Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 7, 2008

Música

Imagem
Doris Day - "Cheek to Cheek"

Cheek to Cheek - Doris Day. Ouça aqui.

Doris Day é uma cantora e atriz norte-americana, que se tornou popular durante as décadas de 50 e 60. Nascida em 3 de abril de 1924, em Cincinnati, brilhou como cantora no filme Ardida como Pimenta. No filme, além de interpretar a personagem do Velho Oeste Jane Calamidade, cantou Secret Love, que recebeu o Oscar de melhor canção. (Blog do Noblat)

Frases

"O meu fim evidente era atar as duas pontes da vida, e restaurar na velhice a adolescência."

Machado de Assis

Triste - Pizzicato Five

Veneza

Imagem
Pedestres usam passarela para circular pela Praça de São Marcos, em Veneza. Por conta das enchentes, agentes de turismo estão oferecendo pacotes especiais para conhecer a cidade durante a maré alta, que oferecem transporte gratuito em barcos e rotas alternativas por cerca de 190 euros por dia. (Foto: Reuters) (Do Portal G1)
Imagem

Opinião

Quadrilha de magistrados

Editorial do Estadão
Se se tratasse de uma comédia o público acharia forçada, inverossímil: o presidente de um Tribunal de Justiça (TJ) - portanto, a mais alta autoridade do Poder Judiciário de um Estado - está para comparecer, à tarde, a uma solenidade em que receberia da associação estadual do Ministério Público medalha por serviços prestados no combate à corrupção. Mas o magistrado não pode comparecer à cerimônia por impedimento incontornável. Naquela manhã ele havia sido preso... por corrupção. Mas essa não é uma cena de chanchada. É a triste realidade moral da Justiça do Estado do Espírito Santo, algo que parece ultrapassar todas as medidas de destruição de valores éticos e públicos.

A Polícia Federal (PF) desarticulou no Espírito Santo, com sua Operação Naufrágio - desta vez nome bem apropriado -, o que considera uma quadrilha comandada por magistrados, acusada de venda de sentenças e crimes contra a administração pública. Na operação foram presas oito pess…
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 13 / 12 / 2008

Folha de São Paulo
"Governo decide garantir a operação de banco pequeno"
O Banco Central anunciará nos próximos dias novas medidas para socorrer bancos pequenos e elevar o crédito. Empréstimos às instituições menores devem passar a ter garantia do Fundo Garantidor de Créditos, informam Guilherme Barros e Vinicius Torres Freire. Criado em 1995, no governo Fernando Henrique Cardoso, o FGC é financiado por contribuições dos bancos e existe para cobrir depósitos.

O Globo
"AI-5 entre o falado e o escrito"
A ata da reunião do Conselho de Segurança Nacional, há exatos 40 anos, faz o registro de nascimento do Ato Institucional número 5, o AI-5, com alterações e imprecisões em relação ao que ocorreu no Palácio Laranjeiras, no Rio. A comparação do texto - que só esta semana deixou de ser classificado como secreto - com a gravação da sessão mostra trocas de expressões e até mudanças no discurso de um ministro. Cópia do documento de 30 páginas foi obtido pelo …
Imagem
Clique sobre a imagem e saiba mais

Coluna da Sexta-feira

Contrastes

Celso de Almeida Jr.
Estive no condomínio Ponta das Toninhas. Há alguns meses não passava por lá. Magnífica é a vista. Consolida a certeza de que estamos num paraíso. Boa parte daquelas casas vale mais de um milhão de reais. Algumas estão à venda. Sempre haverá quem compre.
Nesse mesmo dia ensolarado entrei num mercado no centro da cidade. Na saída, encontrei um vendedor ambulante conhecido de longa data. Estava radiante. Voltava das Toninhas com sua bicicleta antiga. Muito antiga. Corria para comprar mais queijo coalho. Daqueles que vem num palito. Há dez anos ele os vende na praia, assados numa churrasqueirinha portátil. Mostrou-se entusiasmado com esta temporada de verão e não perdeu tempo, voltando rapidamente ao trabalho. Queria avançar até o início da noite.
De uma mansão na Ponta das Toninhas, com um binóculo, é possível conferir o trabalho deste homem nas areias. Provavelmente ele não tenha muita qualificação profissional, mas está lá, por uma década, guerreiro, garanti…
Imagem

Opinião

Debaixo da terra, em meio a conflitos

Washington Novaes
Há poucas semanas, na Assembléia-Geral da ONU, foi aprovado um primeiro esboço de regras que permitam solucionar, "de maneira eqüitativa e razoável", conflitos entre países e governos a respeito do uso de aqüíferos subterrâneos compartilhados. Se se chegar a um acordo, poderá ser avanço importante, já que os aqüíferos subterrâneos respondem por 50% do abastecimento de água potável no mundo, 40% da água de uso industrial e 30% da que é usada na irrigação. Mas não há regras eficazes nem para uso nem para os conflitos - na verdade, sabe-se pouco sobre o tema. As águas subterrâneas, diz o professor Galizia Tundisi (Água no Século XXI, Rima Editora, 2003), estão em 134,8 milhões de quilômetros quadrados e estima-se que cheguem a 23,4 milhões de quilômetros cúbicos.

E os conflitos e dramas podem ser graves. Nos anos 70, por exemplo, a Índia construiu uma barragem no Rio Ganges para derivar a água para a região de Tolbak, mas com…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 12 / 12 / 2008

Folha de São Paulo
"Pacote reduz IR e incentiva consumo"
O governo lança um pacote para estimular o consumo e abrandar os efeitos da crise global, que já afetaram a economia e ameaçam jogar o país numa recessão em 2009, risco admitido ontem pela primeira vez pela Fazenda. Ao todo, a Receita vai abrir mão de R$ 8,4 bilhões . O Imposto de Renda ganhará duas novas alíquotas, que na prática farão o imposto cair e beneficiarão sobretudo a classe média. As operações de crédito ao consumidor terão IOF menor, e o IPI sobre carros será reduzido.

O Globo
"Pacote pró-consumo reduz IR e isenta carro popular de imposto"
O governo anunciou ontem um pacote para tentar controlar os efeitos da crise internacional sobre a economia brasileira, com medidas voltadas para estimular o consumo. Foram criadas duas novas alíquotas de Imposto de Renda na fonte (7,5% e 22,5%) que beneficiam, principalmente, quem ganha até R$ 3,5 mil por mês. Em alguns casos, o IR a pagar…

Charge - Amarildo

Imagem

Frases

Viajando

Alô Sidney, mando minha contribuição para sua nota "Frases". O autor é anônimo; gostei porque acho uma forma muito inteligente e bonita de celebrar a vida:

"Viver na Terra pode ser dispendioso, mas inclui uma viagem anual gratuita em torno do Sol."

Abraço

Renato Nunes

Ontem recebi esse simpático e-mail do Renato Nunes. Chegou em boa hora e acendeu minha imaginação. No momento estou trabalhando em um roteiro sobre a Segunda Lei da Termodinâmica. Tema fisosófico, o conceito de entropia transcende a compreensão do universo estável que nossos parcos sentidos captam. Pensando em transformações reversíveis e na improvável reutilização da energia dissipada no andar do clock natural, acabei viajando sem sair do escritório. Me ocorreu que nós, terráqueos, passageiros da bola azul que dá voltas ao redor do Sol poderíamos não envelhecer. Tenho certeza que o envelhecimento se dá em função do sentido de percurso. Passamos a vida sendo parafusados e ninguém diz nada, ningu…
Imagem

Opinião

Retratos numa exposição

Demétrio Magnoli
Os partidos da esquerda tradicional ostentam panteões de ícones. Marx e Lenin são inevitáveis. Depois, tudo fica mais confuso. Stalin caiu no ostracismo, um destino que Mao tende a compartilhar; Trotsky sobrevive numa vertente minoritária; Fidel Castro e Che Guevara brilham nos partidos latino-americanos. A iconografia cumpre funções simbólicas delimitadoras, marcando as fronteiras de uma igreja política, e funções ideológicas norteadoras, identificando a trajetória de uma verdade que risca a história como um cometa. A inclusão de um novo ícone assinala o início de uma nova etapa, que desdobra e atualiza a verdade essencialmente imutável. Num ato público em Porto Alegre, semanas atrás, o PSOL introduziu em seu panteão implícito o retrato do delegado Protógenes Queiroz, que agora está exposto, depois de Marx, Lenin e Trotsky, ao lado do inefável Castro.

Há o óbvio, o não tão óbvio e o realmente importante. O PSOL busca empunhar a bandeira do combat…
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 11 / 12 / 2008

Folha de São Paulo
"Apesar de pressões, BC mantém juros"
Em sua última reunião de 2008, o Comitê de Política Monetária do Banco Central decidiu manter pelo segundo mês seguido a taxa básica de juros, a Selic, em 13,75% ao ano. A decisão foi unânime, apesar da pressão do presidente Lula pelo corte. Segundo o Copon, a redução chegou a ser discutida, mas a “grande incerteza” do ambiente macroeconômico pesou na decisão de não mexer na Selic. A taxa do BC é apenas um referência para a economia – na prática, os juros são bem mais altos.
De olho nas previsões de queda no crescimento já a partir do final deste ano, o Planalto lança hoje um pacote de medidas para tentar amenizar a repercussão da crise. Elas devem incluir a reformulação da tabela do IR para as pessoas físicas. Entre as medidas estarão redução do IOF, para baratear o crédito, e o IPI, sobretudo para montadoras. Estima-se que o pacote custe R$10 bilhões.


O Globo
"STF: terra é de índios, sem f…
Imagem

Dezembro

Boa noite Ubatuba

Sidney Borges
Hoje seria dia da Cinthia escrever. Ela está atarefada em Diadema e pede desculpas aos leitores. Ontem foi dia do Moromizato que também está agitado agitando por esse Brasil afora, mas garante que volta. A Cinthia também volta. Nas férias ela vai à Patagônia ver pingüins. Estão querendo prender o Dantas, de quem falam tantas que eu já não sei o que pensar. Alguns detratores são antas antiquadas, gente que acredita que o comunismo não deu certo porque não foi no Brasil. Gente fora do tempo, o comunismo acabou e nunca, notem bem, nunca vai voltar da forma como aconteceu, ditaduras fechadas sem criatividade. Poderá existir algum controle da economia, quem se importa com isso? Trabalhadores como eu é que não. Quero a manutenção das liberdades individuais básicas, como o direito de ir e vir. Posto isso pouco me importa de quem é a Petrobras. Minha não é, apesar de eu ser brasileiro e estar em dia com o fisco. Quando explodiu a redentora de 64, que na verdade n…
Imagem

Frases

Olhar de poeta

“percorrer muitas estradas/ voltar para casa / e olhar tudo como se fosse pela primeira vez”.

T.S. Eliott
Imagem

Opinião

Controle de entrada

Editorial do Estadão
Há muito o Brasil não observa o princípio, rigorosamente observado em muitos outros países, principalmente os mais desenvolvidos, de controlar a entrada, no seu território, de missões religiosas, missões científicas ou membros de ONGs. Nem mesmo quando se trata da entrada em territórios indígenas ou regiões florestais. Das conseqüências dessa liberalidade, no campo da biopirataria, da exploração ilegal de recursos, do proselitismo religioso que desrespeita a cultura indígena e da influência de representantes de interesses estrangeiros que podem criar transtornos à soberania nacional, já bem se sabe. Eis por que é muito bem-vindo - apesar de tardio - o decreto, à espera de assinatura do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que estabelece para a entrada de pesquisadores, missionários e ONGs em terras indígenas que submetam seus projetos à prévia análise do Ministério da Justiça e, em se tratando de terras na Amazônia Legal ou na faixa de fronteira…
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 10 / 12 / 2008

Folha de São Paulo
"Antes da crise, economia cresce 6,8%"
A economia brasileira cresceu no terceiro trimestre 6,8% em relação a igual período do ano passado. O resultado praticamente não foi afetado pela crise global. Com esse desempenho, ainda que o Produto Interno Bruto não avance nada no último trimestre em relação a igual período de 2007, o país crescerá 4,8% no ano. O IBGE, que calcula o PIB, também revisou o resultado 2007, de 5,4% para 5,7%. Entre analistas, é quase consensual que a crise, intensificada a partir de outubro, imporá uma retração do PIB no quarto trimestre em relação ao terceiro. Consultorias revisam estimativas e projetam queda de até 1,3% de outubro a dezembro. Se isso ocorrer e a economia continuar esfriando no primeiro trimestre de 2009, o Brasil estará tecnicamente em recessão (dois trimestres seguidos de retração).

O Globo
"Crise freia país no auge do seu crescimento econômico"
A economia brasileira cresceu 6,8% ent…
Imagem

Em primeira mão

Lula:

Do Blog do Noblat
Se alguém ainda imagina que Lula pode trocar Dilma Rousseff por outro nome para disputar a próxima eleição presidencial é bom que leia com atenção a entrevista concedida por ele ao jornalista Fernando Morais e publicada no terceiro número da revista Nosso Caminho, do arquiteto Oscar Niemeyer. Foi a defesa mais enfática da candidatura Dilma jamais feita por Lula até aqui.

A nova edição da revista será lançada na próxima semana em Brasília pelo próprio Niemeyer, que deverá celebrar ao lado de Lula seu centésimo primeiro aniversário. Veja o que Lula disse a respeito de Dilma:

- Eu acho que a Dilma está fortemente qualificada. Seja do ponto de vista da sua história pessoal, de sua história política, do ponto de vista da competência técnica, de como ela pensa o Brasil e o mundo. A Dilma está infinitamente preparada para ser candidata e ganhar as eleições. É uma mulher preparada para exercitar o poder na sua plenitude total aqui no Brasil. Obviamente que entre o desejo …
Imagem
Clique sobre a imagem e saiba mais

Fonte de potássio

O céu azulou

Sidney Borges
Tenho por certo que um dia servirão bananas nas primeiras classes dos aviões. Uma praga vem dizimando bananais ao redor do planeta. Felizmente ainda não chegou ao Brasil. Quando as bananas se tornarem raras, seu preço vai subir. Lei da oferta e procura. O que é raro acaba virando chique. Não é dificil decodificar o universo dos endinheirados. Gostam de exclusividade e como têm dinheiro pagam por isso. Vejo com bons olhos, cada um tem o direito de fazer o que quiser com o dinheiro que ganhou. Até transportar na cueca. Uma vez, ou como dizem os gringos quando começam uma história, once upon a time, lá pelos meados dos anos 80, eu estava passeando num palácio árabe em Sevilha. El Alcázar, construído no período dos mouros, que permaneceram na Espanha por 800 anos e deixaram marcas de sua rica cultura humanística. Convém lembrar que o Brasil só tem 500 anos. Em certo momento um guia à frente de um grupo de orientais mostrou uma bananeira. That's a banana tree o…
Imagem

Futebol

Título inalcançável

Sidney Borges
Encontro um amigo corintiano. Seu rosto irradia felicidade. A alegria imensa é fonte de um campo envolvente que contagia a quem dele se aproxima. Pergunto a razão do contentamento. Imaginei que um torcedor do Timão não deveria ter gostado do tri tricolor.
EU
Você não torceu pelo Grêmio?
ELE
Claro que não, só corintianos primários fizeram isso, eu queria ver o São Paulo campeão para tripudiar sobre os bambis.
EU
Não entendi. Explique melhor.
ELE
Apesar do tri e dos seis títulos nacionais, vocês que usam pó-de-arroz jamais colocarão as mãos em nossa taça. O São Paulo nunca será campeão da segundona.

Fui obrigado a concordar. O tricolor não combina com a segunda divisão. É mais provável a Bolívia ganhar a Copa do Mundo. Saí cantarolando: "A taça do mundo é nossa; com brasileiro; não há quem possa..."
Imagem

Opinião

O PT tropeça na crise

Editorial do Estadão
Já não bastasse a fatalidade de disputar a próxima eleição presidencial, pela primeira vez desde 1989, sem a candidatura Luiz Inácio Lula da Silva, o PT terá contra si na campanha de 2010 os maus ventos da economia. Ainda que os estragos da crise financeira mundial não venham a mergulhar o Brasil numa recessão como a que já se instalou nos países centrais, bastará a ruptura do ciclo de bonança dos últimos anos para recobrir com pesadas nuvens as chances petistas de se manter no governo - com uma provável candidata, a ministra Dilma Rousseff, da escolha pessoal de Lula, sem raízes na agremiação e cujo apelo eleitoral por enquanto se traduz em índices de um dígito nas pesquisas de intenção de voto. Além disso, tampouco se sabe até que ponto a popularidade do presidente se manterá incólume, à medida que se frustrarem as atuais expectativas otimistas da maioria da população, e, menos ainda, qual será a sua capacidade de carrear votos para a sua afi…
Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 09 / 12 / 2008

Folha de São Paulo
"Expectativa de mais ajuda oficial faz Bolsas subirem"
Os mercados tiveram um dia de fortes altas, impulsionados pelos investimentos em infra-estrutura anunciados pelo presidente eleito Barack Obama, pela expectativa de socorro às montadoras dos EUA e por rumores de novo pacote na China. O Congresso americano enviou à Casa Branca uma proposta de resgate que oferece a General Motors, Chrysler e Ford um empréstimo de curto prazo de US$ 15 bilhões. Em anúncio, a GM pediu desculpas por “trair” os consumidores. Na China, diante de novos sinais de desaceleração econômica, o governo estuda aumentar o pacote de estímulo de US$ 586 bilhões (18% do PIB do país em 2007), anunciado há um mês, com mais investimentos na área social.

O Globo
"Paraguai quer agora dar calote de US$ 19 bi"
Após a recusa do Equador a pagar US$ 243 milhões ao BNDES, agora é a vez do Paraguai que, depois de amanhã, apresentará ao Brasil a proposta de "perd…

Merenda escolar

Imagem
Prêmio Gestor Eficiente da Merenda Escolar 2008 Presidente Lula e Dona Marisa entregam prêmio a 24 prefeituras que se destacaram por oferecer merenda de qualidade aos alunos da rede pública No dia 10 de dezembro acontecerá em Brasília (DF) a cerimônia de premiação da 5ª edição Prêmio Gestor Eficiente da Merenda Escolar. Nesta ocasião o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a Primeira-Dama e presidente de honra da Ação Fome Zero, a senhora Marisa Letícia Lula da Silva, entregarão os troféus aos 24 municípios premiados. Também participarão da cerimônia Ministros de Estado, outras autoridades e empresários associados à Ação Fome Zero. As categorias das prefeituras premiadas serão conhecidas durante a cerimônia. Com 1.022 municípios inscritos em 2008, o Prêmio Gestor Eficiente da Merenda Escolar tem como objetivo destacar prefeituras que desempenharam uma boa gestão do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) em 2007. Para milhões de crianças no Brasil a merenda escolar é a principa…
Imagem

Coluna da Segunda-feira

Conflitos Urbanos Previsíveis

Renato Nunes
Não é preciso ser especialista formado em urbanismo para perceber que a cidade é um organismo vivo. Apesar de não se mover de um lugar para outro, a cidade muda diariamente em razão das atividades das pessoas. Uma cidade é o espaço de desempenho do fazer humano, adoecendo quando as coisas acontecem de modo errado. Antigamente sem luz elétrica e antes da era industrial, as cidades eram mais palpáveis, as ações e os responsáveis eram mais visíveis. Ruas estreitas, armazéns para comércio de produtos de subsistência, de manutenção e serviços artesanais. Andava-se a cavalo, charretes e carroções. Os atritos entre seus habitantes tinham origem em desentendimentos pessoais diretos ou próximos.

Porém, as coisas mudaram. O jogo de pressões econômicas, a energia elétrica, a industrialização e agora a globalização fazem das cidades, mesmo as pequenas como Ubatuba, um universo complexo difícil para se morar. O dia a dia urbano provoca na maior parte dos cid…
Imagem

Crônica

Pisadas de bola, mentiras, traições e decepções generalizadas

Marcelo Mirisola*
Oscar Niemeyer demorou cem anos para pisar na bola. De repente, virou troféu reciclado de Fórmula 1. Alguns meses depois de apagar cem velinhas, os traços do velho comunista inspiraram uma coleção de jóias da H. Stern. Na semana passada, Barack Obama antecipou a equipe de governo: seu homem no Pentágono (ou o equivalente ao senhor da guerra) – pasmem – é Robert Gates, o mesmo que Bushinho mantém no açougue há dois anos. Tenho medo de fazer uma contabilidade e descobrir quantos inocentes civis morreram no Iraque nesse período em que Gates foi o titular do cutelo, digo, da pasta. Não deixa de ser um mimo para Bush, afinal, Obama demonstra ser um homem afetuoso. Um pouco mais afetuoso do que a recém-nomeada ministra Hilary Clinton que, na campanha eleitoral, o acusou de ser um ingênuo em se tratando de política externa... Vejam só. Vai ver que Obama está querendo provar que não era assim tão inocente: nem bem a…
Imagem
Clique sobre a imagem e saiba mais

Palavras

Palavra do Dia: WORKSHOP

Em muitas faculdades do país são oferecidas atualmente aos alunos diversas atividades complementares para enriquecer o conhecimento, como palestras, oficinas, mesas-redondas e workshops. A palavra “workshop” é da língua inglesa mas acabou por ser incorporada ao idioma devido a seu uso frequente. Designa o treinamento de novas técnicas ou novos conhecimentos etc ., em grupos nos quais os participantes sempre têm espaço para opinar e interagir com o instrutor.

Definição do “iDicionário Aulete”:WORKSHOP

Substantivo masculino.
1 Oficina prática de trabalho ou de treinamento, ou seminário ou curso intensivo, de curta duração, ger. para que os participantes conheçam, discutam e/ou exercitem novas técnicas, novos conhecimentos, novas artes, etc (workshop de vendas; workshop de literatura; workshop de dança): "A terapeuta (...) vai dar um workshop de exercícios chineses para a saúde (...)." (, O Globo, 01.04.04)
Imagem

Opinião

Cadastro do mau gestor

Editorial do Estadão
Por não dispor de informação, órgãos públicos de determinado município ou Estado podiam contratar pessoas ou empresas condenadas em caráter definitivo por improbidade administrativa em outras localidades. Com o Cadastro Nacional dos Condenados por Atos de Improbidade Administrativa, criado no ano passado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e que estará em operação plena dentro de três meses, a alegação de falta de informação não funcionará mais.

O cadastro é um banco de dados com os nomes de pessoas e empresas que, condenadas em qualquer parte do País por atos lesivos ao erário ou que ferem as normas da administração pública, estão inabilitadas para prestar serviços ao governo ou para o exercício de funções públicas. Será um instrumento importante para dar ao administrador público a segurança de que, ao admitir funcionários ou contratar serviços, não está lidando com pessoas físicas ou jurídicas inidôneas.

A Constituição prevê que os atos de…
Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 08 / 12 / 2008

Folha de São Paulo
"Serra amplia vantagem para 2010 e Dilma sobe"
Pesquisa Datafolha para a eleição presidencial de 2010 indica que o governador paulista José Serra (PSDB) aumentou sua liderança em relação ao levantamento anterior, realizado em março.
A menos de dois anos da eleição, Serra lidera com taxas que variam de 36% a 47%, conforme o cenário.
O segundo colocado, o deputado Ciro Gomes (PSB), caiu de cinco a seis pontos, enquanto a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), subiu cinco pontos. A ex-senadora Heloísa Helena (PSOL) ficou estável. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.
Na hipótese em que Aécio Neves substitui Serra como candidato tucano, o governador mineiro oscilou dois pontos para cima e aparece com 17%, mas permanece atrás de Ciro Gomes (com 25%) e em empate técnico com Heloísa Helena (19%).Serra lidera em todas as regiões do país, com melhor desempenho no Sudeste e no Norte/Centro-O…

São Paulo FC: o maior do mundo

São Paulo Campeão - Pleonasmo

Imagem
Time que ganhou a final do campeonato paulista de 1957.

Poy, De Sordi e Mauro, Sarará Vitor e Riberto, Maurinho, Amaury, Gino Orlando, Zizinho e Canhoteiro. Eu estava lá no inesquecível 22 de dezembro de 1957. Hoje ganhamos mais um título, fico feliz, mas o primeiro a gente nunca esquece. (Sidney Borges)

Coluna do Domingo

Litoral Norte discute a violência

Rui Grilo
A audiência pública realizada em Caraguatatuba e divulgada na edição de 03/12 do Jornal Imprensa Livre traz como ponto positivo a reunião de diferentes atores: deputados estaduais, representantes dos Conselhos de Seguranças (Conseg’s) e das Polícias Civil e Militar.

A violência é fruto de várias e complexas relações e sem a participação de todos é muito difícil resultados satisfatórios. No entanto, parece que as soluções ficaram mais para apagar incêndio que a prevenção, privilegiando as medidas repressivas. Ainda que a repressão seja necessária como último recurso, só deve ser usada quando realmente necessária para defender e preservar a vida e o bem estar de todos.

Experiências tem mostrado que, mesmo nas sociedades mais avançadas, não há a eliminação total da violência. A diferença é estatística: morre-se mais nos bairros pobres e indivíduos do sexo masculino na faixa dos 15 aos 25. Nem sempre o que é feito em um lugar dá certo em outro mas…

Boxe

Imagem
De La Hoya (esq) é superado por filipino

Pacquiao vence, e De La Hoya diz que precisa pensar melhor sobre a carreira

Ídolo norte-americano não vence uma luta de expressão há seis anos

GLOBOESPORTE.COM Las Vegas, Estados Unidos
Não foram precisos mais do que oito assaltos para que o filipino Manny Pacquiao vencesse o americano Oscar De La Hoya por desistência, neste sábado, em confronto válido pela categoria de meio-médios do boxe. Com o olho esquerdo bastante inchado, De La Hoya não conseguiu suportar o melhor preparo físico do seu oponente, seis anos mais novo.

- Meu coração quer lutar. Mas quando o lado físico não responde, o que eu posso fazer? Eu tenho que ser inteligente e pensar bem sobre o meu futuro - diz um desanimado De La Hoya após a luta, ainda sem anunciar definitivamente a aposentadoria.

A vitória deste sábado foi a de número 48 na carreira de Pacquiao, que tem apenas três derrotas no currículo. O filipino concordou com De La Roya sobre a superioridade no aspecto físico que …
Imagem