Postagens

Mostrando postagens de Abril 20, 2014

Dominique

Imagem

Opinião

A grande família petista

O Estado de S.Paulo
Nem é preciso fazer escavações profundas. Arranhe-se apenas a superfície do sistema petista de poder e, certo como a noite que se segue ao dia, se encontrará um escândalo, uma maracutaia, uma armação, uma negociata, um vexame, um ato mal explicado ou inexplicável à luz da ética pública. E não se diga que é intriga da oposição em ano eleitoral.

Para ficar apenas na safra da semana, ora é uma auditoria da Petrobrás que afirma que em 5 de fevereiro de 2010 alguém foi autorizado verbalmente a sacar US$ 10 milhões de uma conta da Refinaria de Pasadena, na qual a empresa ainda tinha como sócia a Astra Oil. A revelação foi publicada pelo Globo. Quem autorizou, quem sacou, o porquê do saque e o que foi feito com a bolada, isso a Petrobrás não conta. Diz, burocraticamente, que o procedimento seria "uma atividade usual de trading" e nele "não foram constatadas quaisquer irregularidades".

Ora, para variar, são as sucessivas apurações d…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 26 / 04 / 2014

Correio Braziliense
"Cidade do Vaticano"

Os dois santos de Francisco

Gente do mundo inteiro lotará amanhã a Praça de São Pedro para ver de perto o papa Francisco decretar santos, ao mesmo tempo, dois gigantes do catolicismo: João XXIII (1958-1963), o Papa Bom; e João Paulo II (1978-2005), o Papa Pop. O primeiro, um líder progressista, que abriu a igreja à pluralidade do mundo moderno. O outro, um conservador carismático que, ao morrer, foi aclamado santo pela multidão ainda durante o funeral. Com a dupla canonização, avaliam especialistas, Francisco protagoniza um lance de mestre. “É uma jogada política magistral”, diz a vaticanista Elisabetta Piqué. De uma só vez, explica ela, o pontífice argentino busca afagar divergentes grupos dentro da instituição, que conta com rebanho de 1,2 bilhão de fiéis no mundo, e ganha força para avançar nas reformas da Cúria Romana, palco de carreirismo e disputas pelo poder.

Folha de São Paulo
"Militar que admitiu tortura…

Picasso - 1924

Imagem

Coluna do Celsinho

Tablado

Celso de Almeida Jr.

Ontem, o Supremo Tribunal Federal absolveu o ex-presidente e atual senador Fernando Collor de acusações de crimes de peculato, corrupção e falsidade ideológica no período em que exerceu a Presidência da República, entre 1991 e 1992.

A denúncia, apresentada pelo Ministério Público somente em 2000, teria falhas, segundo a defesa.

Os ministros do STF apontaram falta de provas e prescrição, absolvendo Collor.

Só por curiosidade, gostaria de saber quanto custaram os esforços do Ministério Público e do Supremo Tribunal Federal nesta demanda.

Seria bom, também, apenas para ilustrar, conhecer os honorários que o ex-presidente dispendeu com os advogados de defesa ao longo desta causa.

Neste grandioso teatro, chamado Brasil, é importante avaliar os atores, diretores e produtores - além dos custos - de espetáculos tão elaborados.

Grandes comédias.

Grandes tragédias.

Visite: www.letrasdocelso.blogspot.com

Twitter

Dominique

Imagem

Opinião

Duro revés para Dilma

O Estado de S.Paulo
Capitaneada pelo presidente do Senado e principal aliado do Planalto no Congresso, Renan Calheiros, a maioria governista da Casa deverá fazer tudo o que estiver ao seu alcance - e não é pouca coisa - para impedir que se cumpra efetivamente a liminar concedida na quarta-feira pela ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF). A decisão respalda, sem margem para dúvidas, a demanda da oposição de que seja instalada uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) exclusiva sobre a Petrobrás. A ministra, portanto, proibiu os solventes vertidos no pedido original - numa jogada combinada entre o PMDB de Calheiros, o PT e a presidente Dilma Rousseff - para diluir a investigação sobre suspeitas de variados graus de gravidade envolvendo atos e fatos ocorridos na estatal desde os anos Lula.

O estopim do inquérito, como se sabe, foi a espantosa admissão da presidente de que, em 2006, aprovou a compra de metade de uma refinaria em Pasadena, no Texas, ap…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 25 / 04 / 2014

Correio Braziliense
"Investigação da PF liga o ex-ministro Padilha a doleiro"

O primeiro a cair em desgraça foi o deputado André Vargas (PT-PR), suspeito de ser sócio de Alberto Youssef 

Agora, as apurações da Polícia Federal na Operação Lava-Jato lançam suspeitas de conexão com o esquema do doleiro sobre mais três petistas: o ex-ministro Alexandre Padilha (da Saúde) e os deputados Cândido Vacarezza e Vicente Cândido, ambos paulistas. Preso pela PF Youssef é acusado de chefiar esquema de lavagem de dinheiro que movimentou R$ 10 bilhões.

Folha de São Paulo
"PF liga ex-ministro Padilha a empresa de doleiro preso"

Documento sugere que petista indicou ex-assessor para o Labogen; ele nega 

Novo relatório da Polícia Federal sugere que o então ministro da Saúde e hoje pré-candidato do PT ao governo de SP, Alexandre Padilha, indicou em novembro de 2013 um ex-assessor para dirigir o laboratório Labogen, do doleiro preso Alberto Youssef. A indicação apare…

Dominique

Imagem

Opinião

Vargas vai para cima

O Estado de S.Paulo
O deputado petista André Vargas, que se viu compelido a deixar a vice-presidência da Câmara ao emergirem os seus negócios com o grão-doleiro Alberto Youssef - o que levou o Conselho de Ética da Casa a abrir contra ele processo por quebra de decoro parlamentar -, deve se achar um guerreiro. Não tem, é claro, a movimentada biografia de um José Dirceu, o ex-presidente do PT, ex-deputado e ex-ministro da Casa Civil que cumpre pena na Papuda como capo do mensalão, a quem os companheiros assim reverenciam, acrescentando, para rimar, "do povo brasileiro".

Mas, para quem ignorasse os métodos, não propriamente solares, graças aos quais André Luiz Vargas Ilário fez carreira no PT de Londrina - começando por dirigir o Albergue Noturno local até chegar ao comando da sigla no Paraná em 1998 e ao Congresso Nacional em 2006 -, foi na esteira do encarceramento de Dirceu que ele apareceu na mídia nacional. O robusto parlamentar valeu-se da circunstância …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 24 / 04 / 2014

Correio Braziliense
"O último a sair apague a luz"

Três dos cinco conselheiros da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) renunciam ao cargo após a instituição, a mando do governo, aprovar empréstimo de R$ 11,2 bilhões para socorrer distribuidoras em crise.

O inesperado protesto dos três executivos, que consideraram a operação arbitrária e arriscada, ocorre num momento em que o Brasil enfrenta um crescente risco de apagão e reflete o descontentamento quase generalizado no setor elétrico. Devido à manobra do governo, que empurrou o aumento da conta de luz para depois das eleições, os 4 mil associados da CCEE terão de assumir o financiamento inédito destinado a cobrir rombo no caixa de 40 distribuidoras de energia no país. Diante da rebelião, a diretoria da CCEE ressaltou que a decisão foi aprovada por 87% dos presentes em assembleia geral. Mas críticos do empréstimo dizem que houve interferência do Planalto, que teria mobilizado os votos …

Dominique

Imagem

Opinião

A crise volta ao Planalto

O Estado de S.Paulo
Bem que o ex-presidente Lula reclamou da sua afilhada Dilma Rousseff por "trazer para dentro do Planalto" a crise, até então restrita à Petrobrás, da compra da metade da Refinaria de Pasadena, em 2006. O que motivou o desolado comentário do mentor, em conversa com petistas, foi a já afamada nota da presidente ao Estado, em 17 de março passado, na qual confirmava que, na condição de titular do Conselho de Administração da estatal, aprovara a transação, que anos depois daria um prejuízo de US$ 530 milhões, apenas com base em um parecer de página e meia, "técnica e juridicamente falho", preparado pelo diretor da área internacional da empresa, Nestor Cerveró. Só mais tarde, segundo a sua versão, ela teria descoberto que o texto omitira duas cláusulas potencialmente lesivas à petroleira. Se delas tivesse tido conhecimento à época da decisão, garantiu, "seguramente" teria se oposto à compra.

Na semana passada, em depoi…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 23 / 04 / 2014

Correio Braziliense
"Brasília, um céu para a eternidade"

Integrado à paisagem pelo urbanista que idealizou a cidade, o espaço celeste da capital volta a ser celebrado em seu 54° aniversário e incentiva a retomada de campanha para transformá-lo em patrimônio imaterial da humanidade

Lucio Costa a projetou de forma que o céu pudesse ser contemplado de onde quer que fosse visto. Os prédios desenhados por Niemeyer se adaptaram ao traçado inovador. Marco da arquitetura, Brasília acabou se tornando, em 1987, a primeira cidade moderna tombada pela Unesco. Sete anos atrás, o arquiteto Carlos Fernando de Moura Delphim propôs que o céu da metrópole também fosse tombado. Desta vez, como patrimônio imaterial da humanidade. A proposta voltou a ganhar força esta semana, depois de o Correio homenagear os 54 anos da cidade com suplemento especial totalmente dedicado ao céu. Ex-presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Ângelo Oswald…

Dominique

Imagem

Opinião

A alma do negócio

O Estado de S.Paulo
O governo federal gastou no ano passado R$ 2,3 bilhões em publicidade com a administração pública direta e indireta, o que inclui as estatais. É a maior despesa desse tipo já registrada desde o ano 2000, quando começou a ser divulgada.

Assim, a presidente Dilma Rousseff supera seu mentor e padrinho, Luiz Inácio Lula da Silva, cuja Presidência, em 2009, usou R$ 2,2 bilhões para trombetear as reais e supostas conquistas de seu governo. Somente com a administração direta, a despesa foi de R$ 761,4 milhões, também um recorde.

Não terá sido por mera coincidência que, tanto no caso de Lula quanto no de sua sucessora, espantosas quantias de dinheiro tenham sido despejadas no período imediatamente anterior a um ano eleitoral.

Lula teve de ampliar o investimento em publicidade porque precisava eleger um "poste", e não se faz isso sem uma formidável máquina marqueteira. Em 2013, como o "poste" não traiu sua natureza - com a agravante de que m…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 22 / 04 / 2014

Correio Braziliense
"Bebeu, correu demais, matou dois e feriu seis"

Iraci Paulo dos Santos fez 36 anos e era para ser um dia de festa

Mas, em vez do riso e da celebração, a segunda-feira foi de dor, choro e luto. Ela recebeu ontem a notícia mais triste de toda a vida: sua filha, Cássia, 13, havia morrido. Iraci e a adolescente estavam entre as oito pessoas atropeladas pelo Hyundai Azera que o técnico em informática Marcelo Luiz de Barros, 41, dirigia em alta velocidade na DF-005, no Lago Norte. No momento do acidente, na noite do domingo, ele tentava fazer uma ultrapassagem proibida quando atingiu em cheio as vítimas, que estavam no acostamento. Ivone de Souza Reis, 32, também não resistiu aos ferimentos. Iraci e os demais seguem hospitalizados. Barros foi preso. Exame no IML comprovou que ele estava embriagado.

Folha de São Paulo
"3.000 foram enterrados como indigentes tendo RG"

Sem procurar parentes, SP manda para valas públicas corpos não re…

Dominique

Imagem

Opinião

Pra frente, Brasil

O Estado de S.Paulo
O governo federal prepara uma "forte campanha de mídia" para convencer o contribuinte de que a realização da Copa do Mundo é boa para o País. Nas palavras do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, há a necessidade de fazer um esforço de propaganda para servir de contraponto ao noticiário negativo. "A imprensa mente para caramba", declarou Carvalho, na característica linguagem autoritária do governo petista, para o qual qualquer crítica equivale a uma tentativa de golpe.

"Nós nos demos conta de que cometemos um erro ao não fazer um investimento para valer na comunicação e deixamos de informar aos cidadãos o que a Copa significa", afirmou Carvalho, segundo o jornal O Globo.

Não é a primeira vez que o ministro sugere que os brasileiros que protestam contra os gastos relativos à Copa não entenderam os esforços do governo para lhes proporcionar uma vida melhor. Em janeiro passado, Carvalho queixou-se …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 21 / 04 / 2014

Correio Braziliense
"Brasília 54 anos - Uma cidade feita de céu"

Primeira cidade moderna a se tornar patrimônio da humanidade, Brasília divide opiniões 

Há quem goste e quem não goste da sua arquitetura moderna e do seu projeto urbanístico singular. Agora, quando se trata do céu, é quase impossível existir alguém que não goste. E não é para menos. Ao conceber a capital da República, Lucio Costa ficou tão impressionado com o firmamento que o incorporou ao Plano Piloto. “Como parte integrante e onipresente da própria concepção urbana — os ‘vazios’ são por ele preenchidos; a cidade é deliberadamente aberta aos 360 graus do horizonte que a circunda”, escreveu. Nada mais verdadeiro, como os leitores poderão conferir nesta imagem da capa do Correio e ao longo das 32 páginas do suplemento especial que o jornal publica hoje em homenagem aos 54 anos da metrópole que floresceu no cerrado.

Folha de São Paulo
"Paramilitar americano treina policial da Copa&qu…

Dominique

Imagem

Opinião

Enfim, descobriram o óbvio

O Estado de S.Paulo
A incapacidade do atual governo de entregar o que promete chegou às páginas do New York Times.

A realização da Copa do Mundo, que deveria ser a vistosa prova da capacidade brasileira de ombrear com as grandes potências globais, acabou servindo para chamar a atenção do mundo para as deficiências crônicas do País. A principal delas, conforme constatou o NY Times, é desperdiçar dinheiro e energia em projetos que nunca chegam a termo ou que se provam inúteis ou caros demais.

Assinada pelo correspondente Simon Romero e intitulada Grandes visões fracassam no Brasil (no Boston Globe, onde foi reproduzida, o título foi Da explosão do crescimento à ferrugem, grandes projetos definham no Brasil), a reportagem mostra que pouco se sustenta na narrativa triunfalista do governo.

Bilhões de reais foram gastos com obras que deveriam comprovar a irresistível ascensão do Brasil em meio a um cenário de relativa bonança financeira - em seu primeiro mandato, ao an…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 20 / 04 / 2014

Correio Braziliense
"Corruptos na cadeia: ideal ainda distante"

A corrução está intimamente ligada à certeza de impunidade

Apesar de ter aumentado em 40% no período de um ano, o número de presos acusados de corrupção ativa e passiva, eles representam apenas 0,1% da população carcerária. O Conselho Nacional de Justiça faz campanha para acelerar a tramitação de ações penais nos tribunais.

Folha de São Paulo
"Dívida com a União cresce mais em cidades da Copa"

Em dois anos, débitos sobem em média 51% nas sedes, ante 20% nas demais capitais

As 12 cidades-sedes da Copa, que começa em 12 de junho, endividaram-se em ritmo muito superior ao das demais capitais, aponta levantamento da Folha com dados do Banco Central. Em dois anos, a dívida das sedes com o Tesouro ou bancos públicos subiu em média 51%. No mesmo período, a taxa cresceu 20% nas capitais que não terão jogos da Copa. Das cidades com partidas, só uma, Salvador, baixou sua dívida com o governo fede…