Postagens

Mostrando postagens de Julho 28, 2013

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Uma lei que eleva o País

O Estado de S.Paulo
No combate à corrupção, o Brasil acaba de entrar para o rol das nações sérias. A presidente Dilma Rousseff sancionou lei sem precedentes, que pune empresas envolvidas em fraudes com o dinheiro público. De iniciativa do Planalto, por sugestão da Controladoria-Geral da União (CGU), chefiada pelo ministro Jorge Hage, o projeto tramitou lentamente na Câmara dos Deputados até ser aprovado no Senado pouco antes do recesso.

Transformada em lei, a proposta tira dos homens de negócio e executivos corruptores o conforto de saber que, tenham feito o que fizessem e mesmo se condenados por seus ilícitos, como fraudar licitações ou subornar agentes públicos, o patrimônio das suas empresas permaneceria intacto. Afinal, a legislação não previa, nessa esfera, nenhuma punição para pessoas jurídicas. Nos Estados Unidos e no Reino Unido, por exemplo, de há muito que elas também pagam pelas lambanças dos seus dirigentes.

É, de resto, o padrão adotado pela Organizaç…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 03 / 08 / 2013

O Globo
"Depois do julgamento: BC fecha banco do mensalão"

Falta de confiança dos clientes após escândalo fez patrimônio do Rural despencar

Bens de controladores estão indisponíveis; Kátia Rabello, dona, foi condenada a 16 anos. Ao decretar ontem a liquidação do Banco Rural, envolvido no esquema de pagamento de propina a políticos aliados do governo Lula, o Banco Central informou que a instituição mineira cometeu "graves violações" às normas do sistema financeiro e estava com a situação econômico-financeira comprometida. Por causa da crise de confiança após o mensalão, o patrimônio do Rural diminuiu para um quarto do total. O BC exigiu que o banco retirasse do balanço R$ 200 milhões de créditos tributários que não existiam. Os bens de 18 controladores e ex-administradores — três deles condenados pelo mensalão — estão indisponíveis.


O Estado de S. Paulo
"Superfaturamento de cartel de trens chegou a R$ 577 milhões"

Em contratos de R$ 1,9 bil…

Polvo, polvo, polvo, polvo

Imagem
Sempre quer ter algo novo... Ilustração de Ellen Weinstein

Coluna do Celsinho

Disciplina

Celso de Almeida Jr.

Em ambiente universitário, ouvi o desabafo de uma professora.

Compartilhava com os amigos o drama familiar que está enfrentando.

Sua irmã sofrera um acidente vascular cerebral, o derrame, que paralisou os movimentos, bloqueou a fala, entre outros graves desdobramentos.

Com isso, a família precisou se reorganizar e sua sobrinha adolescente, filha da vítima, passou a morar com ela.

Saber que a irmã deverá enfrentar uma longa e difícil jornada para tentar reaprender a falar, mexer os membros e recuperar a memória, causa, evidentemente, uma angústia profunda.

Um dos ouvintes, médico, lembrou da importância da professora fazer exames preventivos, tendo em vista que não é o primeiro caso na família.

Ela respondeu que já iniciou uma dieta rigorosa, abandonou os cigarros e ficará mais atenta a regularidade dos exames médicos.

Pensei o quanto é difícil para a maior parte da população assumir esta postura, criando o hábito de visitar postos de saúde na busca de orientaçã…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A seca, a desertificação e as palavras do papa

WASHINGTON NOVAES *
Parece surreal. No dia 27 último, a seção de Esportes deste jornal informava que a nadadora brasileira Poliana Okimoto - que ganhara no Mundial de Barcelona medalha de ouro na maratona aquática de dez quilômetros, além de medalha de prata nos cinco quilômetros e de bronze por equipes - substituiu em sua dieta vários alimentos (glúten, açúcar, feijão, abacate, fermento e chocolate) por tapioca, que lhe dá "energia redobrada". Dois dias antes o IBGE informara que a produção brasileira de mandioca (de onde vem a tapioca) este ano, 21,4 milhões de toneladas, está 8,4% menor que a do ano passado, quando já havia sido 24,5% menor que a de 2011. Nas lonjuras, o falecido pesquisador Paulo de Tarso Alvim deve estar balançando a cabeça, ele que afirmava, ironicamente, que "se mandioca fosse norte-americana o mundo estaria comendo tapioca flakes e mandioca puffs". Mas esse alimento, o mais adequado para solos br…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 02 / 08 / 2013

O Globo
"Balança no vermelho: Déficit comercial do país é o pior da história"

Importação de combustíveis deixa resultado negativo em US$ 5 bi no ano

Na indústria, produção surpreende e volta a crescer. Analistas já admitem que economia brasileira poderá ter expansão maior em 2013. Com a disparada das importações dos combustíveis, a balança comercial brasileira registrou, nos sete primeiros meses do ano, déficit de US$ 4,989 bilhões, o maior da história, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento. Como a série do governo começou em 1993, o resultado é o pior em 20 anos. As exportações do país caíram 1,5%, enquanto as importações cresceram 10%. Já a indústria nacional, após encolher em maio, voltou a avançar em junho. A expansão foi de 1,9%, acima das previsões. Analistas admitem que PIB do trimestre pode ficar melhor. 


O Estado de S. Paulo
"Mantega resiste a projeto que afrouxa gasto em transporte"

Dilma cobra esforço máximo do governo para …

Ubatuba em foco

Imagem
Parceria público privada

Sidney Borges
Posso afirmar com a certeza de quem sente no bolso, parte mais sensível do corpo humano, que as ruas do bairro Jardim Ressaca são de amargar, expressão em desuso que quer dizer que as ruas da Ressaca destroem qualquer tipo de suspensão. Acabei de gastar quase dois mil reais para consertar meu carro, reduzido à condição de carroça após alguns anos de trânsito neste enclave esburacado.
O cidadão da foto é o senhor Timiro, comerciante de material de construção e proprietário de um lote no bairro. Sentindo que a suspensão de seus carros, caminhões e tratores estava sendo afetada pelo piso irregular, resolveu ele mesmo tampar os buracos. Isso é mais ou menos a materialização do que chamam de parceria público privada. Com a dificuldade do poder público em cumprir suas obrigações, um membro da sociedade toma para si a tarefa. Deveria ser assim com estradas, aeroportos, portos, ferrovias e outros itens da infraestrutura do país, tão mal servido nesse quesit…

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A hora da verdade para a saúde

O Estado de S.Paulo
O reajuste acima da inflação dos planos de saúde individuais e familiares - contratados a partir de janeiro de 1999, ou adaptados à Lei 9.656/98, que regulamentou os planos - chama a atenção para o futuro do setor de saúde privada, no qual eles ocupam posição importante. Se os aumentos seguirem essa progressão, esse tipo de plano tende a se tornar inacessível. Para este ano, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) autorizou um reajuste de 9,04%, que é o maior dos últimos oito anos. Ele ficou 2,55 pontos porcentuais acima do índice oficial da inflação, o IPCA, de 6,49%, no acumulado de 12 meses até abril.

O aumento, que foi imediatamente criticado por especialistas e entidades de defesa do consumidor, afeta 8,4 milhões de pessoas, que representam 17,6% do total de brasileiros que têm planos de saúde. Lembra a economista Ione Amorim, do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), que o valor acumulado do IPCA de 2003 a 2013 …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 01 / 08 / 2013

O Globo
"Dinheiro pelo ralo: Sete em cada 10 cidades fazem mau uso de verba da Educação"

Fiscalização descobre licitações simuladas, contratos irregulares e superfaturamento

De acordo com relatório da Controladoria Geral da União, em 73,7% dos 180 municípios inspecionados em 2011 e 2012 houve problemas nos gastos do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). É grande a relação de irregularidades apontadas pela CGU na gestão dos recursos da Educação, por parte das prefeituras: direcionamento e simulação de processos licitatórios; gastos incompatíveis com o objetivo do Fundeb; elaboração de contratos irregulares; movimentação de dinheiro fora de conta específica; descumprimento da regra de destinar 60% dos recursos do Fundo à remuneração dos professores. Em nota, o MEC afirmou que qualquer irregularidade no uso de recursos do Fundeb deve ser apurada e punida com rigor.


O Estado de S. Paulo
"Dilma decide tirar transporte urbano do cálculo …

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Um choque de otimismo

O Estado de S.Paulo
Em outros tempos, o município ribeirinho de Melgaço, no norte do Pará, com 25 mil habitantes, metade dos quais analfabetos, poderia ser apontado como exemplo extremo do atraso nacional em termos de saúde, educação e renda per capita. Símbolo às avessas do que aconteceu com o País ao longo de dois decênios, mais precisamente de 1991 a 2010, Melgaço aparece hoje no noticiário como a grande exceção que confirma a regra das mudanças havidas nesse período em matéria de longevidade, rendimento médio, acesso à escola - e até mesmo na área pantanosa das desigualdades regionais. O ermo está em último lugar na nova versão do Índice de Desenvolvimento Humano dos Municípios brasileiros (IDHM), construído com dados do Censo de 2010. Os anteriores basearam-se nas informações coletadas em 1991 e 2000, respectivamente.

Do primeiro estudo ao atual, o salto é de dar um choque de otimismo. Em 1991, numa escala ascendente de 0 a 1, o IDHM médio era de 0,493, ou &quo…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 31 / 07 / 2013

O Globo
"Enchente estatal: Adutora rompe, mata criança, destrói casas e inunda bairro"

Jato d´água de 20 metros de altura deixa rastro de destruição em três quarteirões de Campo Grande

Moradores contam que tubulação da Cedae apresentava rachaduras e sofreu reparos recentemente. Empresa nega, mas hipótese é investigada pela polícia, que suspeita também de terraplenagem. O rompimento de uma adutora da Cedae matou uma menina de 3 anos e deixou um rastro de destruição, ontem, em Campo Grande, na Zona Oeste. O jato d'água, que atingiu 20 metros de altura, inundou três quarteirões, destruiu 17 casas, invadiu outras 200, arrastou carros e deixou 16 feridos. Bombeiros usaram botes para resgatar as vítimas, levadas para hotéis da região. Moradores dizem que a tubulação apresentava rachaduras e que, recentemente, funcionários da Cedae fizeram reparos na adutora. A companhia desmente. A polícia, porém, suspeita que o acidente seja resultado de um conserto m…

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Plano da conta de luz queimou

O Estado de S.Paulo
O governo está enrolado financeiramente em mais uma operação mal planejada, mal executada e concebida para objetivos errados - subsidiar a conta de luz para maquiar os custos e a inflação. Como falta dinheiro em fundos setoriais para pagar as indenizações devidas a empresas de eletricidade, o Tesouro tem de entrar em cena para pagar R$ 6,7 bilhões em quatro anos, segundo estimativa divulgada ontem pelo Estado. Com apenas uma iniciativa, anunciada em setembro do ano passado pela presidente Dilma Rousseff, o Executivo federal cometeu três erros: distorceu custos, disfarçou a inflação, empurrando para a frente um problema de enorme importância econômica, e sobrecarregou mais uma vez as finanças do setor público.

O governo decidiu no ano passado antecipar a renovação das concessões às companhias do setor elétrico. Uma das condições seria a redução média de 20% do valor das tarifas. A Cemig, a Cesp e a Copel, no entanto, recusaram a proposta. …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 30 / 07 / 2013

O Globo
"A revolução de Francisco - Papa moderniza discurso sobre gays, mulheres e divorciados"

Pontífice considerou a viagem um sucesso e disse que brasileiros têm um grande coração

"Se uma pessoa é gay, procura Deus e tem boa vontade, quem sou eu, por caridade, para julgá-la?"
"A mulher na Igreja é mais importante que os bispos e os padres. Acredito que falta uma especificação teológica"
"Os divorciados podem fazer a comunhão. Não na segunda união. Este problema deve ser estudado"

No voo de volta do Rio, onde participou da Jornada Mundial da Juventude, para Roma, o Papa Francisco fez declarações que surpreenderam vaticanistas, ao defender os homossexuais, ao pregar um papel mais ativo das mulheres na Igreja e ao prometer que a complexa questão dos divorciados será analisada pela cúpula da instituição. O Pontífice defendeu os homossexuais, dizendo que "eles não devem ser discriminados e devem ser integrados à sociedad…

Arte

Imagem
Julian Sutherland-Beatson

Pitacos do Zé

Só por hoje (I)

José Ronaldo dos Santos
Ao redor de nós temos de tudo um pouco: abusados, pacíficos, folgados, furiosos, ladrões, honestos, gentis, safados etc. Assim são os seres humanos!

O que parece comum nos últimos tempos é a vontade de se aproveitar das ocasiões, de levar o máximo de vantagem em tudo. Também a vontade de vingança é perceptível a todo instante: “Tomara que morra logo”; “Se Deus quiser você pagará por isso”... A vingança parece ser uma necessidade.

Tudo isso - que demonstra a vontade de ser mais que o outro, de buscar a desforra etc. -, deixa-nos com um sentimento de vazio e sujeira.

Será mesmo? Afinal, conforme disse o professor Oswaldo Paulino, “a nossa geração calçou as botas de sete léguas e conquistou as maravilhas da chamada era tecnológica”. Assim, em nome desse conforto material, tudo parece valer: uso e abuso de medicamentos, de cosméticos, de pesticidas, de hormônios, de descartáveis etc.

O que se pergunta é:

O que está faltando para que superemos as nossas ins…

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Internet e democracia direta

O Estado de S.Paulo
As manifestações populares de junho tiveram o dom de despertar, por um lado, uma insuspeitada aplicação de parlamentares, governantes e partidos políticos e, por outro, a livre imaginação dos cidadãos em geral, todos voltados para a busca de novos meios e modos para o aperfeiçoamento da representação popular e dos mecanismos de captação da vontade das ruas. Descontados os inevitáveis exageros e impropriedades, é muito bom que assim seja. A democracia é um processo que exige participação ativa e permanente de todos, governantes e governados. Principalmente quando a cidadania descobre que esse processo está muito longe de atender às exigências mínimas do bem comum.

Chama a atenção em particular uma proposta de emenda à Constituição (PEC), oriunda do Senado, onde foi relatada, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), pelo senador Lindbergh Farias (PT-RJ). Essa PEC, aprovada por aclamação na CCJ, reduz pela metade (de 1% para 0,5% do eleit…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 29 / 07 / 2013

O Globo
"Jornada Mundial da Juventude - No adeus ao Rio, Papa defende reforma profunda na Igreja"

Pontífice prega diálogo com o mundo atual e pede que missionários ocupem as periferias

Na missa de despedida em Copacabana para cerca de três milhões de pessoas, o maior público já reunido num evento no Rio, Francisco diz que os jovens precisam sair em busca de discípulos. Antes de embarcar para Roma, admite já sentir saudades. Em discurso para bispos da América Latina, o Papa Francisco defendeu ontem uma grande reforma na Igreja capaz de ampliar o diálogo com as novas gerações e, assim, renovar uma base de fiéis que encolhe em todo o continente. O Pontífice convocou os religiosos a amar a pobreza e a austeridade, e disse que a Igreja deve sair do centro e caminhar para as periferias. Condenou a postura reativa dos padres e pediu que eles abandonem a "psicologia de príncipes" saindo das sacristias para a rua. O Papa pediu uma Igreja menos ideo…

Tio Sam, que tudo vê...

Imagem
Está de olho em você!

Colunistas

Por Amanda

Em conto sobre a irmã recentemente falecida, colunista reflete sobre o papel do escritor, “aquele sujeito que só ganha o direito de se foder e ser aplaudido por isso”

Márcia Denser
Eis a parte inicial do meu conto (conto? Novela? Também ainda não sei) sobre minha irmã morta, lembrando que fazer ficção a partir da própria dor (enquanto ainda está doendo) é o mesmo que subornar o diabo pra nos guiar numa excursão pelo inferno. Até porque, afinal de contas, escritor é aquele sujeito que só ganha o direto de se foder e ser aplaudido por isso.

Por Amanda

Adriano,

Hoje é sábado e eu perambulo pela casa gritando o nome dela, clamando a ausência de Amanda, chorando desesperadamente e então compreendo: o tempo, a memória seletiva – sempre tendendo a fixar o bom e descartar o ruim para curar a dor – está fazendo com que vá se apagando a lembrança do horror vivido lado a lado à doença e à loucura, que não deveriam ser percebidas e sentidas separadamente, mas não foi assim, dado o alívio obt…

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

As respostas reprovadas

O Estado de S.Paulo
Se a presidente Dilma Rousseff tivesse pela opinião dos brasileiros o "respeito decente" que o americano Thomas Jefferson pregava, em relação ao mundo, há quase 240 anos, convocaria uma rede nacional de emissoras para admitir que errou ao se vangloriar de ter ouvido - e entendido - a voz das ruas. Foi o que disse para justificar a confecção, da noite para o dia, dos cinco "pactos em favor do Brasil" com os quais quis fazer crer que atendia às demandas nacionais por serviços públicos "padrão Fifa", combate efetivo à corrupção e mudança radical de atitude dos poderosos de turno diante da sociedade que os sustenta. Aliás, o carro-chefe de tais respostas, o plebiscito para a convocação de uma Constituinte que faria a reforma política em lugar do Congresso, não durou mais de um dia, por sua patente ilegalidade. Foi substituído pela proposta de uma consulta popular sobre o que mudaria nas regras políticas, para vigorar …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 28 / 07 / 2013

O Globo
"Paes quer centralizar decisões para evitar falhas na Copa e nos Jogos"

Prefeitura e governo do estado defendem também um comando único para a segurança

Obras inacabadas, falhas de planejamento, caos nos transportes e protestos violentos, que marcaram a Copa das Confederações e a visita do Papa Franciscso, colocaram em xeque a capacidade do Rio em organizar os próximos megaeventos. O prefeito Eduardo Paes quer centralizar as decisões sobre a organização das partidas da Copa do Mundo no Rio, em 2014, e dos Jogos Olímpicos de 2016. Assim, ele espera evitar a repetição das falhas estruturais que aconteceram durante a Copa das Confederações e a Jornada Mundial da Juventude e acabaram pondo em xeque a capacidade da cidade de preparar megaeventos. "Quem sabe o que é importante para o Rio é a prefeitura. A gente tem que intervir mais nos comitês organizadores, prestar mais atenção se estão tomando as decisões certas", diz Paes. O governo do est…