Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 17, 2010

Mágico

Investigado pela PF, presidente da Casa da Moeda é multado em R$ 3,5 mi

da Folha Online
A Polícia Federal investiga o presidente da Casa da Moeda do Brasil, Luiz Felipe Denucci, que foi multado em R$ 3,5 milhões por movimentar valor 20 vezes maior que o seu rendimento. De acordo com reportagem publicada pela revista "Istoé" desta semana, a Receita Federal quer saber como ele enviou R$ 1,79 milhão de uma conta de Miami, nos Estados Unidos, para sua conta-corrente no Brasil.

De acordo com a reportagem, a PF (Polícia Federal) também descobriu que, por três anos, Denucci fez movimentações financeiras que superavam em mais de dez vezes seus rendimentos declarados. Além disso, investiga como ele conseguiu ampliar em 15 vezes seu patrimônio pessoal em um espaço de apenas seis anos.

Ainda segundo a reportagem, fontes da PF dão conta de que entre 1998 e 2004 o patrimônio declarado de Denucci saltou de R$ 200 mil para R$ 3 milhões, sem que o economista apresentasse justificativas.

Só em …
Imagem

Aviação

Francis Gary Powers e o incidente do U-2

Cultura Aeronáutica (original aqui)
A Guerra Fria entre as potências ocidentais e a União Soviética foi repleta de incidentes, entre os quais o mais grave, sem dúvida, foi a Crise dos Mísseis, em 1962, quando o Presidente John Kennedy mandou um ultimato a Nikita Khrushchev para que a URSS removesse os mísseis nucleares de médio alcance instalados pelos soviéticos em Cuba. Essa crise deixou o mundo inteiro em suspense e quase provocou uma "guerra quente" entre americanos e soviéticos.
Imagem
Um dos mais notáveis incidentes da Guerra Fria envolveu o mesmo tipo de aeronave que descobriu os mísseis em Cuba: o Lockheed U-2. Esse notável e curiosamente simples jato monomotor assemelhava-se mais a um planador do que a um avião militar de combate. Era desarmado, e carregava como equipamento principal câmaras fotográficas de alta resolução.

O grande trunfo do U-2 era a sua altitude de cruzeiro, acima de 85 mil pés, o que, assim pensavam os americanos, tornava-o imune ao ataque dos caças e da artilharia anti-aérea. A grande altitude operacional exigia que seu piloto voasse com um traje de astronauta.

Desde a sua introdução em serviço, em 1957, o U-2 revelou-se extremamente eficiente, especialmente em uma época ainda sem satélites espiões disponíveis. Como se confiava na grande altitude como proteção, muitas missões de reconhecimento (na verdade, espionagem) da CIA - Central Inteligency Agency foram realizadas diretamente sobre o território soviético. Essas missões foram praticamente…
Imagem
Essa missão foi conduzida pelo Capitão Francis Gary Powers, então com 31 anos de idade. A base de operações de Powers era Incirlik, na Turquia. O alvo era Sverdlovsk (atual Ekaterimburgo), onde os soviéticos mantinham bases e indústrias estratégicas tão secretas que o acesso à cidade era vedado até mesmo a cidadãos russos de outras cidades sem uma permissão oficial.

A aeronave cumpria sua missão em Sverdlovsk quando foi atingida por um míssil terra-ar S-75 Dvina, denominado SA-2 pelos americanos. Com o motor apagado pelo impacto do míssil, Powers perdeu altura, esperando ejetar quando o avião estivesse mais baixo, onde suas chances de sobrevivência seriam maiores, devido ao ar mais denso e mais rico em oxigênio. Essa manobra foi muito arriscada, visto que expunha a aeronave e seu piloto ao fogo antiaéreo de baixa altitude dos russos.

O U-2 tinha um equipamento de auto-destruição, que tinha a função de impedir o inimigo de conhecer sua verdadeira missão e seus equipamentos secretos. Powe…
Imagem
Curiosamente, o Lockheed U-2 sobreviveu ao incidente de Sverdlovsk e ao seu sucessor SR-71, e ainda está em serviço na Força Aérea dos Estados Unidos, 52 anos após entrar em operação, e deve permanecer na ativa pelo menos até 2011.

Twitter

Mama Cass Eliot

Imagem
Dream a little dream of me
Clique aqui

Twitter

Bibelô

Americana de 136 kg mata namorado de 54 kg ao sentar em cima dele em briga

Casal morava junto em Cleveland, Ohio, e tinha três filhos. Mia Landingham disse que não teve a intenção de matar.

Do G1, em São Paulo
A norte-americana Mia Landingham, de 136 kg, foi condenada nesta semana por ter matado seu namorado Mikal Middleston-Bey, de 54 kg, após sentar sobre ele durante uma briga. Segundo a polícia dos EUA, o crime ocorreu em agosto passado.
Leia mais

Nota do Editor - A vida é frágil, são muitos os perigos que enfrentamos ao acordar. Tem homem que gosta de mulher gorda, tive um amigo, pintor renomado, que curtia garotas de peso. Mal terminava com uma, aparecia com outra arrobas à frente. Mama Cass, do "The Mamas & the Papas" foi o grande amor da vida dele, inenarrável o porre que tomou quando a musa partiu do planeta. Imagino o constrangimento do ex-namorado Mikal na porta do céu. Na hora de preencher a ficha, o que ele vai colocar como causa mortis? Essa história de briga est…
Imagem

Massa

Nuts

Sidney Borges
Prefiro Psirico a Beyoncé, diz Caetano Veloso em Salvador. Leio a notícia no site G1 e meus neurônios começam a trabalhar. Tchank, chung, poff, tchank...

Caetano não é de falar por falar, no tempo do Pasquim diriam que ele conceitua o tempo todo, raciocina em bloco. Logo concluo que a mensagem tem outras leituras.

No lugar de Psirico dá para imaginar um nome da oposição. Talvez Ciro que rima com psiro. Beyoncé não pode deixar de ser quem eu penso que é. Ele mesmo, exatamente.

Caetano é como a Difusora de Dárcio Arruda: "Difusora é difu, quem não ouve a Difusora sifu. A censura proibiu o mantra, mas não impediu que Dárcio tocasse atrás do trio elétrico onde só não vai quem já morreu...

Caetano Veloso tem abacateiro, todo tamarindo tem. O quê? Não sei, certas perguntas devem ser dirigidas a quem de direito. Gilberto Gil das refazendas, Stédile das fazendas ou Delfim, socialista fabiano esperando o bolo crescer...

Twitter
Imagem

Reajuste salarial

Sindtapu fala em perdas e pede 20% de reajuste para 2010

O Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública de Ubatuba (Sindtapu) anunciou, na última reunião com o Executivo local, a reivindicação por um reajuste de 20% nos salários dos servidores municipais.

Leia a matéria no site do jornal Imprensa Livre. Clique aqui.

Twitter
Imagem
Clique e saiba mais

Opinião

A falta de apelo e a apelação

Editorial do Estadão
Com a inestimável contribuição do presidente do PSDB, o senador pernambucano Sérgio Guerra, o presidente Lula e a sua criatura eleitoral, a ministra Dilma Rousseff, deram esta semana a largada para o festival de capoeira política com que pretendem suprir as carências aparentemente insanáveis da candidata em se afirmar como presidenciável dotada de luz própria. No primeiro comício do ano, travestido de ação administrativa - a inauguração de uma barragem no empobrecido Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais -, a ministra acionou o seu conhecido temperamento agreste para instalar no coração do eleitorado o medo de que uma eventual vitória da oposição abra as portas para o desmanche dos programas sociais de Lula.

O pretexto para a investida foi uma entrevista do senador Guerra. Nela, com a sutileza de um helicóptero americano pousando diante do semidestruído palácio do governo do Haiti, Guerra anunciou que os tucanos acabarão com o Programa …
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 23 / 01 / 2010

Folha de São Paulo
"Exame de SP reprova 40% dos docentes temporários"

48% do total de candidatos não atingiu meta; Estado chamará reprovados

Exame do governo reprovou 40% dos professores temporários da rede estadual paulista. Dos 182 mil candidatos – incluindo os que ainda não dão aulas –, 48% erraram mais da metade das questões da prova. A prova para seleção de temporários foi adotada em 2009 pelo Estado; antes, eram considerados tempo de trabalho e diplomas. Ao adotá-la, o governo disse que quem não atingisse a nota mínima não lecionaria. Diante do resultado, porém, a Secretaria de Educação informou que poderá atribuir aulas a professores reprovados. “A nossa prioridade é garantir aulas aos alunos”, afirmou o secretário Paulo Renato Souza. Ainda não se sabe quantos reprovados lecionarão, pois a distribuição de aulas não começou – primeiro se escolhem os concursados. No final de 2009, a rede de SP tinha 130 mil concursados e 80 mil temporários.

O Estado de…
Imagem

Primórdios

Lufthansa TO-1: o primeiro voo transoceânico regular do mundo

Cultura Aeronáutica (original aqui)
A empresa aérea alemã Lufthansa foi a pioneira dos vôos regulares transoceânicos e, ao contrário do que poderia se supor, tal linha não ligava a Europa à America do Norte, mas sim à América do Sul.
Imagem
O primeiro desses voos foi denominado TO-1 (TO de Transoceânico). A execução desse fantástico voo começou no aeroporto de Stuttgart, na Alemanha, em 03 de fevereiro de 1934. com destino a Buenos Aires, Argentina, cobrindo uma distância de 7.172 NM (13.283 Km) em 66 horas e 12 minutos, com escalas em Barcelona e Sevilha, na Espanha, Vila Cisneros no Sahara Ocidental, Bathurst, na Gâmbia Inglesa, Natal, Recife, Salvador, Caravelas, Rio de Janeiro, Santos, Florianópolis, Porto Alegre e Rio Grande no Brasil, e Montevideo, Uruguai.

Na primeira fase do voo, foi utilizado um monomotor Heinkel He-70 Blitz (relâmpago), o mais veloz da época (200 Knots), carregado com 37,21 Kg de correspondência e comandada por Robert Untucht, acessorado pelo rádio-operador Karl Kirchhoff. Tinha por destino Sevilha, com escala em Barcelona.Em Barcelona, a carga postal foi transferida para uma aeronave bimotora Junker Ju-52, matriculada D-2526, com destino a Bathurst, na Gâmbia Britânica, com uma escala para reab…
Imagem
O navio levantou âncoras e partiu para uma viagem noturna a todo vapor até um ponto denominado "Meio do Oceano", lançando o Taifun, comandado por Joachim Blankemburg para uma viagem rumo ao Brasil. A catapulta provocava grande aceleração à aeronave, e era movida por vapor vindo das caldeiras do navio. A decolagem aconteceu ao raiar do dia.
Imagem
A aeronave voou na velocidade média de 120 Knots na travessia oceânica, voando rente às ondas para aproveitar o efeito solo e economizar combustível. Sem piloto automático, o voo foi feito "na mão", o que exigia grande concentração do piloto, ainda mais considerando o fato de ser um voo rasante. O radio-operador Günther Fechner buscava quaiquer sinais de rádio para fazer uma triangulação por radiogoniometria e determinar a posição do avião, enquanto o mecânico de voo Otto Gruschwitz subia a todo momento nas naceles dos dois motores BMW de 680 Hp da aeronave.

O voo transcorreu sem incidentes e foi bastante tranquilo. Após 11 horas de voo, o piloto finalmente avistou o Pico, a montanha mais alta do Arquipélago de Fernando de Noronha. Sobre o arquipélago, circulou e juntou-se a outra aeronave Dornier Wal, D-2069, o Mosun, comandada pelo experiente piloto Rudolf Cramer von Clausbruch, que o acompanharia nos últimos 400 Km da travessia até Natal, onde pousaram na foz do rio Poteng…
Imagem
Após rápido reabastecimento, a aeronave decolou para Santos, onde pousou em frente á praia José Menino. De Santos, foi para Florianópolis, Porto Alegre, Rio Grande, Montevideo e Buenos Aires, onde chegou na noite de 09 de fevereiro de 1934.

Lamentavelmente, tal proeza foi praticamente ignorada pela imprensa e pelas autoridades brasileiras, e nem sequer foi registrada nos anais da Aviação Militar e da Aviação Naval. Entretanto, foi destaque na imprensa sul americana e amplamente divulgado na Argentina.

Os voos se tornaram regulares, a partir de então. Durante uma operação de melhoramento das catapultas do Westphalen, que passou desde então a recolher os hidroaviões no meio do oceano e catapultá-los daquela posição, o Dornier foi substituído pelo dirigível Graf Zeppelin na travessia do Atlântico.

Fonte do texto e das fotos: Dornier Wal Documentation Center (http://www.dornier-wal.com)

Twitter
Imagem

Energia

Eletronuclear afirma que obras de Angra 3 devem começar em fevereiro

Fonte Nuclear(ABEN)
A Eletronuclear pretende iniciar em fevereiro as obras de Angra 3. Para que isso aconteça, falta apenas obter a licença de construção da Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen). Quando a licença for concedida, a empresa começará a etapa de concretagem da laje do edifício do reator, considerada o marco zero das obras da usina, que devem durar 5,5 anos.

Enquanto não recebe o sinal verde, a Eletronuclear está concluindo as etapas preparativas para o início da construção. Isso inclui a impermeabilização do canteiro de obras, a instalação de centrais de concreto e de estação de tratamento de esgoto, além da parte de carpintaria. Esse trabalho foi começado em novembro de 2009, mediante licença parcial concedida pela Cnen.

O assistente da Presidência da Eletronuclear, Leonam dos Santos Guimarães, afirma que a licença de construção está demorando a sair porque o Ministério Público Federal em Angra dos Rei…
Imagem

Viagens

Precisão lusa

Sidney Borges
No aeroporto de Berlim o passageiro proveniente de Lisboa fez sinal para um táxi. Ao colocar a bagagem no porta-malas o taxista notou a procedência.

Começou a falar português. Eram patrícios.

Apesar da conterraneidade o recém chegado sentou-se no banco de trás e começou a falar com arrogância. Perguntou da cidade e depois do carro.

- Para que serve essa estrela aí na frente?

Referia-se ao logotipo da Mercedes Benz.

O motorista agastado com os maus modos do patrício sapecou:

- É uma mira para acertar velhinhas. Olhe aquela que está a atravessar a avenida. Eu a coloco no meio da estrela, acelero e está feito. Outra velhinha no paraíso. Todas as semanas envio quatro ou cinco. Quer ver?

Entusiasmado o passageiro disse que sim. Ora se quero!

O motorista enquadrou a velhinha, acelerou e, no limite, desviou. Um pouco adiante olhou o retrovisor e viu a velhinha estrebuchando estendida no chão. Sem saber o que fazer brecou cantando os pneus. Ao olhar para trás viu a porta ab…
Imagem

Deu em O Globo

Últimas apostas para vender caças

Franceses, suecos e americanos adotam novas estratégias de convencimento

De Leila Suwwan (original aqui)
Com o fim da avaliação técnica, as três finalistas da concorrência brasileira para a compra de 36 caças que serão usados pela Força Aérea Brasileira (FAB) adotaram neste ano novas estratégias para tentar influenciar a decisão política do governo, que já anunciou sua preferência pelo Rafale, da francesa Dassault. A Boeing, segunda colocada na avaliação da FAB e escolha mais improvável do governo, prometeu incluir a Embraer no desenvolvimento da nova geração dos caças F-18.

Os suecos, que oferecem o Gripen NG da Saab e contam com a preferência da Aeronáutica, mantêm contatos com empresas brasileiras e enviarão seu chanceler ao país em fevereiro.

Os franceses, mais discretos, preferem os contatos diretos entre governos, mas começam a reagir à onda de críticas quanto ao preço de seu caça, único problema que ameaça sua vantagem aos olhos do governo.

O valor u…
Imagem

Coluna do Celsinho

Carrapatos

Celso de Almeida Jr.
Há uma história de três décadas atrás, reproduzida no site de nosso colégio, que eu sempre repito, quando posso.

Trata-se de uma menção especial à professora Itacy Cardoso Malta Ferreira, supervisora de ensino da Secretaria de Estado da Educação, que nos orientou na organização física e documental, não criando dificuldades para o funcionamento da escola, apesar da pouca estrutura material e financeira que dispúnhamos naqueles tempos.

Funcionária Pública sensível e responsável, a supervisora Itacy permitiu as atividades num espaço adaptado, concedendo os necessários prazos para os ajustes, em função do que a lei determinava.

Discreta e generosa não nos expôs a desgastes públicos.

Ao confiar em nossos propósitos, mesmo sabendo das nossas limitações, agiu como uma mãe paciente e amorosa, tornando segura a “infância” de nossa escola.

Qual teria sido o nosso destino sem a visão de futuro de dona Itacy?

Pois é...

Eram outros tempos.

Hoje, nesta coluna que adoro escrev…
Imagem
Clique e saiba mais

Opinião

A cada minuto, 12 hectares áridos

Washington Novaes
O alarido em torno do "fracasso de Copenhague", na reunião da Convenção do Clima, impediu que a comunicação desse destaque a algumas discussões ali ocorridas, entre elas as que se referiam ao tema da desertificação e suas relações com mudanças climáticas (uma das causas centrais da desertificação progressiva no mundo, onde esse processo avança à razão de mais de 60 mil km2 por ano, 12 hectares por minuto). É pena.

Ainda na nona reunião da Convenção da ONU sobre Luta contra a Desertificação, realizada em Buenos Aires, no final de setembro e começo de outubro, ficou claro que a situação continua a agravar-se. Só para focar mais perto de casa, foi dito ali que a América Latina e o Caribe já têm 25% de terras áridas, semiáridas e subúmidas secas. E destas, 75% com sérios problemas de degradação por causa do clima e do mau uso. Argentina, México e Paraguai são os países com mais problemas. Mas o Brasil tem mais de 1 milhão de km2 e…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 22 / 01 / 2010

Folha de São Paulo
"Chuva mata 9 e deixa SP ilhada"

Alagamento atinge todas as regiões da capital paulista; Kassab culpa excesso de chuva e diz que investiu em obras

As chuvas da madrugada na Grande SP causaram a repetição das enchentes de 44 dias atrás, com estragos similares: nove mortos - foram oito no dia 8 de dezembro - e 112 áreas alagadas. Houve alagamentos em todas as regiões da capital, que ficou praticamente isolada de manhã. Os rios Tietê e Pinheiros transbordaram, parando marginais e vias de acesso à cidade. A previsão é de chuva forte até sábado.

O Estado de São Paulo
"Chuvas matam mais 8 pessoas na Grande SP"

Em todo o Estado, já são 58 mortes desde o início de dezembro; de 1º de janeiro até agora, choveu na capital 32,5% a mais que a média histórica

Oito pessoas morreram na capital paulista e nas cidades de Mauá, Ribeirão Pires e Santo André em nove horas de chuva forte, que começou ainda na madrugada de ontem. Há uma pessoa desap…
Imagem
Clique sobre a imagem e saiba mais

Cinema

O único e verdadeiro motivo do tropeço de "Lula"

Astolpho Óculos (original aqui)
No meio de tantas explicações estratégicas para o fracasso, até agora, de Lula, o Filho do Brasil, é curioso que ninguém ainda tenha mostrado a cara para mencionar aquele que é o único verdadeiro motivo pelo qual o filme se arrasta: é ruim para burro. No limite do constrangedor. Mal escrito, mal dirigido, mal produzido, mal finalizado. Quando o filme é ruim, não adianta: pode fazer o marketing que for, a estratégia que for, vai quebrar a cara.

Fui ver no fim de semana da estréia e quase saí no meio, de tão insuportavelmente ruim. Saí dizendo: não vai fazer nem um milhão. O fato é que o filme tem vários problemas, técnicos mesmo. A personagem da mãe quase não tem ação, quase não tem uma boa cena (no sentido de que uma cena é um personagem protagonizando uma ação). Fora dar o ombro para Lula e soltar frases de efeito, ela faz muito pouco (só me lembro do momento em que decide sair do Nordeste e, dep…
Imagem

Aviação

Curiosidades

Cultura Aeronáutica (original aqui)
A empresa aérea REAL, que operou entre 1945 e 1961, chegou a ter um frota de 117 aviões, dentre eles 86 Douglas DC-3/C-47 e 12 Convair, seis CV-340 e seis CV-440. Tais números a colocaram em 7° lugar no ranking da IATA em relação ao tamanho da frota, a mais alta posição já ocupada por uma empresa aérea brasileira.
Imagem
Ao contrário do que foi divulgado pela Varig, que se dizia pioneira da rota para o Japão, a primeira empresa aérea brasileira a voar para aquele país foi a REAL, em 1960, utilizando aeronaves Lockheed L-1049H Super Constellation. Acima, o Constellation da REAL no Aeroporto de Haneda, Tokyo, em julho de 1960.

Na época do projeto do Concorde, os fabricantes já dominavam a tecnologia para a fabricação de aeronaves capazes de atingir Mach 3, três vezes a velocidade do som. Entretando, optou-se por contruir o Concorde limitado a pouco mais de Mach 2, pois o voo acima dessa velocidade exigiria materiais caros para a estrutura e revestimento, como o titânio, devido ao aquecimento provocado pela compressibilidade e pelo atrito. Tal custo tornaria o avião economicamente inviável. Consequentemente, o Concorde foi construído em alumínio, mas ficou limitado em velocidade. Apesar desse cuidado, o Concorde nunca chegou a ser economicamente viável.
Imagem
O Boeing 737-200 ganhou do público o apelido carinhoso de "Brega", ou "Breguinha" devido a uma novela da Rede Globo que passava na época da introdução do modelo 737-300 no Brasil, chamada "Brega e Chique". O 737-300, mais moderno, ganhou o apelido (que não pegou) de "Chique", e os velhos 737-200 (foto abaixo) ficaram sendo os "Bregas".
Imagem
Nos primeiros tempos da VARIG, não existiam comissários de voo, mas os co-pilotos era encarregados de distribuir o serviço de bordo, que consistia em generosos chumaços de algodão para colocar nos ouvidos (os motores deviam ser algo barulhentos...) e chicletes, para facilitar o equilibrio de pressão nos tímpanos. Nas aeronaves atuais, o algodão tornou-se desnecessário, mas a TAM, por exemplo, ainda hoje distribui balas antes da decolagem com a mesma intenção dos chicletes da VARIG.

O primeiro aeroporto da cidade de São Paulo foi o Campo de Marte, cujas operações foram iniciadas em 1920. A VASP operava voos a partir de Marte até uma cheia do Rio Tietê, em 1936, fechar o aeroporto por vários meses. A empresa, para manter suas operações, resolveu ampliar um campo de pouso situado em uma antiga fazenda do Visconde de Congonhas do Campo, Lucas Antônio Monteiro de Barros, primeiro governante da Província de São Paulo no Brasil Imperial. Hoje o Aeroporto de Congonhas (foto abaixo) é o mais mo…
Imagem
Imagem

Fenômenos elétricos...

Notícias e Raios

Sidney Borges
Depois de dar uma passada d'olhos pelos jornais cheguei à conclusão que poderiam ser menores. A maior parte do que é publicado não tem importância. Dilma fez um bom discurso. Dilma mentiu no discurso. Dilma cortou os cabelos. E por aí vai.

Na seção de esportes elegeram o melhor time do mundo. Não há como medir o que não é mensurável, cronistas esportivos não entendem que futebol é uma caixinha de surpresas. Definitivamente, qualidade futebolística não é grandeza.

Janeiro já vai longe, em breve teremos carnaval e depois Páscoa. Antes do domingo dos coelhos de chocolate tem o domingo de ramos que nos velhos tempos enchia as igrejas de velhinhas felizes portando ramos de palmas. Nas casas cristãs era costume queimar palmas bentas em dia de tempestade.

Proteção divina, pára-ráios celestes com a chancela do Vaticano.

Nem todos acreditavam, uma vizinha que lia o Tesouro da Juventude tinha outra estratégia. Sabendo do poder isolante da borracha calçava galochas…

Deu em O Globo

Imagem
Parcerias estratégicas

De Merval Pereira (original aqui)
A disparidade de preços do Rafale francês em licitações em andamento em países como a Índia e os Emirados Árabes está introduzindo uma nova variável na concorrência brasileira para a compra dos caças da FAB, que já estava na berlinda diante da informação de que a Aeronáutica prefere o avião sueco Gripen, por ser o mais barato de todos.

A explicação oficial de que a compra brasileira seria decidida não por critérios de preço, mas sim por adequação a uma estratégia de política externa brasileira, fica abalada pela diferença de preços oferecido pela França ao Brasil e aos outros países.

A Índia está comprando nada menos que 126 aviões pelos mesmos US$ 10 bilhões que o Brasil está pagando por 36, sendo que desses 108 serão produzidos na Hindustan Aeronautics no próprio país, com programa de transferência de tecnologia até onde se sabe igual ao prometido ao Brasil.

Os Emirados Árabes, por sua vez, estão comprando 60 jatos Rafale, num negó…
Imagem

Moda e Ditadura

Por peitos e bundas na São Paulo Fashion Week

Uma blogueira feminista defendendo mais bunda e mais peito? Que ironia!

Maíra Kubík Mano no blog Viva Mulher (original aqui)
Em tempos de discussões inflamadas sobre direitos humanos, não é só o autoritarismo da ditadura militar brasileira que deveria entrar em pauta. Exemplos de violação não faltam nos dias atuais: tráfico de seres humanos, trabalho escravo no campo, extermínios comandados pela PM do Rio de Janeiro e... – por que não? – a São Paulo Fashion Week.

Afinal, as modelos da edição 2010 estão absolutamente esqueléticas. Magras de doer. Só o osso, como se diz por aí.

Mas esse tempo já não tinha passado?

Bem, é verdade que há três ou quatro anos um movimento contra a anorexia e a bulimia ganhou as passarelas de todo o mundo e, de fato, conseguiu reverter essa tendência nada fashion de mulheres cadavéricas. Porém, segundo as agências, isso já é muito “last season”, démodé. De volta, então, ao cemitério!

Se havia alguma preocupação, tanto c…
Imagem
Clique e saiba mais

Opinião

O Bonaparte ausente

Demétrio Magnoli
O "conservadorismo popular" elegeu Fernando Collor em 1989 e derrotou Lula por duas vezes, seguindo o projeto de estabilização econômica de FHC expresso no Plano Real. O lulismo nasceu do encontro entre o "conservadorismo popular" e a figura política na qual os pobres projetam a sua própria imagem. Mas tal encontro derivou da orientação política imprimida por Lula a seu governo. Na Presidência, o ex-metalúrgico promoveu a redução das desigualdades sociais dentro da ordem, capturando o eleitorado mais pobre, que é conservador. O lulismo configurou-se nesse movimento, afastando-se das águas do petismo e articulando, desde o alto, uma representação política para as camadas profundas da sociedade brasileira. O diagnóstico está num artigo do cientista político André Singer, ex-porta-voz de Lula (Raízes sociais e ideológicas do lulismo, revista Novos Estudos, Cebrap, novembro 2009).

Singer explica que o realinhamento não ocorreu antes, m…
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 21 / 01 / 2010

Folha de São Paulo
"Brasil vai dobrar tropas para o Haiti"

Mais 1.300 militares ficarão disponíveis; novo tremor no país, de 6,1 graus, assusta haitianos, mas não faz vítimas

O Brasil vai dobrar o efetivo de militares disponíveis para servir no Haiti, de 1.300 para 2.600. Atendendo à ONU, o governo planejou inicialmente enviar 900 voluntários do Exército e da Marinha que já estiveram no país; depois, o Ministério da Defesa decidiu manter no Brasil uma reserva de 400 militares que poderão ser deslocados a qualquer momento. Não há previsão para o início do reforço de tropas, que deverá ser autorizado pelo Congresso na segunda. O corpo do major Márcio Martins, 36, último militar do país que ainda estava desaparecido, foi achado, o que eleva para 21 o total de brasileiros mortos no tremor.

O Estado de São Paulo
"Brasil tem déficit externo recorde"

Em dezembro, saldo ficou negativo em US$ 5,94 bilhões, pior resultado mensal desde 1947

Com um forte …
Imagem

Estranhices voadoras

Os monstros do Mar Cáspio

Cultura Aeronáutica (original aqui)
Os projetistas aeronáuticos russos sempre se destacaram pela criatividade, e criaram máquinas excepcionais, utilizando soluções que pareceriam impossíveis na prática para os projetistas ocidentais.

Um dos conceitos mais bizarros já criados pelos russos foi o ekranoplano: consistia de uma aeronave (alguns diriam embarcação...) que voava através do efeito solo, a pouca distância da superfície. O conceito em si já era conhecido em teoria, mas os russos o levaram às últimas consequências.

Na década de 1950, o engenheiro russo Alexeyev Evgenievich Rostislav projetou uma máquina que tinha asas bem curtas, que possibilitavam o voo, a uma altura muito baixa, entre 30 cm a 3 metros, no máximo, aproveitando o efeito solo, que cria um verdadeiro "colchão de ar" entre as asas e a superfície. Sua função era voar rente a uma superfície plana (geralmente água), a alta velocidade, tornando muito dificil sua detecção por radar. Vários…
Imagem
As máquinas criadas foram impressionantes, e causaram espanto quando foram descobertas pelo Ocidente. Os satélites americanos detectaram uma dessas aeronaves no Mar Cáspio, em 1971, e os analistas militares do Pentágono não souberam classificar aquela coisa. Era algo diferente de qualquer coisa que já tinham imaginado. Deram-lhe então o nome de "Caspian Sea Monster", o Monstro do Mar Cáspio.

Efetivamente, o Monstro do Mar Cáspio, o ekranoplano KM, construído em 1966, era realmente um monstro: tinha 100 metros de comprimento, 540 toneladas de peso máximo operacional, e 10 motores turbojato. Era gigantesco, 30 metros mais comprido e 170 toneladas mais pesado que um Boeing 747, que nessa época era pouco mais que um rascunho de projeto. Seu "nível" de vôo era 30 cm (1 pé) AGL, e seu teto operacional era 3 metros (10 pés). Podia levar 900 passageiros militares a 500 Km/h. Somente um exemplar do KM foi construído, e o mesmo acidentou-se quando foi atingido por uma forte r…
Imagem
Outra máquina, o A-90 Orlyonok, destinado ao transporte e desembarque de tropas e veículos blindados, com 140 toneladas de peso máximo e autonomia de 2.000 quilômetros, voava a dois metros acima da superfície aquática numa velocidade de até 400Km/h. Foram construídas quatro unidades deste modelo. algumas das quais ainda devem existir. Tinha 58 metros de comprimento. Suas asas, melhor elaboradas, davam um teto operacional de 300 metros à aeronave. Sua designação (Орлёнок) significa "Pequena Águia". Seu último voo conhecido ocorreu em 1993.
Imagem
Outro modelo foi o Lun (Лунь), cujo nome significa "pombo". Desenvolvido inicialmente como transporte, foi adaptado como lançador de mísseis, podendo carregar misseis nucleares. Um único exemplar dessa aeronave de 76 metros foi construído. Sua velocidade máxima dera de 500 Km/h. O Lun ainda está na sua base em Kaspiysk, e pode ser visto no Google Earth, nas coordenadas geográficas 42º 52' 55" N - 047º 39' 24" E.
Imagem
Por fim, o projetista Robert Ludvigovich Bartini construiu, em 1973, uma aeronave, denominada Bartini-Beriev VVA-14. Sua função era interceptar submarinos nucleares, especificamente os transportadores de mísseis estratégicos nucleares Polaris (os submarinos do fim do mundo). O único exemplar construído foi preservado no Museu de Monino, em Moscou, onde pode ser visitado, sem asas e sem motores.
Imagem
Os ekranoplanos tinham alguns problemas graves, como baixa manobrabilidade e instabilidade de voo. Tais problemas poderiam ser resolvidos com tempo (e dinheiro), mas a Rússia, após o fim da União Soviética, entrou em uma grave crise econômica e todos os desenvolvimentos posteriores acabaram cancelados. Os ekranoplanos russos passaram então à História.

Vejam no link um vídeo de 11 minutos, em russo, sobre os ekranoplanos soviéticos: http://www.youtube.com/watch?v=GNudO_hE05Q

Twitter
Imagem

Coca-Cola nem pensar...

Casal anticonsumista vive sem geladeira e TV em SP

MAURÍCIO KANNO colaboração para a Folha Online
Você acha que seria possível viver sem geladeira? E sem televisão? O casal Juliana Morari, 26, e Lúcio Tamino, 27, vive assim. E muito bem, pelo que dizem. Há dois anos, mudaram-se de uma região mais urbana da metrópole de São Paulo para a serra da Cantareira, nos limites do município, onde consomem "somente o necessário".

"Já que procuro sempre comer frutas e legumes frescos e não consumo nada derivado de animais, que estraga fora da geladeira, não preciso dela", explica Juliana, que se identifica como pesquisadora de dança. Ela planeja no máximo experimentar um sistema africano de refrigeração com vasos de cerâmica.
Leia mais

Nota do Editor - Casal simpático, ele artista plástico, ela pesquisadora de dança. Me fez lembrar da música: "meu pai era surfista profissional, minha mãe fazia mapa astral, que legal". Gostei do sistema africano de refrigeração com vasos…