Postagens

Mostrando postagens de Maio 26, 2013
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Ponto para o Banco Central

O Estado de S.Paulo
A decisão do Banco Central (BC) de elevar os juros de 7,5% para 8% ao ano foi uma boa surpresa numa semana de péssimas notícias econômicas. A pior de todas veio com a divulgação das contas nacionais: no primeiro trimestre o Produto Interno Bruto (PIB) foi apenas 0,6% maior que nos três meses finais de 2012. Poucos analistas haviam projetado um número tão ruim.

Teria sido mais baixo, no entanto, sem a excelente contribuição da agropecuária. Diante do fraco desempenho da indústria e dos serviços, especialistas do mercado financeiro ampliaram, na quarta-feira, as apostas em uma alta de apenas 0,25 ponto, igual à da reunião anterior do Comitê de Política Monetária (Copom).

A moderação parecia mais compatível com a orientação seguida nos últimos dois anos, em linha com as opiniões da presidente Dilma Rousseff. Deveria ser, portanto, o caminho mais provável. Essa avaliação foi errada. A autoridade monetária mostrou-se disposta a levar a sério a inf…
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 01 / 06 / 2013

O Globo
"O nó do crescimento - Dólar sobe e complica combate à inflação"

Moeda americana tem maior alta em 4 anos, apesar de intervenção do BC

Cotação bate R$ 2,15, o que encarece produtos, pondo em risco o controle do custo de vida no país. Juros mais altos nos EUA ajudaram a levar dólares do mundo todo para lá. Após dois meses sem atuar, o Banco Central interveio no mercado de câmbio para tentar segurar a cotação da moeda americana. Mas não foi bem-sucedido. O dólar chegou a R$ 2,15 e acabou fechando a R$ 2,143, na maior cotação desde 2009, em alta de 1,37%. O BC tentou vender US$ 1,5 bilhão em contratos no mercado futuro, mas só conseguiu realizar pouco mais da metade. A alta de juros de papéis americanos está atraindo investidores por lá.


O Estado de São Paulo
"BC age, mas dólar atinge o maior valor em 4 anos"

Com alta de 1,75%, moeda americana fechou o dia a R$ 2,147; no mês, liderou a lista de investimentos

Apesar das intervenções do Banco Cent…

Parabólica, preciso uma!

Imagem

Coluna do Celsinho

Tanto bate...

Celso de Almeida Jr.

Quem, espontaneamente matriculado num curso de monge, acompanha meus textos com paciência, saberá do que estou falando.

Já expliquei o que é o Café Voador.

Não custa reforçar.

Numa sala batizada Gastão Madeira, instalada no Colégio Dominique, há uma reunião de entusiastas em aviação, toda última segunda-feira do mês, às 19h.

Pois bem, na 20ª edição desta boa causa, resolvemos propor à Secretaria de Turismo utilizar a estrutura do Centro de Convenções no 1º Encontro dos Fabricantes de Aeronaves Leves em Ubatuba.

Este pensamento já nos acompanha há um bom tempo.

Percebemos, entretanto, que o momento é oportuno.

Conquistamos um razoável número de apoiadores, constituindo a massa crítica mínima para avançar.

Nosso desafio é tornar real o encontro no máximo até o mês de outubro deste ano.

Assim, contribuiríamos para fixar num calendário de eventos, fora da alta temporada, atividades ligadas à cultura aeronáutica.

É claro que há diversas questões técnicas e burocrátic…

Pitacos do Zé

Imagem
Quem está trabalhando?

José Ronaldo dos Santos

“A coisa tá feia, né Zé?”.

É mesmo! A coisa tá feia! A cidade continua feia, cheia de ruas esburacada, de obras irregulares, com mínimo de trabalho sendo feito!    Tenho a impressão que os substitutos dos antigos funcionários não estão fazendo nada (“...mas estão dinheiro para não fazer nada”). Tenho a certeza que a decência não está em muitos.

Ao prefeito, responsável pela escolha dos secretários, peço que não mantenha aqueles que só o desmerecem. Ao povo cabe fiscalizar o que andam fazendo os vereadores. E o que dizer daqueles “que são de confiança agora, mas até ontem estavam grudados no ‘saco do Super’?”.

Os problemas são muitos. Até os animais não muito racionais os percebem. Percebam o cavalo comendo o mato que invade o passeio público, no trecho entre o Ipiranguinha e a Marafunda. “Será que foi contratado pelo Alckmin ou pelo Maurício?”. Eu recomendo aos vereadores, secretários e encarregados:

- Pedalem por Ubatuba, pelos bairros. Anotem…

Opinião

Os índios, a legislação e quem a desrespeita

Washington Novaes* - O Estado de S.Paulo
Diz o relatório anual O Estado dos Direitos Humanos no Mundo, divulgado pela Anistia Internacional (BBC Brasil, 22/5), que "vivemos em um país sob um déficit de justiça muito grande" em vários setores, principalmente indígenas e de moradores de favelas, como sintetizou seu diretor executivo no Brasil, Atila Roque. Segundo ele, o "marco institucional" garante os direitos, "mas na prática isso não se realiza".

Como é observado no documento, para os indígenas 2012 foi um ano de "acirramento da violência", usada como "instrumento para favorecer interesses econômicos" - com "brutalidade chocante", de que o caso dos índios caiovás-guaranis, de Mato Grosso do Sul (MS), é um dos exemplos. E poderá haver muitos outros se prosperarem projetos em tramitação no Congresso Nacional, como o de emenda constitucional que propõe retirar da Fundação Nacional do Í…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 31 / 05 / 2013

O Globo
"Meta eleitoral - Resultado econômico fica para 2014"

Objetivo é conter a inflação e turbinar o PIB no próximo ano

Com o resultado fraco da economia em 2013, Planalto quer acelerar investimentos e tirar do papel concessões, como de aeroportos e rodovias. Um dia após a divulgação do Pibinho de 0,6% no primeiro trimestre, o Palácio do Planalto, de olho nas eleições presidenciais, quer que a equipe econômica trabalhe agora com foco em 2014. O objetivo é que a presidente Dilma mostre no próximo ano um cenário cada vez mais difícil de ocorrer em 2013: crescimento alto e inflação baixa. Segundo técnicos do governo, a inflação precisa desacelerar, recuando do teto da meta, de 6,5%. Por isso, o BC subiu juros em 0,5 ponto, para 8%. O Planalto quer tirar do papel programas de concessão, como de rodovias, ferrovias e aeroportos, além do leilão do pré-sal, e acelerar investimentos para turbinar o PIB em 2014.


O Estado de São Paulo
"Salário de 3,3 mil …
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Administração mais confiável

O Estado de S.Paulo
Combater o desperdício do dinheiro do contribuinte, instituir na administração pública as melhores práticas adotadas nas principais potências econômicas e melhorar a qualidade da gestão das políticas públicas estão entre os objetivos de um projeto que o Tribunal de Contas da União (TCU), com o apoio da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), iniciará ainda este ano. O que se pretende com o projeto é elevar o nível de governança no setor público, disse o presidente do TCU, Augusto Nardes.

Há muito o que fazer nesse campo. "Temos um grande câncer no Brasil: a gestão pública não é adequada", afirmou Nardes aos participantes do 25.º Fórum Nacional, no Rio de Janeiro. Os casos frequentemente apontados pelos meios de comunicação de corrupção e outras formas de desvio para contas privadas de dinheiro que deveria ter sido aplicado em programas de interesse da sociedade são os mais notórios do mal que corrói a cred…
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 30 / 05 / 2013

O Globo
"A encruzilhada da economia: Nem Pibinho segura juros, que vão a 8%"

Decisão unânime do BC mostra que inflação preocupa mais que crescimento pífio

País poderá crescer somente 2% este ano, o que será explorado na eleição de 2014. A economia brasileira teve crescimento de 0,6% no primeiro trimestre, muito abaixo das previsões. A indústria decepcionou, com recuo de 0,3%, investimentos não decolaram e o consumo das famílias deu novo sinal de desaceleração, com a inflação corroendo a renda do trabalhador. Apesar desse resultado pífio, a diretoria do BC, por unanimidade, subiu os juros em 0,5 ponto, para 8% ao ano, num claro sinal de que a inflação em alta já preocupa mais do que o PIB fraco.


O Estado de São Paulo
"PIB decepciona, mas BC eleva juros para conter a inflação"

Economia cresce só 0,6% no 1º trimestre, bem abaixo do esperado, e faz dólar disparar; Selic sobe 0,5 ponto

O Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre frustrou exp…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A bagunça de costume

O Estado de S.Paulo
Depois de insinuar que foram propositais os boatos sobre a extinção do Bolsa Família, que levaram multidões a agências da Caixa Econômica Federal em 13 Estados no penúltimo fim de semana - quando, em meio a filas e tumultos, R$ 152 milhões foram sacados em cerca de 900 mil operações eletrônicas -, o governo e o banco oficial continuam devendo uma explicação convincente para o ocorrido. Enquanto isso, robustecem-se as evidências de que a presidente Dilma Rousseff não sabia o que dizia quando afirmou que o rumor sobre o término do programa foi "criminoso". O mesmo vale, naturalmente, para o seu antecessor Luiz Inácio Lula da Silva, que saiu falando em "ato de vandalismo" e "brincadeira estúpida", sem esquecer da titular da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, que atribuiu a boataria a uma "central de notícias da oposição" e precisou se retratar.

Os fatos, na realidade, apontam para a clássica comb…
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 29 / 05 / 2013

O Globo
"Hora da privatização: Leilão do Galeão começará com exigência de R$ 9,7 bi"

Valor é a soma do lance mínimo da concessão do aeroporto e novos investimentos

De olho na Copa, governo exigirá choque de gestão para melhorar serviços aos passageiros em 2014. Para assumir o aeroporto do Galeão, a empresa que vencer o leilão, previsto para outubro, terá que desembolsar pelo menos R$ 9,7 bilhões. O lance mínimo da licitação, cujo edital o governo apresenta hoje, será de R$ 4,5 bilhões. O novo concessionário também será obrigado a investir R$ 5,2 bilhões na expansão da infraestrutura e a fazer um choque de gestão para melhorar os serviços aos usuários. O governo espera que os resultados desse choque de gestão já sejam visíveis na Copa de 2014. No caso de Confins (MG), o investimento obrigatório somará R$ 3,5 bilhões, enquanto o valor mínimo da outorga é de R$ 1,5 bilhão.


O Estado de São Paulo
"BC não age e dólar chega a R$ 2,07, o mais alto do ano…

Viva a diferença!

Imagem

Rumos e proas...

A CETESB não nos faz falta, o que nos falta é juízo

arquiteto Renato Nunes*

Inicialmente devo dizer que não tenho nada contra a CETESB ou seus abnegados funcionários. São gentis e competentes, porém, fazem o que seus superiores em São Paulo determinam. Involuntária ou inocentemente são peças de uma engrenagem que tem uma lógica política do governo estadual que subordina e compromete as ações legítimas do governo municipal. Sem dúvida, essa conduta do estado retarda a maioridade do município necessária para cuidar de seu próprio progresso social e econômico.

Porque a CETESB pode regular a ocupação de nosso próprio território, com poder discricionário, licenciando a seu critério e a seu tempo atividades e empreendimentos se a Constituição Federal e um conjunto maciço de leis estaduais e municipais determinam que os próprios municípios o façam?

Durante o longo processo de discussões e elaboração da lei estadual do gerenciamento costeiro e seu decreto de regulamentação do Zoneamento Ecológico…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Vai sobrar para Lula

O Estado de S.Paulo
As verdades têm vida própria. Independem das intenções de quem as enuncia. Mas o efeito do enunciado varia conforme o seu autor. Uma coisa, por exemplo, é a "mídia conservadora" apontar as deficiências da gestão Dilma Rousseff, outra coisa é o presidente do PT, Rui Falcão, afirmar, como fez de público dias atrás, que o legado dos anos Lula, "um dos principais elementos para a eleição da companheira Dilma", é "insuficiente para garantir a reeleição". O alvo aparente de suas preocupações é o partido, o poder petista. "Que novas propostas", perguntou em dado momento, "nós oferecemos para a sociedade para que ela veja no nosso governo não só a manutenção do que foi conquistado, mas novas possibilidades de continuar avançando?" Seria o caso, segundo ele, da reforma política, com a adoção do financiamento público das campanhas e da "democratização dos meios de comunicação".

É claro, no entanto,…
Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 28 / 05 / 2013

O Globo
"O sub do sub do sub: Governo culpa 3º escalão por erro no Bolsa Família"

Em nova versão, nem ministra nem presidente da CEF sabiam de antecipação de pagamento

Ministro da Justiça confirma que PF investiga também empresa de telemarketing por origem de boatos. O presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda, afirmou ontem que a decisão de antecipar o pagamento dos benefícios do Bolsa Família na véspera da circulação dos boatos sobre o fim do programa foi tomada pela área operacional do banco, sem consulta a ele ou à ministra Tereza Campello (Desenvolvimento Social). Hereda pediu desculpas pela Caixa ter informado na semana passada, erroneamente, que a antecipação era uma medida emergencial para conter os tumultos. A Polícia Federal investiga se a antecipação do pagamento provocou a onda de saques e se houve participação de uma central de telemarketing do Rio.


O Estado de São Paulo
"Caixa omitiu liberação do Bolsa Família e admite erro&…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Além dos portos

O Estado de S.Paulo
A aprovação da MP dos Portos pelo Congresso permitirá o combate mais eficaz a um dos mais notórios problemas de logística do País. Mas, se outros obstáculos ao transporte, armazenagem e distribuição de mercadorias não forem combatidos de maneira semelhante, a economia continuará sendo onerada pelas ineficiências de infraestrutura e nossas exportações continuarão perdendo competitividade.

As novas regras para o sistema portuário, que estimulam a competição e os investimentos em modernização e aumento de capacidade, poderão propiciar uma melhora expressiva do desempenho dos portos, por onde passam 95% dos bens exportados pelo Brasil.

Parte dos ganhos obtidos com isso, porém, pode ser perdida se não se assegurar aos produtores rotas adequadas para que sua produção chegue aos portos mais depressa e a menor custo e, sobretudo, se não lhes for garantida a opção de escolha do complexo portuário por onde escoarão sua produção.

Isso exige, além de portos mais efi…
Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 27 / 05 / 2013

O Globo
"Morre o empresário Roberto Civita, sócio do Grupo Abril"

Civita faleceu às 21h41m deste domingo, devido à falência de múltiplos órgãos, depois de três meses internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para tratar um aneurisma abdominal

O empresário Roberto Civita, filho de Victor Civita, fundador do Grupo Abril, morreu às 21h41m deste domingo, devido à falência de múltiplos órgãos, depois de três meses internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para a correção de um aneurisma abdominal. Deixa mulher, três filhos e seis netos. Desde a hospitalização seu filho Giancarlo Civita assumiu seu lugar na presidência do Conselho de Administração do Grupo Abril. O velório ocorrerá nesta segunda-feira, a partir das 11h, no Crematório Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, São Paulo.


O Estado de São Paulo
"Governo corre para aprovar pacote de medidas provisórias antes do feriado"

Das oito MPs que poderão perder a validade, duas têm…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Não pode dar certo

O Estado de S.Paulo
Porque se sustenta apenas sobre o terreno cediço das conveniências do varejo político, a mastodôntica base de apoio governista no Congresso Nacional vive criando problemas para o Palácio do Planalto, com demonstrações reiteradas de que o "presidencialismo de coalizão" de que o lulopetismo tanto se orgulha acabou criando um aparentemente admirável, mas, na verdade, frágil gigante com pés de barro.

Como resultado, a governabilidade, em nome da qual há 10 anos se fazem todos os tipos de concessão ao que a política tem de pior, esvai-se pelo ladrão.

Ilustra essa deplorável realidade a decisão do principal aliado do governo, o PMDB, de colocar mais um cravo na coroa de espinhos de Dilma Rousseff, ainda mal refeita dos sobressaltos que o mesmo aliado lhe impôs, dias atrás, na votação da Medida Provisória dos Portos. Desta vez, o PMDB comandou, na Câmara dos Deputados, a apresentação do requerimento de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquér…
Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 26 / 05 / 2013

O Globo
"Partidos querem criar 410 novos municípios"

Câmara deve aprovar projeto que devolve às Assembleias poder de autorizar divisões

Dezessete anos depois de uma emenda constitucional ter retirado dos estados o poder de decidir sobre emancipações, um projeto de lei complementar (PLC), a ser votado na Câmara dos Deputados no próximo dia 4 de junho, pode devolver às Assembleias Legislativas a autonomia de criar novos municípios. Levantamento feito pelo GLOBO nas Assembleias dos 26 estados da federação revela que, se a porteira for novamente aberta, o país poderá ganhar até 410 novos municípios, elevando para quase 6 mil o número de cidades brasileiras — hoje já são 5.570.


O Estado de São Paulo
"Transnordestina vai atrasar cinco anos e custar quase o dobro"

Preço deve superar R$ 8 bi após acordo entre governo e CSN; concessão será elevada em mais 30 anos

Com dois anos e meio de atraso, as obras da Ferrovia Transnordestina, uma das grandes promessas …