Postagens

Mostrando postagens de Março 13, 2011
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A infraestrutura precária

O Estado de S.Paulo - Editorial
A interdição total ou parcial, desde sexta-feira da semana passada, da Rodovia BR-376, que liga Curitiba à BR-101, na divisa do Paraná com Santa Catarina, sintetiza a fragilidade da infraestrutura rodoviária do País e as imensas dificuldades técnicas e operacionais das empresas concessionárias e das autoridades do setor para normalizar as operações. Trata-se da única ligação rodoviária direta entre duas capitais - Curitiba e Florianópolis - e é classificada pela Polícia Rodoviária Federal como a "principal ligação com a Região Sul" do País.

Não poderiam ser evitados alguns dos deslizamentos ocorridos no trecho de 21 quilômetros da rodovia, entre os municípios paranaenses de Tijucas do Sul e Guaratuba. Têm sido de intensidade e duração anormais as chuvas que assolam a região, forçando muitos municípios a declarar estado de emergência. Mas a demora no restabelecimento do tráfego normal na BR-376 - e também na BR-277, entre…
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 19 / 03 / 2011

Folha de São Paulo
"Gaddafi ataca apesar de ultimato de potencias"

Líbio descumpre cessar-fogo anunciado; aliados estão prontos para agir, diz França

Acossado por iminente ação militar internacional, o ditador Muammar Gaddafi anunciou um cessar-fogo. Mas as forças governistas continuaram atacando as cidades de Misrata e Ajdabiya e se dirigiam a Benghazi. EUA, França e Reino Unidos deram um ultimato ao líder líbio. O presidente Barack Obama declarou que, se os ataques a civis não forem suspensos, a resolução da ONU será implementada por meio de ação militar.

O Estado de São Paulo
"EUA dão ultimato para Kadafi recuar"

Ignorando cessar-fogo anunciado por Trípoli, americanos dizem estar trabalhando com aliados para forçar o ditador líbio a deixar o poder

Um dia depois da aprovação de resolução da ONU que autoriza "todos os meios necessários" para impedir que Muamar Kadafi massacre os rebeldes líbios, o presidente dos EUA, Barack Obama, exigiu q…

Beatles - 25 músicas para você

Imagem
Clique aqui e oiça, ou, se preferir, ouça. C'est la même chose...

Astrologia

Amanhã, Lua cheia...

Hector Othon
Em 19 de março poderemos acompanhar a maior Lua Cheia dos últimos 20 anos. Lua Cheia a 28º de Virgem. A lua cheia estará maior, porque se encontrará no ponto da órbita da Lua em torno da Terra, mais próximo a Terra (perigeu lunar). Este ponto em astrologia é conhecido como Priapo, assim como seu ponto oposto (apogeu lunar) como Lilith, se observar nas efemérides poderá constatar que Lilith esta em conjunção com o Sol. A lua estará a uma distância de 221,567 milhas da sua órbita em torno da Terra.

A partir de hoje, comece a acompanhar o nascer da Lua, é o melhor momento para ver sua beleza. Poderá acompanhar no céu o Sol se pondo e a Lua nascendo, compare os tamanhos e se delicie com o visual.

Astrologicamente esta Lua pode selar, para quem estiver ligado, uma oportunidade particular para a pessoa entrar em contato com suas verdades e inaugurar um novo ano astrológico a altura do momento histórico especial que vive o planeta e cada um de nós. No dia 20, o …

Memória

Imagem
The Beatles, Londres, 28 de julho de 1968

Coluna do Celsinho

Números

Celso de Almeida Jr.
Chame a minha atenção se eu estiver desinformado.

Penso que, se o leitor me brinda com o seu tempo, já nutre um mínimo de consideração.

Assim, pode me repreender, até.

Isso é permitido, mesmo entre amigos anônimos, afinal, ao expor o pensamento, devo estar pronto para o questionamento contundente, bastando manter aquela civilidade que tanto contribui para preservar o respeito mútuo.

Pois bem...

Numa audiência trabalhista que participei, faz alguns anos, cinco ex-funcionários reclamavam os seus direitos.

No outro lado da mesa, eu e meu pai representávamos a empresa.

Ao perceber que nossos argumentos não eram suficientes, sugerimos que eles avaliassem a nossa contabilidade, nossos débitos e créditos.

Toparam.

Poucos dias depois, dois representantes do grupo reuniram-se comigo.

Detalhei tudo - como sempre fiz - mas, desta vez, não me limitei às palavras.

Mostrei números, contas, compromissos e as planilhas arrepiantes.

Vinte dias depois firmávamos um acordo num clima que a…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Energia - a chance de discutir sem soberba

Washington Novaes - O Estado de S.Paulo
É impressionante a atitude de soberba olímpica - para não falar em descaso ou desprezo - com que o Ministério de Minas e Energia (MME) encara as dúvidas da comunidade científica e da nossa sociedade a respeito da política energética nacional. Uma postura que se torna mais evidente e incompreensível no momento em que o mundo se interroga a respeito dos desdobramentos da série de acidentes nucleares no Japão, após o terremoto e o tsunami. O ministro Edison Lobão, por exemplo, questionado (Agência Estado, 15/3) sobre a possibilidade de estar em questão a segurança das usinas nucleares brasileiras - já que se debate a segurança nuclear no mundo todo -, "descartou a possibilidade de qualquer mudança". E o presidente da Comissão Nacional de Energia Nuclear disse apenas temer "danos ao programa nuclear brasileiro", que prevê, além de Angra 3, em construção, mais quatro usinas nucleares até 20…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 18 / 03 / 2011

Folha de São Paulo
"ONU autoriza ação armada na Líbia; Brasil se abstém"

Medida é aprovada por 10 dos 15 membros do Conselho de Segurança; Alemanha e grupo Bric não votam

O Conselho de Segurança da ONU abriu espaço para ações militares contra as forças do regime líbio. Foi aprovada a criação de uma zona de exclusão aérea; medida que proíbe voos sobre a Líbia. Foi graças a bombardeios aéreos que o ditador Muammar Gaddafi reconquistou territórios. Segundo a secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, isso exigirá ataques a aviões, tanques e infantarias ligadas ao ditador.

O Estado de São Paulo
"ONU aprova operação militar na Líbia para conter Kadafi"

Resolução prevê 'todos as meios necessários' para proteger civis; ditador promete agir 'sem misericórdia'

O Conselho de Segurança da ONU aprovou ontem à noite uma resolução que autoriza o uso de “todos as meios necessários" para proteger os civis das tropas leais ao ditador Mua…

Amigos...

Imagem
Foto: Ronaldo Bernardi/Agência RBS (original aqui)
Pinpoo volta ao lar
Sidney Borges Depois de um dilúvio de notícias ruíns, finalmente uma boa. Com final feliz, no melhor estilo de Hollywood. Pinpoo retorna depois de 14 dias de peripécias pelas plagas sulinas de Porto Alegre. Na foto o sargento da brigada militar que encontrou Pinpoo, dona Nair Flores, dona do fujão e o herói desta curta novela, sorridente como se tivesse encontrado uma montanha de ossos. Fica no ar uma dúvida: o que vai acontecer com o sósia que a companhia aérea confundiu com o original.
Twitter

Velho Oeste

Imagem
Original aqui

Energia

Usinas nucleares

O que acontece na Alemanha e os riscos nas usinas de Angra-RJ

Do Ex-Blog do Cesar Maia
Em 1989, um grupo de deputados e senadores brasileiros foi convidado a visitar as Usinas Nucleares da Alemanha, da Siemens. Pôde-se conhecer todo o sistema de segurança, desde a entrada, com identificação um a um, fora da usina, foto local, encontro em uma sala reservada, oferecimento de informações, e uniformização fechada e rigorosa antirradiação. No final, a entrega dos uniformes para incineração.

Depois, foi feita uma visita ao local de depósito de resíduos nucleares. A corte suprema alemã não havia ainda aceito como definitiva, mas autorizou provisoriamente. É uma antiga mina de sal. O grupo -por partes- desceu a mina num elevador por 800 metros de profundidade, altura do Corcovado-Rio.

As caixas de chumbo lacradas são colocadas no meio do sal. Esse se fecha em torno das caixas como pedras, obstruindo qualquer risco de contato com o ar. E assim mesmo a corte suprema de lá não consid…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

As prioridades do ensino

O Estado de S.Paulo - Editorial
O governo federal decidiu aumentar os recursos repassados aos municípios para a construção de creches e incluiu o ProInfância na segunda versão do Programa de Aceleração do Crescimento - o chamado PAC 2 - com critérios mais flexíveis. Os novos repasses começarão a ser efetuados ainda este mês e beneficiarão 471 prefeituras. O desembolso está estimado em R$ 1 bilhão e o dinheiro será utilizado na construção de 856 creches.

Só em 2011 o Ministério da Educação (MEC) pretende construir 1,5 mil creches. Até 2014, o PAC 2 prevê o desembolso de R$ 7,6 bilhões para a criação de 6 mil novas unidades de educação infantil, com um total de 1,5 milhão de vagas. Segundo o MEC, essa política ajudará a reduzir o déficit de 10 milhões de matrículas em creches em todo o País.

Psicólogos e pedagogos sustentam, há muito tempo, que os investimentos na educação de crianças e jovens são decisivos para a qualidade de sua formação. Em artigo publicado na re…
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 17 / 03 / 2011

Folha de São Paulo
"Radiação está muito alta, diz chefe nuclear dos EUA"

Embaixada aconselha evitar raio de 80 km da usina; gravidade leva imperador do Japão à TV pela 1ª vez

O chefe da comissão nuclear dos EUA, Gregory Jaczko, disse no Congresso crer que a radiação de Fukushima esteja "extremamente alta". Baseado em relatos, ele considera que o tanque do reator 4 não tem mais água para resfriar o urânio. Os japoneses negam, mas a Embaixada dos EUA aconselhou a seus cidadãos evitar o raio de 80 km da usina. A volta de parte dos técnicos que haviam deixado o local, porém, foi vista com pessimismo. Os "50 de Fukushima" viraram 180. Em outro sinal de gravidade, o imperador Akihito foi a TV exortar os japoneses a não desistir diante das dificuldades. A última vez em que um imperador usou a mídia eletrônica para falar ao país numa crise foi em 1945, pós-bomba atômica.

O Estado de São Paulo
"Radiação no Japão atinge nível extremo, al…
Imagem

Ubatuba em foco

Basílio nos deixou

Herbert Marques
Nos deixou hoje o ex-prefeito Basílio de Moraes Cavalheiro Filho, uma das pessoas mais importantes desta cidade. Alquebrado pela idade, mais de 90 anos, o tempo se incumbiu de levá-lo, indo com ele uma parte da história de Ubatuba da qual ele fez parte intensamente quando administrou o município com o seu jeito austero e disciplinado, coisa um tanto quando difícil hoje em dia, principalmente para os políticos.

Vaidoso e orgulhoso do trabalho que prestara ao município, Basílio morreu sentido com os homens públicos da cidade que o abandonaram no final dos seus dias, sem ao menos uma visita no seu leito no hospital local.

O corpo foi transladado para São Paulo onde foi sepultado junto com seus familiares, ficando para nós, ubatubenses, a saudade de um homem que muito amou Ubatuba em toda sua vida que aqui morou. Deixou sua viúva, Ruth de Moraes Cavalheiro, companheira de parte de sua vida pública e privada.

Twitter
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Segurança nuclear em revisão

O Globo - Editorial
O acidente no complexo nuclear de Fukushima decorreu de um dos maiores desastres naturais conhecidos na história. Embora o Japão seja um país preparado para enfrentar grandes terremotos, a onda gigantesca que se seguiu foi devastadora.

Usinas nucleares devem estar preparadas para se desligarem automaticamente diante de qualquer risco, mas, no caso de Fukushima, equipamentos de reserva que ajudariam nesse processo ficaram inoperantes com o terremoto e a inundação.

No mais grave acidente do setor nuclear (a explosão de um dos reatores de Chernobyl, na Ucrânia), o ponto de partida foram testes em equipamentos auxiliares feitos sem a devida atenção por parte da equipe responsável pela operação da usina.

A preocupação com a segurança tem de ser uma obsessão no caso de usinas nucleares, por se tratar de instalações que envolvem sempre elevados riscos. Os mecanismos de proteção que envolvem radioatividade se multiplicaram nos últimos anos, especial…
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 16 / 03 / 2011

Folha de São Paulo
"'50 de Fukushima' tentam impedir que usina derreta"

Radiação faz governo desocupar a planta de Fukushima 1; 50 técnicos assumem tarefa de resfriar reatores

A tarefa de evitar o derretimento dos reatores da usina de Fukushima 1 está nas mãos de um grupo de 50 técnicos. A ameaça de colapso da planta nuclear levou o governo japonês a ordenar que os outros 750 empregados abandonassem o local. Sob sério risco de contaminação, "os 50 de Fukushima", como estão sendo identificados, assumiram a tarefa de resfriar os reatores. Ontem, o nível de radiação recuou, mas novos incêndios atingiram reatores. A chegada dos primeiros indícios de radioatividade em Tóquio, que fica a 250 km, levou seus moradores a estocar produtos, provocando desabastecimento. A radioatividade na capital registrou nível de 10 a 20 vezes maior que o normal, mas não oferece perigo. Segundo a contagem oficial, o tsunami deixou pelo menos 3.676 mortos. Ce…

Saco da Ribeira - Ubatuba

Imagem

Pontos a ponderar...

Uma questão de segurança

O debate sobre construir maciçamente usinas nucleares no Brasil é complexo, mas tem uma preliminar. Um país onde qualquer chuva mais forte em certas regiões é sinônimo de mortes em profusão tem providências anteriores a adotar

Do Blog do Alon
O impressionante terremoto no Japão e a consequência para os equipamentos nucleares daquele país vão provocar reflexões adicionais sobre o programa nuclear brasileiro.

A energia nuclear para fins pacíficos é essencial, e nenhum país deve ser impedido de acesso à tecnologia, nas condições impostas pela necessidade de evitar a proliferação bélica.

No nosso caso a questão é bem central para a estratégia de abastecimento de energia.

Nosso maior potencial de energia limpa, ainda inexplorada, está na Amazônia. Mas a construção de usinas hidroelétricas no norte do país enfrenta dura resistência ambiental.

O governo tem lutado e buscado avançar, mas o exemplo de Belo Monte mostra que as dificuldades tendem a crescer.

Desde a crise de aba…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

O ranking das universidades

O Estado de S.Paulo - Editorial
As universidades brasileiras continuam fora das primeiras 200 posições nos rankings mundiais. Há várias entidades internacionalmente respeitadas que fazem anualmente rigorosas avaliações comparativas do setor e, nelas, nem mesmo a Universidade de São Paulo (USP) - a maior e mais importante universidade brasileira - aparece em posição de destaque.

No ranking mais recente, elaborado pela organização inglesa Times Higher Education, a USP ocupa apenas a 232.ª posição. A pesquisa foi feita com mais de 13 mil professores de 131 países, que destacaram os pontos fortes de suas respectivas universidades. Em termos de desempenho escolar, de produtividade científica e de reputação acadêmica, a liderança ficou com a Universidade Harvard, que obteve a pontuação máxima em todos os itens da pesquisa, seguida pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e pela Universidade de Cambridge. Das 20 melhores universidades, 13 são americanas, 4…
Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 15 / 03 / 2011

Folha de São Paulo
"Novas explosões põem Japão em risco de desastre nuclear"

Radiação perto de usina é o triplo a que uma pessoa pode ser exposta por ano

O risco de um grande vazamento atômico no Japão aumentou. Duas novas explosões na usina de Fukushima 1 prejudicaram ainda mais a refrigeração do combustível nuclear. Segundo os EUA, o governo japonês pediu ajuda americana para tentar conter o problema. A radiação perto da usina chegou a 8,2 sieverts (medida de intensidade radioativa), o triplo a que alguém pode ser exposto por ano. Segundo especialista, o nível de gravidade da radiação é de pelo menos 5 em escala que vai a 7 – o máximo, atingido em Tchernobil. A combinação de terremoto e tsunami que atingiu o país deixou pelo menos 2.500 mortos, de acordo com dados oficiais. Há estimativas, porém, que aponta mais de 10 mil.

O Estado de São Paulo
"Japão pede socorro aos EUA para enfrentar risco nuclear"

Mais um reator de usina atingida pelo ter…

Chico Caruso

Imagem
Original aqui

Região

Reforma na Tamoios

Folha.com
O governo Geraldo Alckmin (PSDB) fez mudanças no projeto de duplicação da rodovia dos Tamoios que deixarão a obra mais cara. A principal alteração, diz o governo, é para evitar gargalos em Caraguatatuba (litoral de SP), segundo reportagem de Alencar Izidoro publicada na edição desta segunda-feira da Folha (íntegra disponível para assinantes do jornal e do UOL).

De acordo com o texto, o empreendimento, prioridade da gestão tucana, custará R$ 4,5 bilhões --próximo do preço do trecho Leste do Rodoanel ou de uma obra como a extensão da linha 5-lilás do metrô, do Largo Treze à Chácara Klabin, com 12 km. O valor é 67% superior à estimativa de R$ 2,7 bilhões divulgada no fim de 2010 no governo de Alberto Goldman (PSDB).

A Secretaria de Logística e Transportes diz que houve elevação do custo "em virtude de ajustes no projeto". Segundo a pasta, não bastaria só a duplicação. Para evitar problemas em Caraguatatuba, foram feitos "novos traçados da pista&quo…

Ramalhete de "causos"

Imagem
O pirata Bonete
José Ronaldo dos Santos Os antigos, vez por outra, contavam causos de piratas. Eram coisas medonhas!

Até viravam pesadelos!

De todos eles, um era especialmente cruel. Tinha o nome de Bonete.

Muito já se especulou sobre esse Bonete. Até já ouvi que, numa gruta perto do Morro do Cuscuzeiro, próximo da Picinguaba, ainda tem vestígios de seu bando. Dizem que lá se encontram roupas, ferramentas e outros utensílios. Estão devidamente guardados, principalmente na atualidade, neste tempo em que pouquíssimos se aventuram pelas matas.

Outra pessoa que contou bastante coisa do tal Bonete foi o “seo” Donato, antigo morador da prainha do Bonete. Ele, do jundu onde morava, indicava um lugar do morro que se destacava por ter sete jarobás alinhados. Era lá, assegurava-me, que alguma coisa está enterrada até hoje: “Contavam os antigos, inclusive o vovô Ramiro Barra Seca, que faltava coragem de mexer por lá porque há ossos humanos. E tem alma penada! Por mim, pode ter a riqueza que tiver, mas…

Onda

Imagem

Coluna do Rui Grilo

Ação e proteção na Internet

Rui Grilo
Hoje, qualquer profissional que não se atualize corre o risco de perder o emprego ou os clientes. Hoje, também ser pai, mãe ou educador exige muito mais, pois a rápida evolução dos conhecimentos e atitudes traz desafios que as antigas gerações não enfrentaram. E o pior é que muitos desafios e perigos ainda não são percebidos, ou não se tem consciência da gravidade e de como agir.

Normalmente pais e educadores sabem que não podem soltar filhos ou educandos em qualquer lugar, em qualquer hora e na companhia de qualquer um e respondem perante a lei se, por falta de proteção ou abandono, sofrerem alguma violência. No entanto, não sentem a mesma preocupação quando jovens e crianças fazem uso da internet. Não tem a consciência de que esse meio garante o acesso quase ilimitado a qualquer espaço e a qualquer pessoa, conhecidas ou desconhecidas.

Com o uso da webcam e espaços de bate papo, ao conectar-se à internet é como se abríssemos a porta da nossa casa, do…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Aposentadoria custosa e desigual

O Estado de S.Paulo - Editorial
Em 2010, a cobertura do déficit do sistema de aposentadoria dos funcionários públicos federais consumiu R$ 51,248 bilhões dos tributos pagos pelos contribuintes. Essa assustadora quantia equivale ao ajuste prometido pelo governo para evitar a deterioração das contas fiscais e reduzir as pressões sobre a demanda interna, que tem alimentado a inflação. Mas, apesar de suas dimensões, o rombo de 2010 não é o aspecto mais preocupante do desequilíbrio do regime de previdência do servidor federal: o pior é que, se nada for feito, o déficit continuará a crescer, impondo ônus ainda maior aos contribuintes, atuais e futuros.

Em 2010, os funcionários federais contribuíram com R$ 22,5 bilhões para o seu sistema previdenciário, mas as despesas com benefícios somaram R$ 73,7 bilhões, como mostrou o Estado na sexta-feira. A diferença, coberta pelo Tesouro Nacional, é 9% maior do que o déficit de 2009. Mantidas as regras atuais, pelas quai…
Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 14 / 03 / 2011

Folha de São Paulo
"Japão vive pior crise desde 2ª Guerra, afirma premiê"

Número oficial de mortos chega a 1.800; há 2,6 milhões de casas sem luz e 1,4 milhão sem água

Dois dias depois do mais forte terremoto da história do Japão, o primeiro-ministro, Naoto Kan, afirmou que o país enfrenta sua maior crise desde o fim da Segunda Guerra Mundial. As autoridades ainda não têm a dimensão real da tragédia: o número oficial de mortos chegou a 1.800, mas há 10 mil desaparecidos só em Minami-Sanriku, cidade costeira varrida pelo tsunami que se seguiu ao tremor. Ao longo da costa, há 330 mil pessoas alojadas em abrigos provisórios de cidades sem luz, informa o enviado especial Fabiano Maisonnave. Na estimativa oficial, 2,6 milhões de casas estão sem energia, e 1,4 milhão, sem água. Nas áreas atingidas em Sendai, capital de Miyagi, o cheiro de lama e cadáveres domina o ar. Móveis e veículos amontoados ocupam as ruas.

O Estado de São Paulo
"Com 3 usinas em a…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Uma safra especialmente bem-vinda

O Estado de S.Paulo - Editorial
A previsão de uma safra de 154 milhões de toneladas de grãos, um novo recorde, é especialmente bem-vinda quando o País enfrenta fortes pressões inflacionárias e há tanta incerteza sobre a evolução geral dos preços - um importante fator de preocupação apontado na última Ata do Comitê de Política Monetária (Copom). A ata e a nova estimativa de safra da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), vinculada ao Ministério da Agricultura, foram divulgadas na manhã de quinta-feira. Na semana anterior, a FAO, o organismo das Nações Unidas para agricultura e alimentação, havia publicado uma avaliação sombria das condições do mercado internacional. Seu índice de preços de alimentos havia atingido em fevereiro o nível mais alto desde o início da série, em 1990.

A perspectiva de mais uma boa temporada agrícola no Brasil é duplamente animadora. Do lado interno, contribuirá para atenuar as pressões inflacionárias, provenientes principa…
Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 13 / 03 / 2011

Folha de São Paulo
"Usina sofre explosão, mas radiação é baixa, diz Japão"

Danos não atingiram reator nuclear, afirma governo; mortos no terremoto já passam de 550

A usina nuclear de Fukushima, no norte do Japão, vazou radiação e sofreu explosão em decorrência do terremoto que atingiu o país anteontem. Segundo o governo japonês, o vazamento não é grande, e o reator não sofreu danos. Equipes de resgate procuravam ontem por sobreviventes. O total de mortos pode passar de 1.300. Em Minamisanriku, Estado de Miyagi, cerca de 9.500 pessoas estão desaparecidas. Mais de 215 mil estão em 1.350 abrigos, a maioria sem água nem luz. Os trens-bala que ligam a capital até a zona mais tingida continuavam fora de serviço ontem, quando mais de 85 tremores levaram pânico a várias cidades e causaram corrida a mercados em busca de água e comida. Comunidades de brasileiros no país montaram por conta própria uma lista de supostos desaparecidos. Na relação, há pelo menos sete p…

Iate

Imagem