Postagens

Mostrando postagens de Agosto 30, 2009

Charge - Amarildo

Imagem
Original aqui Twitter

Poder

A ponta do macarrão

“Quarenta anos depois, Franklin Martins ainda luta pelo poder. Considerando o que aconteceu com Ana Maria Machado, é bom a ministra da Casa Civil esconder as chaves do carro”

Diogo Mainardi
Ana Maria Machado é Ho Chi Minh. Por mais que eu a bombardeie – e eu a bombardeio continuamente –, um dia ela acabará derrubando, com sua literatura infantil, minha Saigon doméstica.

A própria Ana Maria Machado inspirou o paralelo histórico com Ho Chi Minh. Algum tempo atrás, indagada sobre a luta armada no Brasil, no período da ditadura militar, ela respondeu da seguinte maneira: “O vietnamita teve coragem de ir à luta, o brasileiro não teve”.

Ana Maria Machado, a vietnamita, foi à luta. Como ela já declarou, envolveu-se “até as orelhas na resistência à ditadura”, escondendo “gente e dinheiro de roubo a banco”. Mas o episódio pelo qual ela é lembrada tem outro protagonista: Franklin Martins. Em 1969, ele planejou o sequestro do embaixador dos Estados Unidos no Rio de Janeiro. Para r…

Vende-se

Imagem
Preço de ocasião

Sidney Borges
Vendo (do verbo vender) a ave da foto no estado em que se encontra. Trata-se de um "Quero-quero", que segundo apurei na internet pode ser comparado em tamanho a uma perdiz. Nunca vi uma perdiz viva. Imaginava que fossem aves grandes. Aviso aos interessados, não sei se comem quero-queros, perdizes são consideradas iguaria fina. Talvez na China comam, chineses comem tudo o que se mexe, de gafanhotos a cachorros. Não tenho apreço por gente assim. Comer cachorro jamais. Além do mais, mp-3 chineses abrem o bico sem avisar. Por outro lado gosto de picanha e isso me torna repugnante aos indianos que adoram vacas. Não para tirar leite ou comer a carne, na Índia as vacas são deuses. Brindo a isso.

O nascimento é aleatório, mas pode significar vida tranqüila e farta ou morte prematura. Nascer cachorro na China ou na Coréia deve ser estressante, vaca no Brasil então, nem é bom falar. Já que o tema morte foi abordado, o vice-presidente José Alencar luta tenaz…
Imagem

Opinião

Dilatando a censura

Editorial do Estadão
Já passado mais de um mês da censura judicial imposta a este jornal e sem previsão de quando poderá ser efetivamente revogada, acumulam-se as manifestações de protesto e indignação contra esse atentado à liberdade de expressão, em pleno Estado Democrático de Direito. Essas manifestações, que ocorrem desde o início do cerceamento, agora vêm acrescidas de uma profunda estranheza sobre o tempo excessivo que o Tribunal de Justiça do Distrito Federal está levando para decidir sobre questão tão grave e urgente, consubstanciada em mandado de segurança impetrado há muitos dias.

"Não me parece normal esse atraso", avalia Carlos Velloso, ex-ministro presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). "Essa morosidade excessiva é incomum para medidas desse tipo. O mandado de segurança deve obedecer a uma tramitação rápida porque é preferencial", observou. Recorde-se que contra a sentença judicial que o proíbe de divulgar reportagens sobre o pr…
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 05 / 09 / 2009

Folha de São Paulo
"Crise ainda não terminou, dizem EUA e emergentes"
Ao participar de reunião dos Bric (Brasil, Rússia, Índia e China), o secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, concordou com as avaliações do grupo sobre a necessidade de ainda não desmontar os pacotes de estímulo e sobre a relevância dos mercados emergentes para a absorção do impacto da crise econômica.

O Estado de São Paulo
"G-20 já discute pós-crise e fim dos pacotes de estímulo"

Manutenção da ajuda domina reunião em Londres

Os ministros de Finanças e presidentes de bancos centrais do G-20, grupo que reúne as 20 maiores economias emergentes e desenvolvidas, já começam a discutir as estratégias para retirar os estímulos econômicos e preparar a saída da crise.

Twitter
Imagem
Clique sobre a imagem e saiba mais

E-mails à redação

A Mônica Bergamo está errada

Eng. Guaracy Fontes Monteiro Filho
Caro Sidney, ao ler a matéria da Monica Bergamo em seu blog, sobre a candidatura de Kassab ao Governo de São Paulo, não resisti e resolvi escrever algo sobre o assunto. Quero afirmar para você que a candidatura do Dr Aloysio Nunes ao Governo é prá valer. Conheço o meu amigo Dr. Aloysio há muitos anos, colaborando e ajudando coordenar diversas de suas campanhas e sei que o homem não brinca em serviço. Ninguem chega a ser deputado estadual, deputado federal, vice governador do Estado, ministro da Justiça, ministro chefe da Casa Civil, secretário de governo da prefeitura de São Paulo, secretário chefe da Casa Civil do Estado, "ufa", de graça. Dr Aloysio é um dos mais inteligentes e articulados colaboradores do nosso futuro presidente, José Serra, e nunca, nunca se deixaria ser usado como massa de manobra em qualquer tipo de articulação deste porte. Dr. Aloysio é sim candidato ao governo de São Paulo, tenho participa…
Imagem

Petróleo

O pré-sal e a fraude da história

Do Blog do Paulo Renato (original aqui)
O presidente Lula decidiu fraudar a história, durante o palanque eleitoral em que se transformou a solenidade de anúncio do marco regulatório da exploração do pré-sal. Já foi um descompromisso com a verdade o seu exagero de dizer que, com as novas regras, seu governo está patrocinando o segundo Grito do Ipiranga, como se ele fosse a reencarnação de D. Pedro I. Mas a grande fraude foi sua tentativa de carimbar como “entreguista” e “privatista” a gestão de seu antecessor, com o nítido propósito de fornecer uma bandeira “nacionalista” à campanha presidencial de sua candidata. A mentira não se sustenta em pé. Jamais Fernando Henrique quis privatizar a Petrobras e foi seu governo que criou as condições para o salto de qualidade do setor do petróleo, sem o qual a autossuficiência estaria distante e não teriam sido descobertas as novas reservas submarinas.

Lula e a ministra Dilma alardearam, em seus discursos, que em 1997 …
Imagem

Eleições 2010

Mônica Bergamo: Candidatura de Kassab ao governo cresce no PSDB

da Folha Online
A certeza de que o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM) será candidato ao governo paulista cresceu no PSDB ligado ao ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) após a saída do tucano Andrea Matarazzo da prefeitura, informa a coluna de Mônica Bergamo, publicada nesta quinta-feira pela Folha (íntegra disponível para assinantes do UOL e do jornal).

Segundo a coluna, Kassab contaria com a aliança do PMDB ligado ao ex-governador Orestes Quércia. Atualmente, o partido integra o governo com a vice-prefeita Alda Marco Antonio (PMDB).

A coluna informa ainda que Kassab e Quércia só apoiam a pré-candidatura do secretário da Casa Civil, Aloysio Nunes Ferreira, para prejudicar uma possível candidatura de Alckmin.
Leia mais

Nota do Editor - Em sendo candidato Kassab vai tirar votos de Alckmin ou de Aluísio. Do mesmo espectro ideológico. A candidatura de Palocci, petista light, começará a fazer sentido. O quadro guarda sem…
Imagem

Coluna do Celsinho

Reféns

Celso de Almeida Jr.
Vá ao Google.

Digite lá: Disparada.

Pronto.

O youtube transportará você para o II Festival da Música Popular Brasileira, em 1966.

Encante-se com a voz de Jair Rodrigues para esta pérola de Geraldo Vandré e Théo de Barros.

Devore, também, os textos.

Recentemente, assisti uma entrevista do Jair, onde afirmava ser esta a música que consolidou a sua carreira.

Vinha de interpretações de grandes nomes, nas noites da vida.

Estava pronto para uma música especial e ela surgiu em seu caminho.

A oportunidade, o lugar certo, o momento certo, aconteceu.

O detalhe que fez a diferença: estar preparado para o desafio.

Recomendou a necessidade do estudo, do treino, do ensaio, do exercício constante, para qualquer vocação.

Que lição, né?

Essa chama misteriosa que nos empurra, que nos dá brilho, que permite transformar nossos sonhos em realidade precisa ser alimentada, continuamente, com dedicação, com entusiasmo.

E o entusiasmo, essa grande energia que nos projeta, é sócio inseparável da li…
Imagem

Opinião

Censura para alguns, vale-tudo para outros

Washington Novaes
Quando faltavam três dias para completar um mês desde que um juiz de Brasília impôs a inacreditável censura prévia a este jornal - impedindo-o de cumprir sua missão de levar informações que deveriam ser públicas à sociedade (que tem o direito de acesso a elas) -, o Judiciário envolveu-se em mais um desses episódios que o tornam parte decisiva da atual crise institucional do País. E o fez com uma sentença do Supremo Tribunal Federal (STF) - por maioria escassa - que retira mais um direito dos cidadãos, o do sigilo em suas contas bancárias, e na prática dá a autoridades livre acesso a elas, que lhes deveria ser vedado. E ainda com a diferença de entender que o único culpado é o dirigente da instituição bancária que violou o sigilo; um ministro (na época do incidente) e seu assessor de Comunicação, a quem as informações sigilosas foram levadas, de nada têm culpa. Com isso o ex-ministro não precisa ser processado e pode candidatar…
Imagem

Manchetes do dia

Folha de São Paulo
"União quer maioria das ações da Petrobras"

De olho nos dividendos econômicos e políticos, o governo quer a maioria das ações da Petrobras

Hoje a União controla a empresa, mas tem só 32% dos papéis. Segundo o ministro Edison Lobão (Minas e Energia), o aumento de participação é "um desejo e uma meta" do governo. A expectativa é que os minoritários não aportem recursos capazes de manter sua fatia com a capitalização da estatal.

O Estado de São Paulo
"Um em cada 4 professores se forma em faculdades ruins"

MEC aponta má qualidade nos cursos de Pedagogia

Um em cada quatro futuros professores do País se forma em cursos de má qualidade. São 71 mil alunos em 292 cursos de Pedagogia que receberam os mais baixos conceitos em avaliações do Ministério da Educação. Só 9 dos 763 avaliados tiveram nota máxima. A má formação de professores é apontada por
especialistas como uma das causas da baixa qualidade do ensino - principalmente público - no País. Recente…
Imagem

Frases

"A crença forte só prova a sua força, não a verdade daquilo em que se crê"

Nietzsche

Twitter
Imagem

Em trânsito

Incidente na Tamoios

Sidney Borges
Ontem embarquei no ônibus das 18h30, em São Paulo, com destino a Ubatuba. Estava quase vazio, na poltrona atrás da minha um rapaz bem vestido espalhava a bagagem ocupando o lugar que correspondia a mim. Gentilmente ele perguntou se estava incomodando. Respondi que não, coloquei a mochila no banco ao lado e partimos.

Noite bonita, pela janela panorâmica dava para ver a Lua. A viagem foi agradável até chegarmos a um posto policial na Rodovia dos Tamoios, antes de Paraibuna, onde o ônibus foi parado. Dois policiciais entraram e fizeram uma verificação que parecia de rotina, mas não era.

O passageiro da poltrona atrás da minha foi interpelado e pelas respostas que deu, usando jargão típico de presidiários, percebi que tinha boi na linha. Na bagagem de mão ele transportava alguma coisa fora da lei, imagino que fosse crack, mas também podia ser cocaína ou maconha. Vários pacotes suspeitos, daqueles da TV e dos jornais.

Enquanto ele dizia aos guardas não saber …
Imagem

Brasil

Xuxa, Sasha e Sena. Em cena

Sidney Borges
Sasha escreveu sena em lugar de cena. Sasha tem apenas onze anos. Há poucos dias um jornalista experiente trocou mal por mau no Twitter. Sasha é filha da Xuxa, moça talentosa e insegura. Deveria ter dado risadas do incidente. Preferiu ameaçar com tribunais. Quem se expressa em língua portuguesa corre sempre o risco de errar. Errando aprendemos. Isto é, teoricamente. Eleitores nunca aprendem. Votam mal e repetem o erro, depois reclamam de maus governos. Por falar nisso, vão calar os blogs nas eleições. Ditadura. O que é ditadura?

Twitter
Imagem

Em foco

Tristeza

Corsino Aliste Mezquita
Amorfia domina meus pensamentos sobre Ubatuba. Não consigo entender o que observo. Os profetas do dinamismo, de ontem, estão, hoje, prostrados na inanição e no descontrole. Nossos políticos e administradores sinalizam descaso, desinteresse, desilusão e absentismo.

Celso de Almeida Jr. definiu com seu estilo leve, claro e educado o fenômeno. No artigo “Confidencial” (Ubatuba Víbora, 28-08-09) pergunta: “O que acontece com nosso Prefeito?. Não responde. Não critica. Só pergunta. A seguir afirma: “Por aqui nem tudo vai bem”.

A assertiva foi um convite para dar umas voltas pela cidade. Não vou relacionar buracos, lixos, reclamações, abandonos etc..... São tantos e tão variados que a Cidade de Ubatuba parece moribunda.

Em um desses passeios (31-08-09) alguém me disse, na rua: “Amanhã não terá merenda nas escolas. Não sei o que aconteceu com a empresa GENTE que não pode continuar”.

Hoje (01-09-09) perguntei a várias pessoas ligadas às escolas sobre a “MERENDA”. Re…
Imagem

Opinião

Tática inescrupulosa

Editorial do Estadão
Os ataques à oposição que deram um tom eleitoreiro ao anúncio das propostas do governo para o pré-sal devem tornar-se tema permanente das manifestações do presidente Lula. Apenas um dia depois do evento, ele deixou claro que pretende, além disso, martelar a versão de que os críticos da nova política de petróleo são inimigos do progresso nacional - agem contra "o povo brasileiro". O golpe é típico dos autoritários de todos os matizes e representa a forma mais vil de desqualificação do dissenso em relação às decisões dos detentores do poder. É uma incitação ao linchamento político dos que destoam da linha oficial. Destina-se, no caso, a impedir qualquer debate substantivo sobre as regras para o pré-sal e a semear no eleitorado uma atitude de hostilidade, quando não de repulsa, aos adversários do esquema de perpetuação do lulismo no Planalto.

Com essa tática inescrupulosa, o presidente quer fazer das eleições de 2010 uma disputa não entre …
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 03 / 09 / 2009

Folha de São Paulo
"Carros terão que poluir menos a partir de 2014"
Carros movidos a gasolina e álcool terão de sair das fábricas emitindo 33% em média menos poluentes a partir de janeiro de 2014, segundo o Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente). Para veículos a diesel, o prazo é janeiro de 2013. Os padrões de emissão de poluentes que o país terá em pouco mais de três ou quatro anos ainda ficarão abaixo dos que vigoram atualmente na Europa e nos EUA.

O Globo
"Lula veta compra de ações da petrobras com o FGTS"

O Estado de São Paulo
"Governo criará fundo para ampliar controle do pré-sal"

Bancos e investidores privados serão impedidos de participar do empreendimento

O governo pretende criar um novo fundo financeiro que investirá na exploração dos campos do pré-sal. Ele terá tratamento privilegiado, pois será o único sócio não petroleiro admitido pela União naqueles empreendimentos. Com o fundo, o Estado pode aumentar ainda mais sua p…

Lembrete oportuno

Imagem

Artigo

Uma historinha de samba

Por Ateneia Feijó no Blog do Noblat (original aqui)
Até que tentei. Mas não resisti à mulher de verdade. Explico-me. Domingo, lia a coluna do Ancelmo Góis quando deparei com a nota sobre a musa inspiradora do samba "Ai, que saudades da Amélia", de Mário Lago e Ataulfo Alves. A nota dizia que a Amélia existiu mesmo. E que morreu com mais de 90 anos, em Realengo, Zona Oeste do Rio. Gente, eu a conheci!

As novas gerações talvez nunca tenham escutado este velho samba que gerou polêmica e ganhou fama. Quem sabe soando ainda impertinente em ouvidos feministas ou machistas, que como nos antigos tempos levam seus versos ao pé da letra; inflamando paixões e discussões de julgamento da pobre Amélia...

Nunca vi fazer tanta exigência
Nem fazer o que você me faz
Você não sabe o que é consciência
Nem vê que eu sou um pobre rapaz

Você só pensa em luxo e riqueza
Tudo o que você vê, você quer
Ai, meu Deus, que saudades da Amélia
Aquilo, sim, é que era mulher!

Às vezes, passava fo…
Imagem
Clique sobre a imagem e saiba mais

Ouro negro, a bola da vez...

Uma história – humana – de petróleo

Cansou da aridez do pré-sal? Então mude de ares, mas nem tanto, como verá, com a reportagem sobre “o iraquiano que salvou a Noruega do petróleo”, de Martin Sandbu, publicada na revista do último fim de semana do Financial Times de Londres. Texto longo (abreviado aqui e ali) – e de primeira.

Do Observatório da Imprensa, tradução de Luiz Weiss
“Quando embarcou no voo de Londres para Oslo, Farouk al-Kasim, um jovem geólogo iraquiano, sabia que a sua vida não seria mais a mesma. A Noruega era um país tão diferente quanto fosse capaz de imaginar da cidade portuária onde nasceu, Basra. Ele não tinha trabalho em Oslo e não sabia como se manteria lá no norte. Era maio de 1968 e Al-Kasim tinha acabado de se demitir do seu emprego na Iraq Petroleum Company. Para tanto, ele tivera que vir primeiro para a Grã-Bretanha, onde tinha sede o consórcio de companhias ocidentais que ainda controlava a maior parte da produção de óleo em seu país.

Apesar de todas as suas inc…

Rest in peace

Imagem
Cão mais velho do mundo segundo o Guinness morre aos 21 anos nos EUA

Dachshund Chanel morreu de causas naturais na sexta-feira. Ela tinha o equivalente a 147 anos de um ser humano

Da AP
O cão mais velho do mundo segundo o livro Guinness dos Recordes, Chanel, morreu aos 21 anos na última sexta-feira. A idade equivale a 147 anos humanos.

A dachshund Chanel morreu de causas naturais, na casa de seus donos, no subúrbio de Port Jefferson Station, na cidade norte americana de Long Island.
Leia mais

Twitter
Imagem

Brasil

Um salto para o futuro ou um salto no escuro?

Instituto Teotônio Vilela
...Não se trata de enquadrar o debate do pré-sal num Fla-Flu que opõe "nacionalistas" e "entreguistas", como quer fazer o governo petista. O que está em jogo é discutir algo que é fundamental para as pretensões de crescimento do país nas próximas décadas. Mas, até agora, Lula, Dilma Rousseff e o PT alijaram a sociedade brasileira da possibilidade de discutir seu destino. Preferiram ter nas mãos o poder nada democrático e transparente de decidir isso de forma discricionária, a portas fechadas, em gabinetes palacianos. Este jogo vai mudar a partir de agora, sob os holofotes do Congresso Nacional.
Leia na íntegra

Nota do Editor - Onde estão os entreguistas? Há entreguistas? A conversa é tão fora de moda como falar em campos de concentração. É para lá que devem ir os entreguistas. Será que o governo está "fabricando" entreguistas para perseguir entreguistas?Depois do "eixo" Lula-Sa…
Imagem

Opinião

O fórum da segurança pública

Editorial do Estadão
Há menos de um ano e meio do final do mandato do atual governo, o Ministério da Justiça reuniu em Brasília 3 mil pessoas que discutiram durante quatro dias, distribuídas em cerca de 40 grupos de trabalho, num centro de convenções, o futuro da segurança pública. E o próprio presidente Lula, que já está no poder há seis anos e oito meses, aproveitou a solenidade de abertura do evento para fazer um discurso como se estivesse inaugurando seu primeiro mandato e tivesse uma proposta concreta para essa que é uma das mais problemáticas áreas da máquina estatal.

"É preciso acabar com o jogo de empurra na busca dos culpados pela violência, como se a segurança pública fosse um cachorro que morre de fome porque todo mundo pensa que o outro deu comida e ele não recebe comida de ninguém", disse o presidente, depois de anunciar que a segurança é "de responsabilidade de todos, coletivamente", e que ela "não mais será tratada com…
Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 01 / 09 / 2009

Folha de São Paulo
"Governo lança pré-sal e anuncia megacapitalização da Petrobras"
Em tom nacionalista e estatizante, o presidente Lula anunciou as propostas do marco regulatório para a exploração do pré-sal. Confirmou ainda a capitalização da Petrobras em operação estimada em R$ 100 bilhões. Deve ser a maior injeção de recursos já feita no país. Foi oficializada ainda a proposta de criar a Petro-Sal, que administrará a riqueza.

O Globo
"Regras estatizantes para pré-sal assustam mercados"

O Estado de São Paulo
"Regras do pré-sal ampliam poder do Estado na exploração do petróleo"

Lula transforma lançamento do marco regulatório em ato de campanha para Dilma

O pré-sal é nosso. Sessenta e três anos depois, o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva revisitou ontem a campanha que embalou o movimento "o petróleo é nosso", que levou à criação da Petrobrás (1953). O lançamento do marco regulatório para explorar as reservas do …
Imagem

História

Trivial da culinária revolucionária

Sidney Borges
Engana-se quem pensa que era fácil a vida dos nobres de antes da Revolução Francesa. Não era, dava imenso trabalho não morrer de tédio. Passar o tempo entre caçadas, folguedos de salão, minuetos, viagens, banquetes, amantes, não é vida para qualquer um, somente escolhidos pela divina providência tiveram classe para resistir. Burgueses e servos padeciam de falta de fibra, só pensavam em trabalhar, coisa de classes inferiores.

Cansado da rotina estafante o nobilíssimo conde D'Alembrat mudou-se para Portugal, fixando residência em Figueira da Foz. Durante trezentos anos a família buscou a perfeição em matéria de culinária.

O supremo empadão.

Finas farinhas do melhor trigo da Europa, ovos de galinhas tratadas a pão de ló e champanhe, manteiga de leite de vacas sagradas. Os D'Alembrat não pouparam dinheiro, queriam ingredientes perfeitos.

Depois de milhares de tentativas a massa tomou forma. O nome encontrado foi prosáico, "massa …
Imagem

Coluna do Mirisola

Moeda de troca

Marcelo Mirisola*
No começo dos 00 devia existir internet, mas eu não me lembro. Engraçado, né? O que me recordo é que fiz amizade com o carteiro, que era meu leitor.

Não havia Casa do Saber. As madames desocupadas passavam suas tardes nos shoppings e consumiam bolsas e sapatos em vez de Nietsche e Schopenhauer. Também não existia uma periferia amalgamada aos complexozinhos de uma classe média bundona e acuada dentro de sua culpa entediante e/ou conscienciazinha de merda: as ex-alunas do Sacré-Coeur de Marie ainda não haviam sido enquadradas pelos filhos de suas empregadas domésticas. As culpinhas – vejam só - eram resolvidas no psicanalista, no salão de cabeleireiro ou na butique. E o Chico era mais discreto na hora de sodomizar seus fãs, digo Balbinos (leiam “Leite derramado”), além do que, há dez anos, eu acreditava no amor da Marisete.

Outros tempos. Levava-se em consideração a obra – ou fingia-se – que era “a” prioridade, e ninguém ligava pro CEP do fulano. Tanto faz s…