Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 19, 2012

Pintura metálica

Imagem
Chrysochus auratus - Foto: Alex Wild

Editorial da Folha de São Paulo

Faxina completa

Exigência óbvia, ficha limpa nas nomeações para cargos nos governos municipais e estaduais não deveria necessitar de leis específicas

Não há muito a ser criticado na proposta de impedir legalmente a nomeação de fichas-sujas para o serviço público da capital e do Estado de São Paulo. Exceto, sem dúvida, o fato de que a inovação tenha sido considerada necessária.

Era de esperar que, em cargos dependentes da aprovação direta e pessoal do prefeito ou do governador, fosse impensável nomear alguém já condenado em tribunais de segunda instância.

Muitos leitores terão ficado surpresos, entretanto, com a informação de que, aplicados os critérios da Lei da Ficha Limpa, tanto o prefeito Gilberto Kassab (PSD) quanto o governador Geraldo Alckmin (PSDB) teriam de demitir nomes de relevo nas suas administrações.

O secretário de Participação e Parceria do município, Uebe Rezeck, foi condenado em segunda instância por improbidade administrativa. No governo estadual, Bernardo Ortiz, da Funda…

Abelha

Imagem

Colunistas

Geopolítica: o vírus letal e o declínio do império americano

“O que sobe tem que cair. Inevitavelmente. E o vírus da concentração de riqueza nas mãos de 1% inevitavelmente é letal. Para ‘eles’, naturalmente”

Márcia Denser
Um minucioso, lúcido e irrefutável artigo de Noam Chomsky para a Al Jazeera (vinculado pela Carta Maior na última terça-feira) colocando numa perspectiva, no mínimo, realista (pra não dizer brutal) razões, motivações e fatos que conduzem a um raciocínio sobre o declínio real dos EUA nos últimos anos, merece, a meu ver, ser aqui parcialmente reproduzido: fonte tão boa e honesta o leitor mundial não terá outra, isso ele pode apostar.

Exemplo lapidar do que se está afirmando sobre a ausência absoluta de confiabilidade da mídia é um diálogo do hacker Justin Long com Bruce Willis no filme Duro de Matar 4.0 (2007): quando BW liga o rádio, sintonizando as notícias para saber o que está acontecendo, o jovem lhe ri na cara e dispara: “Você ainda acredita no que diz a mídia coorpo…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A USP e seus desafios

O Estado de S.Paulo
Maior instituição de ensino superior do País, com um orçamento de R$ 3,3 bilhões e cerca de 6 mil professores, 16,1 mil funcionários e 88,9 mil alunos de graduação e pós-graduação, a Universidade de São Paulo (USP) está pagando, com decisões equivocadas, o preço de seu gigantismo.

Na semana passada, o Conselho de Graduação (CoG)aprovou a proposta da pró-reitora Telma Zorn de premiar os docentes mais bem avaliados com equipamentos eletrônicos e até o financiamento de viagens para participação em congresso internacionais. Pela decisão, os professores que lecionam nos 240 cursos de graduação da USP ficam sujeitos a um regime de pontuação que leva em conta, entre outros itens, a "empatia" com os alunos, número de livros didáticos escritos, as atividades de orientação de trabalhos de conclusão de curso aprovados com louvor e de trabalhos de iniciação científica premiados, a oferta de disciplinas optativas livres e a coordenação de turmas.

Os …
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 25 / 02 / 2012

Folha de São Paulo
"Serra decide concorrer à Prefeitura de São Paulo"

Tucano cogita disputar às prévias do PSDB para escolher candidato do partido

O ex-governador José Serra decidiu entrar na corrida à Prefeitura de São Paulo e admite a possibilidade de se inscrever nas prévias convocadas pelo PSDB. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o prefeito Gilberto Kassab (PSD) se reuniram ontem à noite com Serra para discutir os detalhes da candidatura. Para evitar um desgaste político, Serra não quer que as prévias, marcadas para o dia 4, sejam canceladas. O partido estuda a possibilidade de convencer os pré-candidatos a se retirarem do processo e até o adiamento da disputa interna. A decisão foi tomada após meses de indefinição que paralisaram o maio: partido de oposição do governo, que teme perder a hegemonia em São Paulo para o PT.
O Estado de São Paulo "Serra discute candidatura com Alckmin e pode ir às prévias"

A informação foi antecipada ontem no por…

Sem escola, nada rola...

Imagem

Comentário

Amigo Celsinho,

Acompanho religiosamente sua coluna semanal. Variam os temas, e o tratamento telegráfico e objetivo que você encontrou a tornam leve e atraente.

Mas na de hoje “Fundamentos”, você se superou. É uma lição de vida, de experiência e transmite ânimo.

Sua melhor expressão está na frase “... a persistência, a reflexão, a resignação e a criatividade, combinadas, indicam caminhos extraordinários.”

Trata-se de um GPS para a vida. É universal como conduta, serve tanto para problemas empresariais como para todos os tipos de situações, desde estar perdido na floresta, no asfalto, na vida, até para pequenas escolhas e relacionamentos do cotidiano.

Parabéns,

Um forte abraço,
extensivo ao professor Sidney Borges

Renato Nunes

P.S.
Utilizei-a como gabarito para analisar os 55 anos que conheço de nossa cidade e fiquei chocado. Nos momentos críticos que ensejaram mudança de rumos sempre faltaram os quatro quesitos que você reuniu em sua frase.

Carnaval no formigueiro

Imagem

Coluna do Celsinho

Fundamentos

Celso de Almeida Jr.
Esta época sempre me marcou.

É a ocasião em que se consolida o número de alunos que atenderemos no ano letivo.

Por décadas, este momento sinaliza se sofreremos ou não.

O cálculo é simples: matrículas efetivas, custos operacionais, reserva técnica, percentual estimado de inadimplência e...pronto!

Não há complexidade no planejamento financeiro de uma escola.

Difícil é tocar um restaurante, um mercado, uma casa comercial, uma prestadora de serviços, cujo fluxo de clientes, em cidades como a nossa, é muito difícil de prever.

Felizmente, tudo indica, 2012 garantirá relativo sossego na gestão do colégio.

Que assim seja... amém!

Alcançamos a meta e a escola tem a confiança das famílias, contando atualmente com pais e professores que já foram nossos alunos.

Gratificante história, construída em 34 anos, diga-se de passagem.

Mas, nem sempre foi assim.

Terrível era alcançar o pós-carnaval sabendo que a receita anual seria insuficiente, prevendo a inevitável inadimplência que …
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Uma nova direita, por que não?

João Mellão Neto - O Estado de S.Paulo
A resistência da opinião pública à direita se explica: a direita foi a principal força civil a sustentar a ditadura. E os militares, no período, jamais respeitaram os direitos humanos e as garantias individuais de ninguém.

Por causa disso, um fenômeno raro na maior parte do mundo ocorreu no Brasil: nas últimas eleições presidenciais os principais concorrentes eram dois candidatos assumidamente esquerdistas. Cada um deles foi apoiado por uma constelação de partidos menores cujo único ponto em comum é a inclusão das palavras social e socialista em suas siglas. Até os mais empertigados empresários, no País, alegam ser dotados de "consciência social". Em resumo, não existe aqui nenhum partido estruturado que defenda ideias de direita. Até segunda ordem, todos os gatos são pardos. Esse fenômeno é curioso porque as teses da direita não são de difícil entendimento, ao contrário, elas têm muito que ver com o que a ma…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 24 / 02 / 2012

Folha de São Paulo
"Promotoria acusa empresa ligada a Teixeira de desvio"

Firma recebeu dinheiro público para organizar jogo da seleção, mas despesas já haviam sido pagas, afirma Ministério Público

Empresa ligada a Ricardo Teixeira, chefe da CBF, desviouR$1,1 milhão do jogo Brasil x Portugal, diz Ministério Público. Despesas que deveriam ser custeadas pela Alianto, que recebeu verba do governo do DF para organizar o jogo, foram pagas pela Federação Brasiliense. Segundo a investigação, o dinheiro usado para pagar as depesas veio da bilheteria do amistoso, ocorrido em 2008. Para a Promotoria, esses recursos deveriam ir para o governo distrital, mas foram desviados para financiar gastos da Alianto, informa Filipe Coutinho.
O Estado de São Paulo "ONU acusa ditador sírio de ordenar massacres"

Lista com autoridades acusadas de crimes contra a humanidade pode servir para futuro julgamento
A comissão da ONU que investiga o conflito na Síria. liderada pe…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Mitos e equívocos

José Serra - O Estado de S.Paulo
As avaliações sobre a recente privatização de três aeroportos brasileiros têm misturado duas coisas: a questão política, enfatizada pela maior parte da oposição e retomada pelo PT, e a da forma e do conteúdo do processo.

Ao contrário do que se propalou, as privatizações dos aeroportos de Guarulhos, Brasília e Campinas (Viracopos) não são as primeiras dos governos do PT. Basta lembrar as espetaculares privatizações na área do petróleo, lideradas pelo megainvestidor Eike Batista, sob a cobertura da lei aprovada no governo FHC - alterada recentemente para pior -, e na geração e transmissão de energia elétrica.

Outra ação privatizante digna de menção ocorreu nas estradas federais, a qual fracassou, não obstante o clima de comemoração na época. Fez-se a concessão de graça, pôs-se pedágio onde não havia, mas os investimentos não chegaram, as estradas continuam ruins e o governo federal só faz perdoar as faltas dos investidores. Um modelo furado…
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 23 / 02 / 2012

Folha de São Paulo
"Fracassa mutirão para solucionar homicídios"

Esforço para zerar 143 mil inquéritos abandonados no país esbarra em apuração frágil

Fracassou o mutirão feito pelo governo federal, Justiça e Ministério Público para a retomada e conclusão até o fim de 2011 dos inquéritos policiais abertos para investigar homicídios e que estavam abandonados. O objetivo era concluir cerca de 143 mil inquéritos que foram abertos pelas polícias civis até 2007, mas apenas 20% do total chegou ao fim. Desses, a grande maioria (80%) foi arquivada devido principalmente à fragilidade das investigações.
O Estado de São Paulo "CNJ apura benefício indevido a juízes"

Conselho quer saber como foram calculados os altos valores pagos a magistrados e pode pedir o desconto em folha; TJ-SP nega irregularidade
O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) quer saber que índices de correção foram aplicados por Tribunais de Justiça estaduais para calcular contracheques em val…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

O carnaval é um comício dançante

Arnaldo Jabor, O Globo
Já escrevi sobre o carnaval muitas vezes, me repetindo todo ano, porque minha coluna sai nas terças-feiras gordas. Vou escrever sobre o quê? Sobre a corrupção que invade o Brasil todo com seus blocos de sujos? Não dá.

Sempre que penso no carnaval lembro-me dos dias da minha infância. O carnaval chegava aos poucos e não era essa explosão de felicidade maníaca que vemos hoje em dia.

Já se ouviam os primeiros clarins do carnaval na chegada do verão, com as marchinhas tocando no rádio fazendo dueto com as cigarras que cantavam entre as flores vermelhas do flamboyant de minha casa (para onde foram as cigarras pós-modernas?)

Minha primeira lembrança do carnaval era o cheiro do lança-perfume. Até hoje me irrita pensar que baniram essa linda arma da alegria. O lança-perfume era tudo. Havia umas garrafinhas de vidro, frágeis como ampolas, mas o belo símbolo do carnaval era o "Rodouro Metálico". Era um tubo dourado, grosso, que ejetav…
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 22 / 02 / 2012

Folha de São Paulo
"Carnaval de SP termina em incêndio e depredação"

Integrante da Casa Verde invade palco e rasga notas: Mocidade é campeã

Uma confusão generalizada interrompeu a leitura das últimas notas do julgamento dos desfiles das escolas de samba de São Paulo. O tumulto começou quando Tiago Faria, 29, integrante da Império de Casa Verde, invadiu o palco e tomou as cédulas de votação, que foram rasgadas. Faria foi preso e indiciado sob suspeita de dano ao patrimônio público e supressão de documentos, crime inafiançável.
O Estado de São Paulo "Ajuda à Grécia é vista com pessimismo"

Após anúncio de socorro recorde ao país, bolsas caem e mercado avalia que há dúvidas sobre a capacidade grega de cumprir suas obrigações de austeridade
Durou menos de seis horas o otimismo após a aprovação do segundo pacote de socorro concedido pela União Europeia e pelo FMI à Grécia. Mesmo com um programa de resgate recorde em tempos de paz, que inclui uma linh…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Cachaça boa, 'marvada' pinga

Xico Graziano - O Estado de S.Paulo
A cachaça é um verdadeiro patrimônio nacional. Quem afirma é o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, no prefácio de belíssimo livro lançado recentemente por Araquém Alcântara e Manoel Beato. Em tempos de carnaval, cabe homenagear a mais brasileira das aguardentes.

Fama de cachaceiro Fernando Henrique não carrega. Mas, como sociólogo, argumenta ser a cachaça "parte antiga" da História brasileira, peça importante da cultura ligada aos caboclos da terra. Por esse motivo, aliás, o Decreto 4.062/2000, de sua lavra, define o termo "cachaça" como vocábulo de origem exclusivamente brasileira. O ato oficial procurou, na época, impedir que os Estados Unidos incluíssem a bebida, por interesses comerciais, na mesma categoria do rum. Nada a ver.

Elaborada a partir da fermentação do caldo da cana-de-açúcar, a cachaça surgiu nos rudimentares engenhos logo após o Descobrimento. Quem a apreciava eram os escravo…
Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 21 / 02 / 2012

Folha de São Paulo
"Presos superam em 81% número de vagas em SP"

Para governo, só erguer presídios não resolve; é preciso dar penas alternativas e reduzir tempo de encarceramento

O governo de Geraldo Alckmin (PSDB) precisaria aumentar em 81% o número de vagas para zerar o déficit e acabar com a superlotação do sistema prisional de São Paulo - o maior do país. Há hoje 185.447 presos no Estado, para 102.242 vagas. Para resolver o problema, seria preciso construir 93 presídios, além dos 15 já em obras, informa André Caramante. O cálculo não leva em conta o crescimento da população carcerária: dados de janeiro deste ano mostram que, para cada 100 pessoas que deixam as celas, outras 121 entram.
O Estado de São Paulo "UE deve dar socorro recorde à Grécia"

Em troca dos 130 bilhões de euros, o maior pacote desde o Plano Marshall, Atenas terá de abrir mão de uma parte de sua soberania econômica para evitar a falência
A União Europeia e o FMI negociavam n…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A gerente do loteamento

O Estado de S.Paulo
Contrariando mais uma vez sua reputação de boa administradora, a presidente Dilma Rousseff anunciou a intenção de controlar pessoalmente a execução dos projetos considerados estratégicos. Para isso visitará as obras e acompanhará os dados de execução por meio de um novo sistema de informações em tempo real. O sistema será implantado até o meio do ano, segundo se informou depois de sua reunião com os ministros e líderes partidários integrantes do conselho político do governo. A presidente deixou clara, de acordo com participantes do encontro, sua "obsessão" pela melhora da gestão governamental e dos serviços prestados ao público.

Essa "nova gestão" começou na semana passada, com a verificação do andamento das obras de transposição do Rio São Francisco e de construção da Ferrovia Transnordestina, explicou o secretário do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), Maurício Muniz. A presidente deverá, segundo ele, visitar outr…
Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 20 / 02 / 2012

Folha de São Paulo
"Lentidão do MEC poupa de corte cursos mal avaliados"

Atraso, admitido pelo governo, deixará punição para o 2º semestre

A demora do Ministério da Edicação para concluir o processo da avaliação de ensino superior fará com que os cursos de ciências contábeis e administração mal avaliados pelo MEC escapem do corte no número de vagas neste semestre. Em novembro, o governo anunciou que seriam cortadas cerca de 50 mil vagas nesses cursos e nos dez cursos da área da saúde. As medidas deveriam entrar em vigor neste semestre, mas só os cortes de saúde (31,5 mil vagas) foram realizados.
O Estado de São Paulo "Infraestrutura precária eleva custo logístico em R$17 bi"

Despesa com atrasos e más condições de estradas soma quase 15% do total gasto com transporte e armazenagem
Um estudo da Fiesp mostra que empresas brasileiras têm uma despesa anual extra de R$17 bilhões por causa das péssimas condições das estradas, da burocracia e do sucat…

Mumbai, Índia

Imagem

Política

Mestre Tourinho

Elio Gaspari, O Globo
O desembargador Tourinho Neto, membro do Conselho Nacional de Justiça, acha que os juízes estão sendo encurralados pela exibição da contabilidade de alguns tribunais: “O juiz desonesto deve ser punido, mas não é assim que a imprensa está fazendo. Precisamos de associações para lutarmos contra essa imprensa marrom”.

Numa trapaça do destino, na mesma sessão, por 12 a 2, o Conselho aposentou compulsoriamente o desembargador Roberto Wider, do Tribunal de Justiça do Rio. Em 2009, os repórteres Chico Otavio e Cássio Bruno informaram que o doutor facilitava a vida de amigos em nomeações para cartórios e litígios imobiliários. No ano seguinte, Tourinho Neto relatou o processo de Wider e defendeu sua absolvição.

Sem imprensa e sem o CNJ, nada disso teria acontecido.

Twitter