Postagens

Mostrando postagens de Novembro 10, 2013

Dominique

Imagem

Opinião

O pesadelo logístico

O Estado de S.Paulo
Em pouco mais de duas décadas, a agricultura brasileira alcançou um nível de eficiência que a tornou uma das mais competitivas do mundo. Quando se trata de colocar o produto no mercado, porém, a situação se modifica completamente. Para boa parte dos agricultores brasileiros, que obtiveram ganhos notáveis de produtividade, não passa de sonho a possibilidade de utilizar, para sua produção crescente, um sistema de escoamento da safra tão eficiente e barato como o de que desfrutam, por exemplo, os produtores de grãos do Estado americano de Iowa.

Meios eficazes e rápidos para o transporte da produção até a ferrovia mais próxima, e que, em geral, não dista mais de duas dezenas de quilômetros da propriedade; malha ferroviária que oferece ampla gama de serviços; e descarregamento nos armazéns de destino com o trem em movimento caracterizam o sistema de logística e transporte dos Estados Unidos descrito em reportagem de Alexa Salomão publicada pelo Estado …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 16 / 11 / 2013

O Globo
"Dirceu, Genoino, Valério e outros mensaleiros se entregam à PF"

Barbosa expediu mandados de prisão de 12 réus nas penas já definitivas

Presos serão levados de avião para Brasília, onde começam a cumprir sentença; só depois podem ser transferidos. Mais de oito anos depois da explosão do escândalo do mensalão, nove dos 25 réus condenados em novembro de 2012 foram para a cadeia ontem. Entre eles, o ex-ministro José Dirceu, apontado como chefe do esquema que corrompeu deputados no governo Lula , o ex-presidente do PT José Genoino e o operador financeiro do grupo, Marcos Valério.

O Estado de S. Paulo
"Dirceu, Valério, Genoino e outros condenados no mensalão são presos"

Doze mandados de prisão foram expedidos à tarde pelo presidente do STF, Joaquim Barbosa

Réus se apresentaram em sedes da PF em diversos Estados. Dirceu divulga uma ‘carta ao povo brasileiro’ na qual se diz vítima da ‘pressão das elites’. O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, o e…

Eficaz contra vampiro.

Imagem

Coluna do Celsinho

Dez horas

Celso de Almeida Jr.

Domingo passado, do hotel ao aeroporto de Fortaleza, foram 20 minutos.

Quarenta minutos na espera do embarque.

Três horas de voo tranquilo.

Mais vinte minutos do Galeão à um hotel no centro do Rio.

Total entre hotéis das capitais CE-RJ: 4 horas e 20 minutos.

Missão cumprida!

Vamos lá...

Hoje, 15 de novembro, acabo de chegar de São Paulo, precisamente às 6h45m.

Embarquei ontem no terminal rodoviário do Tietê, às 20h45m.

Registro que, na hora anterior, encarei 45 minutos de fila para enfrentar um pão com calabresa.

Ato contínuo, portanto, dez horas num ônibus.

Tudo bem que nas duas viagens eu estava a trabalho.

Também, é claro, devo considerar as diferenças dos transportes utilizados.

Também não devo reclamar do atendimento das meninas da calabresa no Tietê.

Estão treinando pra Copa...

Tá...posso até captar o pensamento do leitor: ora, por que não escolheu outro horário, outro dia?

A mídia avisou durante a semana inteira que a descida pela Tamoios neste feriado deveria ser …

Dominique

Imagem

Opinião

Prisão inevitável

O Estado de S.Paulo
O julgamento da Ação Penal 470 teve seu ponto culminante há 11 meses, em dezembro de 2012, quando o Supremo Tribunal Federal (STF), após 49 sessões que se estenderam por quatro meses e meio, condenou 25 dos 40 denunciados pela Procuradoria-Geral da República (PGR) por vários crimes relacionados com o plano urdido por então dirigentes do Partido dos Trabalhadores (PT) para garantir apoio parlamentar ao governo Lula mediante o pagamento de propina a parlamentares e dirigentes da chamada base aliada.

A decisão tomada por unanimidade na última quarta-feira pela Suprema Corte, de determinar a execução imediata das penas - inclusive para condenados, como o ex-ministro José Dirceu, que ainda podem ter revistas partes de suas sentenças -, é apenas o desdobramento natural de um processo longo, quase interminável, complexo e extremamente polêmico, que apesar de todos os pesares permitiu à consciência cívica do País vislumbrar o início do fim da histórica tradi…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 15 / 11 / 2013

O Globo
"Fim da impunidade: Barbosa pode ampliar lista de presos"

Decisão sobre quantos réus irão logo para a cadeia só depende do presidente do STF

Dirceu e outros condenados deverão ser levados para unidades prisionais de Brasília somente depois do feriadão, mas podem se entregar antes. O presidente do STF, Joaquim Barbosa, está preparando a lista de condenados no processo do mensalão contra os quais expedirá mandados de prisão. Pelo menos 11 réus serão presos — inclusive o ex-ministro José Dirceu — e cinco cumprirão pena alternativa. Mas Barbosa pode ampliar a lista e incluir réus que apresentaram embargos infringentes sem terem direito ao recurso. Mesmo que as ordens saiam no feriado de hoje, a Vara de Execuções Penais de Brasília não estará funcionando, e as penas só deverão ser executadas a partir de segunda-feira, embora os condenados possam se apresentar antes. O advogado de Dirceu disse que ele se apresentará "de forma discreta" apó…

Juízo final

Imagem
Ajudante de São Pedro confere meus pecados. Temo ouvir um não...

Aeroclube de Ubatuba

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DO AEROCLUBE DE UBATUBA

O Presidente do Aeroclube de Ubatuba, nos termos do Título IV, Capítulo I, Artigo 18 do Estatuto Social, vem, pelo presente Edital, convocar os associados e interessados para discutir, em Assembleia Geral Extraordinária, a seguinte Ordem do Dia:

1 – Ratificação da adesão dos Associados Fundadores do Aeroclube de Ubatuba.

2 – Aprovação do Regimento Interno.

3 - Inclusão de novos associados.

A Assembleia Geral Extraordinária ocorrerá no dia 06 de dezembro de 2013, às 19h, em primeira convocação, com a presença de mais da metade dos associados ou, às 20h, em segunda convocação, com qualquer número de participantes, na Sala Gastão Madeira, Colégio Dominique, à rua das Orquídeas, 210, Jardim Carolina, Ubatuba-SP.

Ubatuba, 14 de novembro de 2013

Tiago Tabarro Rizzi
MAer 487.177
Presidente do Aeroclube de Ubatuba

Dominique

Imagem

Opinião

O sopro do ventilador

O Estado de S.Paulo
A esta altura do escândalo dos auditores fiscais da Prefeitura de São Paulo - que teriam desviado dos cofres municipais algo como meio bilhão de reais, emitindo boletos de ISS com valores reduzidos e ficando com uma parte do total sonegado pelos devedores -, uma coisa ficou clara: a sindicância aberta pela Controladoria-Geral do Município (CGM) visando ao desvendamento da operação e à atribuição de responsabilidades é insuficiente para a investigação, exaustiva e imune a constrangimentos, a que os paulistanos têm direito. Aliás, o desfecho do escândalo interessa ao Brasil.

A anatomia da fraude, as conexões políticas dos fraudadores e o envolvimento de outros funcionários, se não de detentores de altos cargos na Prefeitura, além dos membros já identificados do bando, transbordam dos meios ao alcance da Controladoria. O material levantado pela CGM e as conversas telefônicas gravadas a pedido do Ministério Público Estadual configuram caso de polícia…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 14 / 11 / 2013

O Globo
"Fim da Impunidade: STF manda prender Dirceu, Genoino e mais 13 do mensalão"

Dezoito terão pena executada imediatamente, sendo que 15 irão para a cadeia

Decisão atinge também Roberto Jefferson, delator do escândalo, e Delúbio, ex-tesoureiro do PT. Mais de oito anos após a revelação do esquema de compra de apoios durante o governo Lula e um ano e três meses depois do início do julgamento do escândalo do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF), os ministros da Corte determinaram ontem a execução imediata das penas de 18 dos 25 réus condenados no processo. Do total, 15 deverão ir para a prisão em regime fechado ou semiaberto e três cumprirão penas alternativas. Entre os que já começarão a cumprir penas na cadeia estão o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, apontado como "chefe da quadrilha", o ex-presidente do PT e deputado José Genoino, o ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares, além do delator do esquema, Roberto Jefferson, e do…

Dominique

Imagem

Opinião

Cortes na Infraero

O Estado de S.Paulo
Aos sucessivos erros cometidos pelo governo no processo de concessão da administração de aeroportos à iniciativa privada, soma-se agora a pura e simples irresponsabilidade. A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) decidiu cortar seus gastos com manutenção preventiva dos aeroportos, situação que pode colocar em risco a vida dos passageiros, conforme alertaram superintendentes da própria estatal.

O enxugamento orçamentário da Infraero, noticiado pelo Estado, é consequência da previsão de prejuízo operacional de R$ 391,1 milhões e de insuficiência de recursos para honrar compromissos a partir de janeiro do ano que vem.

Tal rombo - que gerou uma "situação financeira crítica", segundo qualificou um memorando interno - resulta da perda de receita causada pela concessão dos aeroportos de Brasília, Viracopos e Guarulhos. Até 2012, ano em que a Infraero teve lucro operacional de R$ 594,2 milhões e lucro líquido de R$ 396,7 mil…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 13 / 11 / 2013

O Globo
"STF volta ao julgamento dividido em relação ao pedido de prisão imediata"

Segundos embargos de declaração serão apreciados pelos ministros da Corte

O Supremo Tribunal Federal (STF) volta ao julgamento do mensalão nesta quarta-feira com a apreciação dos segundos embargos de declaração. Ontem, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu a prisão imediata de 23 dos 25 condenados. Em documento enviado à Corte, o procurador pede “a execução imediata de todas as penas fixadas em relação aos réus condenados e que não possuem direito a embargos infringentes”, e também em relação aos demais réus, salvo os que “podem ser objeto, em tese, de revisão em sede de embargos infringentes”.

O Estado de S. Paulo
"Peritos fazem hoje exumação de João Goulart"

Restos mortais de Jango serão retirados de jazigo no RS; investigação deve apontar a real causa da morte do ex-presidente

Com hotéis lotados e grande expectativa, a cidade gaúcha de São Borj…

Dominique

Imagem

Opinião

O verdadeiro absurdo

O Estado de S.Paulo
Para a presidente Dilma Rousseff, é "um absurdo" paralisar obras públicas, como recomendou há pouco o Tribunal de Contas da União (TCU). Dilma considera a interrupção das obras "algo extremamente perigoso", pois ninguém arcará com os custos nem se responsabilizará pelos danos que a interrupção causar. A obra "para e ninguém ressarce o que foi perdido", disse ela. Mas a interrupção de obras recomendada pelo TCU ao Congresso, longe de ser um ato absurdo, como supõe a presidente, é uma providência necessária para evitar lesões irreparáveis ao erário e, assim, proteger o interesse dos cidadãos.

A paralisação de obras públicas tem, de fato, consequências de diversas naturezas, pois ela pode implicar gastos não previstos com a manutenção de canteiros de obras e a preservação do que já foi construído, além de retardar os benefícios que elas podem trazer para a população. Apesar de também poder produzir consequências desse ti…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 12 / 11 / 2013

O Globo
"Devastação da Amazônia deve crescer 20% este ano"

Satélites registram a derrubada de grandes áreas verdes no Pará e no Amazonas

Após quatro anos de queda no desmatamento, Ibama e PF tentam conter nova ação dos madeireiros. O desmatamento na Amazônia Legal deverá voltar a crescer este ano, o que não ocorria desde 2009. A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, admitiu que voltaram a ocorrer grandes desmatamentos no Pará, em áreas acima de mil hectares. Os números oficiais só saem no fim do mês, mas o governo prevê, com base em dados de satélites, um aumento de até 20% na área devastada em relação ao ano anterior. A ONG Imazon fala em 92%. Para mostrar que continua a agir contra os madeireiros, o governo deverá divulgar esforços feitos por Ibama, Polícia Federal e Força Nacional de Segurança Pública.

O Estado de S. Paulo
"Quadrilha é acusada de cobrar para zerar dívidas de IPTU"

Investigação aponta que suspeitos de fraude do ISS re…

Dominique

Imagem

Opinião

A educação em escombros

O Estado de S.Paulo
Se ainda faltasse alguma prova da crise educacional brasileira, o novo relatório da Confederação Nacional da Indústria (CNI) sobre a escassez de pessoal para a construção seria mais que suficiente. Durante muito tempo as construtoras foram uma das principais portas de entrada para o trabalho urbano. Absorviam enormes contingentes de mão de obra de baixa escolaridade e ofereciam ocupação mesmo a analfabetos. Programas de investimento em obras de infraestrutura e em construções habitacionais contribuíam de forma importante para a criação direta e para a manutenção de empregos. Hoje essa porta é muito menos ampla, porque a tecnologia mudou e a atividade requer outro tipo de trabalhador. Mas a política educacional foi incapaz de acompanhar essa mudança e o descompasso é evidenciado, mais uma vez, pela sondagem da CNI.

Mesmo com o ritmo de produção abaixo do esperado, o setor da construção continua encontrando muita dificuldade para contratar mão de…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 11 / 11 / 2013

O Globo
"Bancos brigam por mercado de R$ 833 bi"

Investimentos em cartões com bandeiras próprias e redes acirram disputa

No Bradesco e no Itaú Unibanco, mais de um terço das receitas com serviços vem do setor. O lançamento de uma bandeira própria e a reformulação de uma importante rede do setor de cartão de credito são ofensivas recentes da guerra travada entre os maiores bancos privados do país por fatias de um mercado que cresce a taxas de 15% ao ano e deve movimentar R$ 83.1 bilhões em 2013. O negócio é lucrativo. Dados do último balanço trimestral do Bradesco revelam que 35% das receitas com serviços vieram da área dos “plásticos'.' No Itaú Unibanco, o percentual atingiu 40%. Nas duas instituições, as tarifas cobradas dos clientes pela manutenção de contas correntes representaram menos de 20% desses ganhos.

O Estado de S. Paulo
"Fundos de servidores têm perdas de R$ 528 milhões"

Levantamento do Ministério da Previdência revela irr…

Dominique

Imagem

Opinião

Paliativo para as Santas Casas

O Estado de S.Paulo
O pacote de medidas anunciado pelo governo para socorrer as Santas Casas, que desempenham papel fundamental no Sistema Único de Saúde (SUS), deve aliviar as sérias dificuldades que elas enfrentam. Constitui portanto um avanço. Mas não se pode perder de vista que a verdadeira solução para a grave crise em que elas estão mergulhadas há anos - e que decorre do fato de o SUS não cobrir inteiramente os custos dos serviços prestados por essas entidades - exige muito mais do que o governo está oferecendo.

As dívidas das Santas Casas e dos hospitais filantrópicos são estimadas em R$ 15 bilhões, valor que dá uma ideia do tamanho do problema com que se debatem. Cerca de um terço desse total (R$ 5 bilhões) representa dívidas tributárias, cujo pagamento será parcelado, a partir de janeiro, em até 15 anos. Serão também concedidas facilidades para o pagamento das dívidas com a Caixa Econômica Federal. O prazo para a quitação desses débitos passa de 80…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 10 / 11 / 2013

O Globo
"Olhos eletrônicos - Cariocas são vigiados por 700 mil câmeras"

Cidade já conta com um equipamento de segurança para cada nove habitantes

Centros da prefeitura e do estado têm ainda 960 aparelhos monitorando ruas. Prédios, galpões, empresas e residências do Rio têm cerca de 700 mil câmeras de segurança, o que equivale a um equipamento para cada nove cariocas, segundo estimativa do Sindicato das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança, informa Emanuel Alencar. Quem anda pelas ruas da cidade também não escapa do Big Brother: os centros de controle do estado e da prefeitura monitoram as imagens de 960 equipamentos. Em São Paulo, o número é maior, com uma câmera em área privada para cada oito habitantes.

O Estado de S. Paulo
"Receita corta gastos e pode comprometer arrecadação"

Orçamento de R$ 2 bilhões caiu para R$ 1,3 bilhão; deslocamento de fiscais e novos programas sofreram cortes 

Com dificuldades para fechar as contas de 2013, o gove…