Postagens

Mostrando postagens de Maio 20, 2012

Pitacos do Zé

Imagem
Sempre é tempo

José Ronaldo dos Santos Tio Nestor, de todos, o “Totô”, era quem cortava os nossos cabelos nos primeiros anos de vida, na praia do Sapê. A sua casa era entre árvores que a gente adorava, principalmente bacuparizeiros e laranjeiras. Ele era muito paciente e amoroso; nos agradava sempre com guloseimas. Conversava sobre qualquer assunto e vivia repetindo que “sempre é tempo de aprender”.
Hoje, pensando no espírito do “Totô”, que sempre nos ensinava alguma coisa, acordei pensando na biodiversidade. Afinal, não passa um dia sem que a gente não escute essa palavra na televisão, sobretudo agora em época de acontecer um encontro importante em relação ao meio ambiente. Apelei ao Antônio Carlos Diegues, um caiçara de Iguape, para ir mais além do tema e chegar até a etnobiodiversidade. A ajuda vem de seu livro A etnoconservação da natureza.
“Para a ciência moderna, a biodiversidade pode ser definida como a variabilidade entre seres vivos de todas as origens [...] É uma característi…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Só punir não basta

O Estado de S.Paulo
As providências que se esperam das autoridades municipais a respeito das denúncias de graves irregularidades envolvendo um ex-diretor do Departamento de Aprovação de Edificações (Aprov) da Prefeitura de São Paulo não devem se restringir às punições que a conclusão das investigações indicarem como necessárias. É preciso ir mais longe, reformando os processos de aprovação dos empreendimentos a fim de evitar novos casos como esse.

As punições devem ser exemplares, com todo o rigor permitido pela legislação, dada a gravidade dos fatos, que chocaram os paulistanos. As denúncias que estão sendo investigadas no âmbito administrativo e em inquérito civil aberto pelo Ministério Público Estadual (MPE) indicam que o ex-diretor do Aprov Hussain Aref Saab - que assumiu o cargo em 2005 e dele foi afastado no mês passado - adquiriu 106 imóveis naquele período e tem patrimônio estimado em R$ 50 milhões, o que parece claramente incompatível com sua renda mensal de c…
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 26 / 05 / 2012

Folha de São Paulo
"Ruralistas e verdes atacam vetos ao Código Florestal"

Mudanças de Dilma na lei ambiental reabrirão a disputa entre produtores rurais e ambientalistas no Congresso

O governo anunciou que a presidente Dilma vetará 12 dos 84 artigos do Código Florestal e enviará ao Congresso uma medida provisória para introduzir outras mudanças, reabrindo a disputa em torno da lei ambiental. O anúncio, que desagradou tanto ambientalistas como ruralistas, elucidou apenas dois dos vetos. O mais polêmico deles retira da lei o que o governo qualificou como anistia ao desmatamento ilegal feito em matas na beira de rios. Dessa forma, ela tentou evitar desgastes às vésperas da cúpula ambiental Rio+20. A presidente buscou um meio termo entre os interesses de produtores rurais e as exigências feitas pelos ambientalistas, mas recebeu críticas de ambos os lados. Os ambientalistas queriam o veto total ao código e reclamam, principalmente, da falta de informações. Já o…

Desafiando a gravidade

Imagem

Eleições 2012

DEM muda de mãos em Ubatuba
Sidney Borges Ricardo Cortes é o novo presidente do DEM de Ubatuba. Com isso o jogo político embola de vez. Com a nova composição o partido do prefeito terá candidato próprio, por enquanto o único pré-candidato é o recém nomeado, Dr. Ricardo Cortes.

Como é sabido, o prefeito apoia um candidato que não é do seu partido, assim, em Ubatuba, teremos DEM contra DEM. Ubatuba é de fato original. No entanto, dizer que aqui urubus voam de marcha à ré é exagero.
Vamos aguardar desdobramentos, o que podemos adiantar é que a notícia caiu como uma bomba na até então modorrenta pré campanha. Esperamos ter novas informações a qualquer instante.
Twitter

Zeppelin

Imagem

Coluna do Celsinho

Humanidade
Celso de Almeida Jr. Na meia idade, dizem que os seres humanos tendem ao misticismo.
Não acontece com todos, mas muitos embarcam nesta viagem.
Comigo não foi diferente.
Antes de entrar nos quarenta, tive contato com uma organização espiritualista.
Um dos pilares da entidade - a harmonia no relacionamento humano - foi o que mais me atraiu.
Quando visitei a instituição, na capital paulista, fui muito bem recebido por uma diretora que, com muitas mensagens construtivas, convenceu-me a participar.
Não escapei de uma ajudazinha anual e da compra de alguns livrinhos.
Nada, porém, que estourasse o meu orçamento.
Todo mês, passei a receber, via correios, uma revistinha com belos textos, pregando harmonia...
Certo dia, o convite para estar numa assembleia da instituição coincidiu com a minha presença na pauliceia.
Tratava-se da alteração do estatuto da entidade, antiquíssimo, ajustando-o ao novo código civil.
Pontual, sentei num banco do templo.
Lá na frente, uma mesa contava com o p…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Anistia aos contas-sujas

O Estado de S.Paulo
No ecossistema do poder, o político é não só o mais antenado e astuto dos seres. É também o mais ligeiro - quando se trata de promover os próprios interesses, bem entendido. Esta semana, a espécie deu uma demonstração antológica de que não perde para ninguém em matéria de autodefesa. Por 294 votos a 14, a Câmara dos Deputados aprovou na terça-feira um projeto que autoriza o registro das candidaturas dos políticos cujas contas de campanhas anteriores tenham sido rejeitadas pela Justiça Eleitoral.

Passaram-se apenas nove dias úteis entre a apresentação da proposta, de autoria do pepista Roberto Balestra, de Goiás, e a sua aprovação. Dificilmente se encontrará na Casa registro de proeza semelhante. E tem mais: na contramão da praxe legislativa, a votação se deu no mesmo dia da aprovação do pedido de urgência para a tramitação da matéria - que não constava da agenda original da sessão. Todos os partidos, menos um, apoiaram a proposta. A exceção fo…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 25 / 05 / 2012

Folha de São Paulo
"Renda e emprego resistem à freada econômica"

Força do mercado de trabalho surpreende; segundo IBGE, desemprego em abril é o menor para o mês desde 2002

Apesar do esfriamento da economia no país e do agravamento da crise externa, os brasileiros estão conseguindo conservar o emprego e manter a renda em nível elevado. A taxa de desemprego caiu para 6% em abril, a menor para o mês desde 2002. O rendimento médio real dos trabalhadores sofreu ligeira queda de 0,4% no mês passado, mas ainda está 6,2% acima do de abril de 2011, segundo o IBGE. O vigor do mercado de trabalho ajuda a explicar a elevada popularidade de Dilma.

O Estado de São Paulo "Na CPI, assessor de Cachoeira complica governador tucano"

Ex-vereador diz que comprou casa de Perillo com dinheiro de sobrinho de contraventor e Cláudio Abreu
Em depoimento lido à CPI do Cachoeira, o ex-vereador de Goiânia Wladimir Garcez complicou o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A greve do Metrô e da CPTM

O Estado de S.Paulo
A exemplo do que está ocorrendo com as universidades federais, a greve dos funcionários do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que deixou cerca de 5 milhões de pessoas sem transporte, também foi deflagrada por motivos corporativos e políticos.

Apesar de já terem obtido aumento real no dissídio do ano passado, os metroviários querem repetir a dose em 2012. Por isso, rejeitaram a proposta de 1,5% de reajuste feita pelo Metrô. Por causa das eleições de outubro, a categoria acha que conseguirá pressionar o governador Geraldo Alckmin a conceder um aumento maior. Já os ferroviários da CPTM apresentaram uma pauta ainda mais ambiciosa. Eles reivindicam um aumento de 10,83%, um novo plano de cargos e salários e maior participação nos lucros da empresa. Como a CPTM serve as áreas mais periféricas da capital e várias cidades da Grande São Paulo, onde moram trabalhadores que ganham até dois salários mínimos, o governo estadual …
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 24 / 05 / 2012

Folha de São Paulo
"Greve de 12 horas no metrô para SP e provoca tumulto"

Paralisação causou congestionamento de 249 km, o maior da história no período da manhã

A greve de 12 horas dos funcionários do metrô de São Paulo, que havia sido proibida pela Justiça, afetou 3 milhões de usuários, paralisou a cidade e causou tumulto entre passageiros revoltados e a polícia. O sistema emergencial de ônibus não foi suficiente, e a cidade teve recorde histórico de trânsito pela manhã. Às l0h, o índice de congestionamento foi de 249 km.

O Estado de São Paulo "Só 5% das obras da Copa estão prontas"

Balanço do governo mostra que 41% dos projetos nem tiveram início e, dos estádios, apenas quatro superaram metade do planejado; Aldo nega atraso
A pouco mais de dois anos da Copa, 41% das obras não tiveram início e apenas 5% delas (cinco de 101) foram concluídas, de acordo com balanço do governo. A fase de definição de projetos de infraestrutura deveria ter sido co…

Boxe

Imagem
Popó volta ao ringue para a última luta (Será?)
Sidney Borges No dia 2 de junho, sábado, Acelino Popó Freitas subirá ao ringue do Casino Conrad, em Punta del Este, para duelar com o invicto Michael "Rocky" Oliveira, pugilista nascido no Brasil e radicado nos Estados Unidos desde bebê.
Apontado como a grande promessa do boxe brasileiro, Michael Oliveira ostenta um cartel com 17 vitórias, sendo 12 pela via rápida, o que indica bom poder de punch. Michael é um pegador que segundo ele prório aguenta castigo, um autêntico queixo de aço. Embora ainda não tenha enfrentado pugilistas de destaque, já foi cogitado para duelar com Lucian Bute, campeão mundial dos super-médios da IBF. Bute, nascido na Romênia e radicado no Canadá é uma parada duríssima, em 30 combates venceu 24 por nocaute e os restantes por pontos. Nunca perdeu ou empatou.
Se o prestígio de Michael Oliveira é tão alto no mundo do boxe a ponto dele ser cotado para enfrentar um campeão mundial, por que a luta contra Popó,…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Prisioneiro do ressentimento

O Estado de S.Paulo
Mais velho, mais sofrido - e nem por isso mais sábio -, o ex-presidente Lula levou para a Câmara Municipal de São Paulo, onde receberia na segunda-feira o título de Cidadão Paulistano, as suas obsessões e os seus fantasmas: as elites e o mensalão. Ao elogiar no seu discurso a gestão da prefeita Marta Suplicy, ele se pôs a desancar a "parte da elite" de cujo preconceito ela teria sido vítima "porque ousou governar para os pobres". Marta fez os CEUs (centros educacionais unificados), exemplificou, para acolher crianças de favelas, algo inaceitável para aqueles que não querem que os outros sejam "pelo menos iguais" a eles.

O ressentimento de que Lula é prisioneiro o impede de aceitar que, numa megalópole como esta, há de tudo para todos os gostos e desgostos - e não apenas no topo da pirâmide social. Os que nele se situam, uma população que o tempo e as oportunidades de ascensão de há muito tornaram heterogênea, …
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 23 / 05 / 2012

Folha de São Paulo
"Montadoras cortam preço de veículos em até 10%"

Descontos são anunciados após pacote do governo para estimular o consumo

Um dia após o governo anunciar a redução de impostos para o setor, as montadoras começaram a baixar os preços dos automóveis. Fiat, Ford, Renault, JAC e Hyundai anunciaram reduções. Os descontos divulgados variam de 4,9% a 10,3%, principalmente para os modelos de carros populares.

O Estado de São Paulo "Cachoeira se cala e CPI mira Delta"

Diante do silêncio do contraventor, alvo central da comissão, parlamentares podem avançar na quebra do sigilo nacional da empreiteira
O contraventor Carlinhos Cachoeira negou-se ontem a responder às perguntas elaboradas pela CPI que se dedica a investigar o escândalo do qual é pivô. O impasse gerado por sua falta de colaboração teve um efeito colateral indesejado pela base aliada: colocou a Delta no alvo da CPI, que deve avançar na quebra de sigilo nacional da empreiteir…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

O freio ao crescimento

O Estado de S.Paulo
A economia brasileira continuou encolhendo em março, segundo o indicador de atividade elaborado mensalmente pelo Banco Central (BC).Esse indicador, considerado uma antecipação dos cálculos do Produto Interno Bruto (PIB), foi 0,35% menor que o de fevereiro e 1,18% inferior ao de um ano antes, mas o Ministério do Planejamento mantém a previsão de um crescimento de 4,5% para 2012. Essa previsão foi usada como referência, mais uma vez, para a nova revisão bimestral do Orçamento, divulgada na sexta-feira. Por enquanto os dados disponíveis são menos animadores. Em dezembro a atividade foi a mais intensa desde abril de 2011, de acordo com o BC, e a partir de janeiro a redução foi contínua.

De acordo com o Ministério do Planejamento, o crescimento deve ganhar impulso nos próximos meses, graças à redução da taxa básica de juros, à ampliação do crédito oferecido pelos bancos e às medidas do Plano Brasil Maior. A economia brasileira, segundo a mesma anális…
Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 22 / 05 / 2012

Folha de São Paulo
"Governo reduz impostos para estimular consumo"

Pacote para reativar a economia corta tributos de carros e de financiamentos

Diante do risco de o país crescer abaixo de 3% neste ano, o governo anunciou medidas emergenciais para estimular o crédito para consumo e investimento. A avaliação é que as iniciativas já adotadas foram insuficientes para reativar a economia. A fim de elevar as vendas, o governo reduziu o IPI de automóveis, inclusive o de importados, até 31 de agosto e cortou taxas de juros de financiamento de ônibus e caminhões. Montadoras se comprometeram a baixar preços e a evitar demissões.

O Estado de São Paulo "Como em 2008, governo corta IPI de carros e amplia crédito"

Planalto repete medidas tomadas na época da grande crise internacional para tentar aquecer consumo
Diante do desempenho fraco da economia, o governo anunciou um pacote de R$ 2,7 bilhões para estimular o consumo. Assim como fez na crise de 2008, o P…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A saúde é precária

O Estado de S.Paulo
Desenvolvimento econômico é um meio indispensável à consecução da meta que deve ser a mais importante de qualquer governo democrático, o desenvolvimento social, humano. Mas este não se mede exclusivamente por números. É um engano - quando não pura mistificação - o ufanismo que se apressa em colocar o Brasil com um pé no seleto grupo das grandes potências desenvolvidas, quando nossa realidade social ainda aponta em direção oposta. Isso é o que demonstra a matéria de quarta-feira do correspondente do Estado em Genebra, Jamil Chade, apoiada em levantamento feito pela Organização Mundial da Saúde (OMS): apesar de sermos a sexta economia do planeta, os gastos com saúde no País, mesmo tendo aumentado nos últimos anos, mantêm-se abaixo da média mundial, equiparando-se à realidade africana.

Na média internacional, os gastos com saúde são da ordem de 14,3% dos orçamentos nacionais. No Brasil, a taxa é de 5,9%. E era de 4,1% em 2000. O crescimento nos últimos…
Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 21 / 05 / 2012

Folha de São Paulo
"Volume de investimento do governo cai em 2012"

Com economia fraca, União gasta 5,5% a menos; cresce temor de queda do PIB

Num cenário de economia desaquecida, o governo federal não consegue destravar o ritmo dos investimentos, que tiveram queda de 5,5% nos primeiros quatro meses de 2012 em relação ao mesmo período do ano anterior, relatam Dimmi Amora e Natuza Nery. No governo, as previsões para o ano são pessimistas. O temor é que a redução dos juros e o estímulo ao crédito não sejam suficientes para puxar o crescimento.

O Estado de São Paulo "Mensalão e Cachoeira terão impacto em eleições, diz ministro"

José Eduardo Martins Cardozo, titular da Justiça, afirma que escândalos devem atrapalhar PT e PSDB
Para o ministro da Justiça, o “caso Cachoeira” e seus desdobramentos e o julgamento do processo do mensalão terão impacto sobre as eleições municipais de outubro. José Eduardo Martins Cardozo, em entrevista à repórter Vera Ros…

A luta do século XX

Imagem

Colunistas

Memorial de Álvaro Gardel

(Transcorridos quinze anos desde a morte de meu pai, ocorrida em maio de 1997, decidi publicar aqui no site o texto escrito na época, o Memorial de Álvaro Gardel (1), minha oração fúnebre em honra ao pai morto. Silenciosa e secretamente amado)

Márcia Denser
Em memória de meu pai, por quem não pude chorar

Foi enterrado a 28 de maio com aquele casaco que eu lhe dera em 87, que um dos amantes havia me dado ou roubado ou não sei, era um casaco sal e pimenta vagamente inglês, imagine, ele, logo o velho, logo Álvaro que só se vestia no Minelli desde que eu tinha seis anos e minha irmã quatro. Mas de todo modo foi enterrado com um casaco de bom corte, sal e pimenta, meio inglês, que roubei ou ganhei ou não sei que amante remoto eu poderia ter arranjado nos confins do naufrágio de 87 (aqui refiro-me ao meu drama pessoal que agora não vem ao caso) porque o dele (o do velho, o de Álvaro) o arrastou muito antes, vinte anos antes, mais ou menos no início de 70 quando eu o en…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Seca a CPI do Cachoeira

O Estado de S.Paulo
Sem, talvez, o grosseiro erro de concordância da mensagem do deputado petista por São Paulo Cândido Vaccarezza ao governador fluminense Sérgio Cabral, pode-se apostar que um certo número de integrantes da CPI do Cachoeira poderia tranquilizar nos mesmos termos qualquer figurão da política ou dos negócios ameaçado de se tornar alvo do inquérito parlamentar das duas Casas do Congresso sobre as relações do bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com agentes públicos e privados. Em plena sessão do colegiado, na quinta-feira, um cinegrafista flagrou o inadvertido ex-líder do governo na Câmara escrevendo ao peemedebista Cabral no celular: "A relação com o PMDB vai azedar na CPI. Mas não se preocupe, você é nosso e nós somos teu (sic)".

A convicção de que Vaccarezza está longe de deter, entre os seus pares, o monopólio da proteção a possíveis protagonistas da trama da qual Cachoeira é o pivô ganhou força com as decisões tomadas…
Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 20 / 05 / 2012

Folha de São Paulo
"Custo sobe e corrói lucro de empresas brasileiras"

Mão de obra e insumo caros levam a queda de 17% nos ganhos neste ano

O lucro líquido das empresas que compõem o Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, caiu 17% no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2011, de acordo com levantamento feito a pedido da Folha. Com a fraca demanda externa, a concorrência maior de importados e a desaceleração da economia brasileira, as companhias não conseguiram repassar o aumento dos custos para os preços.

O Estado de São Paulo "Governo quer cortar ICMS para baratear telefone"

Paulo Bernardo afirma que imposto cobrado pelos Estados é ‘muito alto’ e fala em desonerar aos poucos
O ministro Paulo Bernardo (Comunicações) quer reduzir impostos e encargos para baratear a conta de telefone, a exemplo do que propôs a presidente Dilma Rousseff em relação à energia elétrica. “Eu acho que o ICMS estadual é muito, mui…