Postagens

Mostrando postagens de Julho 29, 2012
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Começa bem o julgamento

O Estado de S.Paulo
Era inevitável que a imprensa destacasse a troca de farpas entre o ministro Joaquim Barbosa, relator do processo do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF), e o revisor do trabalho, ministro Ricardo Lewandowski, no início do julgamento da ação penal 470, como a Corte denomina formalmente o mais explosivo feito que já lhe tocou examinar em 122 anos de história.

Mas a aspereza com que Barbosa se dirigiu ao colega, acusando-o de "deslealdade" com o tribunal, para dele ouvir que usara "um termo forte", prenunciando um horizonte "muito tumultuado", não deve toldar - a exemplo das árvores que impedem que se enxergue a floresta - a percepção de que a tranquilidade, esta, sim, prevaleceu na sessão inaugural de quinta-feira. Foi um bom começo.

Relator e revisor bateram boca, para repetir a expressão amplamente utilizada no noticiário, porque este último respaldou a tese do desmembramento do processo, apresentada, como pre…
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 04 / 08 / 2012

Folha de São Paulo
"Esquema ocorria dentro do palácio, acusa procurador"

Gurgel pede prisão imediata dos réus, se condenados, e diz que sofreu intimidações; defesa reclama de uso de provas

Ao acusar os réus do mensalão durante fala de cinco horas, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, afirmou ontem que o esquema de compra de apoio ao governo Lula funcionava “entre quatro paredes de um palácio presidencial”. Pediu ainda que o Supremo ordene a prisão dos eventuais condenados imediatamente após a decisão. “Quando falo de quatro paredes, falo das paredes da Casa Civil, de algo que transcorria dentro do palácio da Presidência da República”, disse o procurador, no segundo dia do maior julgamento da história da corte.

O Estado de São Paulo "Procurador pede prisão de 36 dos 38 réus do mensalão"

Para Gurgel, em caso de condenação, medida evita atraso no cumprimento da pena

No segundo dia de julgamento do mensalão, o procurador-geral da República, R…

Pavão misterioso, pássaro formoso...

Imagem

Coluna do Celsinho

Taba Mirim

Celso de Almeida Jr.
O leitor que me acompanha às sextas-feiras, no Ubatuba Víbora, deve sempre desconfiar das minhas palavras.

Explico.

Escrevo com certa facilidade; gosto disso.

Por isso, sei muito bem que palavrinhas bem escolhidas, em frases elaboradas, podem causar a melhor impressão.

Induzir, inclusive, a farsa de que sou politicamente correto em todas as minhas ações.

Para aqueles que se iludem fácil, recomendo que conversem com amigos meus.

Eles, rapidamente, poderão relacionar os inúmeros defeitos que carrego vida afora.

Hoje, porém, imploro para que acreditem na minha sinceridade.

Trata-se de um caso de amor por uma causa extraordinária.

Qual o assunto?

Nesta semana, soube que o Colégio Taba enfrenta dificuldades para garantir seu funcionamento.

Meu coração apertou.

Eu participo de uma escola que cresceu junto com a Taba.

Concorrentes?

Não sei se este é o termo adequado.

Somos, no fundo, idealistas, que tentam oferecer o melhor para crianças e jovens, num país que pouco valor dá a…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

DNA do mensalão

Fernando Gabeira - O Estado de S.Paulo
O mensalão, para os juízes, é um processo de 50 mil folhas. Para mim, é matéria de memória. Maio de 2005 é um marco na política brasileira. Mas não um relâmpago em céu azul.

É um marco porque ficou evidente, naquele mês, que o PT jamais cumpriria uma de suas maiores promessas de campanha: ética na política. A entrevista do então presidente Lula em Paris, tentando justificar o mensalão, ainda menciona a responsabilidade ética do partido, mas com uma dose de convicção tão pequena que entendi como um adeus à bandeira do passado. Eu já havia deixado o PT e a base do governo em 2003. O escândalo do mensalão foi, no entanto, uma tomada de consciência popular de que a ética na coalizão do governo era só propaganda.

O termo mensalão cresceu porque foi bem escolhido. Roberto Jefferson, ao usá-lo pela primeira vez, não ignorava o apelo popular de um aumentativo. Na TV, as feiras de carros são anunciadas como feirão, as lojas de atacado, como at…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 03 / 08 / 2012

Folha de São Paulo
"Julgamento começa com bate-boca de ministros e atraso"

Debate sobre dividir ação no STF leva a troca de farpas entre Lewandowski e Barbosa; proposta é derrotada por 9 votos a 2

Uma discussão sobre dividir o processo do mensalão levou a um bate-boca entre ministros do Supremo no primeiro dia do julgamento e gerou atraso no cronograma, o que pode dificultar o voto de Cezar Peluso, que se aposenta em 3 de setembro. A fala do procurador Roberto Gurgel ficou para hoje. Defensor de um dos réus, o ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos pediu o desmembramento da ação. Ricardo Lewandowski apoiou a proposta e levou à reação do relator, Joaquim Barbosa. “É deslealdade”, apontou Barbosa, lembrando que o tema já havia sido analisado pela corte.

O Estado de São Paulo "Supremo rejeita separar julgamento de réus do mensalão"

Em clima tenso, Barbosa discute com Lewandowski sobre a competência da Corte

O julgamento do mensalão começou ten…

Pitacos do Zé Ronaldo

Imagem
E por falar em civilidade... (XVIII)

José Ronaldo dos Santos
Cheguei depois, mas soube que o socorro a uma grávida, derrubada na Rua da Cascata (Ipiranguinha, Ubatuba), é mais um caso que comprova a irresponsabilidade também de ciclistas no nosso cotidiano.
Uma questão que muitos fazem:
A Guarda Municipal não deveria estar nestes logradouros (praças, ciclovias etc.) para orientar, zelar pelo cumprimento das leis e aplicar as sanções cabíveis?
Observação: na referida rua, que deveria ser mão única num bom trecho, já aconteceu muitas vezes de eu encontrar carros, mas principalmente motos na contramão. Quem deveria fiscalizar isto? Será que não tem um pessoal por aí em descompasso entre eficiência, salário e função?

Twitter
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

O julgamento da História

Demétrio Magnoli - O Estado de S.Paulo
"O mais atrevido e escandaloso esquema de corrupção e de desvio de dinheiro público flagrado no Brasil", segundo a definição do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, no seu memorial conclusivo, começa a ser julgado hoje pelo STF. A palavra "história" está um tanto desgastada. Quase tudo, de casamentos de celebridades a jogos de futebol, é rotineiramente declarado "histórico". O adjetivo, contudo, deve ser acoplado ao julgamento do mensalão - e num duplo sentido. A Corte Suprema está julgando os perpetradores de uma tentativa de supressão da independência do Congresso Nacional e, ao mesmo tempo, dará um veredicto sobre um tipo especial de corrupção, que almeja a legitimidade pela invocação da História (com H maiúsculo).

Silvio Pereira, o "Silvinho Land Rover", então secretário-geral do PT, tornou-se uma figura icônica do mensalão, pois, ao receber o veículo, conferiu ao episódi…
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 02 / 08 / 2012

Folha de São Paulo
"STF começa julgamento com ministro sob pressão"

Marco Aurélio Mello diz que seria ‘triste’ avaliar isenção de colega Toffoli, ex-advogado do PT

Sete anos após sua delação pelo ex-deputado Roberto Jefferson em entrevista à Folha, o mensalão começa hoje a ser julgado pelo STF em meio à pressão sobre o ministro José Dias Toffoli. Ex-advogado do PT e ligado ao ex-presidente Lula, ele escreveu em 2006 que o esquema não havia sido comprovado. Ontem, o procurador Roberto Gurgel não descartou pedir afastamento de Toffoli. O ministro Marco Aurélio Mello disse que seria “triste” discutir o tema.

O Estado de São Paulo "‘Fazer justiça é condenar todos’, afirma procurador"

• No 1º dia de julgamento do mensalão, Gurgel centrará sua sustentação no ‘núcleo político comandado por José Dirceu' • Joaquim Barbosa, relator, vai pedir a condenação dos réus • Advogados pretendem desqualificar acusação

Mensalão/Julgamento
O procurador-geral da R…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A outra face da 'musa'

O Estado de S.Paulo
Se a história do bicheiro Carlinhos Cachoeira fosse o enredo de um romance policial, o desavisado leitor teria motivos para se sentir logrado pelo autor ao chegar à página que narra a tentativa da parceira do protagonista, Andressa Mendonça - chamada com ligeireza pela imprensa de "musa" da CPI que leva o nome de guerra do contraventor Carlos Augusto Ramos -, de chantagear um juiz federal. Porque, mesmo na literatura do gênero, as tramas concebidas pelo novelista, conquanto trepidantes, têm de guardar um mínimo de nexo com os fatos da vida. E, nesse caso, o hipotético ficcionista teria ultrapassado a fronteira do verossímil.

Para prender a atenção do seu público, criminosos saídos da cabeça de um escritor que se preze têm de se distinguir, entre outros atributos, pela esperteza: quanto mais astutos, cerebrais, imaginosos, mais capazes também de encobrir os seus malfeitos e de ameaçar com o ridículo a reputação dos detetives no …
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 01 / 08 / 2012

Folha de São Paulo
"Só 0,05% de multas vão para educação de trânsito em SP"

Segundo o TCE, Detran descumpre o que manda o Código de Trânsito; órgão afirma que atua em várias campanhas

De tudo o que arrecadou com multas entre 2008 e 2011, o Detran aplicou só 0,05% em educação de motoristas e prevenção de acidentes, relata Eduardo Geraque. O dado, do Tribunal de Contas do Estado, mostra desrespeito ao Código de Trânsito, que destina receita de multas somente para melhoria do trânsito. Nesse período, a soma das receitas anuais com multas chegou a R$ 603,5 milhões, mas apenas R$ 318 mil foram investidos em serviços previstos pelo código.

O Estado de São Paulo "Após dia de caos, caminhoneiros fazem acordo e greve acaba"

Motoristas fecham Dutra e houve confronto; governo cria grupo de negociação

Caminhoneiros e governo entraram em acordo ontem, encerrando uma greve que durou sete dias e começava a afetar o abastecimento de alimentos. O ministro Paulo…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

O que o STF vai julgar

O Estado de S.Paulo
Este jornal compartilha da convicção da Procuradoria-Geral da República, expressa em 2006 pelo seu então titular Antonio Fernando de Souza, acatada no ano seguinte pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e reiterada em pelo menos duas ocasiões pelo atual chefe do Ministério Público, Roberto Gurgel: no primeiro governo Lula, sob o comando do seu chefe da Casa Civil e ex-presidente do PT, José Dirceu, a cúpula do partido montou um esquema de uso de recursos públicos para a compra sistemática de apoio de deputados federais ao Planalto, em parceria com o publicitário mineiro Marcos Valério e os principais dirigentes do Banco Rural. Nada, rigorosamente nada do que se passou desde a eclosão do escândalo, com a entrevista do então deputado Roberto Jefferson à Folha de S.Paulo, em junho de 2005, na qual ele cunhou o termo "mensalão", se contrapôs à certeza de que a enormidade existiu, para os fins que foram apontados e com meios subtraídos ao Tes…
Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 31 / 07 / 2012

Folha de São Paulo
"Supremo se articula para evitar atraso no mensalão"

Réus querem acesso a novo documento; FHC pede respeito à opinião pública

A dois dias do início do julgamento do mensalão, o STF busca evitar que questionamentos da defesa retardem as sessões. Um grande atraso impediria o voto de Cezar Peluso, que se aposenta por idade em setembro. Amanhã, ministros definirão estratégias que impeçam ações protelatórias.

O Estado de São Paulo "Com apoio de Lula, Toffoli decide julgar o mensalão"

Ministro do STF não vê impedimento para dar seu veredicto, mesmo tendo atuado como advogado do PT

O ministro do STF José Antônio Dias Toffoli vai participar do julgamento do mensalão, a partir de quinta-feira. Em conversas reservadas, ele disse não ver motivos para se declarar impedido e que a pressão para ficar fora só o estimulou a dar seu veredicto. O ex-presidente Lula o tem incentivado a não se declarar impedido. Toffoli foi advogado do PT, assess…

Pitacos do Zé Ronaldo

Imagem
E por falar em civilidade... (XVII)

José Ronaldo do Santos
Eu estava no cemitério do Ipiranguinha, admirando o serviço realizado, quando um fedor chegou às narinas.
Quem pode me dizer se é natural, em todo sistema de gavetas de cemitérios, ficar “rebendo”, conforme linguajar caiçara, um líquido fétido? Não seria mais correto depositar nas “novas dependências” aqueles restos mortais que já avançaram na decomposição? E os riscos dos que lá trabalham: o que a Vigilância Sanitária pode ajudar neste caso?

Twitter
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

As mudanças da GM

O Estado de S.Paulo
Depois de montar os últimos Meriva e Zafira, que saíram de linha, a General Motors (GM) determinou aos 7,5 mil empregados da fábrica de São José dos Campos que ficassem em casa. Seguindo a chamada estratégia de relocalização industrial, a empresa quer reduzir sua presença no Vale do Paraíba para investir em São Caetano, onde produzirá o modelo que substituirá a Meriva e a Zafira.

Entre as fábricas da GM no Brasil, a de São José dos Campos é a que apresenta maior custo de produção. Dos 7,5 mil funcionários dessa fábrica, 1,5 mil poderá ser demitido nas próximas semanas. A situação dos demais funcionários está sendo negociada com o Sindicato dos Metalúrgicos. As reuniões já realizadas terminaram sem acordo e a próxima será no dia 4 de agosto.

A GM está fazendo uma movimentação oposta à da década de 1980, quando transferiu unidades do ABC para o Vale do Paraíba. O que a levou a tomar essa medida, na época, foram as exigências salariais absurdas dos metal…
Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 30 / 07 / 2012

Folha de São Paulo
"Legislativos estaduais escondem seus salários"

Assembleias burlam a lei que exige publicação de informações na internet

Prevista pela Lei de Acesso à Informação, em vigor há dois meses, a divulgação de salários de servidores não é cumprida de forma transparente pelos Legislativos nos Estados e no DF. Nenhuma das 26 Assembleias estaduais nem a Câmara do Distrito Federal publicam no mesmo arquivo de seus sites os nomes de todos os servidores e os seus respectivos vencimentos.

O Estado de São Paulo "Importação de gasolina cresce 300% em 5 meses"

Enquanto o consumo de combustível aumenta, a produção de etanol cai e a de gasolina fica estagnada

Sem etanol suficiente para abastecer o mercado e com produção de gasolina estagnada, o Brasil foi obrigado a elevar a importação de combustíveis. De janeiro a maio, o volume de gasolina importada cresceu 315%, chegando a US$ 1,4 bilhão, e já faltam tanques para estocagem. No ano passado, …

Marilyn

Imagem

Colunistas

Uma reflexão sobre o tempo

Márcia Denser
Que são ficções senão saudades de um lugar onde nunca se esteve, dum tempo não vivido, de pessoas desconhecidas?

Como no caso do meu avô paterno, morto em circunstâncias trágicas em 1946. De modo que, durante minha infância, ele seria menos que o perfume dum esquecimento, não fossem as lembranças e narrativas recorrentes de minha avó a respeito de certos traços de seu caráter, hábitos, comportamento, fazerem vibrar alguma corda profunda em meu inconsciente, a partir do que, pouco a pouco, ele foi ressurgindo, emergindo da minha imaginação, que completou os elementos que faltavam para torná-lo novamente vivo, para torná-lo inteiramente meu.

Victor, meu avô, o turvo e silencioso Victor, circunspecto, esquivo, fatal, demasiado imerso em Horácio ou Virgílio ou numa infatigável coleção de selos no interior da biblioteca onde se encerrava à noite, depois do jantar, e nos fins de semana, de onde saía apenas para as refeições, as obrigações de chefe da fam…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A agonia das Santas Casas

O Estado de S.Paulo
As dívidas das Santas Casas e dos hospitais filantrópicos no Brasil, acumuladas até maio, passam de R$ 11 bilhões, mostra um relatório da Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara encaminhado no dia 11 de julho ao Ministério da Saúde.

A deterioração da situação financeira dessas entidades - que recebem remuneração insuficiente do Estado, embora sejam a principal força auxiliar do Sistema Único de Saúde (SUS) - ocorre continuamente desde a criação do SUS, em 1988. Agora, no entanto, o prejuízo é praticamente irreversível, o que obriga as entidades a se endividar cada vez mais.

Se nada for feito a respeito, o valor do débito atingirá R$ 15 bilhões em 2013 - em 2005, esse montante era de R$ 1,8 bilhão, conforme mostra o jornal Correio Braziliense (22/7 e 23/7). "Estamos caminhando para o maior colapso do sistema de saúde da história", disse o deputado Luiz Henrique Mandetta, presidente da comissão.

O problema central desses hospi…
Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 29 / 07 / 2012

Folha de São Paulo
"Síria lança ofensiva para retomar a maior cidade"

Em combate considerado estratégico, governo ataca rebeldes em Aleppo

Tanques e helicópteros do regime do ditador Bashar Assad forçavam a entrada ontem em bastiões rebeldes de Aleppo, a cidade mais populosa da Síria, com 2,5 milhões de habitantes. O objetivo da ofensiva é retomar o controle total da metrópole, considerada estratégica no conflito. 

O Estado de São Paulo "Dilma adota agenda positiva para se afastar do mensalão"

Presidente quer blindar governo do impacto do julgamento e dar prioridade a medidas de investimento

Preocupada com o potencial de desgaste que o julgamento do mensalão pode trazer ao governo, a presidente Dilma Rousseff tentará manter o Planalto longe dos holofotes do STF. Apesar de torcer para que os réus do PT sejam absolvidos, Dilma baixou uma espécie de lei do silêncio. A ordem é blindar o governo do impacto do julgamento, que vai pôr o PT no banco dos ré…