Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 19, 2014

Dominique

Imagem

Opinião

O ensino de medicina

O Estado de S.Paulo
Dos 2.843 médicos recém-formados que se submeteram ao exame do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) para obter registro profissional, em novembro do ano passado, 1.684 - o equivalente a 59% do total - acertaram menos de 72 das 120 questões de múltipla escolha.

O resultado seria preocupante caso os médicos reprovados ficassem proibidos de praticar a medicina, a exemplo do que ocorre com os candidatos reprovados nos exames da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). No entanto, como todos os participantes da prova de habilitação do Cremesp obtêm o registro profissional independentemente de seu desempenho, muitos não se preocupam em responder corretamente as questões da prova, que é obrigatória. Alguns chegam até a sabotá-la, dando respostas erradas a perguntas elementares e corriqueiras.

Por isso, os resultados do exame do Cremesp estão longe de refletir a realidade do ensino médico no Estado de São Paulo. Em outras palavras, o …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 25 / 01 / 2014

Correio Braziliense
"Rolezinho fecha shopping, polícia reforça segurança"

A mobilização de jovens pela internet teve a primeira consequência em Brasília

O shopping Iguatemi, alvo de um protesto programado para hoje, anunciou que fechará as portas neste sábado. Em nota, o centro comercial disse respeitar iniciativas democráticas e pacíficas, mas não tem condições de receber “qualquer tipo de manifestação". As forças de segurança do Distrito Federal vão ampliar a vigilância em 13 shopping centers, afim de garantir a tranquilidade de consumidores. “O cidadão deve manter sua programação. Quem planejou ir ao shopping fazer compras ou se entreter, deve fazer com naturalidade. Estamos preparados para garantir a segurança e intervir caso necessário", disse o coronel da PM José Carlos Neves Ribeiro.

O Estado de S. Paulo
"Governo vai trazer mais 2 mil médicos cubanos"

Decisão ocorre após terceira fase do Mais Médicos atrair apenas 891 profissionais …

Arte

Imagem
Perseu com a cabeça da Medusa / Bronze por Benvenuto Cellini, 1545

Coluna do Celsinho

Chatô

Celso de Almeida Jr.

Demorei vinte anos para encarar um livro.

Quando ele foi lançado, em 1994, me entusiasmei com o tema.

Mas, aos 28 anos de idade, com mil coisas na cabeça, declinei ao constatar o número de páginas: mais de 700.

De lá para cá, quando eu entrava na Biblioteca do Colégio Dominique, a Hans Staden, lá estava ele, quieto, numa edição especial em capa dura vermelha.

Vez ou outra sumia, emprestado por alguém, mas voltava resignado, me esperando...

Duas décadas pra tomar coragem.

Nos primeiros dias de 2014, cumprindo uma das promessas de réveillon, fui a prateleira e peguei Chatô, o Rei do Brasil, de Fernando Morais.

A biografia de Assis Chateaubriand, que fundou os Diários Associados, um império de jornais, revistas, além de emissoras de rádios e televisão, retrata a trajetória do jornalista, político, empresário e mecenas, de comportamento extremamente controverso, com passagens divertidíssimas.

O texto magnífico de Fernando Morais, claro e vibrante, prende a atenção da prim…

Pitacos do Zé

Imagem
E por falar em civilidade... (L)

José Ronaldo dos Santos
Como pode, uma cidade turística, continuar matando seus veios de água com esgotos e lixos? A fotografia é do Córrego Água Branca, feita a partir da margem da Rodovia Rio-Santos. Sabe onde é? "É logo ali!". É aquele que, quase sem ser notado, passa da Estufa I para a Estufa II, nas cercanias da Capela São Benedito. O seu trajeto inclui os fundos da Creche Francisquinho, as ruas Taubaté e Benedita Santos...e...finalmente a Barra da Lagoa e a Praia do Itaguá. Certamente que não tem como passar imperceptível aos visitantes do Aquário e do comércio do entorno da Praça Alberto Santos!

Twitter

Dominique

Imagem

Opinião

O governo, a Copa e a rua

O Estado de S.Paulo
Para blindar o projeto de reeleição da presidente Dilma Rousseff - e tão somente por isso - o Planalto, com o PT a tiracolo, busca um plano que detenha o eventual alastramento pelo País dos prováveis protestos contra a realização da Copa. Teme-se um clima de crispação social capaz de contaminar as urnas de 3 de outubro, nada menos de 115 dias depois da final de 13 de julho. A extensão desse período parece indicar que os receios palacianos são exagerados: é tempo demais para que os presumíveis protestos continuem crepitando a ponto de abrasar a conquista de um segundo mandato por Dilma. Mas, destoando dessa vez do padrão trôpego de sua gestão, ela resolveu não brincar em serviço.

Reuniões semanais em palácio, com rodízio de participantes e dois nomes fixos - o do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o seu colega do Esporte, Aldo Rebelo -, se preocupam antes de tudo com um replay dos dias de junho. Foi a absurda repressão policial a uma…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 24 / 01 / 2014

Estado de Minas
"Um alívio passageiro"

Reduzidas devido às manifestações de rua no ano passado, passagens de ônibus voltam a subir em cidades de Minas

De 20 cidades que baixaram a tarifa após os protestos, três já a aumentaram de novo - Alfenas (10%), Poços de Caldas (7,7%) e Divinópolis (6,1%) - e outras três (Itajubá, Montes Claros e Uberlândia) já admitem fazê-lo, segundo levantamento do Estado de Minas. A Prefeitura de BH, por outro lado, publicou decreto que extingue dentro de 90 dias a cobrança da taxa de Custo de Gerenciamento Operacional (GCO) sobre o transporte coletivo, o que reduzirá em R$ 20 milhões por ano o custo das empresas. Mas o preço das passagens será mantido até a conclusão de uma auditoria no sistema.

O Estado de S. Paulo
"Ação na Cracolândia abre crise entre Prefeitura e Estado"

Para Haddad, operação que deixou pelo menos 3 feridos foi ‘lamentável’; governo Alckmin defende ‘legitimidade’

O Denarc fez ontem uma operação na …

Pitacos do Zé

Imagem
E por falar em civilidade... (XLIX)

José Ronaldo dos Santos
Tenho evitado sair de casa e ter de enfrentar essa onda de calor, mas... ao apresentar a Prainha do Padre para uma amiga, além de muita sujeira na adorável prainha, encontrei uma saída de esgoto daqueles prédios logo ali. 

Esse problema foi um dos argumentos usados em nosso protesto na época da notícia daquela horrível obra. 

Os ricos inauguraram a tomada dos morros em nosso município. 

Só depois vieram Bela Vista, Pedreira, Judite, Pipoca etc. etc. Hoje, para complementar o "ambiente natural", temos a... e outros equipamentos. 

Dizia o finado Quincas: "É a favelização institucionalizada".

Twitter

Dominique

Imagem

Opinião

A lógica da infidelidade

O Estado de S.Paulo
O noticiário político dos últimos dias dá conta da encrenca cada vez maior em que o apetite insaciável da "base aliada" enreda um governo que, teoricamente, disporia de um número muito maior do que o necessário de senadores e deputados para apoiar suas iniciativas no Congresso Nacional. Cada vez mais pressionada pela circunstância de ser este um ano eleitoral e pelo fato de o lulopetismo entender que sua condição de dono exclusivo da verdade e da virtude justifica qualquer meio para se manter no poder, Dilma Rousseff vai fazer o que seu chefe e sua turma acham que deve ser feito: escancarar as portas da administração pública - via reforma ministerial - para "aliados" que, em contrapartida, garantirão à candidata à reeleição, ou seja, ao PT no poder, cerca de metade do tempo no horário da propaganda eleitoral dita gratuita no pleito de outubro. Nada a ver com fidelidade parlamentar ao governo. Esta é apenas moeda de troca. …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 23 / 01 / 2014

Estado de Minas
"Notícias de um país surreal"

Não pague, comunidades virtuais foram criadas no Facebook para denunciar preços de arrepiar até os bigodes do mestre do surrealismo, Salvador Dalí 

A onda começou no Rio, pedindo boicote a coco vendido a R$ 6 e misto quente de R$ 20 nas praias. Logo chegou a outras capitais. A BH $urreal – não pague surgiu domingo e já atraiu 7,8 mil seguidores. Casa de show cobrando R$ 5 por água mineral e bar vendendo 300g de batata frita por R$ 21,90 estão entre os repudiados. A ideia é simples: deixar de comprar até os preços voltarem a ser reais. Abra o olho!

Daqui

Em BH, o assombro não vem apenas dos preços exorbitantes. A Polícia Militar parou de prender flanelinhas irregulares por exercício ilegal da profissão, mesmo a lei determinando multa e cadeia para os que não têm autorização do poder público. O curioso é que a PM se ampara em sentença do Supremo Tribunal Federal, que considerou a questão menor, sujeita a pena…

Dominique

Imagem

Opinião

A crise do MST aos 30 anos

O Estado de S.Paulo
Criado no 1.º Encontro Nacional dos Sem-Terra, em Cascavel (PR), em 20 de janeiro de 1984, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) acaba de completar 30 anos quando se depara com uma crise muito séria de identidade. Sua razão de existência - expressa no lema "ocupação é a única solução" - se tem esvaziado ao longo do tempo pela redução de sua capacidade de mobilização de militantes com o objetivo declarado de produzir alimentos em terras tidas como improdutivas. Mas sem nunca esquecer outro, disfarçado, de sabotar as bases do Estado Democrático de Direito com o objetivo de substituí-lo por um regime de natureza socialista.

A desmobilização pode ser flagrada nas estatísticas divulgadas anualmente pela Ouvidoria Agrária Nacional, vinculada ao Ministério do Desenvolvimento Agrário, segundo as quais o número de invasões de terras em 2013 deve ter sido o mais baixo dos últimos dez anos. Em 1985, com apenas um ano de existên…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 22 / 01 / 2014

Estado de Minas
"Bola fora"

Fifa inspeciona o Mineirão e faz novas exigências para a Copa que custarão mais R$ 50 milhões aos cofres públicos.

Foi a última vistoria no estádio para definir novos projetos para o Mundial. A projeção é que o governo do estado tenha de gastar 30% a mais do que os R$ 38,3 milhões despendidos com intervenções temporárias para a Copa das Confederações. O valor foi questionado pelo MP, que propôs ação civil pública contra a Fifa e o Comitê Organizador Local (COL) pedindo ressarcimento. Agora serão mais despesas com áreas vips, salas técnicas, tribuna de imprensa, centro de mídia, passarelas, divisórias e instalações elétricas, hidráulicas e de ar-condicionado, entre outras. Boa parte das obras tornará a ser desfeita depois da Copa.

O Estado de S. Paulo
"Dilma e PT agem para evitar ações violentas na Copa"

Avaliação é de que uma nova série de manifestações causará prejuízo à presidente às vésperas da eleição

O Palácio d…

Dominique

Imagem

Opinião

Resta apelar ao jeitinho

O Estado de S.Paulo
Para responder às críticas da Fifa sobre os atrasos do Brasil na preparação para a Copa do Mundo, a presidente Dilma Rousseff prometeu que o País fará a "Copa das Copas". A julgar pelo andamento das obras nos aeroportos, porta de entrada dos torcedores vindos de todo o mundo, a competição tem mesmo tudo para ser histórica - será realizada no país-sede mais desorganizado de todos.

O Brasil, não custa lembrar, foi escolhido em 2007 para receber o Mundial. O calendário da disputa foi divulgado em 2011. Segundo a Fifa, nenhum outro país-sede teve tanto tempo para se preparar. Desde aquela época, porém, as autoridades têm se empenhado muito mais em louvar a própria capacidade de realizar o evento do que em fazer o que era realmente necessário. Agiram como se a Copa nunca fosse chegar, e que o País viveria eternamente a fantasia patrioteira cantada no linguajar peculiar do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva - que, ao agradecer à Fi…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 21 / 01 / 2014

Estado de Minas
"Invasão paulista na UFMG"

Com a entrada no Sisu, cresce o número de selecionados de outros estados, principalmente de SP.

A concorrência nacional pelas vagas na universidade, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que tem por base as notas do Enem, levou a uma explosão dos aprovados de fora de Minas. Em 2011 eles representavam 4%, percentual que subiu para 9% em 2012 e recuou para 7% no ano passado. Agora, a proporção dos “forasteiros” saltou para 17%. Os paulistas são disparadamente a maioria: 349 dos 3.535 selecionados para o primeiro semestre na UFMG, ou quase 10% do total, são do estado mais rico e populoso do Brasil. Depois de São Paulo, o Espírito Santo é o segundo com maior número de aprovados (60). Entre os futuros calouros há gente de todas as unidades da federação, exceto da Paraíba.

O Estado de S. Paulo
"Déficit da Previdência sobe e vai a R$ 50 bilhões em 2013"

Para diminuir rombo, governo quer modificar regras d…

Dominique

Imagem

Opinião

A paralisia da Petrobrás

O Estado de S.Paulo
Submetida pelo governo do PT a uma política de preços que a asfixia financeiramente e a uma estratégia que a força a investir maciçamente na área do pré-sal sem ter recursos suficientes para isso, a Petrobrás não está conseguindo acompanhar as rápidas transformações pelas quais passa o mercado mundial de energia. Está perdendo grandes oportunidades e pode estar comprometendo sua capacidade de manter-se, a médio prazo, entre as principais empresas mundiais do setor. O fato de, em 2013, os Estados Unidos terem deixado de ser seu principal comprador de petróleo, que passou a ser a China, é para ela o sinal mais eloquente das mudanças no mundo da energia.

Nos últimos anos os EUA haviam se tornado fortemente dependentes de países dos quais importavam petróleo maciçamente, como a Arábia Saudita. Mas, com o aumento rápido de sua produção interna de gás e de óleo de xisto, essa dependência vem se reduzindo rapidamente, o que poderá ter consequências p…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 20 / 01 / 2014

Correio Braziliense
"Idosos devem provar ao INSS que estão vivos"

Cadastramento é obrigatório para aposentados e pensionistas

Pelo menos 4,7 milhões de aposentados e pensionistas têm pouco mais de um mês para recadastrar a senha bancária, imprescindível para continuarem a receber os benefícios. O prazo termina em 28 de fevereiro. Mesmo com os reiterados problemas, o governo e as instituições financeiras insistem na exigência de comparecimento às agências.

O Estado de S. Paulo
"Núcleo fiel a Dilma na Câmara cai mais da metade"

Apenas 123 deputados votaram com o governo 90% das vezes em 2013; no início do mandato eram 306

No segundo semestre de 2013, o governo da presidente Dilma Rousseff sofreu 11 derrotas em 37 votações na Câmara dos Deputados. Em 2011, foram só 3 derrotas; 5 em 2012; e outras 5 no primeiro semestre de 2013. Este resultado no Congresso é consequência da redução do núcleo de deputados mais fiéis ao governo - aqueles que votaram…

Dominique

Imagem

Opinião

Insensibilidade moral

O Estado de S.Paulo
O atraso, pelo governo Dilma, dos repasses de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) para os Estados e os municípios, com o objetivo de engordar o superávit primário de 2013, acrescenta traços de insensibilidade moral a uma política fiscal já desacreditada por ter sido vítima de tantas manobras contábeis. Além disso, deixa mais nítida, se isso ainda era necessário, a inconsistência dos resultados das contas públicas no ano passado tão orgulhosamente antecipados pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega.

Do ponto de vista moral, essa foi a mais preocupante artimanha contábil de que o governo do PT lançou mão para - não tendo feito os necessários ajustes nas suas despesas de modo a adequá-las ao comportamento da arrecadação - apresentar um resultado fiscal aparentemente mais do que suficiente para evitar o crescimento da dívida pública. Na área de saúde pública, qualquer atraso - e, neste caso, com evidências de ter sido deliberado - na liberação d…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 19 / 01 / 2014

Estado de Minas
"Trânsito matou mais de 3 mil do Estado em 2013"

Levantamento feito pelo Estado de Minas mostra que pelo menos 3.184 pessoas morreram em acidentes automobilísticos no ano passado em território mineiro

O balanço leva em conta dados da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Militar Rodoviária e de desastres registrados nas áreas urbanas de 237 municípios que apresentaram estatísticas, além de mortes de acidentados ocorridas em hospitais conveniados ao SUS. O número de vítimas é maior que a população de cidades como Ibituruna, no Centro-Oeste do estado (2.923). E supera os 2.454 assassinatos ocorridos na Grande BH e outros 21 municípios com mais de 100 mil habitantes, de janeiro a novembro de 2013. A imprudência dos motoristas, principalmente, as más condições das estradas e a fiscalização insuficiente são as maiores causas da matança, segundo especialistas.

O Estado de S. Paulo
"Desoneração de IPI tirou R$ 23 bi de cidades e Estados"