Postagens

Mostrando postagens de Julho 31, 2011

A,B,C,D,...

Imagem

Das letras...

Notas para um escritor voltar a escrever

"Escrever sem um plano definido, sem premeditar tramas e histórias até porque ainda não sei se o quero dizer é o que precisa ser dito: ambos terão de ser uma só e a mesma coisa"

Márcia Denser
Impor-se uma rotina todo dia, ficar diante da tela em branco, marcar um horário, agora, que horário? Pela minha rotina cheia de rituais, vai ter que ser à tarde, digamos das 15 às 16 horas (hoje, dia zero, estou começando às 14h30). Não produzir nada ou (que merda de palavra essa, “produzir”, mas foi incorporada definitivamente porque, do contrário, que verbo usar? escrever? fazer? elaborar? – essa é horrível! – sempre tive problemas de dar um verbo para o ato de fazer as coisas, de forma que produzir é o menos pior, salvo minha repulsa ao fato dele aludir a servidões trabalhistas, mas que porra, vamos parar com essas antipatias difusas, e por outro lado, parar com intuições é ainda pior, de modo que foda-se!) produzir isso aí, que acaba inevitavelm…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Uma escolha infeliz

O Estado de S.Paulo - Editorial
Nelson Jobim fez por merecer a decisão da presidente Dilma Rousseff de exigir que se demitisse do Ministério da Defesa, para não obrigá-la a demiti-lo. Na pasta desde 2007, foi mantido a pedido de seu admirador Luiz Inácio Lula da Silva. Dilma atendeu ao pedido, mas confinou o apadrinhado ao seu cantão, sem ser chamado para opinar sobre questões políticas e jurídicas alheias à sua área, como Lula fazia a três por quatro, nutrindo as ambições políticas do ministro. Foi além, o ex-presidente, em suas mesuras ao seu protegido, ao manobrar para que chegasse ao comando do PMDB a fim de que o partido o indicasse para vice de Dilma.

Dado esse retrospecto, não será difícil de imaginar o ressentimento de Jobim com a perda de prestígio no Planalto, certamente agravado pelos cortes no orçamento militar que atingiram duramente os projetos de reequipamento das Três Forças e pelas diferenças entre ele e a presidente sobre a questão dos guerrilheiros …
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 06 / 08 / 2011

Folha de São Paulo
"Agência rebaixa nota dos EUA"
Pela primeira vez na história, dívida americana deixa de ser considerada de risco zero x A maior economia global já não tem os títulos mais confiáveis. Pela primeira vez na história, a agência de avaliação de risco Standard & Poor's rebaixou a nota dos papéis da dívida dos EUA, que sempre foi triplo A, para AA+, relata Álvaro Fagundes, de Nova York. O Tesouro americano contestou a decisão, argumentando que houve erro na análise das contas. As razões apontadas pela S&P foram o aumento do peso da dívida, a instabilidade política e perspectivas negativas para os títulos. Os papéis americanos são o principal refúgio para os investidores em momentos de incerteza financeira, como o desabamento das Bolsas ocorrido em todo o mundo nesta semana.

O Estado de São Paulo "Dilma tenta acalmar militares após nomeação de Amorim"
Em reunião com comandantes após troca na Defesa, presidente pede que se mante…

Achei!

Imagem
Dois morcegos. E um grilo...

Coluna do Celsinho

Novos voos

Celso de Almeida Jr.
Na última segunda feira de agosto, às 19h, teremos o 4º Café Voador.

Implantamos este evento no final de maio.

Uma sugestão do arquiteto Luiz Carlos Lima, coordenador de aeromodelismo do NINJA – Núcleo Infantojuvenil de Aviação.

Em essência, buscamos aproximar os interessados em cultura aeronáutica e fortalecer o NINJA.

O Café Voador ocorre na Sala Gastão Madeira, no Colégio Dominique, mesmo local onde crianças e jovens desenvolvem, gratuitamente, atividades de aeromodelismo, simulação de voo, além de estudos de conceitos teóricos como: navegação aérea, meteorologia, conhecimentos técnicos, teoria de voo e regulamentos de tráfego aéreo.

Um projeto que virou realidade com o apoio de muitos colaboradores.

A boa nova é que esta união de forças já sinaliza para a reativação, nos próximos anos, do Aeroclube de Ubatuba.

Nossa intenção é colaborar para que muitos jovens da cidade conheçam o fascinante mundo da aviação, despertando para o excelente mercado de trabalho n…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Quinta-feira negra

O Estado de S.Paulo - Editorial
Como se fosse uma nova quinta-feira negra, os mercados financeiros de todo o mundo viveram ontem um dia de pânico excepcionalmente descontrolado. Nenhum novo desastre havia ocorrido nos países do mundo rico atolados na dívida pública e muito próximos da insolvência. Tudo se passou como se a percepção do perigo se houvesse aguçado de um dia para outro e todas as bolsas mergulharam, de repente, num salve-se quem puder. De manhã, especuladores correram em busca do ouro, levando a sua cotação ao recorde de US$ 1.684,90 por onça-troy. Horas depois o preço recuou, porque os investidores foram forçados a vender o metal para cobrir margens e enfrentar perdas nos mercados de ações.

Talvez nenhum outro episódio sintetize tão bem quanto esse a experiência de medo e desordem em um único dia. As tentativas do Banco Central Europeu (BCE) de socorrer os bancos e aliviar a pressão sobre alguns países foram insuficientes para restabelecer a calma.

Dois di…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 05 / 08 / 2011

Folha de São Paulo
"Bolsas desabam e cresce medo de recessão mundial"
Queda contagiou mercados após BC europeu comprar títulos de países do euro; Bovespa caiu mais x Os mercados internacionais viveram ontem seu dia mais nervoso desde a crise financeira que travou a economia mundial, em 2008, com a quebra do banco Lehman Brothers, nos EUA. Da Ásia à América, passando pela Europa, as Bolsas registraram quedas significativas, mostrando que o pessimismo domina os investidores em relação a economia, em especial nos países mais desenvolvidos.

O Estado de São Paulo "Mercado global derrete por temor nos EUA e na Europa"
Perspectiva de recessão americana e de calote espanhol e italiano causa queda semelhante

O mercado financeiro global viveu uma quinta-feira semelhante aos piores momentos da crise que eclodiu em setembro de 2008, com a quebra do Lehman Brothers. Bolsas de valores caíram no mundo todo, commodities se desvalorizaram e o dólar teve forte alt…

Povo, povo, povo...

Imagem
...sempre em busca de algo novo!

Para ler e refletir...

Líderes

David Linden - NYT/Clarín
Professor de Neurociências, Universidade Johns Hopkins

Quando pensamos nas qualidades que buscamos em líderes visionários, pensamos em inteligência, criatividade, carisma e conhecimento, mas também na busca do sucesso, o desejo de inovação e a vontade de desafiar as práticas estabelecidas. Na realidade, porém, o perfil psicológico de um líder é também o de alguém que assume riscos compulsivamente em busca da novidade. Em resumo, o que buscamos nos líderes parece ser o tipo de personalidade dos viciados. Como é possível? Em geral, acreditamos que os viciados são pessoas com pouca vontade, enquanto os empreendedores são pessoas com disciplina e força. Para entender esta aparente contradição é necessário analisar o cérebro e, sobretudo, as funções relacionadas com o prazer e a gratificação.

O prazer evoca sinais neurológicos que convergem para um pequeno grupo de áreas cerebrais interconectados conhecido como circuito cerebral do prazer, pequenos grupos de n…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A qualidade da água

O Estado de S.Paulo - Editorial
Muita água, mas de qualidade cada vez pior, sobretudo nas proximidades dos grandes centros urbanos, o que coloca em risco o abastecimento futuro das maiores cidades do País. Essa ameaça, embora real, nem sempre é percebida pela população e por autoridades, por causa dos números auspiciosos sobre a extensão dos sistemas públicos de abastecimento de água, que atendem mais de 90% dos domicílios. Os investimentos em saneamento básico aumentaram nos últimos anos, mas, para afastar o risco de desabastecimento, será necessário ampliá-los ainda mais.

Estas são algumas conclusões do Relatório de Conjuntura dos Recursos Hídricos no Brasil - Informe 2011, elaborado pela Agência Nacional de Águas (ANA) com o objetivo de apresentar a situação da água no Brasil sob vários aspectos, como disponibilidade, qualidade e gestão de recursos hídricos. Trata-se da segunda edição desse trabalho, com dados de 2009 (a primeira edição foi lançada no ano passado, …
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 04 / 08 / 2011

Folha de São Paulo
"Dilma reduz o IPI de carro nacional e sobe o de cigarro"
Redução de tributo vai subsidiar inovação tecnológica, e não haverá diminuição de custo para o consumidor x As montadoras instaladas no país serão beneficiadas pela redução de IPI até 31 de julho de 2016. Só terão direito ao incentivo fiscal as fábricas que ampliarem investimentos, aumentarem o conteúdo nacional de seus produtos e apresentarem inovação tecnológica. Segundo o coordenador-geral de Tributação da Receita Federal, Fernando Mombelli, o objetivo da medida é dar mais competitividade à indústria nacional.

O Estado de São Paulo "Governo zera IPI de carro que privilegiar peça nacional"
Válida até 2016, medida atende montadoras preocupadas com importação de veículos coreanos e chineses

A indústria automobilística instalada no Brasil, composta apenas de multinacionais, terá o mais extenso benefício da política industrial da presidente Dilma Rousseff. Uma medida prov…

Zeppelin by Borges...

Imagem

Mundo

Os EUA iam acabar em 1861

Elio Gaspari, O Globo(original aqui)
Os Estados Unidos iam acabar. Não nesta semana, mas há exatos 150 anos, depois que as tropas do Sul venceram em Manassas, a primeira grande batalha da Guerra Civil.

Grandes políticos ingleses, bem como o "The Economist" e o "The Times" (pré-Murdoch), achavam que o presidente Lincoln forçara a mão com o Sul. Quatro anos e 620 mil mortos depois, a União foi preservada e acabou-se a escravidão.

Passou pouco mais de meio século e, de novo, os Estados Unidos iam acabar. A Depressão desempregou 25% de sua mão de obra e contraiu a produção do país em 47%. A crise transformou o fascismo e o nazismo em poderosas utopias reacionárias. De Henry Ford a Cole Porter, muita gente encantou-se com o ditador italiano Benito Mussolini.

Dezesseis anos depois, as tropas americanas entraram em Roma, Berlim e Tóquio. Em 1961, quando os soviéticos mostraram Yuri Gagarin voando em órbita sobre a Terra, voltou-se a pensar que os Esta…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Programas ''esquecidos''

O Estado de S.Paulo - Editorial
À medida que entra na rotina, o governo da presidente Dilma Rousseff começa a deixar de lado projetos demagógicos concebidos pelo governo anterior para favorecê-la na disputa eleitoral de 2010. O último projeto "esquecido" é o programa "Educação e Qualificação para Comunidades Extrativistas", elaborado pelo Conselho Nacional das Populações Extrativistas e pela Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), com o aval pessoal do presidente Lula.

Também chamado de "Saberes da Floresta" e financiado com recursos do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), o projeto se destina a atender a população ribeirinha das 89 Reservas Extrativistas e de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia e sua trajetória é mais um exemplo de como a educação tem sido gerida. Com alto número de analfabetos, 60 mil famílias vivem nas reservas da exploração de seringais, da colheita de castanhas e da ag…
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 03 / 08 / 2011

Folha de São Paulo
"EUA e pessimismo global fazem mercados desabar"
Dilma Rousseff teme excesso de liquidez e afirma que a instabilidade lá fora vai continuar x As Bolsas de todo o mundo caíram ontem, indicando o pessimismo do mercado em relação ao pacote fiscal sancionado pelo presidente Barack Obama para evitar o calote da dívida americana. A incerteza sobre o futuro da maior economia do planeta e a crise na Europa fizeram investidores buscar o ouro. O preço do metal subiu e atingiu US$ 1,641 a onça (28,35 gramas).

O Estado de São Paulo "'É só primeiro passo', diz Obama após evitar calote"
Senado aprova e presidente sanciona elevação do teto da dívida dos EUA; mercado reage com nervosismo

Depois de uma das mais duras batalhas políticas dos últimos tempos nos EUA, o Senado aprovou e o presidente Barack Obama sancionou a elevação imediata de US$ 900 bilhões no teto da dívida americana, hoje em US$ 14,3 trilhões. Em troca, Obama se compro…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A defesa no sentimento nacional

Mario Cesar Flores - O Estado de S.Paulo
Ressalvado o restrito mundo profissional da defesa, nos últimos decênios nosso sistema militar vem sendo lembrado principalmente na síndrome da insegurança pública e (se tanto) no cenário da criminalidade transnacional fronteiriça, problemas de natureza basicamente policial, embora também militar, nos limites definidos em legislação. Nas pesquisas de opinião as Forças Armadas são bem hierarquizadas no quesito confiabilidade. Entretanto, trata-se de confiabilidade relacionada mais à correção ética num universo público visto como venal do que como instrumento de defesa, preocupação ausente. Praticamente não existe no Brasil interesse político e societário pela defesa nacional.

A Estratégia Nacional de Defesa (END), aprovada em dezembro de 2008, é um documento abrangente, aberto ao conhecimento público, sobre a defesa em seus vários aspectos interativos, militares e civis. Pode e deve ser aperfeiçoada - como certamente…
Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 02 / 08 / 2011

Folha de São Paulo
"Sob crítica, plano anticalote dos EUA passa na Câmara"
Pacote fiscal, considerado tímido pela opinião pública, tem que ser votado hoje pelo Senado x A Câmara dos Deputados dos EUA aprovou a elevação do limite da dívida do país dos atuais US$ 14,3 trilhões para US$ 15,2 trilhões. O aumento de US$ 900 bilhões, equivalente a quase metade do PIB brasileiro, foi aprovado por 269 votos a 161 e será submetido ao Senado, onde tem que ser discutido e aprovado ainda hoje.

O Estado de São Paulo "Acordo nos EUA indica fragilidade e derruba bolsas"
Mercado teme que o corte orçamentário previsto no acerto em Washington possa causar recessão

Os mercados concluíram que a economia dos EUA continua fraca, situação que tende a agravar-se com os cortes de despesas definidos na negociação política para elevar o teto da dívida do país. Resultado: as bolsas de valores abriram a semana com baixas em todo o mundo. Houve queda em São Paulo (0,49%), Nov…

Mimosa e Princesa

Imagem

Para ler e refletir...

O MST muda o foco

Soraya Aggege - Carta Capital
João Pedro Stedile, um dos principais líderes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), afirma que a concentração de terras tem crescido e que a reforma agrária clássica realmente “saiu da agenda” nacional. Resta ao MST o caminho da “reforma agrária popular”, que defende um novo modelo de desenvolvimento agrícola, o agroecológico.

CartaCapital: Qual é a dimensão hoje da necessidade real de distribuição de terras no Brasil?

João Pedro Stedile: O Brasil é um dos países de maior concentração de propriedade da terra. Nos últimos anos, mesmo com o governo Lula seguiu concentrando. Os últimos dados do cadastro do Incra, de dezembro 2010, revelam que temos 66 mil fazendas classificadas como grandes propriedades improdutivas, que controlam 175 milhões de hectares.  Pela

Constituição e pela Lei Agrária Complementar, todas essas propriedades deveriam ser desapropriadas e distribuídas. Temos ao redor de 4 milhões de famílias de trabalhador…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Política e políticos

Luiza Nagib Eluf - O Estado de S.Paulo
Nossa presidenta vem enfrentando com firmeza a crise aberta no Ministério dos Transportes. Seja para agradar à classe média, como dizem alguns críticos, seja para aprimorar a sua gestão, como parece ser, ela está muito correta em sanear a administração.

O problema é que nem bem se começa a equacionar um Ministério apodrecido e já surgem denúncias de corrupção na Agência Nacional de Petróleo. E antes de qualquer desses dois fatos um ministro importante foi obrigado a deixar o cargo por não ter como explicar o crescimento gigantesco do seu patrimônio.

Esperamos que Dilma Rousseff continue em sua cruzada moralizadora, pois é disso que o Brasil precisa. Mas devemos aprofundar a análise dos fatos e procurar as origens mais remotas de tanta deterioração.

A classe política tem a pior reputação dentre todas as atividades no País, e não é sem motivo. O sistema que se criou de preenchimento de cargos em troca de apoio político, nos chamados…
Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 01 / 08 / 2011

Folha de São Paulo
"Obama anuncia acordo que evita calote nos EUA"
Não foram divulgados novo teto da dívida nem as áreas que vão sofrer cortes x O presidente Barack Obama anunciou acordo para cortar US$ 1 trilhão de gastos nos próximos dez anos e elevar o teto da dívida, evitando calote iminente. O pacote, que precisa ser votado até amanhã, fica a quem de expectativas iniciais de corte de US$ 3 trilhões, mas põe fim a quase um mês de impasse. Uma nova rodada de ajustes será proposta em novembro.

O Estado de São Paulo "Concessionárias públicas lideram queixas no Procon"
Operadoras de energia, telefonia e água foram as que mais atormentaram o consumidor em 20 de 24 Estados

As empresas de energia elétrica, de telefonia e de água e esgoto foram as que receberam o maior número de reclamações em 20 dos 24 Estados em que os Procons estão presentes. Concessionárias de serviços públicos superaram bancos e redes de varejo na liderança dos rankings de que…