Postagens

Mostrando postagens de Abril 21, 2013
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A vez dos bombeiros

O Estado de S.Paulo
O primeiro passo para resolver um problema é reconhecer que ele existe. O problema da hora, no País, é a súbita mutação das tensões entre o Legislativo e a mais alta instância do Judiciário, o Supremo Tribunal Federal (STF), em confronto aberto. Essas tensões, diga-se desde logo, são próprias do relacionamento entre os Poderes de Estado em configurações institucionais como a da democracia brasileira. Mas o que se passou em Brasília entre quarta e quinta-feira foi além do que a República pode aceitar como parte da ordem lógica das coisas. Compreende-se que, movidos pela melhor das intenções, alguns ministros do STF tenham tentado negar o óbvio: a irrupção de uma crise estridente sem paralelo entre nós ao menos no último quarto de século - nem quando, em 1994, a Suprema Corte absolveu um presidente destituído por corrupção, dois anos antes, pelo Congresso Nacional.

O ministro Dias Toffoli, por exemplo, numa ida à Câmara dos Deputados para participar …
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 27 / 04 / 2013

O Globo
"Construtor confirma propina no Minha Casa Minha Vida"

Pequenos empresários pagaram de 10% a 32% do valor do imóvel

Pedágio inviabilizou em alguns casos a construção de moradias populares. Uma empresa relata ter repassado mais de R$ 500 mil à RCA, firma de ex-servidores do Ministério das Cidades investigada por fraudes no programa. Pequenos construtores contratados para fazer moradias populares em municípios com menos de 50 mil habitantes relataram ao GLOBO que, para participar do Minha Casa Minha Vida, precisavam pagar propinas que variavam de 10% a 32% do valor do imóvel. Segundo a denúncia, os pagamentos eram negociados por Daniel Nolasco, ex-diretor de Produção Habitacional do Ministério das Cidades e filiado ao PCdoB. Ele é sócio da RCA, investigada por montar um esquema de fachada para fraudar o programa federal. A empresa afirma que não exigia pagamento e que apenas "em casos pontuais" as construtoras precisaram contratar assistênc…

Homenagem ao grande arquiteto ubatubense

Imagem
Dom Abelha!

Coluna do Celsinho

Missa inaugural

Celso de Almeida Jr.

Foi o frei Henrique de Coimbra que, em 1500, celebrou a primeira Missa no Brasil.

Era, como hoje, um 26 de abril, mas domingo.

Numa pintura de 1860, Victor Meirelles retratou o feito, criando um ícone.

Em seu quadro, no entorno da cruz, portugueses e índios assistem ao culto.

Quais pensamentos nutriam aqueles nativos durante a celebração?

Poderiam imaginar a revolução que aquela cultura causaria em suas vidas?

Algum instinto misterioso teria invadido os mais atentos, sinalizando o drama que viveriam a partir de então?

Concorrência desleal.

Não deu pé para o Pajé...

Visite: www.letrasdocelso.blogspot.com

Twitter
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Queima do lixo a galope, apesar da lógica e da lei

Washington Novaes
Vai e volta sem chegar a consenso a discussão sobre o destino do lixo, dos resíduos sólidos e orgânicos, tantos são os interesses envolvidos. Neste momento, o centro do debate está em torno da decisão ou intenção de alguns municípios paulistas, principalmente da Região Metropolitana de São Paulo - Mogi das Cruzes, Barueri, São Bernardo do Campo -, de partir para projetos de incineração de resíduos.

Barueri, por exemplo, que hoje leva seu lixo para 30 quilômetros de distância, vai aplicar R$ 160 milhões na instalação de uma usina que incinerará, a uma temperatura de 800 graus, 90% dos resíduos, a um custo de R$ 44,6 milhões anuais (Folha de S.Paulo, 6/4). Mogi das Cruzes e outros cinco municípios terão um projeto conjunto para incinerar 500 toneladas diárias. O Conselho do Instituto Pólis, por exemplo, já condenou o projeto, não só por causa dos riscos da incineração (emissão de dioxinas e furanos, cancerígenos, dependen…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 26 / 04 / 2013

O Globo
"Poderes em choque: Confronto entre STF e Congresso se agrava"

Presidentes de Câmara e Senado criticam Judiciário, que reclama de ataque do Legislativo

Preocupado com a crise, Palácio do Planalto age como bombeiro. Vice-presidente Michel Temer recomenda que Renan Calheiros e Henrique Eduardo Alves reabram diálogo com ministros do Supremo Tribunal Federal. O clima de guerra entre Legislativo e Judiciário se acirrou ontem, um dia após a CCJ da Câmara aprovar emenda que submete decisões do Supremo ao Congresso, e o ministro Gilmar Mendes, do STF, conceder liminar paralisando a tramitação do projeto que impõe barreiras à criação de novos partidos. Renan Calheiros, presidente do Senado, e Henrique Eduardo Alves, presidente da Câmara, deram declarações se queixando da intromissão do Judiciário no Congresso. Gilmar Mendes e outros ministros condenaram o ataque ao princípio da independência dos poderes.


O Estado de São Paulo
"Senado reage e classif…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Concentração do ensino privado

O Estado de S.Paulo
Três anos depois da aquisição do Grupo Anglo pela Abril Educação e do Sistema Educacional Brasileiro pela Pearson Education e dois anos depois da compra da Universidade Bandeirante de São Paulo (Uniban) pela Anhanguera Educacional, os dois maiores grupos empresariais do setor educacional no Brasil - o Kroton e a Anhanguera - anunciaram a fusão de suas operações.

A Kroton é controlada pelo fundo Advent e a Anhanguera, pelo fundo Pátria. Com quase 1 milhão de alunos e uma receita bruta de R$ 4,3 bilhões, a empresa resultante dessa transação, a mais vultosa do setor educacional, terá 15% de todos os alunos de ensino superior do País. Nos meios empresariais, o novo conglomerado já é considerado a maior instituição educacional do mundo, com um valor de mercado estimado em R$ 12 bilhões - valor que representa o dobro da segunda colocada, o grupo chinês New Oriental.

Para ser concretizada, a fusão da Anhanguera com a Kroton terá de ser aprovada …
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 25 / 04 / 2013

O Globo
"Câmara dá 1º passo para tentar tirar poder do STF"

CCJ aprova emenda apoiada por mensaleiros que transfere ao Congresso atribuições do Supremo

Autor do projeto, deputado do PT fez ataques a Barbosa e diz achar julgamento do mensalão conspiração contra petistas. Com a presença dos deputados petistas José Genoino e João Paulo Cunha, condenados no processo do mensalão, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara — composta também pelo deputado Paulo Maluf — aprovou emenda à Constituição que submete ao Congresso decisões do Supremo Tribunal Federal. O autor é o petista Nazareno Fonteles (PI), que, durante o julgamento do mensalão, foi à tribuna fazer duras críticas ao ministro Joaquim Barbosa. A oposição entrará com mandado de segurança contra a emenda. No STF, liminar do ministro Gilmar Mendes suspendeu a tramitação do projeto que impõe barreiras à criação de novos partidos.


O Estado de São Paulo
"Aécio defende mandato de 5 anos e fim da …
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Pelo futuro da Embrapa

O Estado de S.Paulo
Criada há 40 anos com a missão de gerar tecnologias para modernizar a agricultura brasileira, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) teve papel decisivo nas imensas transformações pelas quais passou o setor. As inovações tecnológicas produzidas por seus pesquisadores foram fundamentais para aumentar e diversificar as exportações, reduzir o preço dos alimentos e impulsionar o crescimento da indústria brasileira.

Os benefícios para os moradores das cidades foram enormes. Em 40 anos, a safra de grãos no Brasil quadruplicou e o preço da cesta básica caiu pela metade. A agricultura brasileira produz, por ano, o suficiente para alimentar mais de 1 bilhão de pessoas e gera excedentes que, exportados, ajudam a manter o saldo comercial do País, mesmo em anos de baixo crescimento, como 2012. O faturamento anual da indústria associada à agricultura ultrapassa R$ 500 bilhões.

A Embrapa é também reconhecida pela gestão eficiente de seus recur…
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 24 / 04 / 2013

O Globo
"Governo incentiva álcool para segurar inflação"

Pacote desonera produção nas usinas e eleva parcela do etanol na gasolina

De acordo com analistas, as medidas beneficiam diretamente a Petrobras, que poderá importar menos combustível. O alívio no caixa da estatal vai reduzir a pressão por novos reajustes. O governo lançou ontem um pacote de incentivos de R$ 8,4 bilhões aos setores de etanol e químico. No caso do álcool, o objetivo, segundo o ministro da Fazenda, Guido Mantega, é aumentar a produção e a oferta do combustível no país, além de incentivar o investimento nas usinas. Para especialistas, o governo tenta ajudar a Petrobras para segurar a já elevada inflação com as medidas anunciadas. Isso porque as ações incluem, além da desoneração do PIS/Cofins e da liberação de linhas de crédito com juros reduzidos, o aumento de 20% para 25% da mistura de álcool na gasolina a partir de 1º de maio. Assim, a Petrobras vai importar menos combustível, …

Georges Seurat

Imagem

Colunistas

EUA: dez anos apagando o Iraque – volume 2

Concluindo sua análise sobre a invasão norte-americana, a partir do pensamento de Naomi Klein, Márcia Denser mostra como o Iraque foi vítima de um golpe ideológico ao avesso

Márcia Denser
Na seqüência do tema, segundo Naomi Klein[1], para os estrategistas da invasão do Iraque em 2003, a resposta à pergunta sobre “onde enfiar as agulhas” (onde bombardear) parece ter sido: em todos.

Em 1991, durante a Guerra do Golfo, cerca de 300 mísseis Tomahawk foram lançados em cinco semanas, mas em 2003 no Iraque foram despejados mais de 380 em um único dia! Entre 20 de março e 2 de maio – as semanas dos “principais combates” (parece piada), as forças armadas americanas lançaram mais de 30 mil bombas, 20 mil mísseis teleguiados – 67% do número total jamais alcançado.

Outro elemento do manual de Choque e Pavor é sua consciência acurada da guerra como um espetáculo do noticiário televisivo, colocado no ar para o mundo todo, pois “quando as filmagens desses ataque…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A volta dos colorados

O Estado de S.Paulo
Mesmo para os notórios padrões locais de política e negócios, o novo presidente do Paraguai, Horacio Cartes, eleito domingo para tomar posse em agosto, é uma figura, digamos, especial. Aos 56 anos, nunca antes tinha votado. Apenas em 2009 filiou-se à Associação Nacional Republicana, mais conhecida como Partido Colorado. Pelo estatuto da principal legenda oligárquica do país (a outra é a do Partido Liberal Radical Autêntico), ele só poderia se candidatar ao governo passados 10 anos de sua inscrição. A cláusula foi oportunamente removida em 2011.

Multimilionário, dono do Libertad, que na década passada ganhou sete vezes o campeonato paraguaio de futebol, Cartes é proprietário de um conglomerado de 26 empresas, em geral concentradas na área de fronteira com o Brasil. Entre elas se destaca a cigarreira Tabesa, que fatura, segundo ele, cerca de US$ 60 milhões por ano. A congênere brasileira Souza Cruz a acusa de contrabandear para o País o equivalente…
Imagem

Opinião

Terça-feira, 23 / 04 / 2013

O Globo
"Desserviço público: Postos de saúde do Rio ‘enforcam’ no feriadão"

População não é atendida apesar de epidemia de dengue e campanha de vacinação

Sem plantão devido ao ponto facultativo da prefeitura, Unidades de Pronto Atendimento e hospitais enfrentam filas gigantes e demora no atendimento de doentes por toda a cidade. Em plena campanha nacional de vacinação contra a gripe, que começou no dia 15 e termina na próxima sexta-feira, e diante de uma epidemia de dengue que já fez 12 mortos no Estado do Rio, as clínicas da família e os centros municipais de saúde permaneceram fechados ontem. Devido ao feriado de São Jorge, comemorado hoje, o prefeito Eduardo Paes decretou ponto facultativo no serviço público. Sem plantão, as unidades de saúde não abriram, sobrecarregando hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), onde as filas se agigantaram e provocaram revolta nos doentes.


O Estado de São Paulo
"Condenados do mensalão podem ter novo ju…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Autossuficiência mais distante

O Estado de S.Paulo
Sete anos depois de o ex-presidente Lula ter anunciado com estardalhaço a autossuficiência do Brasil em petróleo, o País precisa importar combustível para suprir a demanda interna. Por causa da gestão que o governo do PT impôs à Petrobrás, a autossuficiência durou pouco e sua reconquista demorará. Como admite a empresa, ela só será novamente alcançada em 2020, em termos plenos (incluindo derivados).

Como outros grandes atos do governo petista, a autossuficiência anunciada por Lula - com as mãos sujas de óleo, imitando o gesto com que, décadas antes, Getúlio Vargas comemorara a descoberta do primeiro poço da Petrobrás - no dia 21 de abril de 2006, na inauguração da Plataforma P-50, a 120 quilômetros do litoral fluminense, foi tema de intensa campanha publicitária. "Quando a Petrobrás foi criada, muitos não acreditavam que fosse viável", disse, em comunicado, o então presidente da empresa, José Sérgio Gabrielli. "O fato é qu…
Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 22 / 04 / 2013

O Globo
"Julgamento do massacre – Carandiru: Condenados podem ficar impunes"

Especialistas temem que excesso de recursos deixe penas sem eficácia

Dos 26 policiais julgados, 23 receberam sentenças de 156 anos de prisão. Os 23 PMs condenados pela morte de 13 dos 111 detentos do Massacre do Carandiru poderão levar anos para serem presos, o que, para alguns analistas, reforça a sensação de impunidade. A decisão foi “dura, mas sem eficácia”, resumiu o diretor-adjunto da ONG Conectas, Marcus Fuchs. “Só para chegar ao Supremo, esse caso levará dez anos”, diz ele. Professor de Direito da FGV, Thiago Bottino explicou que, se o recurso apresentado pela defesa anular o julgamento, a demora para a realização de um novo júri pode levar até à prescrição dos crimes. O criminalista Augusto Botelho diz que casos em que réus estão em liberdade não são prioritários para instâncias superiores.


O Estado de São Paulo
"BNDES abandona política de apoio a ‘campeãs nacion…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Dilmês castiço

O Estado de S.Paulo
Já se tornou proverbial a dificuldade que a presidente Dilma Rousseff tem de concatenar ideias, vírgulas e concordâncias quando discursa de improviso. No entanto, diante da paralisia do Brasil e da desastrada condução da política econômica, o que antes causaria somente riso e seria perdoável agora começa a preocupar. O despreparo da presidente da República, que se manifesta com frases estabanadas e raciocínio tortuoso, indica tempos muito difíceis pela frente, pois é principalmente dela que se esperam a inteligência e a habilidade para enfrentar o atual momento do País.

No mais recente atentado à lógica, à história e à língua pátria, ocorrido no último dia 16/4, Dilma comentava o que seu governo pretende fazer em relação à inflação e, lá pelas tantas, disparou: "E eu quero adentrar pela questão da inflação e dizer a vocês que a inflação foi uma conquista desses dez últimos anos do governo do presidente Lula e do meu governo". Na ânsia de, mais…
Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 21 / 04 / 2013

O Globo
"Caos logístico faz Brasil perder R$ 6,6 bi na soja"

Rodovias, armazéns e portos também causam prejuízo de R$ 1,4 bi no milho

Gastos com pneus e manutenção chegam a 15% do frete, contra 3% da média mundial. Com estradas federais esburacadas, falta de armazéns e burocracia nos portos, o Brasil sofre prejuízo de R$ 6,6 bilhões por ano nas exportações de soja, segundo especialistas. A infraestrutura precária faz com que 15% do frete da soja sejam gastos com pneus e manutenção, muito acima da média mundial de 3%, informam Henrique Gomes Batista e Danielle Nogueira. Durante três dias, repórteres do GLOBO percorreram 2.450km, de Mato Grosso a Paranaguá (PR), e constataram o caos logístico. O mesmo ocorre com a safra de milho, que terá perdas de R$ 1,4 bilhão, totalizando R$ 8 bilhões em prejuízos paira o país.


O Estado de São Paulo
"Ataque amplia pressão para tratar acusado como terrorista"

Congressistas e militares querem que suspeito de atentad…