César Benjamin, jornalista e editor da Contraponto Editora.

Uma civilização sem Ciência

A idéia de uma poderosa civil…
Imagem

Opinião

Muitas incógnitas no preço dos alimentos

Washington Novaes
Saldos negativos nas contas externas do País nos últimos meses começam a acender luzes de advertência, seja porque aumentam as remessas de lucros e dividendos (maiores que os investimentos) e as saídas nas contas financeiras, seja porque no primeiro semestre deste ano o déficit externo foi o maior desde 1947 e o saldo comercial, inferior em 44,8% ao de igual período do ano passado. A dívida externa volta a superar os US$ 200 bilhões, a dívida líquida do setor público se mantém acima de 40% do PIB e os juros pagos no semestre (R$ 74,8 bilhões) pela dívida interna de R$ 1,239 trilhão equivalem a mais de seis meses de despesas com o maior programa social do governo federal, o Bolsa-Família. Uma das luzes foi acesa pelo próprio ministro das estratégias federais, ao dizer que será difícil sair desse quadro em que o comércio exterior é muito afetado pelos cartéis de compradores de nossos produtos e fornecedores de insumos, principalme…

Manchetes do dia

Sexta-feira, 15 / 08 / 2008

Folha de São Paulo
"União paga ajuda bilionária a juízes"
Uma decisão do Conselho da Justiça Federal forçou a União a pagar a juízes de várias instâncias um total de mais de R$1 bilhão em auxílio-moradia retroativa ao período de setembro de 1994 a dezembro de 1997, informa Andréa Michael. Com determinação, esses juízes ganharam o mesmo direito já garantido a ministros do Supremo Tribunal Federal, que, em 1992, tiveram seus salários igualados aos dos congressistas, além da incorporação do auxílio-moradia pago aos parlamentares. A decisão, copiada pelo Conselho Superior de Justiça do Trabalho, se limita ao período de 1994 a 1997, porque o direito reclamado pelos magistrados para anos anteriores prescreveu. Para anos posteriores, foi ganho em ações judiciais. A medida dos conselhos beneficia mais de 4.000 juízes e desembargadores em todo o país e também se aplica a aposentados que, na época, estavam na ativa e a pensionistas. Os pagamentos já estão send…
Imagem
Clique sobre a imagem e saiba mais

Energia

Angra 2 entre as melhores usinas do mundo

Daniel Mazza Ramos
Angra 2 apresentou uma performance de destaque no ranking elaborado pela Wano (World Association of Nuclear Operators), estando acima da média em oito dos 13 parâmetros usados para comparar o desempenho de usinas do tipo PWR – Siemens/KWU, que além das alemãs inclui Borselle na Holanda, Goesgen na Suíça e Trillo na Espanha. Os números referem-se aos últimos 36, 24, 18 e 12 meses e foram divulgados em agosto. Em três dos índices, a usina brasileira apresentou a melhor performance em sua categoria. O objetivo do acompanhamento da Wano é avaliar o grau de disponibilidade e de segurança das usinas em todo o mundo e, também, indicar eventuais necessidades de ajustes para uma melhoria geral do desempenho. A entidade desenvolveu um conjunto de indicadores específicos para cada tipo de usina, cujo modo de cálculo é padronizado para possibilitar a comparação. A avaliação dos índices é feita mensalmente pelas operadoras e enviada para a…
Imagem

Ponto de vista

Fondue indigesto

Roberto de Mamede Costa Leite
Nesta terceira idade muitos fazem coisas indevidas. Aqui em casa, apesar de não sermos ratos, adoramos comer queijo. Queijo gordo, substancioso, confessadamente gostoso e prejudicial à nossa saúde. Coisa honestamente pecaminosa, mas consentida. Afinal, é dos poucos prazeres que nos restam. Hoje, ao término de nosso estoque de queijo amarelo, o procuramos em Ubatuba para comprar. Não encontramos. Contudo, no caminho atrás do queijo, fomos tropicando com candidatos. Todos registrados na Justiça Eleitoral e prometendo tudo.
Neste tudo que nos sugerem, quase nada há de execução factível. Com este espírito de prometerem o que não podem, o que puderem (é possível que não sejam capazes de distinguir o que de suas ‘competências’) não está nos planos dos ditos.Mesmo em tese.
Imaginem na prática dos eleitos ...
Nós teriamos o direito de acreditar que os eleitos seriam nossos representantes, como é o espírito do contrato social.
E os eleitores vocacionad…
Imagem

Eleições 2008

TRE dá razão a Luiz Moura

Ubaweb
A decisão monocrática (decisão proferida por um único juiz) do Juízo da 144ª Zona Eleitoral, que condenou Luiz Moura e o portal UbaWeb ao pagamento de 20.000 UFIR’s, de acordo com pedido da coligação “Novo Tempo” aventando descumprimento da legislação eleitoral, foi anulada.
Os Juízes do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, por votação unânime, deram provimento ao recurso impetrado por Moura, um dos idealizadores do portal UbaWeb (www.ubaweb.com) e candidato ao cargo de Vereador pelo Partido da República (PR) nas eleições de 2008, em Ubatuba (SP). O julgamento teve a participação dos Desembargadores Marcos César (Presidente) e Walter de Almeida Guilherme; dos Juízes Baptista Pereira, Paulo Alcides, Paulo Henrique Lucon e Flávio Yarshell.
O recurso acolhido foi elaborado pelo advogado Michel Kapasi.
Clique aqui para fazer o download do acórdão. (O arquivo tem o formato Adobe PDF e possui 312 KB de tamanho.)
Imagem

Eleições 2008

Situação dos candidatos

Sidney Borges
Ontem publiquei uma nota dando conta que três candidatos a prefeito foram considerados aptos pelo TSE. Tive o cuidado de colocar um link para o sitio do Tribunal. O fato de haver recursos na Justiça contra alguns pretendentes é outra história, momentaneamente eles estão liberados para fazer campanha. Sobre o amanhã, já dizia Chico Buarque de Holanda, "ninguém sabe, traga-me uma morena antes que o amor acabe".
Imagem

Opinião

O alcance da vitória russa

Editorial do Estadão
Negociado pelo presidente de turno da União Européia, o francês Nicolas Sarkozy, com os seus colegas Dmitri Medvedev, que recebe ordens do primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, e o georgiano Mikhail Saakashvili, que cutucou com vara curta o urso da vizinhança, confiando pateticamente na proteção do seu padrinho George W. Bush, o cessar-fogo entre Moscou e Tbilisi é na realidade a certidão de nascimento de uma nova ordem internacional. O documento como que atesta a volta ao pódio de uma Rússia carregada de ambições seculares. Ela exibe afinidades com o regime soviético e com o império tzarista que o antecedeu, mas retém quase nada da abertura para a democracia liberal e para o livre mercado, sob o governo pró-ocidental de Boris Yeltsin, nos anos 1990. Putin tomou a si o desmanche do que foi um experimento devastador para a economia, o status e o auto-respeito do país. A sua decisão de "castigar" a Geórgia, como diz Medvedev, é …

Manchetes do dia

Quinta-feira, 14 / 08 / 2008

Folha de São Paulo
"Ação da PF foi represália de diretor da Abin, diz Dantas"
O banqueiro Daniel Dantas afirmou na CPI dos Grampos ter recebido em novembro de 2007, a informação de que o diretor-geral da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), Paulo Lacerda, ex-chefe da Polícia Federal, encomendou uma operação da PF contra ele. Dantas disse ter sido informado de que Lacerda o culpava por um relatório em que apareciam contas no exterior atribuídas ao diretor geral da Abin. Em julho, a Operação Satiagraha da PF, prendeu Dantas, o ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta e o investigador Naji Nahas. O banqueiro negou ter tentado por intermediário, subornar um delegado da PF. Também afirmou não ter feito espionagem e disse acreditar que a Brasil Telecom, da qual era sócio, contratou a empresa Kroll para investigar a Telecom Itália devido a disputa societária. Lacerda afirmou, por meio de assessoria que aguarda convocação da CPI dos Grampos “para respond…
Imagem

Brasil

Uma classe sem rosto definido

Murillo de Aragão
Até a República Velha, a classe média brasileira praticamente não existia, segundo Luiz Carlos Bresser Pereira. Para ele, era um pequeno “estamento de servidores públicos e de profissionais liberais ligados ao estado e à classe patriarcal proprietária de terras”. No período entre 1930 e 1980, com a industrialização, cresceu a médias robustas e, como conseqüência – entre 1930 e 1960 – surgiu uma classe média “privada”, composta de empresários do comércio, indústria e agricultura que se juntaram aos funcionários públicos e de empresas estatais como Correios, Banco do Brasil, Petrobras, Eletrobras, BNDE, entre outros, como os integrantes das forças armadas.
Com a estagnação do país a partir de 1980, a classe media encolheu e perdeu relevância econômica e política, uma vez que setores da alta classe média sofreram redução de renda e representatividade. Agora, por força de um período de estabilidade e crescimento, iniciado com o Plano Real em 19…
Imagem

Vida urbana

Bandidinhos covardes e o nariz de palhaço!

Maria Aparecida Morini
Morei no Rio de Janeiro, em Salvador e em São Paulo. E tive minha bolsa roubada pela primeira vez na vida em Ubatuba, no dia 19 de julho, sábado, às 21 horas, na esquina da Av. Monteiro Lobato com a orla, ao lado do restaurante Arrastão, onde havia acabado de jantar e dezenas de turistas circulavam no pedaço. Era um sábado e ninguém imaginaria que seres reptilianos surgissem do nada em cima de uma moto pela contramão e arrancassem a bolsa do meu ombro pelas costas. Ninguém viu nada!!! Só os meus gritos ao voltar correndo ao restaurante pedindo para chamarem a polícia. A via crucis do cancelamento de cartões, talão de cheque, segunda via de documento, começava. Pior são os objetos de valor sentimental (esses não tem preço), além de chaves, batom e tudo de importante e íntimo que uma mulher carrega na bolsa. Por isso gostamos de sair com uma bolsa, e nos sentimos peladas sem ela. Mas pasmem! Ouvi inúmeros relatos de mulher…
Imagem

Finalmente

Ubatuba tem 3 candidatos

Sidney Borges
Maurício Moromizato, Paulo Ramos e Pedro Tuzino aparecem no site do TSE como candidatos aptos a disputar a prefeitura em outubro. Confira aqui.
Imagem

Deu em O Globo

Mais polêmica para Angra 3

Minc rebate comissão e diz que usina não terá licença sem reservatório exigido

De Mônica Tavares e Bruno Villas Bôas:
O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, marcou sua posição contra a Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen) e afirmou que a posição do Ibama sobre Angra 3 já está tomada: sem reservatórios nos parâmetros definidos, a usina nuclear não terá a licença de operação concedida pelo órgão ambiental federal. Segundo Minc, a Cnen está "criando problema" ao dispensar a exigência de um novo tipo de depósito (a chamada solução definitiva) para o lixo nuclear da usina, cuja construção deverá começar em setembro.
O GLOBO informou ontem que a Cnen vai conceder à Eletronuclear — estatal responsável pelo empreendimento — licença de construção da usina com a previsão apenas de um depósito inicial de rejeitos, nos moldes das piscinas utilizadas por Angra 2. A comissão e a Eletronuclear entendem que não cabe ao Ibama fazer exigências de segurança aos…
Imagem

Página virada

''O assunto está encerrado'', dizem comandantes

Recuo de Tarso sobre revisão da Lei de Anistia, após cobrança de Lula, acalma chefes das três Forças

Tânia Monteiro, BRASÍLIA
Depois do recuo do ministro da Justiça, Tarso Genro, sobre a revisão da Lei de Anistia, forçado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva a parar de criar polêmicas com os militares, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, e os comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica consideraram o assunto "encerrado". "A página está virada", disse Jobim, após informar que se reuniu com o presidente Lula na manhã de ontem. De acordo com Jobim, Lula avisou que não trataria do tema na cerimônia em que foi apresentado aos oficiais-generais promovidos, pois já tinha mandado Tarso acabar com a polêmica e "não queria mais ouvir falar no assunto".
Mas no final do dia, em cerimônia da União Nacional dos Estudantes (UNE), no Rio, o presidente deu uma declaração no mínimo controversa. Lula…
Imagem

Opinião

Experiência que deu certo

Editorial do Estadão
Dois meses depois de ter sido aprovada pela Câmara dos Deputados e sancionada pelo presidente da República, a Lei 11.689, elaborada para agilizar a tramitação dos processos relativos a crimes contra a vida, como homicídios, começa a apresentar resultados concretos. Graças a ela, o juiz Thiago Elias Massad, do 1º Tribunal do Júri de São Paulo, conseguiu fazer em apenas meia hora o que até recentemente demorava cerca de três a quatro meses.
Numa única audiência, ele ouviu os argumentos do promotor responsável pela acusação e do advogado de defesa de um réu. Depois, tomou a decisão de submetê-lo a um júri popular. Em seguida, ditou o despacho à escrevente, deixando tudo preparado para o julgamento. Uma vez encerrada a etapa de instrução do processo, com uma velocidade inédita no congestionado e moroso Fórum Criminal da Barra Funda, o juiz Massad fez exatamente a mesma coisa em outro processo.
A experiência teve bons resultados porque Massad con…

Manchetes do dia

Quarta-feira, 13 / 08 / 2008

Folha de São Paulo
"Rússia se diz vitoriosa e acerta acordo de paz"
O governo da Geórgia aceitou ontem o plano de cessar-fogo negociado entre Rússia e União Européia, encerrando a guerra de seis dias pelo controle da Ossétia do Sul e da Abkházia.Mediado em nome da UE pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy, o acordo atende as principais exigências de Moscou – entre elas, a de que a Geórgia se comprometa a não tentar retomar pela força os dois territórios – e reconhece apenas aos russos o direito de manter militares nessas regiões.Horas antes de negociar com Sarkozy, o presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, já anunciara o fim da ofensiva militar. “O objetivo foi alcançado, o agressor foi castigado e sofreu perdas substanciais”, afirmou ele.
Ontem, na Geórgia ainda foram relatados tiros e explosões que, segundo agências, mataram cinco, entre eles um jornalista holandês. A Rússia negou ataques.Os EUA baixaram o tom contra Moscou: segundo um porta-voz d…
Imagem
Clique sobre a imagem e saiba mais

Eleições 2008

Coligação "Ubatuba Sim" é deferida

Luana Camargo
A juíza da 144ª Zona Eleitoral de Ubatuba, Roberta Layaun Chiappeta deferiu o pedido de candidatura da coligação majoritária (PSDB-PR), que tem como candidatos Pedro Vicente TuzinoLeite, a prefeito e Ana Barone Clarassoti, a vice-prefeita. Segundo a sentença nº 094/2008, expedida no último dia 31 de julho foram preenchidas todas as condições legais para o registro. Pedro Tuzino e Ana Barone tiveram suas candidaturas confirmadas e estão aptos a disputarem as eleições municipais de 2008.
Imagem

Internacional

Geórgia reagrupa tropas para defender capital

Por Lourival Sant'Anna, no Estadão On Line:
O confronto militar entre a Rússia e a Geórgia entrou no quarto dia nesta segunda-feira, 11, com bombardeios e disparos de artilharia em vários pontos do território georgiano. O presidente da Geórgia, Mikhail Saashkashvili, fez à noite um pronunciamento dramático à nação, depois de seu governo anunciar que estava reagrupando suas forças em torno de Tbilisi para defender a capital. O presidente da França, Nicolas Sarkozy, chega na terça-feira a Tbilisi, para tentar mediar um acordo.
As forças da Geórgia voltaram a disparar sua artilharia contra Tskhinvali, a capital da província da Ossétia do Sul, que luta pela independência com apoio da Rússia. Os russos, por sua vez, voltaram a bombardear alvos militares georgianos.
O Ministério do Interior da Geórgia afirmou que as tropas russas avançaram 40 quilômetros a partir da Abkházia, outra província separatista, até a cidade de Senaki, em território geo…
Imagem

Brasil

Fora de compasso

Sidney Borges
O tema anistia voltou à baila. O governo quer punir torturadores. Para mim todo esse alvoroço tem cheiro de factóide. Me parece uma forma de tirar o foco do imbróglio Dantas e suas implicações telefônicas. Sou contra a tortura, como humanista não posso admitir que seres humanos sejam seviciados e humilhados em nome de uma causa. Seja ela qual for. Obviamente há situações em que a tortura parece ser uma solução, mas aí mora o perigo, quebrado o protocolo tudo passa a ser possível. Não foi inteligente trazer à luz tal discussão. Os militares estão quietos, melhor que continuem assim. Não é prudente cutucar um leão adormecido. O governo vai bem, a economia navega com vento de popa, o país caminha no rumo da diminuição das desigualdades. O ministro Tarso Genro poderia ter ficado de boca fechada. Não teria engolido mosquitos.
Imagem

Opinião

Canteiros de obras paradas

Editorial do Estadão
São freqüentes as viagens do presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo País para marcar o lançamento da pedra fundamental ou a instalação do canteiro de uma obra inscrita no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Lula prometeu transformar o País num canteiro de obras do PAC, que se tornou o carro-chefe da campanha de autopromoção do governo. O Rio de Janeiro, talvez pelo interesse político-eleitoral do presidente nas principais cidades fluminenses, já recebeu diversas visitas de Lula. Ali foram instalados vistosos canteiros de obras, mas as obras, em sua grande maioria, estão paradas. Burocracia, falta de pessoal, problemas de gestão, questões ambientais retardam ou impedem a liberação de recursos para levá-las adiante.
O PAC previu investimentos totais de R$ 9,55 bilhões no Rio de Janeiro, em obras de infra-estrutura, como a Usina Hidrelétrica de Simplício, e logísticas, como o Arco Rodoviário (que ligará Itaboraí, ao Porto de Itagua…

Manchetes do dia

Terça-feira, 12 / 08 / 2008

Folha de São Paulo
"Rússia recusa trégua e amplia ataque à Geórgia"
Após controlar boa parte da região separatista da Ossétia do Sul, na Geórgia, a Rússia abriu outra frente de combate ao entrar na Abkházia, no oeste do país.O presidente georgiano, Mikhail Saakashvili, acusa a Rússia de pretender ocupar seu território. Moscou nega e afirma que visa criar zonas-tampão para proteger dos ataques de Geórgia as populações dos enclaves.Os russos rejeitaram dois planos de cessar-fogo propostos pela União Européia e pelo G7. Eles acusam os georgianos de continuar a bombardear a Ossétia, o que o governo do país contesta.O presidente George W. Bush (EUA) disse que a Rússia invadiu um Estado soberano e ameaça um governo democraticamente eleito: “Uma ação assim é inaceitável no século 21”.

O Globo
"Cabral: Infraero deve ‘largar o osso’ e privatizar o Galeão"
Em audiência pública na Assembléia Legislativa, o governador Sérgio Cabral defendeu ontem a conces…
Imagem

Pensata

Como chegar aos cem

João Pereira Coutinho na Folha Online
Sim, sou um nostálgico da simplicidade. Tenho 5.000, 6.000 livros. Mas o meu sonho supremo era ter apenas dez ou vinte e fechar a contagem. Ah, como seria bom reunir "os livros da minha vida" numa única estante e deixar que o ruído do mundo, e das letras, passasse lá por fora. A biblioteca perfeita não se faz por adição; faz-se por subtração. Não me canso de o repetir.
Como tudo o resto, aliás: acumulamos centenas, milhares de objetos sem desígnio ou sentido. Quando seria possível viver com metade, ou metade da metade, ou metade da metade da metade. Só nos Estados Unidos, leio agora, existem milhares de "centenários": indivíduos que, cansados do excesso consumista, reduziram as suas vidas a cem objetos fundamentais. A moda espalhou-se por jornalistas do Reino Unido. Da Europa. De Portugal. Que fizeram a experiência e sobreviveram a ela.
E por que não? Sentado no sofá da sala, olho em volta e, saturado pela paisa…
Imagem

Editorial

O Brasil que dá vergonha

Sidney Borges
Nos Estados Unidos quando acontece bloqueio de trânsito e somente é permitida a passagem de um veículo a prioridade é definida pelo sistema capitalista. Supondo que estejam na berlinda um tanque dos fuzileiros em vias de conter uma invasão hondurenha, uma ambulância levando um enfartado e um furgão dos correios, terá prioridade o carro postal por transportar valores. No Brasil a coisa não funciona assim. Tudo depende do humor do momento, embora haja aqui uma Constituição. Temos autoridades que decidem como deve ser a vida dos cidadãos sem pensar nos impactos na economia. São funcionários públicos de carreira, concursados. Nunca tiveram a incerteza de não ter dinheiro no fim do mês. Imaginam que o vil metal dá em árvores. Insensíveis vão canetando sem dó nem piedade. Nós blogueiros estamos amordaçados enquanto os jornais podem, a televisão pode, o rádio pode. Se eu colocar o santinho de algum candidato o “Comissão Processante” entra na Justiça e me …
Imagem

Olimpíadas

One world, one nightmare

Marcelo Mirisola*
Há quatro anos, Sarah, uma macaca do zoológico de Tel Aviv, resolveu andar sobre as duas patas, e intrigou cientistas do mundo todo. Naquela época, coincidentemente de Olimpíadas, escrevi o seguinte: “O engraçado é que ninguém se espanta com os lutadores de luta greco-romana nem com os judocas peso-pesados, especialistas em ficar de quatro. Eles e a comissão técnica e o Galvão Bueno, todos uivam e batem no peito feito orangotangos. O que essa gente que corre, pula, chuta bolas, nada e ganha medalhas tem de tão especial?”.

O espantoso – escrevi – : “Não é a macaca israelense que resolveu andar feito uma atleta olímpica, mas os atletas olímpicos­ que ficam de quatro e ganham medalhas. A cigarrinha-da­­­­­-­espuma também ‘desafia os próprios limites’ .Vejam só. Nossa amiga­ cigarrinha-da-espuma salta setenta vezes o seu tamanho. Mal comparando (porque a cigarrinha não dá entrevistas) é como se um Ronaldinho, de 1,75m, saltasse sobre duas estátuas d…