Postagens

Mostrando postagens de Junho 7, 2015

Dominique

Imagem

Opinião

A revoada de cartolas

Gabeira
Passei o fim de semana, a trabalho, observando pássaros numa fazenda do interior de São Paulo. Usei o tempo vago para observar também o escândalo da Fifa. Notícias de corrupção explodiram aqui e ali. O inesperado foi a maneira como os dirigentes caíram, num hotel cinco estrelas, à beira do lago. Presos no mesmo lugar, como se prende uma quadrilha organizada. No Brasil, em 2001, houve uma CPI sobre corrupção na CBF. Foi bombardeada pela bancada da bola, deputados ligados à cúpula do esporte.

Nosso nível de tolerância com a corrupção é alto. Convivemos com os cartolas, elegemos alguns deles, mas todos sabem que há algo de errado nesse mundo. Numa certa escala, a sociedade os absorveu como absorve os bicheiros.

Realizada pela polícia suíça em sintonia com o FBI, a operação foi realizada num estilo diferente das que se fazem nos EUA ou no Brasil: prisão discreta, sem algemas, com um mínimo de exposição, cela com condições dignas e nenhuma contemplação com a idade…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sábado 13 / 06 / 2015

O Globo
"Recriação da CPMF divide o governo e o PT"

Ministro da Saúde anuncia que discute volta, mas ministério desmente

Levy descarta, embora parte da equipe econômica veja contribuição com bons olhos

Após dizer que negocia a recriação da CPMF, o ministro Arthur Chioro (Saúde) foi desmentido por nota do próprio ministério, que negou discutir o tema. Já o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, descartou o retorno do chamado imposto do cheque, embora a equipe econômica o veja com bons olhos. O PT também diverge e discute se pedirá a volta da CPMF no texto final do congresso do partido.

Folha de S.Paulo
"Derrotados, professores de SP põem fim à greve"

Após 89 dias, na maior paralisação já feita, categoria fica sem reajuste

Terminou sem aumento de salário para os professores a mais longa greve da rede estadual de ensino de São Paulo. A paralisação durou 89 dias e foi encerrada ontem (12), depois de votação em assembleia da categoria na avenida Paulista.

Os doc…

Embraer Urupema

Imagem

Coluna do Celsinho

Os Fundamentos da Física
Celso de Almeida Jr.
Mais de 3 milhões de acessos. Marca extraordinária. Mérito para os professores Nicolau Gilberto Ferraro e Sidney Borges. São eles os idealizadores e mantenedores do blog Os Fundamentos da Física. Vá lá! Integre os milhões de visitantes. Confira a teoria. Estude o passo a passo dos exercícios resolvidos. O início da jornada foi em 2009. Na abertura, a mensagem direta dos dedicados professores: “Neste blog você vai encontrar questões básicas para ajudá-lo a estudar Física. Não se preocupe em decorar fórmulas. Procure entender os conceitos apresentados.” De lá para cá - comprovam as estatísticas - o número de visitantes aumenta extraordinariamente. Vou confessar... Admirador de Física e Matemática, vez ou outra vou treinar no blog. O conteúdo é bem organizado, extremamente didático. Exercícios básicos; exercícios de revisão, além da “Física Animada” - que ilustra os conceitos – contribuem para tornar Os Fundamentos da Física uma bela ferramenta de aprendizage…

Dominique

Imagem

Opinião

Internet cara e lenta

Estadão
Levantamento realizado pela União Internacional das Telecomunicações (UIT), órgão vinculado à Organização das Nações Unidas (ONU), confirma uma realidade sentida diariamente pelo brasileiro: a internet no País é muito cara. Segundo a UIT, o custo da assinatura mensal de 1GB pela internet no celular no Brasil é de US$ 29,50, e a média entre os países desenvolvidos é de US$ 16,30. E, logicamente, o alto custo da internet no País é um obstáculo a que mais pessoas tenham acesso à rede. Vale lembrar que, no início de 2014, apenas 10% da população brasileira tinha conexão com a internet.

Segundo a UIT, nos últimos 15 anos, o número de usuários de internet passou de 400 milhões para 3,2 bilhões, e 2 bilhões dos atuais usuários estão em países emergentes. Ainda que – como afirma a UIT – esses números mostrem que “as tecnologias da informação e comunicação têm crescido de uma forma sem precedentes, proporcionando grandes oportunidades para o desenvolvimento social e …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira 12 / 06 / 2015

O Globo
"Operação Abafa: Itamaraty propõe burlar lei para proteger Lula'"

Diplomata pede sigilo de documentos públicos sobre petista e a Odebrecht

Servidor reconhece, porém, que os telegramas já poderiam ser divulgados, mas recomenda reavaliação para não atingir o ex-presidente

O Itamaraty tenta impedir a divulgação de documentos públicos sobre a Odebrecht no exterior, produzidos entre 2003 e 2010, argumentando que eles poderiam criar embaraço para o ex-presidente Lula, revelam Catarina Alencastro e Francisco Leali. Memorando de terça-feira passada mostra que o diretor de Comunicações do Ministério das Relações Exteriores, João Pedro Costa, sugeriu que os documentos, solicitados por um repórter da “Época” sejam reclassificados como “secretos” mesmo reconhecendo que, pela lei, já são de “livre acesso público”. O Itamaraty nega ter dado “orientação formal” para proteger Lula.

Folha de S.Paulo
"Dos 12 estádios da Copa, 8 tiveram prejuízo em 2014&quo…

Dominique

Imagem

Opinião

A exaustão do PT

Elio Gaspari
Começa amanhã e vai até dia 14 o 5º Congresso do Partido dos Trabalhadores. Ele junta um cacique, uma dúzia de tendências e três grandes grupos: a turma dos eventos, que poderão ser apreciados no show da cerimônia de instalação do encontro; a turma que se aninhou no aparelho do Estado e pessoas que procuram pensar o que esse partido é ou o que poderá ser. O que foi, ou quis ser, esqueça-se. As três turmas se superpõem, pois todos gostam de eventos, poucos se expressam sem blá-blá-blá e dezenas de milhares aninharam-se. (Um petista que foi levado para a administração da Prefeitura de São Paulo em 1989 e pulou de cargo em cargo já completou 26 anos de carteira assinada.)

O presidente do partido, Rui Falcão, garante que não há crise e mostra um número: o PT tem 1,7 milhão de filiados, só neste ano abrigou 171 mil novos inscritos e há 47 mil pessoas na fila. O significado desses números é indiscutível. A qualidade das adesões é bem outra coisa. Outra estatística…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira 11 / 06 / 2015

O Globo
"Fim da batalha: 'Cala a boca já morreu'"

Em decisão histórica, STF rejeita censura prévia e libera, por unanimidade, biografias não autorizadas. Relatora Cármen Lúcia e demais ministros entenderam que o direito à privacidade não pode restringir liberdade de expressão.

Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou ontem a exigência de autorização para a publicação de biografias. O julgamento foi marcado pela defesa da liberdade de expressão e a condenação à censura prévia. "Cala a boca já morreu, é a Constituição do Brasil que garante", afirmou a ministra relatora Cármen Lúcia. Entre os nove ministros presentes, prevaleceu a tese de que a ampla liberdade de expressão e de pensamento se sobrepõe ao direito à privacidade. "Liberdade de expressão é garantia de democracia", argumentou o ministro Luís Roberto Barroso. Na mesma linha, o decano Celso de Mello destacou que a Constituição brasileira "privil…

Dominique

Imagem

Opinião

Investimento e realismo

Estadão
O capital privado será essencial para os investimentos de R$ 198,4 bilhões em rodovias, ferrovias, portos e aeroportos previstos no programa recém-lançado pela presidente Dilma Rousseff - um passo importante para o País sair do atoleiro e retomar o caminho do crescimento. Se os planos forem tocados com alguma competência, a economia ganhará impulso no próximo ano e - mais importante - poderá avançar com segurança e firmeza por um longo período. Parte do dinheiro para as obras terá de vir do exterior. Para atrair parceiros o governo terá de agir com um pragmatismo raramente exibido nos últimos quatro anos e vender o plano como um bom negócio para todos. Faltou bom senso e sobrou ideologia na fase anterior de concessões e isso limitou a cooperação entre setor público e setor privado.

A nova fase do Plano de Investimentos em Logística será marcada, segundo as primeiras indicações, por uma dose maior de realismo. Mas só quando vierem as licitações será possíve…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira 10 / 06 / 2015

O Globo
"Privatizações - Plano prevê R$ 198 bi, mas 40% são incertos"

Levy diz que não faltará dinheiro; ferrovia até o Peru pode ficar no papel

Governo muda modelo e prevê a cobrança de outorga em alguns projetos. Para incentivar crédito privado, atuação do BNDES será reduzida. Estado do Rio tem investimentos previstos de R$ 15,7 bilhões

O governo anunciou ontem seu segundo Programa de Investimentos em Logística (PIL), com R$ 198 bilhões em concessões de portos, aeroportos, rodovias e ferrovias. Do total, porém, 40% podem ficar no papel. A ferrovia até o Peru, estimada em R$ 40 bilhões, é considerada inviável por analistas. Outros R$ 42 bilhões são para obras em concessões já existentes, e a repactuação dos contratos pode sofrer restrições do TCU. Especialistas elogiaram a cobrança de outorga em algumas obras e o papel menor do BNDES. Para a presidente Dilma, o programa é uma “virada de página”. O ministro Levy disse que não faltará dinheiro para os p…

Dominique

Imagem

Opinião

Em busca da credibilidade perdida

Estadão
Literalmente mais leve, enquanto pedala nas cercanias do Palácio da Alvorada, tal qual Pollyana rediviva, Dilma Rousseff promete alegremente novos planos que farão o que ela não conseguiu fazer até agora. Por sua vez, Luiz Inácio, com seu habitual sentimento de onipotência, trabalha para que o 5.º Congresso do PT, que se reúne a partir de quinta-feira em Salvador, produza o milagre de apagar os borrões dos últimos quatro anos, pelo menos, e convença os brasileiros de que o que vale é a “esperança”. Criatura e criador fingem ignorar olimpicamente que já não lhes resta credibilidade para prometer o que quer que seja.

Da última vez em que seguiu o marketing à risca, na campanha eleitoral do ano passado, Dilma Rousseff mentiu sem o menor pudor e foi recompensada com a reeleição. Mas a mentira tem perna curta e bastaram poucos meses para os brasileiros caírem na real, dando-se conta de que haviam cometido um equívoco pelo qual terão de pagar durante q…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira 9 / 06 / 2015

O Globo
"Infraestrutura deve ter menor investimento desde 2003"

Governo lança hoje pacote de concessões para tentar reativar economia

Estudo mostra que, este ano, país deve destinar 1,75% do PIB para transporte, telecomunicações, energia e saneamento, patamar igual ao de 12 anos atrás e insuficiente até para fazer a manutenção das instalações.

O governo lança hoje um programa de concessões de cerca de R$ 190 bilhões para rodovias, ferrovias, portos, aeroportos e telecomunicações. Mas, segundo estudo da consultoria Pezco Microanalysis, mesmo com o pacote, o país destinará este ano para infraestrutura apenas 1,75% do PIB. É o menor nível desde 2003, quando foi aplicado 1,77% do PIB. Para manter o atual estado de conservação das instalações, seriam necessários 2,1% do PIB. Os investimentos vêm caindo desde 2011, e nem o último programa de concessões do governo, lançado em 2012, evitou essa queda. No pacote que anunciará hoje, o governo cobrará outorgas em a…

Dominique

Imagem

Opinião

O escândalo é um só

Estadão
O mensalão é apenas uma parte - e uma das menores, hoje se sabe - do plano de assalto ao Estado protagonizado pelo condomínio que o lulopetismo instalou no poder em 2003. Assim, dez anos passados daquele famigerado escândalo, que mobilizou o País por vários meses e terminou com a prisão de um punhado de réus poderosos, fica muito claro que o episódio não passou de um esquema marginal dentro de uma sofisticada estrutura montada para rapinar bens públicos, em escala nunca vista na história brasileira.

Portanto, pouco há a comemorar, pois, com o mensalão, se foi rompida parcialmente a lógica da impunidade, nenhuma página foi, de fato, virada. A cada nova descoberta das autoridades policiais e judiciais no caso do petrolão e de outros esquemas comprova-se que nada, nessas investigações, pode ser tomado de forma isolada. Todos esses escândalos são, na verdade, um só - o escândalo de uma quadrilha que transformou partidos políticos em máquinas para exaurir os recurs…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira 8 / 06 / 2015

O Globo
"Conta cara: Custo de energia vai subir com novos leilões"

Para atrair investidores, governo deve aceitar tarifa de produção maior.

Serão leiloados este ano até R$ 109 bilhões em projetos de transmissão e geração. Analistas já preveem reflexo na conta de luz.

A ampliação da oferta de energia não trará alívio para a conta de luz. O governo vai realizar este ano oito leilões de geração e transmissão de energia, com investimentos de até R$ 109 bilhões em obras durante cinco anos. Mas, para atrair investidores, deverá oferecer uma remuneração maior às empresas que tocarão os projetos, o que terá reflexo na conta de luz, dizem especialistas. A crise, a alta do dólar e as restrições nos financiamentos do BNDES devem reduzir o interesse das empresas. No último leilão de energia, em abril, a tarifa ficou em R$ 259,19 por megawatt-hora. Em dezembro de 2012, leilão do mesmo tipo teve preço de R$ 91,25 por MWh. 

Folha de S.Paulo
"Crise detém saída de d…

Dominique

Imagem

Opinião

A revoada de cartolas

Gabeira
Passei o fim de semana, a trabalho, observando pássaros numa fazenda do interior de São Paulo. Usei o tempo vago para observar também o escândalo da Fifa. Notícias de corrupção explodiram aqui e ali. O inesperado foi a maneira como os dirigentes caíram, num hotel cinco estrelas, à beira do lago. Presos no mesmo lugar, como se prende uma quadrilha organizada. No Brasil, em 2001, houve uma CPI sobre corrupção na CBF. Foi bombardeada pela bancada da bola, deputados ligados à cúpula do esporte.

Nosso nível de tolerância com a corrupção é alto. Convivemos com os cartolas, elegemos alguns deles, mas todos sabem que há algo de errado nesse mundo. Numa certa escala, a sociedade os absorveu como absorve os bicheiros.

Realizada pela polícia suíça em sintonia com o FBI, a operação foi realizada num estilo diferente das que se fazem nos EUA ou no Brasil: prisão discreta, sem algemas, com um mínimo de exposição, cela com condições dignas e nenhuma contemplação com a idade…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Domingo 7 / 06 / 2015

O Globo
"Mais de 60% dos governantes foram reeleitos desde 1998"

Mecanismo reconduziu ao cargo 69% dos governadores e 61% dos prefeitos

Para analista, chefes do Executivo têm maior capacidade de atrair a atenção do eleitor

Em vigor desde as eleições de 1998, a reeleição tem favorecido os governantes que buscam se manter no poder. Levantamento feito com base nos dados do TSE mostra que 69% dos governadores e 61% dos prefeitos se reelegeram, relatam CHICO DE GOIS , FÁBIO VASCONCELLOS e GABRIELA ALLEGRO. Para Carlos Pereira, cientista político da FGV, os chefes do Executivo têm maior capacidade de propor agendas públicas e atraem mais a atenção. Ele diz que, em vez do fim da reeleição, aprovado na Câmara, medidas que coíbem abuso de poder devem ser fortalecidas. 

Folha de S.Paulo
"País debate redução da idade penal sem ter os dados oficiais"

Na ausência de dados nacionais, a Folha solicitou a todos os Estados números de delitos de menores, mas só oito e …