Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 14, 2014

Dominique

Imagem

Opinião

Uma encenação patética

O ESTADO DE S.PAULO
O escândalo da Petrobrás revela agora sua face patética, protagonizada pela presidente Graça Foster: "A gente não queria que nada disso tivesse acontecido. Para não acontecer, teria que ter criado barreiras anteriormente. Mais fortes do que as barreiras que foram criadas". Se isso não for uma confissão de incompetência diante de sua obrigação de evitar que "tivesse acontecido", só pode ser uma mensagem cifrada para quem tinha poder para "não querer" que acontecesse. Ou seja, no olho do furacão no qual ninguém mais no governo parece se entender, Graça Foster pode ter-se permitido um singelo ato de penitência... ou o desabafo, na forma de um chute no pau da barraca. Ou as duas coisas juntas. A esta altura, não faz muita diferença.

Esse espetáculo foi oferecido aos jornalistas que, na quarta-feira passada, compareceram a um café da manhã com toda a diretoria da Petrobrás, um encontro de confraternização de fim de ano a…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 20 / 12 / 2014

O Globo
"Ex-gerente entrega ao MP e-mails de alerta a Graça"

Em depoimento, funcionária diz que cúpula da estatal sabia de desvios

Ex-gerente da Petrobras Venina Velosa da Fonseca reafirmou ontem, em depoimento de cinco horas a procuradores da Lava Jato que a presidente da Petrobras Graça Foster, e teda a diretoria da empresa, sabiam de irregularidades nos contratos da Diretoria de Abastecimento, chefiada por Paulo Roberto Costa Venina, segundo seu advogado, ainda entregou cópias de documentos e e-mails que diz ter enviado a integrantes da cúpula da companhia alertando sobre desvios em contratos de comunicação e nas obras da Refinaria Abreu e Lima. A Petrobras afirmou que não teve acesso ao conteúdo do depoimento e, por isso, não comentou.

Folha de S.Paulo
"Governo aumenta juro de longo prazo para as empresas"

Meta é reduzir despesas do Tesouro e reequilibrar contas públicas; alta da TJLP para 5,5% é a primeira desde 2003

O governo Dilma elevou as pr…

Baixinho de bico grande

Imagem

Coluna do Celsinho

Mecânico

Celso de Almeida Jr.

Amanhã, 20 de dezembro, comemora-se o dia do Mecânico.

Tenho carinho especial pela profissão.

Afinal, o Celso - pai - seguiu este caminho.

Em meu pensamento, sua oficina, suas ferramentas.

Lembro de um curso que fez na fábrica da General Motors em São Caetano do Sul.

Usava um guarda pó branco.

Falava da limpeza e da organização da oficina-escola.

Eu, criança, achava mais bacana me lambuzar na graxa.

Lavar peças imundas.

Sujar a calça jeans.

Hoje, entendo as exigências técnicas.

Ambiente de trabalho muito limpo, ferramentas sofisticadas, atualização permanente.

Uma carreira promissora.

A compreensão das novas tecnologias, a especialização e o treinamento integram a rotina de quem faz esta escolha.

Cursos em diversos níveis facilitam o acesso a este mundo fascinante.

Os desdobramentos são fantásticos.

Manutenção de automóveis, aeronaves, motocicletas, máquinas diversas.

Avançar para engenharia mecânica, mecatrônica...

Perspectivas excelentes.

Desafios permanentes.

É isso!

Para os…

Dominique

Imagem

Opinião

A educação na América Latina

O ESTADO DE S.PAULO
Divulgado durante a XXIV Cúpula Ibero-Americana, realizada no México, o relatório da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) sobre o comportamento da economia da região avalia que, em 2014, ela crescerá somente 1,5% - bem menos da média dos países filiados à entidade. Foi a primeira vez, em uma década, que isso ocorreu. A diminuição do ritmo de crescimento é atribuída à queda do valor das commodities, à desaceleração da economia chinesa, ao aumento do custo dos financiamentos e à menor entrada de capitais.

Com relação a 2015, o relatório também é pessimista. Ele prevê que a região crescerá só 2,5%. O relatório aponta ainda que a perda de dinamismo da economia latino-americana está comprometendo a produtividade da região, causando desemprego e, por consequência, ampliando a exclusão social. Segundo a OCDE, a única saída para assegurar a inserção dos trabalhadores da região na economia formal é aumentar sua qualificaçã…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 19 / 12 / 2014

O Globo
"Na diplomação, Dilma diz que vai renovar Petrobras"

Em cerimônia no TSE, presidente defende estatal e pacto anticorrupção

Petista promete implantar na empresa uma nova estrutura de controle e governança e defende modelo de partilha dos campos de petróleo; oposição afirma que não basta falar e que é preciso agir

Em meio à crise que atinge a Petrobras por causa das denúncias de corrupção, a presidente Dilma aproveitou a cerimônia de sua diplomação no TSE do segundo mandato para sair em defesa da estatal. Apesar de manter Graça Foster no comando da petroleira, disse que a estatal será renovada e que é preciso apurar com rigor “tudo de errado que foi feito”, prometendo implantar a estrutura de governança e controle “mais eficiente que uma estatal já teve” e defendendo o modelo de partilha dos campos de petróleo. “Temos de punir as pessoas, não destruir as empresas”, afirmou ela, que agora propôs um pacto nacional contra a corrupção. A oposição pôs…

Dominique

Imagem

Opinião

A segunda morte de Celso Daniel

O ESTADO DE S.PAULO
Celso Daniel foi prefeito de Santo André e coordenava o programa da campanha, que seria vitoriosa, de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República quando, em 18 de janeiro de 2002, foi sequestrado ao sair de uma churrascaria em São Paulo na companhia de Sérgio Gomes da Silva. Dois dias depois, seu corpo foi encontrado em Juquitiba com sinais de tortura e sete tiros. Na terça-feira passada, 12 anos e 300 dias depois do sequestro, uma turma de quatro ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou habeas corpus impetrado pela defesa de Sérgio e anulou julgamentos realizados na Justiça sobre o caso. Serão suspensas as penas dos corréus condenados e feitos novos interrogatórios. Da turma, dois ministros, Marco Aurélio Mello, relator, e Dias Toffoli, votaram a favor, e dois, contra. O acusado foi beneficiado porque, em caso de empate, a defesa vence.

Este empate é uma das muitas controvérsias neste processo sempre polêmico. O cas…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 18 / 12 / 2014

O Globo
"EUA e Cuba reatam relação; ‘isolamento não funcionou’"

Obama diz que acordo após 53 anos ‘inicia novo capítulo nas Américas’

Raúl Castro afirma que gesto do presidente americano merece o respeito e o reconhecimento dos cubanos, mas pede o fim definitivo do embargo, que depende do Congresso. 

‘Somos todos americanos’, disse presidente dos EUA

Em pronunciamentos simultâneos, nos EUA e em Cuba, os presidentes Barack Obama e Raúl Castro fizeram História ontem ao anunciarem o reatamento das relações diplomáticas entre os dois países, pondo fim a 53 anos de hostilidades e ao último capítulo da Guerra Fria. O acordo foi negociado por 18 meses, em encontros secretos no Canadá e no Vaticano, e culminou com telefonem a de uma hora e meia entre os dois presidentes. A base da negociação foi a libertação de dois americanos e de três espiões cubanos. Os dois presidentes acertaram a abertura de embaixadas em Washington e Havana, a libertação de 53 prisioneir…

Dominique

Imagem

Opinião

Não quero ter razão

Ferreira Gullar
Não resta dúvida de que tenho muitos defeitos, mas se há uma coisa que não sou é ressentido. Aliás, não só não sou como acho bobagem ser, porque o ressentido fica sofrendo, com raiva do outro que já nem pensa nele. Ou seja, o ressentido é, no fundo, um masoquista, sofre porque gosta de sofrer.

Mas é claro que não é só por pensar desse modo que não me deixo levar pelos ressentimentos; é meu jeito apenas, não tenho vocação para ficar remoendo mágoas.

Não obstante, de vez em quando, alguém me entrevista, entende mal o que digo, passa ao leitor a ideia de que odeio artistas contemporâneos e que não esqueço a discordância com o grupo concretista de São Paulo, ocorrida há mais de 50 anos, e por aí vai. E, veja bem, esse desentendimento ocorreu há mais de 50 anos, em torno de questões de que ninguém mais se lembra.

Pois bem, é o cara que, no curso da entrevista, puxa esse assunto porque deseja pôr um pouco de pimenta na conversa. Respondo a suas perguntas e ele…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 17 / 12 / 2014

O Globo
"CVM cobrou explicação de Graça sobre denúncia"

Apesar de e-mails, estatal diz que presidente só foi informada de desvios este ano

Ex-gerente Venina Velosa enviou mensagens a diretores e a Graça desde 2009, mas empresa agora afirma que textos ‘não explicitaram irregularidades ’; ministro da Justiça e vice-presidente saem em defesa de dirigente

Foi um pedido de informações feito pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que levou a Petrobras a negar, quatro dias depois da denúncia, que a presidente Graça Foster tenha sido informada sobre irregularidades na estatal antes da Operação Lava-Jato. Em nota, a Petrobras afirmou que, só em 20 de novembro deste ano, Graça recebeu da geóloga e ex-gerente da petroleira Venina Velosa e-mails relatando desvios na estatal. E-mails, porém, foram enviados desde 2009, como revelara o jornal “Valor Econômico” na sexta-feira. A resposta da Petrobras foi divulgada na madrugada de ontem à imprensa, duas horas depo…

Dominique

Imagem

Opinião

Situação insustentável

O ESTADO DE S.PAULO
Durante a campanha eleitoral, já com a Operação Lava Jato em curso, o marketing lulopetista gastou tempo e muito dinheiro para denunciar a "falta de patriotismo" de quem fazia qualquer tipo de restrição à administração da Petrobrás. Criticar a Petrobrás era o mesmo que agredir o Brasil. Hoje, com a empresa sangrando copiosamente, perdendo valor de mercado, prestígio nacional e internacional e a confiança dos investidores; contemplando a perspectiva de ver dívidas gigantescas terem seu vencimento antecipado porque não consegue ao menos apresentar balanços financeiros rotineiros; enfim, mergulhada na maior e mais grave crise de sua história - diante de tudo isso, antipatriótico é fingir acreditar que os gestores da Petrobrás não tenham nenhuma responsabilidade pelo escândalo.

A substituição de Graça Foster e equipe seria, no mínimo, o atendimento de uma satisfação devida ao público, muito especialmente aos credores e investidores, além d…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 16 / 12 / 2014

O Globo
"Ações da Petrobras desabam e são suspensas na Bolsa"

Após queda de 10%, Bovespa tenta acalmar investidores com leilão

Negociação foi interrompida por 15 minutos, e valor de mercado da estatal já caiu 25% em seis pregões seguidos; para o Planalto, saída de Graça da presidência da companhia é questão de tempo

A queda de 10% nas ações da Petrobras, no sexto pregão seguido de recuo, fez a Bovespa interromper três vezes a negociação de papéis da estatal ontem, por 15 minutos no total. A Bolsa usou um mecanismo de leilão, na tentativa de acalmar o mercado e elevar o valor das ações. Mesmo assim, os papéis perderam quase 10% do valor. As ações da Petrobras, afetadas pelos escândalos de corrupção, pelo atraso na divulgação do balanço financeiro e pela queda do preço internacional do petróleo, caíram 25% no acumulado dos seis pregões. Auxiliares da presidente Dilma dizem que a saída de Graça Foster da presidência da Petrobras é questão de tempo. E que …

Dominique

Imagem

Opinião

Assim é se lhe parece

O ESTADO DE S.PAULO
Contas de campanha eleitoral podem ser rejeitadas, aprovadas com restrições ou simplesmente aprovadas pela instância competente da Justiça Eleitoral. A não ser para efeito de exploração política, no entanto, essas opções não chegam a fazer muita diferença. Afinal, o próprio sistema eleitoral brasileiro é objeto frequente de rejeição, muitas vezes aprovado com restrições e dificilmente aprovado pura e simplesmente por parte daqueles que são os maiores interessados, os agentes políticos, para não falar no eleitorado, que mal faz ideia de como esse jogo é jogado. A bem da verdade, todo o ritual em torno da prestação de contas eleitorais é exercício de ficção, para não dizer uma farsa pura e simples, no melhor estilo pirandelliano. Até as maçanetas dos tribunais eleitorais sabem que, qualquer que seja o partido político, a verdade sobre as finanças de campanhas eleitorais permanece cuidadosamente ao abrigo do Caixa 2 velho de guerra.

Dessa perspectiv…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 15 / 12 / 2014

O Globo
"Petrobras assinou contrato em branco"

Cláusula para construção de plataforma, pela holandesa SBM, não indicava valor

Relato feito à CPMI mostra que o mesmo ocorreu com primeiro aditivo à obra

A diretoria da Petrobras subscreveu um contrato sem valor estimado para a construção do navio-plataforma P-57, em janeiro de 2008. Os valores foram preenchidos apenas sete meses depois. A P-57 foi vendida por US$ 1,2 bilhão à Petrobras pela empresa holandesa SBM, que pagou US$ 36,3 milhões em propinas. Entre 2005 e 2011, segundo confessou a SBM, foram distribuídos US$ 102,2 milhões em subornos a dirigentes da estatal. O agente da empresa holandesa no Rio repassava informações sigilosas da estatal para a sede, incluindo o “Plano Diretor do Pré-Sal”, classificado como confidencial.

Folha de S.Paulo
"Países pobres também terão de reduzir CO2, decide cúpula"

Conferência prevê que nações terão até março para apresentar metas

Após impasse sobre a divisã…

Dominique

Imagem

Opinião

Maconha revisitada

Gabeira
Foi lançada nos EUA a primeira marca global de maconha: a Marley. É uma homenagem a Bob Marley. Os empresários prometem honrar Marley com um produto à altura de seu passado e talento. É um caminho diferente do uruguaio. Em Montevidéu, senti que a posição do governo era a de controlar o comércio. Algo como os suecos fazem com o álcool, distribuindo-o em armazéns estatais. Sinto saudade do velho deputado mineiro Elias Murad. Ele é contra a legalização e fizemos centenas de debates sobre o tema, estimulados pelo governo que queria sentir o pulso da sociedade.

Tanto discutimos que ficamos amigos. Se Elias faltasse a um debate, seria capaz de substitui-lo com todos os seus argumentos. Da mesma forma, ele sabia de cor o meu discurso. Lembro-me do período com certa ironia, por acreditar, naquela época, que debates como os nossos iriam abrir caminho para uma decisão nacional. Preocupado com a produção do café em Minas, Elias fez um projeto determinando uso do café na m…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 14 / 12 / 2014

O Globo
"Propinas para plataformas chegaram a até 10%"

Empresa holandesa pagou US$ 102 milhões de suborno a dirigentes

Repasses ilegais foram feitos entre 2005 e 2011. Para que Lula pudesse inaugurar um navio no meio da campanha presidencial de 2010, a SBM antecipou a entrega e recebeu por isso mais US$ 25 milhões da estatal brasileira. A empresa holandesa SBM confessou. Em acordo Judicial, pagamentos de até 1% em propinas para fechar 13 contratos de aluguel e venda de plataformas marítimas com a Petrobras. Foram US$103 milhões em subornos pagos a dirigentes entre 2005 e 2011. Agente da SBM no Rio, Julio Faerman fez os repasses através de empresas em paraísos fiscais, A investigação lista 13 nomes de funcionários da Petrobras, entre eles, o do ex-diretor Renato Duque, Ele e seu gerente Pedro Barusco que de delação premiada na Operação Lava Jato, assinaram um aditivo de US$ 25 milhões com a SBM antecipando a entrega de um navio-plataforma que o então presi…