Postagens

Mostrando postagens de Agosto 26, 2012

Ave!

Imagem

Colunistas

O capitalismo de vudu e o segurancês

“Em segurancês, democracia é um regime onde as pessoas escolhem entre candidatos aparentemente mui diferentes, mas que, na realidade, são farinha do mesmo saco”

Márcia Denser
Um artigo (ótimo e dum cinismo encantador) repassado pelo coletivo Vila Vudu (com o perdão do inevitável trocadilho do título), assinado por Kevin Carson em Counterpunch diz que, em tempos de falsos cognatos (sem contar a crise epistemológica, aliás parte da tal batalha discursiva neo-pós-conservadora que assola o planeta), surge, impertérrito, o segurancês – um neologismo que, diga-se, não só não segura porra nenhuma, como tampouco se sustenta.

Quem lê os pronunciamentos da comunidade de “segurança nacional” dos EUA é sempre assaltado por uma dúvida que não quer calar: será que estão falando do mundo todo (including us, do Third World), ou do outro (The First) – o mundo deles?

A coisa só começa a fazer sentido quando se assume que o “Estado de Vigilância e Controle” – chamado cons…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

O STF aperta o cerco

O Estado de S.Paulo
Muito mais do que confirmar a condenação do ex-presidente da Câmara dos Deputados João Paulo Cunha e de seus cúmplices, na Ação Penal 470, o voto do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Carlos Ayres Britto, prolatado na última quinta-feira, escancarou a trama urdida no Parlamento e fora dele pelo PT e aliados para proteger seus membros que estão sentados no banco dos réus no julgamento desse que, a cada dia que passa, se confirma como o maior escândalo de corrupção da história da política brasileira. Para Ayres Britto, a emenda introduzida na Lei 12.232/2010, que regula a contratação de serviços de publicidade por órgãos públicos, na qual está baseada a argumentação de defesa dos acusados de se terem apropriado indevidamente, em contrato com o Banco do Brasil, da chamada "bonificação de volume", foi "preparada intencionalmente, maquinadamente" em benefício dos acusados da Ação Penal 470, constituindo-se em &q…
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 01 / 09 / 2012

Folha de São Paulo
"Brasil tem o maior ciclo de PIB fraco desde o Plano Real"

Há oito trimestres país não supera crescimento de 1%; resultado ruim da indústria trava retomada econômica

Apesar da série de medidas de estímulos adotadas pelo governo, a economia brasileira teve fraca reação e cresceu apenas 0,4% no segundo trimestre na comparação com os três meses anteriores, segundo 0 IBGE. O país vive o mais longo ciclo de baixo crescimento desde o Plano Real. São oito trimestres em que a expansão do PIB não supera 1%.

O Estado de São Paulo "Investimento tem 4ª queda seguida e PIB cresce só 0,4%"

Apesar da redução dos juros e de pacotes de estímulo, economia avança pouco; governo diz que números vão melhorar

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, divulgado pelo IBGE, voltou a decepcionar no segundo trimestre e cresceu somente 0,4% (1,6% em termos anualizados), comparado ao trimestre anterior. O resultado ocorreu mesmo com a redução dos juros e as di…

Voto nele!

Imagem

Coluna do Celsinho

Setembro

Celso de Almeida Jr.
Agosto está partindo.

Entraremos, finalmente, no mês mais quente, no quesito eleição.

Depois, em outubro, uma semaninha apenas mobilizará nossas atenções.

Vencida esta fase, a paz ubatubense voltará.

Os cumprimentos intensos cessarão.

Não haverá tantos sorrisos.

Provavelmente, toparemos com caras amarradas.

Beicinhos.

Assim, querido leitor eleitor, aproveite o novo mês.

Desfrute dos tapinhas nas costas.

Ouça os discursos redentores.

Confira os dentes escancarados.

Emocione-se.

Chore, até, pelas palavras de esperança.

Entre no clima.

Passará rápido.

Breve, baterá a saudade.

Tudo bem, mantenha a calma.

Não será o fim dos sonhos.

Em quatro anos, eles voltarão.

Visite: www.letrasdocelso.blogspot.com

Twitter
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

O mensalão e o cavalo de Tolstoi

Fernando Gabeira - O Estado de S.Paulo
Para os formalistas russos, grande parte de nosso cotidiano é vivida de forma inconsciente e automática. A arte é a melhor maneira de acordar dessa hipnose, mostrando-nos que uma pedra é uma pedra. Eles valorizavam táticas de distanciamento, como as de Tolstoi, por exemplo, que analisou as fragilidades humanas a partir da perspectiva de um cavalo. Uma das frases do equino: "A ação dos homens, pelo menos daqueles com quem tive contato, é determinada por palavras, e não por fatos".

Ao avaliar uma viagem de observação pelo processo eleitoral que se inicia, pressenti que tanto as eleições como o julgamento do mensalão são vistos com uma certa distância pelo homem comum. O mais interessante, ao refletir sobre as cidades que visitei em Estados distintos, é constatar também que o júri do mensalão e as eleições são fenômenos independentes.

Dominada pelas alianças e rivalidades municipais, as eleições têm uma dinâmic…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 31 / 08 / 2012

Folha de São Paulo
"João Paulo sofre nova condenação e abandona eleição"

Após decisão do Supremo, petista deixa candidatura em Osasco e pode ter de cumprir pena em regime fechado

Depois de nova condenação no julgamento do mensalão, por lavagem de dinheiro, o deputado João Paulo Cunha (PT) abandonou sua candidatura a prefeito de Osasco (Grande SP). Os ministros do Supremo já haviam considerado o petista culpado por corrupção passiva e peculato (desvio de dinheiro por servidor).

O Estado de São Paulo "Pressionado pelo PT, João Paulo desiste de concorrer em Osasco"

Deputado foi condenado pelo STF no caso do mensalão; vice será o cabeça de chapa

O deputado João Paulo Cunha foi condenado ontem no STF pelo crime de lavagem de dinheiro e, pressionado pelo PT, decidiu comunicar à direção do partido que desistiu da disputa pela prefeitura de Osasco. Na quarta-feira, a maioria dos ministros da Corte já havia condenado o petista por corrupção passiva e pec…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

O réu ausente

Demétrio Magnoli
A tese da quadrilha, emanada da acusação e adotada pelo relator, ministro Joaquim Barbosa, orienta a maioria dos juízes do Supremo Tribunal Federal (STF) no julgamento do caso do mensalão. Metodologicamente, ela se manifesta no ordenamento das deliberações, que agrupa os réus segundo a lógica operacional seguida pela quadrilha. Substantivamente, transparece no conteúdo dos votos dos ministros, que estabelecem relações funcionais entre réus situados em posições distintas no esquema de divisão do trabalho da quadrilha. As exceções evidentes circunscrevem-se ao revisor, Ricardo Lewandowski, e a José Antônio Dias Toffoli, um ex-advogado do PT que, à época, negou a existência do mensalão, mas agora não se declarou impedido de participar do julgamento. O primeiro condenou os operadores financeiros, mas indicou uma inabalável disposição de absolver todo o núcleo político do sistema criminoso. O segundo é um homem com uma missão.

O relatório de "contraponto&qu…
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 30 / 08 / 2012

Folha de São Paulo
"STF condena petista por corrupção"

Candidato a prefeito, João Paulo Cunha é o primeiro político culpado no mensalão; ministro propõe 6 anos de prisão

Por oito votos a dois, os ministros do Supremo Tribunal Federal condenaram o primeiro político envolvido no escândalo do mensalão. O deputado João Paulo Cunha (PT-SP), um dos principais nomes do primeiro governo Lula, quando se elegeu presidente da Câmara dos Deputados, foi condenado por corrupção passiva e peculato (desvio de dinheiro por servidor público).

O Estado de São Paulo "Maioria do Supremo condena João Paulo por corrupção passiva"

Peluso, que se aposenta, antecipou penas e diz que petista deve perder mandato

O deputado João Paulo Cunha (PT), candidato à prefeitura de Osasco, foi condenado por 8 dos 11 ministros do STF por corrupção passiva e peculato no mensalão. Dois absolveram. Hoje, o presidente Carlos Ayres Britto deve dar o último voto. O ministro Cezar Peluso, q…

Ubatuba em foco

Imagem
Convite à solidariedade

Zé Ronaldo
Há alguns anos, na “Escola Deolindo”, uma mulher franzina, mas de muita disposição, foi nos apresentar a SAPOUBA.

A SAPOUBA (Sociedade de Apoio a Pacientes Oncológicos de Ubatuba) continua atuante e precisa da sua SOLIDARIEDADE  para continuar num trabalho importante. Neste sentido, a nossa socióloga FERNANDA LIBERAL quer ter o prazer de estar com VOCÊ no SEBO BAMBU para o lançamento de seu livro CONSTRUINDO MEMÓRIAS – Educando a quatro mãos. Sábado, 1 de setembro, entre 16 e 19 horas. O livro será vendido a R$ 20,00, com parte da renda destinada à SAPOUBA.

(Em tempo: aquela mulher da primeira linha era a corajosa Mônica Ciari, uma professora muito justa e amante das causas ambientais. Agora ela se encontra morando na capital paulista. Porém, os seus ideais, dentre eles a SAPOUBA, continuam sendo tocados. E assim as mulheres continuam despontando nas lutas!)

Compareça! Prestigie! Ajude!

Twitter
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Legado do padim Ciço de Garanhuns em jogo

José Nêumanne
A julgar pelas decisões tomadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o mensalão até agora, podem estar sendo desperdiçadas pelos ministros julgadores, pelos advogados de defesa dos 38 réus e também pela sociedade interessada em seu resultado final excelentes oportunidades para aprender e avançar no processo de construção da democracia brasileira. Perdidamente enamorados pelo som de sua voz, os juízes máximos parecem dar mais atenção à própria erudição do que às consequências de seus votos tanto no destino dos acusados quanto no da higidez das instituições republicanas, pela qual deveriam zelar. Isso leva os defensores a reagirem a decisões parciais como se definitivas fossem. E a sociedade vaia ou aplaude como se acompanhasse mudanças do placar de um jogo, atentando para detalhes, e não para o conjunto do processo cujo resultado definirá o futuro de nosso Estado Democrático de Direito.

A verdade é que, apesar da importância del…
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 29 / 08 / 2012

Folha de São Paulo
"Governo prevê cortar 10% da conta de luz doméstica"

Plano federal para 2013 propõe também redução média de 20% à indústria

O plano do governo de redução do custo de energia elétrica, que deve ser anunciado em setembro, prevê um corte médio de 20% nas contas das indústrias e de 10% nas dos consumidores domésticos, informa Valdo Cruz e Andréia Sadi. O anúncio da medida deve ocorrer após o fechamento do projeto do Orçamento da União, que será enviado ao Congresso. O governo ainda calcula se poderá abrir mão da receita de tributos que seriam cortados para reduzir a tarifa.

O Estado de São Paulo "Líder do PMDB faz lobby para sócio em contrato de R$ 7 bi"

Henrique Eduardo Alves (RN) tenta convencer TCU sobre concessão de rodovia

Líder do PMDB na Câmara e pré-candidato à presidência da Casa, o deputado Henrique Eduardo Alves (RN) faz lobby no Tribunal de Contas da União para que Fernando Aboudib Camargo, seu sócio na TV Cabugi, obt…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Dilma, Lula e a cumbuca

O Estado de S.Paulo
Desde o início do mandato da presidente Dilma Rousseff, setores importantes do PT padecem da nostalgia dos "bons tempos" em que o Grande Chefe distribuía bondades e afagos a mancheias com o duplo objetivo de, por um lado, atender a demandas sociais "como nunca antes na história deste país" e, por outro lado, cooptar os aliados necessários para garantir a perpetuação no poder da nomenklatura petista.

O impasse nas negociações entre governo e sindicatos na atual campanha salarial dos servidores públicos elevou o tom da insatisfação do PT com o comportamento da presidente, que é considerada a principal culpada pelos prejuízos políticos que sua "intransigência" já causa à base sindical do partido.

De acordo com tradicionais lideranças petistas ouvidas pelo diário Valor (27/08), "falta a Dilma sensibilidade e experiência nesse ramo negocial", e essa é a mais "marcante diferença" entre ela e seu antece…
Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 28 / 08 / 2012

Folha de São Paulo
"Maioria do STF condena os primeiros réus do mensalão"

Marcos Valério e ex-diretor do BB são culpados por desvio de recursos; Gushiken é inocentado

Sete anos depois de o então deputado Roberto Jefferson revelar o mensalão em entrevista à Folha, os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) alcançaram ontem maioria para condenar os primeiros réus por envolvimento no esquema. Por 6 votos a 0, os ministros consideraram culpados o ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, o empresário Marcos Valério, acusado de operar o mensalão, e dois ex-sócios dele.

O Estado de São Paulo "STF condena Valério e mais 3"

Réus são os primeiros a ter maioria pela condenação no mensalão; Toffoli votou pela absolvição de João Paulo, mas Rosa Weber e Fux, nomeados por Dilma, julgaram contra; 6 ministros acataram tese de desvio de verba pública

Os primeiros réus do mensalão já estão com o destino praticamente selado pelo STF. E a Corte conclui …

Escolha de risco...

Imagem

Colunistas

Ficções: Caim manda lembranças. De novo

“Não é possível que comparar biquínis e trocar impressões sobre a novela das oito seja a vida, porque neste caso alguém deve estar brincando”

Márcia Denser
“Mas se alguma coisa havia aprendido era
Que a sabedoria nos chega quando já não
Serve para nada”

Gabriel Garcia Marquez

(Mas isto Júlia, uma espécie de Caim feminino, não poderia prever aos trinta e poucos anos, enquanto vagava pelo casarão vazio da família). Afinal, é preciso reconhecer que tenho uma espécie de gênio para passar o fim de semana, pensou Júlia botando gelo no copo. Mas se tinha de beber, por que não no clube em pleno sábado com 38 graus à sombra? Por que novamente cedia à inércia que opunha uma feroz resistência a contatos sócio-esportivos na exasperante certeza de estar adiando indefinidamente a vida (ha, a vida, assim que escrevo sinto nojo, não é possível que comparar biquínis e trocar impressões sobre a novela das oito seja a vida, porque neste caso alguém deve estar brincando),…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Quando o crime compensa

O Estado de S.Paulo
O ex-senador Luiz Estevão, cujo mandato foi cassado em 2000 por seu envolvimento no escândalo do desvio de recursos das obras do prédio do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (TRT-SP) e que pelo mesmo crime já foi condenado em várias instâncias da Justiça, está comemorando o acordo feito esta semana com a Advocacia-Geral da União (AGU) para devolver aos cofres públicos - com módica entrada de R$ 80 milhões e 96 suaves prestações mensais de R$ 4 milhões, com correção pela taxa Selic - uma parte do dinheiro no qual meteu a mão com a ajuda de alguns cúmplices, inclusive o famoso juiz Lalau - o único que está preso. No total, o Grupo OK, de Estevão, desembolsará R$ 468 milhões que, anunciados com estardalhaço pela AGU como o ressarcimento de "maior valor em casos de corrupção do Brasil e talvez do mundo", representam na verdade uma pechincha para o abonado investidor imobiliário do Distrito Federal, porque o desvio de R$ 169 milhõ…
Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 27 / 08 / 2012

Folha de São Paulo
"No maior dos massacres, ditador mata 330 na Síria"

Governo diz que ‘força heroica’ livrou subúrbio de Damasco de terroristas

Ao menos 330 pessoas foram mortas em Daraya (a 7 km de Damasco) no maior massacre em 17 meses de confrontos na Síria. Ativistas dizem que o número de vítimas da milícia ligada a Bashar Assad chega a 600. O ataque começou na terça e acabou no sábado. Muitas das vítimas, algumas delas crianças, foram achadas em casas — 50 estavam numa mesquita.

O Estado de São Paulo "Homicídios caem em São Paulo, após 4 meses de alta"

Queda registrada em julho na capital, que teve 92 homicídios, foi de 24,5% em relação a junho

O número de homicídios registrados em São Paulo caiu depois de quatro meses de aumento da violência na cidade. A queda nos assassinatos em julho é de 24,5% em relação a junho e de 13% em relação a julho de 2011. Dados que serão divulgados hoje pelo governo do Estado mostram que julho teve 92 crime…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Copa: um quadro desolador

O Estado de S.Paulo
Um levantamento da Controladoria-Geral da União sobre a reforma dos portos com vista à Copa do Mundo de 2014 expõe com clareza a incompetência do governo federal em relação aos investimentos de infraestrutura. Segundo o relatório, do orçamento de R$ 898,9 milhões previstos no "PAC da Copa", simplesmente nenhum pagamento foi efetuado. Além disso, como mostra o jornal Valor (23/8), apenas 25% dos recursos teriam sido contratados pelas empresas responsáveis pelos portos. Em meados de 2011, a Secretaria dos Portos imaginava que todas a obras da Copa estariam licitadas e contratadas até o final daquele ano. Estamos em agosto de 2012, a 22 meses da competição, e o quadro é desolador.

A construção e a reforma de portos constam de documento no qual o governo se comprometeu a ampliar a infraestrutura do País para melhorar o serviço para os turistas que vierem assistir à Copa. Não se trata apenas de facilitar o trânsito dos torcedores, mas ta…
Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 26 / 08 / 2012

Folha de São Paulo
"Maioria acha que horário eleitoral deve ser mantido"

Segundo Datafolha, 34% dos eleitores da cidade de São Paulo defendem um novo formato para o programa

O horário eleitoral obrigatório na televisão e no rádio deve ser mantido, na opinião de 64% da população da cidade de São Paulo, segundo pesquisa feita pelo Datafolha. No entanto, 34% dos entrevistados declaram que o formato do programa precisa ser repensado. Entre as mudanças possíveis, cientistas políticos sugerem a utilização do tempo para debates entre os candidatos e o estabelecimento de rodízio de exibição entre as emissoras de rádio e TV. Já outros 32% dos paulistanos sugerem que o horário eleitoral seja extinto. Essa opinião atinge o índice mais alto (43%) entre os que têm renda acima de dez salários mínimos. A pesquisa mostra que 57% dos eleitores declaram que assistirão ao programa, e a maioria diz que o horário eleitoral influenciará na definição de seu voto.

O Estado de São…