Postagens

Mostrando postagens de Março 6, 2011

Coluna do Mirisola

Ordem e Progresso. Horror e Escárnio

Em resenha produzida originalmente para o Le Monde Diplomatique, Marcelo Mirisola escreve sobre o livro “Segredo de Estado – o Desaparecimento de Rubens Paiva”, de Jason Tércio

Marcelo Mirisola*
Às voltas com a produção de um novo romance e uma peça de teatro, Marcelo Mirisola suspendeu por uns tempos a publicação de suas crônicas no Congresso em Foco e no Ubatuba Víbora. Este sábado, porém, ele retorna momentaneamente, com um texto que escreveu originalmente para o jornal francês Le Monde Diplomatique. Trata-se de uma resenha do livro de Jason Tércio, “Segredo de Estado – o Desaparecimento de Rubens Paiva”.

O texto foi publicado no Le Monde Diplomatique com a supressão de um trecho que Mirisola julgava muito importante. Por isso, ele agora publica abaixo a resenha na íntegra, da forma como a escreveu. É esse o texto que segue abaixo:

Muito difícil escrever sobre o desaparecimento de Rubens Paiva. Como se eu fosse mais um a entrar sem pedir licença e gr…

Império Romano

Imagem
Arena - Croácia

Síndrome do Brasil

Reator nuclear talvez esteja derretendo, diz agência japonesa

Apagão em fonte alternativa de energia impede que água seja bombeada ao núcleo do reator

estadão.com.br
TÓQUIO - A Agência de Segurança Nuclear do Japão afirmou ser “altamente provável” que esteja ocorrendo o derretimento do reator número 1 da usina nuclear Daiichi, na cidade de Fukushima, nordeste do Japão, após os danos causados pelo violento terremoto seguido de tsunami na sexta-feira, 11.

Às 15h36 na hora local deste sábado (3h36 em Brasília), os muros e o teto da usina caíram em meio a várias colunas de fumaça. Houve vazamento radioativo e quatro funcionários se feriram levemente. Segundo a imprensa japonesa, a explosão ocorreu quando uma equipe tentava esfriar o reator nuclear número 1.

A Agência de Segurança Nuclear do Japão informou que liberou "vapores radioativos" para reduzir a pressão dentro do reator, que continua o dobro da normal. Medições detectaram radiação oito vezes maior que a usual nas redondezas d…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A inundação de dólares continua

O Estado de S.Paulo - Editorial
Sobram dólares no mundo e a enxurrada de moeda americana continua forçando a valorização do real, para desespero dos exportadores e de outros empresários expostos à concorrência estrangeira. O real valorizado encarece os produtos brasileiros, dificulta as vendas ao exterior e estimula as importações. Para atenuar o problema, o Banco Central (BC) e o Ministério da Fazenda tentaram criar barreiras contra a inundação cambial, mas com sucesso limitado. Do começo de janeiro até 4 de março, o ingresso líquido (entradas menos saídas) chegou a US$ 24,36 bilhões, superando o de todo o ano passado, de US$ 24,35 bilhões. Desde janeiro economistas do governo vêm discutindo novas medidas para conter a valorização da moeda brasileira, mas a decisão é difícil, porque toda intervenção no mercado de câmbio tem efeitos colaterais e pode resultar em danos importantes para a economia.

O Ministério da Fazenda já procurou limitar o ingresso de dó…
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 12 / 03 / 2011

Folha de São Paulo
"Tsunami arrasa nordeste do Japão e leva a alerta nuclear"

Pior terremoto da história do país gera ondas de até 12 metros; Abalo eleva radioatividade de usinas atômicas e população do entorno tem de deixar casas

O Japão sofreu o maior terremoto de sua história. Com magnitude de 8,9, foi o mais intenso tremor no mundo desde o tsunami que matou 200 mil na Indonésia, em 2004. O sismo principal, às 14h46 (hora local), foi seguido de 70 tremores. Ondas de até 12 m arrasaram o nordeste da ilha, mas o preparo do país para lidar com tremores ajudou a reduzir o número potencial de vitimas fatais. Até a noite, o governo japonês confirmava oficialmente 185 mortes e mais de 700 desaparecidos. Nada indica que essa tragédia supere a de Kobe, que matou mais de 6.000, mas o risco nuclear preocupa. A população foi retirada das proximidades de duas usinas atômicas em Fukushima pelo receio de vazamento de material radioativo. Em Tóquio, os transportes para…

É adubo?

Imagem
Não! Não é adubo!
José Ronaldo dos Santos Há alguns meses que este carro está no espaço nobre da mata ciliar do rio Ipiranguinha, bem próximo da ponte. Só não vê quem não quer (ou for cego). Será que, neste rincão do país, a ciência está tão avançada e já descobriu como transformar tal sujeira em adubo?
Algumas certezas:
1- É um exemplo de que o rumo do município está na contramão da evolução; 2- É uma prova de que as autoridades não estão sendo eficientes; 3- O funcionário até que tentou diminuir a feiura: azulou o “monumento”.
Em tempo:
Cadê o pessoal tão preocupado com a dengue?
Twitter
Imagem

Coluna do Celsinho

Não!

Celso de Almeida Jr.
Que eu gosto do jogo político não é novidade.

Que eu não tenho vocação para ser candidato, também.

Falta-me paciência.

Não tenho aquela sensibilidade que o político profissional tem.

O povo, extremamente carente, quer representantes camaradas.

Espera atenção.

Gosta de receber o seu candidato em casa, para o café, conversas longas, causos de família...

Não é pequena, também, a demanda cotidiana.

Parentes doentes, desemprego, remédios, licença para comércio ambulante, abatimento de impostos.

Ruas esburacadas, falta de iluminação, esgoto vazando.

Há também a vaga para o filho na escola melhorzinha, negócios para a empresa da família, ambulância para o amigo do peito.

Eu não teria competência para tamanho esforço.

Por isso, aprendi a ter respeito pela classe política.

Vive, em geral, num turbilhão de pedidos, reclamações, cobranças, sendo muitas vezes condenada a revelia.

Pronto!

Paro por aqui.

Creio não ser necessário ir além disso.

Uma coisa é reconhecer o agitado cotidiano do po…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Mais do mesmo

O Estado de S.Paulo - Editorial
Não chega a ser surpreendente o fato revelado pelo portal do Estado ao divulgar o vídeo que acrescenta a hoje deputada federal Jaqueline Roriz à lista de políticos brasilienses que se envolveram no escândalo que ficou conhecido como "mensalão do DEM". A comprovação dessas denúncias custou o mandato do governador José Roberto Arruda e marcou o início do fim do Democratas como partido político de expressão nacional. Mas, sobretudo, esses lamentáveis acontecimentos revelam o estado de putrefação a que chegou o corpo político do Distrito Federal (DF), contaminado por uma corrupção endêmica que se apresenta certamente como o maior desafio para o governador Agnelo Queiroz, eleito no ano passado e há menos de três meses no poder.

Embora tenha ficado conhecido como "mensalão do DEM" porque estourou quando o governo de Brasília estava nas mãos desse partido, ao qual eram filiados tanto o governador Arruda quanto o vice Paulo Octávi…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 11 / 03 / 2011

Folha de São Paulo
"Em dois meses, país recebe mais dólares que em todo 2010"

Taxa de juros em alta atrai investidores e repercute nas operações do mercado de câmbio; governo prepara pacote

Até o dia 4 deste mês, a entrada de dólares no Brasil superou o montante de 2010 inteiro, mostram os dados do Banco Central. O número é resultado de investimentos externos de longo prazo, empréstimos de empresas brasileiras no exterior e especulação no câmbio. Em pouco mais de dois meses, o ingresso chegou a US$ 24,356 bilhões; durante todo o ano passado, o saldo foi de US$ 24,354 bilhões. A oferta faz com que o dólar caia, barateia importações e encarece exportações - o que é ruim para a balança comercial e a indústria.

O Estado de São Paulo
"Cresce rombo da previdência do servidor"

Enquanto o déficit do INSS ficou estável, o do sistema do funcionalismo cresceu 9% entre 2009 e 2010 e superou os R$ 50 bilhões

O rombo do regime de previdência dos servidores pú…

Energia

Imagem
Comunicado à Imprensa

Conforme divulgado no dia 09/03/11, no site da Eletronuclear (www.eletronuclear.gov.br), a Usina Nuclear Angra 1 foi desligada preventivamente do Sistema Interligado Nacional - SIN ontem, às 07h05min, em decorrência da atuação indevida de alarmes, sendo conectada no mesmo dia, às 23h20min. De acordo com solicitação do Operador Nacional do Sistema (ONS), a Usina está em processo de elevação de potência e, às 07h de hoje (10/03/11), estava gerando 352 MWe, ou seja, 63% de potência do seu reator.

Entenda o que aconteceu - O desligamento manual foi executado imediatamente após ter sido constatada a atuação indevida de alarmes, apesar de todas as demais indicações mostrarem que a Angra 1 se encontrava numa condição de operação segura. Foi uma ação de natureza estritamente preventiva, de forma a permitir a identificação da causa do problema. De acordo com os procedimentos da Usina, foi declarado Evento Não Usual, o qual foi encerrado às 08h26min do mesmo dia. Os técnicos…
Imagem

Brasil. Ano novo, vida velha.

Tudo igual. Data diferente

Sidney Borges
Começou 2011. Tecnicamente começou ontem, quarta-feira de cinzas, mas como ontem foi dia de ir à igreja expiar os pecados do carnaval, o começo se dá hoje.

Não vai ser um ano fácil. Com o câmbio estabilizado no fundo do poço, isto é, sem cair, a inflação da maldade vai subir. Se a rima não convenceu ataco de pitonisa: "com a inflação a subir Mântega vai cair". Elementar, dear Watson...

Palocci assumirá o comando da economia e será tratado como superministro.

Enquanto isso a moça dos vídeos da propina, Jaqueline Roriz, corre o risco de sofrer punição equivalente à do operador de Dirceu, Waldomiro Diniz. Indigestão de pizza. Roriz rima com Diniz.

Tenho um amigo que deve 30 milhões. Todos os meses a dívida aumenta 10 por cento. Fazendo as contas: no primeiro mês ele passará a dever 33 mi. No segundo 36,3 mi, no terceiro 39,9 mi, no quarto 43,9 mi, no quinto 48,3, no sexto, 53,1, no sétimo 58,2 e no oitavo 64,1 mi. Difícil né? Eu soube da dívi…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

O orçamento paralelo

O Estado de S.Paulo - Editorial
Mantido no posto pela presidente Dilma Rousseff, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, precisará desfazer o rolo armado nas finanças federais durante seus últimos anos no Ministério, quando serviu ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Entre 2006 e 2010 o governo acumulou volumes crescentes de restos a pagar, empenhando despesas num exercício e deixando a liquidação financeira para o seguinte. Mas nem toda liquidação ocorreu no prazo oficialmente previsto e os valores em atraso foram sendo empurrados para a frente. Além disso, o Orçamento-Geral da União cresceu em todos os anos e isso também contribuiu para inflar o total de pagamentos adiados. Disso resultou a criação de uma espécie de orçamento paralelo, cada vez mais difícil de administrar.

Em 2005, o valor de restos a pagar - R$ 21,68 bilhões - foi R$ 10,03 bilhões menor que o do ano anterior. A partir daí o montante cresceu de forma ininterrupta e chegou a R$ 128,78 bilhões, val…
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 10 / 03 / 2011

Folha de São Paulo
"USP é preterida por 25% dos alunos selecionados"

Causas apontadas são aumento de vagas federais e oferta de bolsas e financiamentos

Um em cada quatro candidatos aprovados na primeira chamada do vestibular da USP desistiu antes de fazer a matrícula em 2011. A universidade convocou este ano o maior número de alunos em segunda chamada: foram 2.562. Em alguns cursos, principalmente no interior de São Paulo, as vagas não estão preenchidas nem com a terceira lista. Embora seja a primeira brasileira em rankings internacionais e responda por cerca de 25% da produção científica do país, a USP sofre concorrência das federais, cujas vagas em SP quintuplicaram desde 2005. A avaliação é da própria USP, do MEC e de cursinhos. Outro motivo é o maior acesso a bolsas do governo e financiamento.

O Estado de São Paulo
"BNDES já empresta três vezes mais que o Banco Mundial"

Em 2010, banco brasileiro concedeu US$ 96,32 bi, contra US$ 28,85 bi d…

Ubatuba

Imagem
Educação:
Ah!!! Quanta falta!!!
José Ronaldo dos Santos
Para aperfeiçoar a civilização neste chão, antiga Vila da Exaltação da Santa Cruz do Salvador de Ubatuba, não se deve descuidar dos mínimos (?) detalhes. Os ciclistas podem avançar – e muito!

Enfim, pouco valor tem a sinalização sem a educação.

Twitter
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Acentua-se a dependência dos produtos básicos

O Estado de S.Paulo - Editorial Econômico
A exportação de produtos básicos atingiu US$ 7,3 bilhões, em fevereiro, superando as de manufaturados (US$ 6,6 bilhões), na mais recente prova da dependência crescente das commodities para sustentar o pequeno superávit comercial, de quase US$ 1,2 bilhão, no mês passado, e de US$ 1,6 bilhão, no bimestre. Quantitativamente, são resultados melhores do que os do mesmo período do ano passado - as exportações cresceram 26% pelo critério de média diária e as importações, 20,7% -, mas, qualitativamente, piores. E, a se confirmarem os temores do presidente do Fed, Ben Bernanke, de que a alta dos preços do petróleo poderá ameaçar a recuperação global, a dependência de produtos básicos será mais danosa ao País.

Em fevereiro, o Brasil exportou US$ 16,7 bilhões e foi beneficiado pelos aumentos das vendas de café em grão, óleo de soja em bruto, milho e trigo, cujas exportações cresceram entre 62% e 330% em relação …
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 09 / 03 / 2011

Folha de São Paulo
"Promessas de Kassab patinam após 2 anos"

Prefeitura paulistana diz que cumpriu 21 metas; hospitais e Nova Luz não decolam

Trasncorrida a metade do segundo mandato, o prefeito Gilberto Kassab (DEM) enfrenta dificuldades, com algumas da principais promessas eleitorais. Kassab tenta viabilizar uma parceria público-privada de R$ 6 bilhões para erguer três hospitais, mas a licitação ainda não foi aberta. A meta de renovação da frota de ônibus foi alcançada. Nenhum novo corredor, porém, foi construído.

O Estado de São Paulo
"Governo quer mudar Incra e frear indicação política"

Documento propõe controle maior sobre superintendências, que são fontes de desvios

Documento preparado no Ministério do Desenvolvimento Agrário propõe mudanças na estrutura do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária para aumentar o controle de Brasília sobre as 30 superintendências regionais, comandadas, em sua maioria, por apadrinhados de políti…

Meus primos...

Imagem

Do dizer e do fazer...

Mercadante derrapa no pedágio federal

Blog de Augusto Nunes
Candidato ao governo de São Paulo, Aloízio Mercadante atravessou a campanha pendurado em duas bandeiras: a imediata extinção do sistema de progressão continuada e uma dramática redução das tarifas do pedágio.

Segundo a discurseira no horário eleitoral, a metodologia adotada nas escolas públicas do Estado ─ o aluno é aprovado ou não quando termina o ciclo, não o ano escolar ─ “é um estímulo ao analfabetismo”. E o preço cobrado pelas concessionárias das rodovias paulistas não passa de “um assalto legalizado”.

As duas bandeiras foram reduzidas a farrapos pelo governo Dilma Rousseff. Em fevereiro, o MEC encampou o sistema de progressão continuada, com o nome de “suspensão da repetência”, ao determinar que nenhum aluno dos três primeiros anos do ciclo básico seja reprovado.

“Reprovação não é um método de aprendizagem”, ensinou o ministro Fernando Haddad. “Abala a auto-estima da criança e atrapalha o seu sucesso escolar”. Deveria ter di…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A ideia oca de Chávez

O Estado de S.Paulo - Editorial
Pela estrita lógica dos números, a alta nas cotações do petróleo provocada pela eclosão dos levantes populares no mundo árabe e acelerada pela incerteza sobre o destino das reservas líbias - embora seja modesta a participação do feudo do coronel Muamar Kadafi no mercado global do produto - deveria ser um maná para o seu único verdadeiro amigo, discípulo e imitador no subcontinente americano, o caudilho venezuelano Hugo Chávez. Sem prejuízo do culto ao reverenciado mentor Fidel Castro, a sua messiânica revolução bolivariana para o implante e a propagação do socialismo do século 21 no mundo se inspirou no Livro Verde, a bíblia revolucionária do coronel autocrata de Trípoli. Era a sua leitura de cabeceira na escola militar venezuelana, antes de se fazer promover a coronel, assumir o governo e amordaçar a liberdade em seu país.

Chávez, cujo talento para o histrionismo é inversamente proporcional ao seu preparo para os negócios de Estado, …
Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 08 / 03 / 2011

Folha de São Paulo
"EUA cogitam enviar armas aos rebeldes anti-Gaddafi"

Governo líbio, com adesão de civis, sufoca avanço de força insurgente

O governo dos EUA disse que não descarta fornecer armas aos rebeldes que lutam contra o ditador da Líbia, Muammar Gaddafi. "A opção de fornecer assistência militar está na mesa porque nenhuma opção foi retirada da mesa", declarou o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney. O presidente Barack Obama disse que os EUA e a Otan (aliança militar ocidental) estudam várias opções, incluindo a militar. Com artilharia pesada, bombardeios aéreos e a adesão aberta de civis, forças leais a Gaddafi consolidaram seu controle sobre a região central da costa da Líbia, frustrando o avanço dos insurgentes, relata o enviado especial Marcelo Ninio. Após três semanas e 800 km de território conquistado, os rebeldes pararam em sua caminhada para Sirte, cidade natal de Gaddafi e alvo estratégico no rumo da capital, Trípoli.

O Esta…

Ramalhete de "causos"

Imagem
Fé no cacete
José Ronaldo dos Santos Não tem como escapar de uma verdade: a cultura caiçara se fundiu num cimento religioso. Melhor dizendo: foi graças ao discurso religioso que os indígenas, após o massacre de Yperoig (que é celebrado como paz no dia 14 de setembro de cada ano), foram “domesticados”. O mesmo ocorreu com os negros: ou aceitavam os dogmas dos portugueses ou sofriam demais por não poderem expressar a sua originalidade religiosa trazida da mãe-África. Da parte dos brancos pobres lusitanos vem a “moral de rebanho” (de aceitação dos sofrimentos nesta vida para uma recompensa no céu). Regendo toda a masseira, emprestando o termo da construção civil, estava o rico grileiro português em parceria com a religião oficial. Patrões e padres representam para a massa, na nova terra, a elite, os fundadores de uma nova cristandade; estavam acima da ralé ao ponto de disporem das pobres vidas como quisessem. Depois de misturar bem tudo isso estava pronta a cultura que passou a vingar entr…

Evolução...

Imagem

Coluna do Rui Grilo

Dia da Dona Antonia

Rui Grilo
Começando a acordar pensei em fazer um texto em homenagem às mulheres falando da Clarice Herzog, da mãe do Henfil e do Manoel Fiel que sofreram a perda de seus entes queridos vitimados pela ditadura. Mas logo pensei que essa história e essas mulheres muitos já conhecem e há milhares de mulheres anônimas que lutam pela sobrevivência de si e de seus filhos. Diz o censo que são mais de 30% as mulheres chefes de família.

Imediatamente pensei na Dona Antonia, pessoa muito respeitada por todos aqueles que a conheceram. Quase analfabeta, lutou para que os nove filhos estudassem e tivessem mais oportunidades do que ela.

Comecei a chamar minha mãe de Dona Antonia por brincadeira e com o tempo nós dois nos acostumamos com esse tratamento, diferente dos meus irmãos que sempre a chamavam de mãe.

Não sei até que ano que estudou mas tinha muita dificuldade em ler e escrever. Com a cunhada começou a aprender a costurar e, com a sogra, a cozinhar e a fazer quitutes mais requi…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A China se volta para os chineses

O Estado de S.Paulo - Editorial
O novo plano quinquenal de desenvolvimento da China, que foi referendado em outubro pelo Comitê Central do Partido Comunista e deve ser aprovado pelo Congresso Nacional do Povo no encontro anual que começou no sábado, dia 5, em Pequim, imporá uma profunda mudança de rumo na evolução da economia do país, com impactos importantes sobre o resto do mundo.

Este é o 12.º plano quinquenal chinês. Embora as projeções de crescimento neles contidas sejam geralmente subavaliadas e, por isso, desmentidas na prática, esses planos têm tido papel importante na determinação dos caminhos seguidos pela China. O quinto plano quinquenal resultou nas reformas e na abertura da economia no fim da década de 1970. Em meados da década de 1990, o nono plano transformou as estatais em empresas voltadas para a conquista de clientes ao redor do mundo, o que permitiu à China abocanhar fatias cada vez maiores do mercado internacional.

O que está sendo apr…
Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 07 / 03 / 2011

Folha de São Paulo
"Pedágios nas rodovias federais superam inflação"

Tarifa na Fernão Dias subiu 30% desde 2007, quando houve a privatização, ante alta de 19% no custo de vida

O pedágio de estradas federais privatizadas em 2007 bateu a inflação do período, informa Jose Ernesto Credendio. A tarifa ficou 30% maior na Fernão Dias (SP - Belo Horizonte) e 25% na Regis Bittencourt (SP-Curitiba). Se fosse corrigida pelo IPCA, teria subido 19%. Na rodovia do Aço, no Rio, o pedágio subiu quase o dobro da inflação. O modelo federal de concessão de estradas foi implantado quando Dilma Rousseff chefiava a Casa Civil do governo Lula e foi defendido por ela durante a campanha à Presidência. A Agência Nacional de Transportes Terrestres diz que a tarifa ultrapassou a inflação, entre outras razões, devido ao adiamento da cobrança em pedágios. Nos dois primeiros dias de Carnaval, já foram registradas 95 mortes nas rodovias federais.

O Estado de São Paulo
"Kadafi …

Carnaval

Imagem
Pierrô, Arlequim e Colombina, óleo sobre tela - 78 x 65 cm - 1922
Pierrô, Arlequim e Colombina
Sidney Borges  Nos festejos carnavalescos os personagens retratados acima por Di Cavalcanti são participantes da maior importância. Quem são eles, de onde vieram e como foram incorporados ao imaginário do povo brasileiro?
Segundo o site "Mundo Estranho", (aqui) são personagens de um estilo teatral conhecido como Commedia dell’Arte, nascido na Itália do século XVI. Integrantes de uma trama cheia de sátira social, os três papéis representam serviçais envolvidos em um triângulo amoroso: Pierrô ama Colombina, que ama Arlequim, que, por sua vez, também deseja Colombina. O estilo surgiu como alternativa à chamada Commedia Erudita, de inspiração literária, que apresentava atores falando em latim, naquela época uma língua já inacessível à maioria das pessoas. Assim, a história do trio enamorado sempre foi um autêntico entretenimento popular, de origem influenciada pelas brincadeiras de Carnava…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Silêncios que falam

Fernando Henrique Cardoso - O Estado de S.Paulo
Desde quando vivi de muito perto a experiência da "revolta dos estudantes" de maio de 1968 em Paris, comecei a duvidar das teorias que aprendera sobre as mudanças sociais no mundo capitalista. Estas estavam baseadas na visão da História como uma sucessão de lutas entre as classes sociais visando ao controle do Estado para, por intermédio dele, seja manter a dominação de classes, seja destruir todas elas e construir a "sociedade do futuro" sem classes e, portanto, sem que os partidos tivessem função relevante. A qual seria crucial, na visão dos revolucionários do século 20 de inspiração leninista, apenas na "transição", quando se justificaria até mesmo a ditadura do proletariado, exercida pelo partido.

Pois bem, nas greves estudantis da Universidade de Paris, em Nanterre e na Sorbonne (assim como nos câmpus universitários americanos, com outras motivações), que acabaram por contaminar a Franç…