Postagens

Mostrando postagens de Março 2, 2014

Dominique

Imagem

Opinião

A lei sem o fiscal pode pouco

O Estado de S.Paulo
O aumento do número de mortos em acidentes de trânsito nas rodovias paulistas durante o carnaval é um alerta para as autoridades estaduais, que em má hora reduziram o número de blitze destinadas a fiscalizar a observância da Lei Seca. Embora evidentemente nem todos os acidentes possam ser atribuídos ao consumo de bebidas alcoólicas por motoristas, não parece haver dúvidas, como afirmam especialistas na questão, que ele tem um papel preponderante e, portanto, qualquer afrouxamento na fiscalização logo se reflete no número de vítimas.

Com 37 mortos, este foi o mais violento carnaval desde 2010, quando o número chegou a 41. Em relação ao ano passado, quando os mortos foram 27, o aumento foi de 37%, como mostra reportagem do Estado. Outros dados confirmam a piora da situação. O total de acidentes pulou de 864 em 2013 para 965 este ano (aumento de 11,7%). O número de pessoas feridas em colisões, quedas e atropelamentos chegou a 550, em compara…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 08 / 03 / 2014

Correio Braziliense
"Agnelo eleva tom sobre regalias a mensaleiros: Papuda "em absoluta normalidade""

"Mesmo ele (juiz Bruno Ribeiro) não tendo prerrogativa de se dirigir a mim, eu vou responder porque o presídio está em absoluta normalidade e tem comando", disse o governador

“Vamos cobrar responsabilidade de quem fizer provocações políticas”, afirmou o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, em referência à cobrança da Vara de Execuções Penais (VEP) por esclarecimentos sobre supostas regalias a presos do mensalão na Papuda. Diferente do documento preliminar ao qual o Correio teve acesso, em que a Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe) acusa a VEP e o Ministério Público (MP) de ingerência e diz ter condições de abrigar até traficantes perigosos, Agnelo, apesar de subir o tom em entrevista, optou por responder à Justiça de forma menos agressiva - embora com alfinetadas -, em ofício encaminhado nesta sexta-feira (7/3) a V…
Imagem

Utilidade Pública

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA DO AEROCLUBE DE UBATUBA

O Presidente do Aeroclube de Ubatuba, nos termos do Título IV, Capítulo I, Artigo 18 do Estatuto Social, vem pelo presente Edital convocar os associados para a Assembleia Geral Ordinária de 2014, com a seguinte Ordem do Dia:

1 - Aprovar valor de mensalidades dos associados.

2 – Prestação de contas e aprovação orçamentária.

3 – Alteração de endereço.

4 - Inclusão de novos associados.

A Assembleia Geral Ordinária ocorrerá no dia 31 de março de 2014, às 19h, em primeira convocação, com a presença de mais da metade dos associados ou, às 20h, em segunda convocação, com qualquer número de participantes, na Sala Gastão Madeira, Colégio Dominique, à rua das Orquídeas, 210, Jardim Carolina, Ubatuba-SP.

Ubatuba, 7 de março de 2014

Tiago Tabarro Rizzi
MAer 487.177
Presidente do Aeroclube de Ubatuba

Aurora Boreal espiralada

Imagem

Coluna do Celsinho

Conceição

Celso de Almeida Jr.

Nas noites quentes, janela aberta, ouvi a barulheira.

Rua Conceição.

Caminho natural da avenida Iperoig rumo ao trevo com a estátua do pescador.

De lá, para as rodovias.

É da Conceição que parte a ambulância do SAMU, salvadora.

As viaturas da PM, valentes, conhecem bem este asfalto.

Mas...

Os carros equipados com som estridente, também.

Nas madrugadas deste carnaval, diversos deles marcaram presença.

Resignado, encarei o funk temperado com letras indecentes.

A saraivada de palavrões, jorrada por vozes juvenis, também me alcançou.

Garrafas contra as calçadas despertaram - todas as noites - meu sono atordoado.

Olhos no teto, mergulhado na cama, imaginava o sucesso que faria um bafômetro estrategicamente posicionado no cruzamento com a Rio Grande do Sul.

O declínio cultural é universal.

Mas senti-lo tão próximo deprime.

Merecemos nova concepção...

Visite: www.letrasdocelso.blogspot.com

Twitter

Dominique

Imagem

Opinião

A 'mediação' de Lula

O Estado de S.Paulo
É de autoria do deputado peemedebista gaúcho Osmar Terra a síntese perfeita do que o PMDB entende ser a sua serventia última para o projeto do segundo mandato da presidente petista Dilma Rousseff. "Somos só 6 minutos de propaganda eleitoral para eles", escreveu no Twitter. "Nada mais!" No entanto, vista a questão pelo ângulo da política como a capacidade de agregar interesses e construir maiorias, tem mais, sim.

As ambições hegemônicas do PT, agigantadas sob Dilma, e os métodos rombudos a que a sigla recorre desde sempre para satisfazê-las impedem que ceda ao aliado à beira de um ataque de nervos pelo menos um pouco do que ele quer pelos minutos de que dispõe. Os petistas, que tanto reverenciam o saber do povo, ignoram uma velha receita popular adequada às circunstâncias: "Não é com vinagre que se pegam moscas, mas com açúcar". No caso, com o doce sabor da ocupação de mais um Ministério aqui, outro acolá, e o …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 07 / 03 / 2014

Correio Braziliense
"BC indica que juros ainda vão aumentar, mas o ciclo está perto do fim"

Ata da última reunião do Copom mostra que a inflação, acima da meta, ainda preocupa a autoridade monetária

Depois de enterrar a promessa da presidente Dilma Rousseff de entregar no fim do mandato o menor juro real da história, o Banco Central indicou que o ciclo de alta da taxa básica ainda não acabou, embora possa estar próximo do fim. Especialistas que analisaram a ata da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), divulgada ontem, esperam pelo menos mais um aperto de 0,25 ponto percentual na Selic. Com isso, a taxa, que foi aumentada para 10,75% ao ano na semana passada, deve subir para 11% em abril, valor superior ao recebido por Dilma ao suceder Luiz Inácio Lula da Silva no Palácio do Planalto.

Estado de Minas
"Após dormirem em chão de aeroporto e no frio, passageiros que vieram de Miami chegam a BH"

Avião voltou para aeroporto por causa de che…

Dominique

Imagem

Opinião

Um suspiro de alívio

O Estado de S.Paulo
A intervenção militar russa na Crimeia, no último fim de semana, parece ter ido além do que o novo governo ucraniano e seus aliados ocidentais esperavam do líder russo Vladimir Putin - o grande perdedor do movimento que culminou com a queda de seu aliado de Kiev, o presidente Viktor Yanukovich. Temia-se que a tomada dos pontos estratégicos da península por cerca de 10 mil homens, que se fizeram passar por grupos armados da majoritária etnia russa local, fosse a primeira de outras operações do gênero no sul e no leste da Ucrânia, cujas populações, em graus variados, têm as mesmas características.

A Ucrânia pôs o Exército em alerta máximo e os Estados Unidos suspenderam a cooperação militar com a Rússia e ameaçaram boicotar a próxima reunião do G-8, marcada para junho em Sochi. Em Kiev, onde depositou um adjutório de US$ 1 bilhão nos esvaziados cofres nacionais, o secretário de Estado John Kerry acusou Moscou de buscar pretextos para "uma invas…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 06 / 03 / 2014

Correio Braziliense
"Dilma e Lula tentam acalmar o PMDB e contornar crise com a base"

Petistas reúnem tropa de choque para discutir problemas que se arrastam desde antes do carnaval. O principal entrave é a crise com o partido aliado, cada vez mais distante do PT

Passada a folia do carnaval, a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltaram à realidade em reunião no Palácio da Alvorada com o staff da pré-campanha de reeleição. Uma reforma ministerial paralisada, uma crise com o PMDB mais forte do que nunca, impasses nos palanques eleitorais e as negociações para que integrantes do governo deixem a máquina para assumir funções na corrida eleitoral foram os principais pontos do encontro, que contou ainda com as presenças do chefe da Casa Civil, ministro Aloizio Mercadante; do presidente nacional do PT, Rui Falcão; do chefe de gabinete, Giles Azevedo, e de Franklin Martins, ex-ministro da Comunicação de Lula.

Estado de Mina…

Dominique

Imagem

Opinião

Fracasso dos assentamentos

O Estado de S.Paulo
Símbolo da luta pela reforma agrária no início da década de 1980, a Fazenda Primavera, em Andradina, 630 quilômetros a noroeste de São Paulo, está se transformando em símbolo do fracasso do programa de assentamentos conduzido pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Há cerca de 30 anos, a mobilização de trabalhadores rurais, sindicatos e membros da Igreja Católica levou o governo federal, então chefiado pelo general João Batista Figueiredo, a desapropriar a fazenda de 3.676 hectares e dividir a terra entre as 346 famílias que ali viviam. Hoje, muito poucas dessas famílias ali continuam. A grande maioria preferiu vender suas terras ou arrendá-las às três usinas de cana que operam na região, como mostrou reportagem do Estado (23/2).

Esse fato retrata uma das maiores dificuldades que o programa de assentamentos de trabalhadores rurais vem enfrentando: a fixação dessas pessoas nas terras que receberam. Sem apoio técnico …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 05 / 03 / 2014

Correio Braziliense
"Forças russas assumem controle de duas bases de lançamento na Crimeia"

Na primeira, a instalação, de onde os mísseis já haviam sido retirados, foi invadida por 20 soldados russos. Na outra, as forças russas bloqueiam o edifício que abriga os mísseis

As forças russas assumiram o controle parcial de duas bases de lançamento de mísseis na Crimeia, informaram fontes oficiais ucranianas nesta república autônoma de língua russa. Na primeira, situada em Evpatoria (oeste), o posto de comando e o centro de controle da base permanecem sob domínio ucraniano, informou um porta-voz do ministério da Defesa na Crimeia. A instalação, de onde os mísseis já haviam sido retirados, foi invadida na terça-feira (4/3) por 20 soldados russos, auxiliados por centenas de manifestantes pró-Moscou, afirmou a fonte ucraniana. Na outra, situada no cabo de Fiolent (sul), próxima ao porto de Sebastopol que abriga a frota do Mar Negro, as forças russas bloqueiam…

Dominique

Imagem

Opinião

Vandalismo com dinheiro público

O Estado de S.Paulo
Sempre que podem, os ditos "sem-terra" reclamam publicamente da presidente Dilma Rousseff porque ela, corretamente, desapropriou menos terras para a reforma agrária do que Fernando Henrique Cardoso. Mas eles se queixam de barriga cheia: o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), faça o que fizer, destrua o que destruir, será sempre beneficiado pelo governo petista com generosas verbas públicas - que garantem sua sobrevida como "movimento social", mesmo que não haja mais a menor justificativa para sua existência, a não ser como caso de polícia.

Segundo revelou o Estado, uma entidade ligada ao MST recebeu dinheiro da Petrobrás, da Caixa Econômica Federal, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para realizar um congresso de sem-terra - e foi nesse evento, em Brasília, no último dia 12/2, que o MST reafirmou sua verdadeir…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 04 / 03 / 2014

Correio Braziliense
"Estudo diz que ressaca não impede desejo por mais álcool"

O mal-estar sentido após o consumo exagerado de bebidas etílicas tem pouca influência sobre a decisão de tomar novas doses

Muita dor de cabeça e uma sede insaciável. Quem costuma beber conhece bem os sintomas da ressaca. Durante o incômodo, são comuns as promessas de que o álcool se tornará coisa do passado ou, pelo menos, será mantido longe durante um bom tempo. Contudo, uma pesquisa realizada nos Estados Unidos e publicada hoje na revista especializada Alcoholism: Clinical & Experimental Research mostra que o mal-estar não costuma impedir nem adiar novas doses no dia seguinte.

Estado de Minas
"Dieta com excesso de carboidratos pode aumentar risco de demência"

Especialista americano defende que as gorduras voltem a ser priorizadas nas refeições

Os motivos para reduzir os carboidratos no prato ficam cada dia mais fortes. Batatas, pães, arroz e massas, principalmen…

Beatles

Imagem

Conexões

Família cósmica

Sidney Borges
Otto von Bismarck, o chanceler de ferro, unificador da Alemanha, morreu em Schönhäusen, na Prússia, no dia 2 de agosto de 1898. Eu nasci em São Paulo, Brasil, no dia 2 de agosto de 1948.

Temos algumas semelhanças além do fato de pertencermos à mesma espécie.

Nossas mães tinham pele clara e olhos azuis, somos ambos altos, isto é, eu sou, ele foi. Tem também a corpulência, embora Otto - tenho licença para chamá-lo assim - fosse maior e mais pesado.

O café da manhã é, provavelmente, a causa da diferença. Gosto de iogurte, leite desnatado, biscoito de água e sal, ricota fresca e café.

Otto preferia algo menos frugal. Ganso assado, eisbein, bolo de carne de veado, chucrute, batatas cozidas, assadas e fritas, torta de amora, apfelstrudel com creme chá, leite e café.

Depois fumava um charuto, descansava e ia ao gabinete despachar. No trabalho, de tempos em tempos, saboreava bombons vienenses.

Gosto de Bismarck, temos 6 números comuns em datas marcantes grafadas na form…

Dominique

Imagem

Opinião

Ilusão na aviação regional

O Estado de S.Paulo
Exaspera a incapacidade do governo de entregar o que promete. Depois de bravatear a intenção de construir 800 aeroportos regionais, no final de 2012, a presidente Dilma Rousseff se fez de desentendida e disse que, na verdade, a meta eram 270 terminais - um objetivo já bastante ousado. Passado mais de um ano, é claro que nada saiu do papel - mas agora já se sabe que o custo dessa aventura, cuja previsão inicial era de R$ 7,3 bilhões, deverá ser maior.

Levantamentos feitos pelo governo, conforme revelou o Estado, indicam que os gastos foram subestimados. Segundo os técnicos, os projetos não levavam em conta a necessidade de grandes obras em aeroportos chamados "médio-grandes" - casos de Ribeirão Preto e Bauru (SP), Governador Valadares e Patos de Minas (MG), Rondonópolis (MT), Dourados (MS), Caxias do Sul (RS) e Maringá (PR).

Os problemas nos projetos já eram conhecidos. Nesse tempo todo, a Secretaria de Aviação Civil (SAC), sem ter e…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 03 / 03 / 2014

Correio Braziliense
"Obesos mórbidos têm dificuldade de atendimento na rede pública"

Quando o peso corporal fica exagerado, além de uma ameaça extrema ao funcionamento do organismo, traz complicações sociais aos pacientes

A epidemia da obesidade, que atinge 51% da população brasileira, tem ganhado contornos ainda mais preocupantes. Sofrendo de obesidade mórbida, nível mais alto da doença, estão 800 mil brasileiros, muitos reclusos em casa devido a enfermidades que vieram com o excesso de peso. Nos últimos 20 anos, o número de pessoas nessa condição tem crescido consideravelmente no país, passando de 0,6% para 4% da população. Esse grau é frequentemente identificado pelo grande acúmulo de gordura no corpo e, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), é diagnosticado especificamente pelo cálculo do índice de massa corporal (IMC), resultante do peso em quilogramas dividido pela altura, em metros, ao quadrado. Quando esse valor fica entre 40 e …

Dominique

Imagem

Opinião

Separando o joio do trigo

O Estado de S.Paulo
Há sinais animadores de que as manifestações vão entrar numa nova fase, com a diminuição do apoio da população, cansada dos atos de violência cometidos por uma minoria aguerrida que delas se aproveita, assim como a mudança de atitude das autoridades, que parecem finalmente decididas a endurecer o jogo com relação aos vândalos. Alimenta esse otimismo também a nova tática empregada com êxito pela polícia paulista para isolar e conter os que se dedicam sistematicamente ao quebra-quebra.

Pesquisa feita pelo Datafolha mostra que desde junho do ano passado, quando as manifestações - que começaram como protesto pelo aumento das tarifas de transporte coletivo e depois exprimiram insatisfação contra a qualidade dos serviços públicos em geral e o comportamento dos políticos - levaram milhões de pessoas às ruas em todo o País, o sentimento da população em relação a elas esfriou. De 81%, o apoio caiu para 77% em agosto e, neste mês de fevereiro de 2014, …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 02 / 03 / 2014

Correio Braziliense
"Decisão russa de invadir Crimeia preocupa comunidade internacional"

Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, telefona para o colega russo Vladimir Putin e o acusa de violar a lei internacional ante a ameaça de invasão militar à Crimeia. Parlamento da Rússia aprovou o envio de tropas para a península

A decisão da Câmara Alta do parlamento da Rússia de aprovar, por unanimidade, o pedido do Kremlin de usar forças militares em solo ucraniano, sob o pretexto de proteger cidadãos russos, causou preocupação da comunidade internacional e elevou o risco de uma “Guerra Fria” entre Moscou e Washington. No início da noite de ontem, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, conversou durante 90 minutos com o colega russo, Vladimir Putin, e o acusou de violar a lei internacional. O americano pediu a ele que retire as tropas para bases na Crimeia e advertiu sobre o risco de Moscou se expor a um maior “isolamento político e econômico”.

Estado…