Postagens

Mostrando postagens de Julho 24, 2011
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Aprender a geografia, adequar as ferrovias

Washington Novaes - O Estado de S.Paulo
Parece maldição sobre o projeto da Ferrovia Norte-Sul, sobre o da Centro-Oeste e sobre as ferrovias brasileiras em geral. Pelo menos secular já é, com o quinto adiamento, desde o ano passado, do trecho goiano da Norte-Sul.

A previsão era de entregar ao tráfego, em julho de 2010, o trecho Tocantins-Anápolis, em Goiás, que chegou a ser inaugurado simbolicamente pelo então presidente da República. Agora, o projeto está enredado em ação do Ministério Público, que investiga novo superfaturamento de R$ 48 milhões num único trecho de 105 quilômetros, depois de a obra já haver recebido mais de R$ 5 bilhões só após o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e ter causado superfaturamento de R$ 420 milhões, segundo o Tribunal de Contas da União (Estado, 22/7). O projeto está enredado também no afastamento, sob suspeita, do diretor da Valec, José Francisco das Neves (Juquinha), em meio a todo o rolo do Ministério …
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 30 / 07 / 2011

Folha de São Paulo
"PIB cresce pouco, apoio cai e Obama faz “tuitaço”"
Mal avaliado, americano convoca eleitor a pressionar Congresso para evitar calote x O embate sobre a dívida dos EUA tomou ares de campanha ontem, com o presidente Barack Obama ecoando o candidato de 2008 e exortando o eleitor a “ligar, escrever e tuitar” para pressionar congressistas. A estratégia incluiu divulgar, pelo Twitter de campanha, o endereço eletrônico de todos os congressistas republicanos. Isso tudo no dia em que o democrata registrou seu pior índice de aprovação no Gallup: 40%. Ainda ontem, a oposição chegou a aprovar na Câmara um projeto de corte no Orçamento que elevaria o teto da dívida em US$ 1,6 trilhão até fevereiro. Horas depois, o Senado votou contra o plano e manteve o impasse. Outra notícia ruim para Obama foi o crescimento mais lento que o esperado da economia. No trimestre encerrado em junho, o PIB (Produto Interno Bruto) avançou 1,3% em termos anualizados.

O Esta…

Minhas especialidades...

Imagem
Pastel grego com peras em creme mascarpone de vinho tinto.

Coluna do Celsinho

Começo e fim

Celso de Almeida Jr.
Fim de julho.

O de 2011 não volta mais.

Perdemos mais uma chance.

Mês das férias escolares; temperatura amena; céu - geralmente - espetacular.

Não buscamos turistas estrangeiros.

Não colhemos frutos dos internacionais eventos da vizinha Parati.

Novamente, não transformamos o Congresso de Educação num acontecimento de forte visibilidade nacional, como ainda é o sonho original.

Curioso...

Temos tudo de bom.

Natureza.

História.

Ideias.

Afinal, o que falta?

Este despertar de Ubatuba, que todos esperam, exigirá primeiro um despertar individual.

Transformar nossos negócios, nossas casas, nossas calçadas, nossas ruas em espaços dignos de visitação turística.

Bom atendimento; bons preços; boa educação; limpeza, limpeza, limpeza...

Oferecer mais atividades para nossas crianças e jovens.

Capacitar, continuamente, eternamente, nossos funcionários e colaboradores.

Dar oportunidade aos novos projetos políticos.

Incentivar o voluntariado.

E lembrar, sempre, que nossa lentidão nas ações …
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

O que pensa a classe média?

João Mellão Neto - O Estado de S.Paulo
Os Estados Unidos não são mais aqueles. Seja qual for a solução que venha a ser dada à questão da dívida pública, o fato é que a América expôs as suas vulnerabilidades ao mundo. Ao menos na minha geração, ninguém esperava vir a assistir ao fim da supremacia do dólar.

O século passado é apontado pelos historiadores como o "século americano". Nos anos 70 e 80 as pessoas guardavam dólares em casa. Era uma reserva de valor. "In God we trust" ("Em Deus confiamos") vem inscrito nas cédulas verdes. E nós - independentemente da crença no Todo-Poderoso - botávamos alguma fé também no dólar...

Hoje os EUA ameaçam uma moratória e as cotações da sua moeda estão despencando. Algo impensável poucos anos atrás. A Europa também vai mal e, com isso, a civilização ocidental fica sem referências. O século 21 promete ser dos Brics, que, com exceção da Rússia, são as únicas grandes economias que continuam crescend…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 29 / 07 / 2011

Folha de São Paulo
"Dilma teme 'insensatez' e vê ameaça de crise global"
Presidente critica 'incapacidade' de EUA e Europa e pede união a vizinhos x Em meio a turbulência econômica no hemisfério Norte, a presidente Dilma Rousseff disse que a "insensatez" e a "incapacidade política" dos EUA e da União Europeia para resolver suas crises são "ameaça global". "Esse quadro onde a insensatez é a regra só reforça a necessidade de nossa união", afirmou Dilma a nove presidentes sul-americanos, em encontro da Unasul em Lima. Países do grupo farão na próxima semana reunião para discutir ação conjunta contra a crise.

O Estado de São Paulo "Desaceleração faz BC acenar com fim da alta dos juros"
Ata do Copom diz que as medidas para conter a inflação terão impacto acentuado; mercado duvida

O Banco Central sinalizou que o ciclo de alta dos juros pode ter chegado ao fim diante de um quadro "mais favoráv…

Pecados: "Das delícias da gula"...

Imagem

Ramalhete de "causos"

Da sabedoria
Sabedoria exige busca humilde, mas ser manso não é ser bobo

José Ronaldo dos Santos A realidade está constantemente nos ensinando. Por isso é preciso treinar a observação e ter claro a busca da felicidade.

A felicidade que não implicar a coletividade, ou o maior número possível de seres vivos (Sim! Todos os animais!), deve ser suspeita, pois pode muito bem não ser felicidade.

Recorrendo ao mito grego de Dédalo e Ícaro (pai e filho que escaparam da prisão voando), recomendo a todos, por razão muito evidente, que busquem no mar a sabedoria. Explico: de acordo com o mito, Ícaro, teimoso como guaiá guloso sobre a craca, não deu atenção às recomendações do pai (de não se aproximar dos raios solares, pois derreteria as asas confeccionadas com cera retiradas de colmeia e penas de pombos) e por isso acabou caindo no oceano. O pobre pai só pode fazer uma coisa: chorar. As suas lágrimas, após caírem no mar, foram recolhidas e transformadas em pérolas de sabedoria. Portanto, todos que …
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A Copa não vale tudo isso

O Estado de S.Paulo - Editorial
Que a Fifa, o órgão máximo do futebol mundial, tenha lá suas manias e exigências, para assegurar o maior brilho possível aos eventos que organiza, até se entende, pois ela vive do espetáculo - algumas vezes nada edificante, como os recentes casos de suborno durante o processo de eleição de sua direção. O que não se pode aceitar é que, numa demonstração de subserviência à Fifa, as autoridades brasileiras se rendam a quaisquer de suas exigências, impondo transtornos à população que nada tem a ver com os interesses em jogo na organização da Copa de 2014.

É absurda a decisão do governo de, a pedido do Comitê Organizador Local da Copa - que, por sua vez, atendia à reivindicação da Fifa -, suspender todas as operações no Aeroporto Santos-Dumont, durante quatro horas, para não prejudicar a festança organizada pelos cartolas nacionais e internacionais na Marina da Glória, na área central do Rio de Janeiro, durante a qual serão sorteados o…
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 28 / 07 / 2011

Folha de São Paulo
"Governo age e dólar tem maior alta em um ano"
Contra especulação, haverá 1% de IOF em operações que elevem exposição em derivativos acima de US$ 10 milhões x O governo anunciou ontem medidas para inibir a especulação com o dólar. As operações ficarão mais caras, pois quem fechar novos negócios com derivativos e elevar sua posição acima de US$ 10 milhões recolherá 1 % de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras). O primeiro efeito do pacote foi conter a queda da moeda americana, que teve alta de 1,3% - a maior em um ano - e atingiu R$ 1,557.

O Estado de São Paulo "Governo faz sua maior intervenção no câmbio e ameaça ir mais longe"
Pacote para o mercado futuro vai taxar e controlar apostas na valorização do real

Em sua mais agressiva ação contra a alta do real, o governo decidiu controlar as apostas na queda do dólar no mercado futuro - que ontem atingiram US$ 22,8 bilhões, quase todas feitas por estrangeiros - e acenou com nov…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Roubar, não pode mais

O Estado de S.Paulo
O contraste fica cada vez mais evidente. De um lado, uma tradição de oito anos de pacífica e ostensiva convivência com a malversação de recursos públicos, escorada nos ombros largos da governabilidade. De outro, uma completa devassa no Ministério dos Transportes, provocada pelas recentes denúncias de irregularidades praticadas desde que aquela pasta se transformou, no governo petista, em feudo do Partido da República (PR), componente da base aliada. "Sairão todos, independentemente de endereços partidários", garantiu a presidente Dilma Rousseff em entrevista de 80 minutos concedida a cinco jornalistas na última sexta-feira, no Palácio do Planalto.

Dito e feito. Até o início desta semana eram 18 os demitidos, entre eles o ministro herdado do governo anterior e os diretores dos dois principais órgãos vinculados à pasta, o Dnit e a Valec, responsáveis, respectivamente, pelas infraestruturas rodoviária e ferroviária. Dessas demissões, talve…
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 27 / 07 / 2011

Folha de São Paulo
"Investimento externo no Brasil bate recorde"
No 1° semestre, país recebeu US$ 32,5 bilhões, a maior marca desde 1947 x O investimento estrangeiro no setor produtivo da economia atingiu US$ 32,5 bilhões no primeiro semestre deste ano - recorde desde 1947, quando começou a série do Banco Central. Esse fluxo anula o efeito das medidas do governo para conter a queda do dólar.

O Estado de São Paulo "Investimento estrangeiro direto atinge US$ 32,5 bilhões"
Entrada no primeiro semestre é recorde desde 1947 e cobre o déficit de US$ 25,5 bilhões nas contas externas

A entrada de investimentos estrangeiros diretos atingiu no primeiro semestre a marca de US$ 32,5 bilhões, a mais alta desde 1947. O total em seis meses superou o volume de ingressos anuais de toda a série, com exceção de quatro anos. O desempenho cobriu com folga o déficit das contas externas. O saldo negativo de US$ 25,5 bilhões, impulsionado por gastos sem precedentes com…

Baravelli

Imagem
No museu (nº 4) - 1979 - Pintura - Doação do artista ao MAM

Idéias

Controle da imprensa
Do Ex-Blog do Cesar Maia É muito importante que os jornalistas não pensem, quando expressam uma ideia, no êxito que essa lhe trará, nem no proveito material que poderão tirar disso. Quem atua sobre a opinião deve ser consciente que realizam uma missão e devem se comportar como bons servidores do Estado. Por isso me esforcei desde que cheguei ao governo, em sanear o conjunto da imprensa do país. A meus olhos é evidente que um Estado que dispõe de uma imprensa bem orientada e que exerce controle sobre seus jornalistas dispõe de poderes muito maiores do que possa imaginar.

Onde quer que exista, o fetichismo da liberdade de imprensa constitui um perigo mortal "par excellence". O que se chama de liberdade de imprensa, não significa em absoluto que a imprensa seja livre, mas unicamente, que certos potentados têm a faculdade de dirigi-la a sua vontade em função de seus interesses particulares e, em caso necessário, contra os interesses do Estado.
(&qu…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Custos, empregos e competição

O Estado de S.Paulo - Editorial
O Brasil tem os maiores encargos trabalhistas do mundo, segundo levantamento da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), baseado em compilação do governo americano. Essa é uma das várias desvantagens do produtor brasileiro diante da concorrência estrangeira, tanto no exterior quanto no mercado interno, cada vez mais exposto a competidores com preços mais baixos. Com o câmbio valorizado, os problemas enfrentados pelas empresas se tornam mais graves, e a necessidade de soluções, mais premente. Os encargos pagos no País correspondem a 32,4% dos custos trabalhistas, de acordo com o estudo. O peso é maior que o observado em economias europeias com elevado padrão de proteção social, como Suécia, França, Itália e Bélgica, e muitíssimo distante daquele verificado nos Estados Unidos, onde as contribuições correspondem a 23,6% do custo da mão de obra. A média internacional é de 21,4%. Abaixo desse nível ficam os encargo…
Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 26 / 07 / 2011

Folha de São Paulo
"Homicídios caem, mas latrocínios sobem em SP"
Tendência é registrada tanto na capital quanto no Estado, apontam números x Dados do governo paulista indicam que, entre janeiro e junho deste ano, os casos de homicídio caíram 28% na capital, mas o número de latrocínios (tentativa de roubo ou roubo seguido de morte) subiu 12%. Perus, Santo Amaro e Penha são as regiões da capital com mais registros de latrocínio - três em cada uma.

O Estado de São Paulo "Em SP, taxa de homicídios é a menor em 46 anos"
Dados do semestre na capital mostram, porém, que casos de roubo seguido de morte cresceram 12%

A cidade de São Paulo registrou no primeiro semestre deste ano 8,3 homicídios por 100 mil habitantes, a menor taxa de assassinatos desde 1965. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública divulgados ontem, foram registrados entre janeiro e junho 470 assassinatos na capital, 28% a menos do que o primeiro semestre do ano passado. Apesar da…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Titulares e pernas quebradas

O Estado de S.Paulo - Editorial
"Oposição é como jogador no banco (de reservas). Torce para o titular quebrar a perna." Há várias maneiras de interpretar essa tirada de pretenso humor de Lula, desta vez proferida na sede da Fiesp, onde o ex-líder metalúrgico foi homenageado com um jantar e uma exposição de fotos de seus dois mandatos na Presidência da República. Quem está atento à sucessão de episódios relacionados a denúncias de corrupção que têm exposto divergências da turma do ex-presidente no governo com a sucessora Dilma Rousseff pode perceber que, na verdade, quem anda fazendo oposição à titular do Planalto são os fiéis seguidores de Lula, à frente Gilberto Carvalho, ministro-secretário-geral da Presidência. E se o ex-presidente e seus fiéis escudeiros estão convencidos de que Dilma anda pisando na bola, e com isso comprometendo o projeto petista de uma longa permanência no poder, não há por que imaginar outra coisa: Lula já se pôs em campo c…
Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 25 / 07 / 2011

Folha de São Paulo
"População carcerária sobe com lei antidrogas"
Número de presos por tráfico no país aumenta 118% de 2006 a 2010 x Criada há quase cinco anos para acabar com pena de prisão para usuários de maconha, a lei antidrogas gerou efeito contrário: contribuiu para superlotar presídios, dizem especialistas. A ideia original era que usuários prestassem serviços comunitários ou vissem palestras sobre drogas. Mas, de 2006 a 2010, o número de presos por tráfico aumentou 118% e chegou a 86,6 mil.

O Estado de São Paulo "EUA ainda buscam saída para a dívida pública"
Proposta republicana apresentada ontem eleva teto do débito, mas traz itens já rejeitados por Obama

A oito dias do fim do prazo estipulado pelo Departamento de Tesouro dos EUA,o republicano John Boehner, presidente da Câmara dos Representantes, apresentou projeto prevendo a redução de cerca de US$ 4 trilhões na dívida pública até 2022. Seu plano, porém, contém premissas já rejeitad…

Poluição - Pittsburg, 1955

Imagem

Coluna do Mirisola

Canjica

"Canjica faz parte do Memórias da Sauna Finlandesa (ed.34) – uma pena que a comunidade literária tenha negligenciado esse livro"

Marcelo Mirisola
Depois de tanto tempo na estrada, pagando por um sexo agônico e já desenganado pela Marisete, a perspectiva de uma garota dormir e, principalmente, acordar, comigo na minha cama, era algo – digamos – improvável, para não dizer insólito. Mesmo que a garota fosse a Nelci, de calcanhar sujo.

Sacanagem da minha parte dizer que Nelci tinha o calcanhar sujo. Ela não era necessariamente uma tranqueira. Até que foi muito delicada comigo, e me dedicou um poema chamado “Canjica”.

O problema é que eu era/ou sou um cafajeste que, em vez de encerrar a questão e jogá-la do décimo sétimo andar da minha quitinete … bem, acabei por gostar da Canjica da Nelci, isto é, do poema e não da canjica propriamente dita, aquela que fica entre o púbis, o play e a área de serviço.

E como se não fosse o suficiente, ainda a levei para comer pastel na feira, an…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Segredo e bandalheira

Roberto Romano - O Estado de S.Paulo
O Brasil é o país da corrupção e do segredo, lados da vida nacional que impedem qualquer confiança nas instituições. Os operadores do Estado, sobretudo com o "privilégio de foro", desobedecem às regras basilares da fé pública. O roubo dos recursos coletivos é respondido, entre nós, com perseguição à imprensa, compra de movimentos sociais, sigilo no financiamento de obras. Sem consciência histórica, os nossos políticos e partidos retomam séculos de tirania. A prudência mínima aconselha ligar a censura (o caso do jornal O Estado de S. Paulo é prova) e o segredo que encobre as piores ilicitudes cometidas à sombra do poder. Como disse alguém, "o dia pertence à opinião pública. Nele, os segredos são espancados e os governantes não podem usar o beleguim que realiza o serviço sujo "sob ordem superior". A noite aninha o segredo, covarde razão de Estado".

Os séculos 19 e 20 reuniram censura e hábitos político…