Postagens

Mostrando postagens de Julho 22, 2012

Penso, logo existo...

Imagem

Coluna do Mirisola

Uma pomba-do-mato decola a partir da copa de um abacateiro

“Quem disse que uma vida não valeu a pena somente porque não deu certo?”

Marcelo Mirisola
A iminência de uma guerra nuclear no Oriente Médio, a partir de Damasco. A Europa – como diz meu amigo Paulinho de Tharso – pronta para virar geléia. O colapso xavecando o quarto cavaleiro que roda bolsinha nas esquinas de Wall Street: já fizeram contato visual, e parece que vai rolar um programinha barra-pesada. Eu aqui, do alto dessa colina sem nenhuma vontade de dichavar listas nem de fazer qualquer tipo de associação, esgotado. Como se Damasco já tivesse ido – a minha foi – pro beleléu. Se tenho algum sentimento autêntico, é a inveja de mim mesmo, ou melhor: invejo aquilo que eu fui quando, na época em que eu era a bola da vez, me sabotei com tanto empenho e selvageria. Os suplementos culturais do país – jornais, revistas, tevês, Gabis & Gabrielas, etc – me acusavam de ser um gênio. Depois de passar a vida sendo tratado como um imbec…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Insensatez na educação

O Estado de S.Paulo
Comemorada por estudantes, professores, movimentos sociais e ONGs, a destinação de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação, aprovada pela Câmara às vésperas do recesso legislativo de julho, é uma insensatez que está se convertendo em enorme problema político para o governo. O primeiro equívoco foi cometido em 2010 pelo Ministério da Educação. Apesar de o Brasil ter elevado os investimentos no setor de 3,9% para 5,1% do PIB, entre 2003 e 2009, aproximando-se do porcentual aplicado pelos países desenvolvidos e vários países em desenvolvimento, a equipe do ministro Fernando Haddad cedeu a pressões e previu o gasto mínimo de 7% no projeto do Plano Nacional de Educação (PNE) da atual década.

O segundo equívoco foi cometido há um mês. Preocupados em levantar uma bandeira política para as eleições de outubro, deputados de todos os partidos - inclusive da base aliada - aumentaram de 7% para 7,5% do PIB o gasto mínimo do poder público em ensin…
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 28 / 07 / 2012

Folha de São Paulo
"Mensalão foi o mais "atrevido" esquema, afirma procurador"

Responsável pela acusação, Roberto Gurgel diz em peça enviada a ministros do STF que escândalo foi o maior do país

Às vésperas do julgamento do mensalão, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, enviou documento aos ministros do STF em que diz que o caso “foi, sem dúvida, o mais atrevido e escandaloso esquema de corrupção e de desvio de dinheiro público” do país. O procurador diz que pinçou das 50 mil páginas do processo as principais provas. Ele visa, assim, facilitar o trabalho dos ministros caso as defesas dos réus contestem provas da acusação. O procurador conclui que se colheu um “substancioso conjunto de provas”. Segundo Gurgel, elas “não deixam dúvidas à procedência de acusação” e dizem que o Ministério Público tem convicção de que a “atuação do STF servirá de exemplo [...] a toda a sociedade”.

O Estado de São Paulo "Dilma exige empregos para manter …

Planador sobre Tatuí

Imagem
Foto: Carlos Werner Dierkes

Coluna do Celsinho

Retrovisor

Celso de Almeida Jr.
Na estrada movimentada, sinalizada, segura, olhei no retrovisor.

Tráfego intenso.

Num flash, a minha vida.

O que fiz pelos outros?

O que fiz por mim?

Voltei os olhos ao horizonte.

Estimei a chegada.

Por instinto - esta defesa misteriosa - dei seta.

Entrei num caminho vazio.

Asfalto antigo, trechos de terra.

No retrovisor, agora, apenas poeira.

Silêncio profundo.

Olho apenas para frente.

Não imagino quando chegar, como chegar.

Sigo sem pressa, em paz.

Visite: www.letrasdocelso.blogspot.com

Twitter
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Lições olímpicas

O Estado de S.Paulo
Começa hoje, oficialmente, o maior evento esportivo da Terra, a Olimpíada de Londres, para a qual os brasileiros devem olhar com atenção redobrada, não em razão das eventuais medalhas, que obviamente serão bem-vindas, mas no que diz respeito à relação custo-benefício do esforço britânico para organizar os Jogos. Afinal, a próxima competição será no Rio de Janeiro, em 2016, e, ao que tudo indica, ainda não temos a dimensão exata do que significa ser sede olímpica, sobretudo em termos econômicos.

Os britânicos estão vivendo esse dilema, como afirma reportagem do jornal Financial Times (FT) republicada no Valor (26/7). Especialistas mostram que, embora possa até gerar ganhos econômicos consideráveis, a maior parte deles estará concentrada nas mãos de uns poucos investidores envolvidos no empreendimento.

Estima-se oficialmente que o gasto com a Olimpíada, previsto inicialmente em 2,4 bilhões de libras (R$ 7,6 bilhões), tenha chegado a 9 bilhões de libras (…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 27 / 07 / 2012

Folha de São Paulo
"Após punir teles, governo agora mira as montadoras"

Dilma ameaça suspender redução do IPI de carros para evitar demissões

Com o objetivo de evitar demissões nas montadoras, o governo Dilma ameaça suspender a redução do IPI de veículos, que vigora até 31 de agosto. Quando o incentivo foi dado, para enxugar estoques, uma das condições era a preservação dos empregos do setor. A ação ocorre uma semana após o governo federal ter decidido punir operadoras de celular com a suspensão de vendas de linhas.   

O Estado de São Paulo "Governo anuncia pacote para reduzir conta de energia"

Ministro diz que indústria deixará de pagar três encargos; renovação de concessões beneficiará consumidores

O ministro Edison Lobão (Minas e Energia) informou que o governo acabará com pelo menos três encargos setoriais que oneram a tarifa de energia elétrica: a Conta de Consumo de Combustíveis, a Reserva Global de Reversão e a Conta de Desenvolvimento En…

Universo Caiçara

Imagem
Astrogilda G. Conceição e Silvaro Rita da Conceição são casados. Silvaro nasceu no Saco das Bananas e Astrogilda na Praia do Pulso, ambos em 1922. Casal simpático, falante e orgulhoso de suas histórias, vive atualmente no Morro das Moças.

Texto e imagem do livro "Os caiçaras contam".

Mais um astro

José Ronaldo dos Santos
Ontem, à 15:00 horas, sepultamos a tia Astrogilda, caiçara da praia do Pulso.

“Ali, onde hoje é a casa do Bernadino do Prado, antigamente era a casa do tio Anastácio, o pai da tia Astrogilda”. Assim me mostrou recentemente o papai, explicando como era aquela praia e os seus moradores no começo do século XX. E continuou: “Depois de casada com Silvário, filho do Estevan Marcolino, a titia foi para Santos. Era assim naquele tempo: muita gente buscava melhores condições e trabalho em Santos”.

Atualmente, depois de passar alguns anos morando na Enseada, há mais de duas décadas que o simpático casal se fixou no bairro Morro das Moças, na rua que foi batizada com este no…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Essa encrenca chamada Maluf

Eugênio Bucci
A coisa complicou-se um pouco. Agora consta nos autos: a dinheirama bem guardada no paraíso fiscal de Jersey, no Canal da Mancha, está mesmo relacionada a Paulo Maluf. Pelo menos foi isso que reconheceram os advogados da offshore Durant, que tinha Flávio Maluf como diretor, no processo que corre em Jersey - no qual a Prefeitura de São Paulo tenta recuperar US$ 22 milhões que teriam sido desviados de seus caixas quando Maluf foi prefeito da cidade. Os advogados admitiram que a família Maluf controlava contas na ilha britânica e que o próprio ex-prefeito recebeu "comissões" nessas contas.

Com essa notícia, que foi publicada por este jornal há uma semana, em reportagem de Jamil Chade (Defesa admite dinheiro de Maluf em ilha, 19/7, A6), o lado obscuro de Maluf retornou às manchetes. Não que a defesa da Durant tenha confessado a prática de algum ilícito: ela reconheceu os fundos, mas fala em pagamentos por "negócios legítimos" - co…
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 26 / 07 / 2012

Folha de São Paulo
"Homicídios sobem 22% na cidade de SP no 1º semestre"

Dados divulgados pelo governo confirmam escalada da criminalidade; assassinatos crescem 8% em todo Estado

Com uma média de 14 mortes por dia, junho foi o período mais violento no Estado de São Paulo nos últimos 18 meses, quando o governo passou a divulgar dados sobre a criminalidade. A violência no mês passado fez com que o índice de homicídios nos seis primeiros meses deste ano ficasse 8% acima do primeiro semestre de 2011. Na capital, o aumento foi de 22%.   

O Estado de São Paulo "União prepara nova rodada de apoio aos Estados"

Planalto negocia com governadores projetos para estimular investimentos e recursos virão do BNDES

O governo prepara um novo pacote de apoio financeiro aos Estados para apressar investimentos prioritários em 2013. Diante da escassez de projetos considerados viáveis, o Palácio do Planalto negocia com governadores o programa “Agenda do Desenvolvimen…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Para romper com o analfabetismo funcional

Priscila Cruz
A recente divulgação dos dados da oitava edição do Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf), pesquisa realizada pelo Instituto Paulo Montenegro e pela Ação Educativa, com apoio do Ibope, oferece um painel extenso e consistente dos níveis de alfabetismo de jovens e adultos brasileiros nos últimos dez anos.

Diferentemente das estatísticas fornecidas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que se baseiam em dados autodeclarados, o Inaf é realizado por meio de uma entrevista e um teste, avaliando efetivamente as habilidades de leitura, escrita e Matemática de brasileiros entre 15 e 64 anos de idade, classificando-os em quatro níveis de alfabetização: analfabetos, alfabetizados em nível rudimentar - estes dois considerados como analfabetos funcionais -, alfabetizados em nível básico e alfabetizados em nível pleno - considerados juntos como alfabetizados funcionalmente. É este último nível, o pleno, que precisamos un…
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 25 / 07 / 2012

Folha de São Paulo
"Governo quer plano de teles para Copa e Olimpíada"

Exigência é condição para que seja liberada venda de linhas de celular

Como condição para liberar as vendas das operadoras de celular TIM, Oi e Claro, o governo exigiu que elas apresentem um plano de investimentos que leve em conta o crescimento da demanda na Copa de 2014 e na Olimpíada de 2016. A Vivo, que não foi punida, também terá de oferecer um plano para os eventos, mas poderá continuar vendendo linhas mesmo sem proposta aprovada, segundo João Rezende, presidente da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).   

O Estado de São Paulo "Arrecadação cai em junho e Receita já revê projeções"

Lucro menor das empresas motivou queda de 6,55%, a primeira desde dezembro; governo vê 'viés de baixa’

A arrecadação federal teve, em junho, a primeira queda mensal desde dezembro de 2011. O pagamento de impostos e contribuições federais somou R$ 81,1 bilhões, 6,55% a menos que …
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A Europa assusta de novo

O Estado de S.Paulo
O medo espalhou-se de novo pelos mercados de todo o mundo, abalados pelos sinais de piora da quarta maior economia da zona do euro, a Espanha, e pelo risco crescente de um abalo mais grave da Itália, a terceira maior potência da união monetária. O socorro ao governo e aos bancos espanhóis poderá custar entre 400 bilhões e 500 bilhões em três anos, segundo estimativa do banco Barclay's. Se o governo italiano pedir ajuda, a conta do auxílio aos dois países poderá chegar a 1,3 trilhão, de acordo com a mesma fonte.

Não será pedido esse tipo de ajuda, insistem as autoridades dos dois países, mas a especulação cresce nos mercados, alimentada tanto pelas más notícias da Espanha quanto por avaliações de especialistas famosos, como Kenneth Rogoff, professor de Harvard e ex-economista-chefe do FMI. Segundo ele, dificilmente o governo espanhol deixará de pedir um resgate total, mesmo contra a sua vontade.

Se essa previsão se confirmar, a União Europei…

Manchetes do dia

Terça-feira, 24 / 07 / 2012

Folha de São Paulo
"Síria ameaça usar arma química, e EUA reagem"

Ditadura admite revidar agressão externa; Obama diz que seria ‘trágico erro’

Pela primeira vez, o governo sírio admitiu possuir armas químicas e ameaçou usá-las caso sofra uma intervenção militar externa, informa Marcelo Ninio. “A Síria jamais usará qualquer arma química contra seus civis e as usará só em caso de agressão externa”, disse o porta-voz da Chancelaria, Jihad Makdissi.  

O Estado de São Paulo "País vai julgar Supremo por mensalão, diz corregedora"

Para Eliana Calmon, há ‘expectativa muito grande’ por parte da sociedade sobre o desfecho do processo

A ministra Eliana Calmon, corregedora nacional da Justiça, afirmou ontem que o Supremo Tribunal Federal (STF) será julgado pela opinião pública ao julgar o processo do mensalão, maior escândalo da era Lula. “Há por parte da Nação uma expectativa muito grande e acho também que o Supremo está tendo o seu grande julgamento ao ju…

Pitacos do Zé Ronaldo

Imagem
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Jornalismo e violência

Carlos Alberto Di Franco
Impressiona-me o crescente espaço destinado à violência nos meios de comunicação. Catástrofes, tragédias, crimes e agressões, recorrentes como as chuvaradas de verão, compõem uma pauta sombria e perturbadora. A violência não é uma invenção da mídia. Mas a sua espetacularização é um efeito colateral que deve ser evitado. Não se trata de sonegar informação. É preciso, contudo, contextualizá-la.

A overdose de violência na mídia pode gerar fatalismo e uma perigosa resignação. Não há o que fazer - imaginam inúmeros leitores, ouvintes, telespectadores e internautas -, acabamos todos paralisados sob o impacto de uma violência que se afirma como algo irrefreável e invencível.

Não é verdade. Podemos todos, jornalistas, formadores de opinião, estudantes, cidadãos, enfim, dar pequenos passos rumo à cidadania e à paz.

Os que estamos do lado de cá, os jornalistas, carregamos nossas idiossincrasias. Sobressai, entre elas, certa tendência ao catastrofismo. …
Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 23 / 07 / 2012

Folha de São Paulo
"Ocupação de hospitais privados chega ao limite"

Enquanto planos de saúde crescem, rede de atendimento encolhe na cidade de SP

Hospitais da rede privada da cidade de São Paulo trabalham com taxa de ocupação máxima, informam Cláudia Collucci e Talita Bedinelli. O índice de ocupação é de 95% - o ideal é de 85%, para evitar a falta de leitos em urgências. Com crescimento econômico, mais pessoas têm contratado planos de saúde. Na capital paulista, o número de conveniados subiu de 13% desde 2009. Mas a rede hospitalar encolheu. O número de leitos de internação e de UTI caiu 8,4% no período. 

O Estado de São Paulo "Desapropriações provocam disputa judicial e travam PAC"

Ações movidas tanto pelo governo quanto por proprietários cresceram 20% em um ano e já chegam a 5,4 mil

Aposta da presidente Dilma Rousseff para amenizar o impacto da crise mundial no Brasil, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) enfrenta atrasos provocados…