Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 23, 2012

Ubatuba em foco

Imagem
Moradores e turistas reclamam de abandono da cidade em plena temporada

Assessoria M.M.
Turistas e moradores de Ubatuba estão indignados com a atual situação de abandono das ruas, praças e espaços públicos da cidade. O fotógrafo Luiz Pavão resolveu circular pelo Centro do município para registrar o estado crítico das principais vias ubatubenses.


“É assustador, qualquer rua em que se passa é possível flagrar alguma cena de abandono. Eu rodei só pelo Grande Centro de Ubatuba e tirei mais de 100 fotos de buracos grandes. E isso porque nem tivemos tanta chuva nesse ano, ou seja, essa situação reflete ainda mais o descaso de uma gestão que está no apagar das luzes”, ressaltou o fotógrafo.


Com o início da temporada de verão a indignação também atinge os visitantes. Para o corretor de Jacareí, Matusalém de Pádua, a situação está crítica. “Nós que somos turistas estamos aqui para curtir as férias e nem ligaríamos para um buraquinho ou outro, mas do jeito que está não dá pra ignorar. Eu fui da Prai…

Trem Bala. Vem aí!

Imagem

Opinião

Um conto erótico e perverso

“Foi só levantar a cabeça e lá estava o sujeito na minha frente, implorando para puxar a cadeira. Concordei. E desse momento em diante estabeleceu-se o reino de Satanás e suas falanges, engrenando uma quarta ladeira da misericórdia abaixo e adio, mamma, abia misericordia di nuoi”

Márcia Denser

Em sua última coluna de 2012, Márcia Denser brinda seus leitores com uma leitura de ficção, o seu conto Relatório Final. Considerado pela crítica no Brasil e nos Estados Unidos como uma das obras-primas do conto pós-moderno brasileiro, o texto mescla, em altíssima temperatura, erotismo e perversidade. Relatório Final foi publicado em Diana Caçadora/Tango Fantasma (S. Paulo, Ateliê Editorial, 2003-2009, 2ª edição) e incluído na recém-lançada antologia 50 Versões de Amor e Paz, organizado por Reinaldo de Fernandes (S. Paulo, Geração Editorial, 2012). Prende da primeira à última linha e vence o leitor por nocaute.

Relatório Final

“Recordo só um dia que talvez nunca me foi des…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A fonte de novos apagões

O Estado de S.Paulo
O Brasil parece condenado a sofrer com os apagões. Novas interrupções do fornecimento de energia para extensas regiões do País, como as que têm ocorrido com frequência desde setembro, podem ser uma das consequências práticas danosas da Medida Provisória (MP) n.º 579, que trata das concessões do setor elétrico e das tarifas de energia.

Pelo menos é o que se pode concluir das declarações do presidente do Operador Nacional do Sistema (ONS), Hermes Chipp, segundo o qual o País precisa "conviver com certo nível de risco" no fornecimento de energia por falhas no sistema. Para eliminar todos os problemas, reduzindo os riscos ao mínimo, segundo ele, seria necessário fazer investimentos em bloco, o que acabaria sendo repassado para a conta de luz. Como a tarifa não pode aumentar em razão da política instituída pela MP 579, os investimentos não serão feitos no volume e no ritmo correspondentes às necessidades do País.

Se essa política funcionar…
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 29 / 12 / 2012

O Globo
"Prefeitos não reeleitos deixam caos em cidades"

De saída do cargo, gestores abandonam coleta de lixo e atrasam salários

Pelo país, Ministério Público cobra na Justiça que prefeituras mantenham pagamentos em dia e cumpram contratos. Às vésperas da posse dos novos prefeitos, a população de muitas cidades brasileiras convive com o caos: gestores que não foram reeleitos ou não fizeram sucessores atrasam salários e deixam de prestar serviços. Em capitais como Recife, Natal, Manaus e Teresina, e cidades das regiões metropolitanas de Rio e São Paulo, o atraso na coleta de lixo virou pesadelo. Também há casos de falta de atendimento médico. Em alguns estados, o Ministério Público foi à Justiça para garantir que prefeituras mantenham pagamentos em dia, serviços e contas em ordem. Segundo o presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público, Cesar Mattar, ações por improbidade administrativa crescem de modo assustador.

O Estado de São Paulo &…

Atrás do ouro

Imagem
Serra Pelada por Sebastião Salgado - 1986

Ubatuba em foco

Maurício anuncia mais 7 nomes e completa lista de secretariado

Assessoria M.M.
O prefeito eleito de Ubatuba, Maurício Moromizato, confirmou nesta semana mais sete nomes que formarão o secretariado da próxima prefeitura. Com o anúncio para três secretarias, uma companhia, duas autarquias e uma administração regional, Maurício define a ocupação de todos os cargos de primeiro escalão (com exceção do gabinete).

Além das secretarias de Arquitetura e Urbanismo, Segurança e Desenvolvimento Social, Maurício confirmou nesta quarta-feira o presidente da Companhia Municipal de Turismo (COMTUR), da Fundação da Criança e do Adolescente de Ubatuba, da Fundação de Arte e Cultura e da Administração Regional Centro Sul.

Maurício ressaltou que os nomes foram definidos respeitando os mesmos critérios citados no primeiro anúncio, feito há 15 dias. “A formação do time foi elaborada juntamente com os partidos que participaram da chapa vitoriosa nas eleições de outubro e priorizando o conhecimento setorial e mu…

Lugar deserto. Bom!

Imagem

Coluna do Celsinho

TAC

Celso de Almeida Jr.

Última sexta-feira do ano.
Escrevo, na véspera, derretendo, neste verão infernal.
Aliás, como sabem que o inferno é quente?
Será tão quente?
Não sei e, francamente, não pretendo conferir.
Corro, porém, certo risco.
Final de ano, inevitável fazer um balanço.
Segundo especialistas, este débito/crédito garantirá o passaporte ao Paraíso.
Entre as boas e más ações, quais prevaleceram?
Estou preocupado...
Minha consciência não pesa, isto é bom.
Mas, e os referenciais?
Na visão dos que conviveram comigo, em 2012, minha conduta foi razoável?
Fui inescrupuloso?
Trouxe infelicidade?
Prefiro não mexer nos anos passados.
Assusta imaginar algo mais quente que o presente.
Sem falar no tridente afiado.
Seguindo os políticos, um TAC indica a saída.
Termo de Ajustamento de Conduta.
Taí...tudo resolvido.
Comprometo-me a melhorar, ser mais camarada e cumprir as responsabilidades cidadãs.
E, contrariando o velho guerreiro, não confundir, explicar.
Pronto...venha 2013!
No calor, mas com a cabeça fria, agor…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Perfil dos municípios

O Estado de S.Paulo
Planos destinados a apontar soluções para os grandes problemas que afligem as nossas cidades ainda são exceções na maioria das prefeituras do País, como mostra a pesquisa "Perfil dos Municípios Brasileiros de 2011", realizada pelo IBGE. Questões como habitação, saneamento, coleta seletiva de lixo, gestão do uso do solo e políticas sociais continuam sendo tratadas com superficialidade, mesmo em boa parte das grandes cidades localizadas nas regiões mais desenvolvidas.

Para que reflita as necessidades da comunidade e sirva para fixar metas e traçar estratégias para atingi-las, o planejamento exige dos administradores municipais um esforço do qual com frequência eles fogem. Por falta de capacidade ou de vontade política.

O levantamento do IBGE mostra, por exemplo, que 71,7% dos municípios não contam com plano para enfrentar os déficits de moradia e que apenas 6,2% das prefeituras adotam medidas para atender a áreas de risco. Na pesquisa real…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 28 / 12 / 2012

O Globo
"Dilma descarta risco de racionamento: ‘É ridículo’"

Presidente diz que é para gargalhar quando culparem raios por queda de energia

Promessas de investimentos e crescimento econômico marcam discurso de Dilma em café com jornalistas; ela também defendeu o PT, disse que nada é perfeito e que o Brasil deve muito ao partido. No momento em que o Brasil sofre com repetidas quedas de energia, a presidente Dilma Rousseff descartou ontem a possibilidade de racionamento e atribuiu a falhas humanas a maioria dos problemas dos últimos meses, inclusive o ocorrido na véspera no Galeão, no Rio. "O dia em que falarem para vocês que caiu raio, gargalhem. O raio não pode desligar o sistema. Se desligou, é falha humana, não é do raio. Acho ridículo dizer que vamos ter risco de racionamento (de energia)”, afirmou ela. No apagão de 15 de dezembro, o ONS apontou um raio como a causa do problema que atingiu 12 estados. Em café da manhã com jornalistas no qual f…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Lobby às claras

O Estado de S.Paulo
O governo federal está preparando um projeto para regulamentar a atividade dos lobistas, isto é, os representantes de grupos de pressão. Não será uma tentativa nova. Existem nada menos que seis projetos de lei no Congresso. O mais antigo deles, de autoria do então senador Marco Maciel (DEM-PE), é de 1989 e já foi aprovado no Senado, mas dormita na Câmara.

O mais recente é um projeto do deputado Carlos Zarattini (PT-SP), que está para ser votado na Comissão de Constituição e Justiça desde 2008. Além de anunciar sua própria iniciativa, a Casa Civil da Presidência da República admitiu endossar o texto de Zarattini. Seja como for, ou por iniciativa do governo ou por meio de um dos tantos projetos parlamentares, a regulamentação do lobby no Brasil deverá acontecer, mais cedo ou mais tarde, simplesmente porque é coerente com a maturidade democrática do País.

A prática de lobby no Brasil é mais antiga que a própria República. Basta lembrar a força que Irineu E…
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 27 / 12 / 2012

O Globo
"O maior calor da história"

Máxima registrada foi de 43,2 graus, a mais alta já medida no Rio, com sensação térmica de 50 graus

Mal começou o verão e o Rio teve ontem o dia mais quente desde que as temperaturas começaram a ser medidas na cidade, em 1915. A máxima, de 43,2 graus, foi registrada em Santa Cruz. Mas no Centro e em Copacabana, a sensação térmica foi de 50 graus. Ventos quentes vindos do Norte e a falta de chuvas e ar polar são as causas do aquecimento excepcional. O calor lotou praias e cachoeiras. No Aeroporto Santos Dumont, o sistema de ar-condicionado voltou a apresentar problemas, e os passageiros tiveram que apelar para os leques e abanadores improvisados. Um assalto na Praia do Leblon causou tumulto e medo de arrastão.

O Estado de São Paulo "Sem orçamento, Dilma vai usar MP para garantir gastos"

Congresso votará proposta de 2013 só em fevereiro; medida provisória vai liberar verba para investimento

A presidente Dilma R…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

O novo pacote aéreo

O Estado de S.Paulo
A exigência de que os participantes dos leilões de concessão dos Aeroportos do Galeão (Rio de Janeiro) e de Confins (Belo Horizonte) comprovem experiência em gestão de aeroportos com movimento anual de mais de 35 milhões de passageiros deve evitar o que aconteceu nos leilões realizados em fevereiro. As disputas pelos Aeroportos de Guarulhos, Viracopos e Brasília foram vencidas por consórcios dos quais participam operadoras responsáveis por aeroportos menores do que os que passariam a gerir, deixando dúvidas sobre sua capacidade operacional. Esse problema não deve se repetir. Mas o fato de o governo deter 49% do capital do grupo vencedor, por meio da Empresa de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), pode afugentar muitas empresas que poderiam participar da disputa.

O descompasso entre as operações leiloadas no início do ano e a experiência exigida dos interessados era imenso. Embora a Secretaria da Aviação Civil (SAC) estime que, em 2021, o Aeropo…
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 26 / 12 / 2012

O Globo
"Os sem-luz: Brasil ainda tem 1 milhão de lares na escuridão"

Meta de universalização em 2014 não será cumprida e distribuidoras querem prorrogação até 2027

Chega a um milhão o total de residências sem acesso à luz no Brasil, segundo levantamento inédito da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) feito com as distribuidoras. O número, revela Danilo Fariello, é superior ao estimado pelo governo federal, de 378 mil, com base em dados do Censo de 2010. Algumas empresas, como as de Mato Grosso e Tocantins, querem, agora, que o prazo para universalizar o acesso à energia seja prorrogado de 2014 para 2027. Os investimentos necessários para que todos os lares do país tenham energia superam R$ 17 bilhões. Mais da metade dos domicílios sem luz está concentrada na Bahia e no Pará.

O Estado de São Paulo "Greves param as três maiores obras do País por seis meses"

Disputas em Belo Monte, Abreu e Lima e Comperj garantiram mais benefícios

Disputa…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Quem arrisca no trem-bala

O Estado de S.Paulo
Ao reduzir os riscos dos grupos privados interessados em oferecer tecnologia e operar o trem-bala ligando Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas, garantir-lhes financiamento oficial e, ainda, a eles se associar - com 45% do capital do grupo vencedor, por meio da estatal Empresa de Planejamento e Logística (EPL) -, o governo acredita ter afastado o risco de fracasso no novo leilão, como o que ocorreu no ano passado, quando nenhuma proposta foi apresentada.

Os eventuais interessados têm muito mais vantagens e garantias do que lhes ofereciam as regras apresentadas em 2011 - o que até pode assegurar o êxito do leilão, agora marcado para 19 de setembro de 2013, de acordo com edital divulgado no dia 13/12. Mas nem isso garantirá que o projeto do trem-bala, tão demagogicamente embalado pelo governo do PT, sairá do papel.

Nada ainda está definido sobre questões essenciais ligadas à construção da ferrovia, como traçado, desapropriações, projetos e técnic…
Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 25 / 12 / 2012

O Globo
"Irregularidades reduzem equipes do Saúde da Família"

Número de médicos descredenciados pelo governo está crescendo a cada ano

Foram encontradas falhas graves e médias em 55 das 57 cidades fiscalizadas pela Controladoria Geral da União. Em 2012, o Ministério da Saúde descredenciou, em média, 632 equipes do programa Saúde da Família por mês. Em 2011, tinham sido afastadas 444 equipes e, em 2010, 342. A principal irregularidade é o descumprimento da carga horária mínima por enfermeiros e médicos. Mas há também casos de falta de materiais e equipamentos e de equipes incompletas. Nas cidades mais organizadas, cada equipe atende a 2.500 pessoas, mas algumas põem 4 mil sob responsabilidade de cada grupo, prejudicando o atendimento preventivo.

O Estado de São Paulo "Indústria banca R$ 7,5 bi anuais em serviços públicos"

Gasto com plano de saúde, previdência e outras formas de assistência eleva em 0,96% preço de produtos

A indústria brasileira g…

Recordar é viver. Dezembro de 2007

Imagem
Luiz Moura, Sérgio Caribé, Ditinho do PTC e Sidney Borges
Rei do Peixe

No sábado aconteceu um almoço em homenagem ao Luiz Moura, que fez aniversário no domingo, dia 2. Entre um peixe assado aqui e uma coca light ali, o assunto foi a política ubatubense. Havia dois pré-candidatos na mesa, Luiz Moura, do PR, que deverá concorrer à vereança e Caribé, do PSDB, que postula candidatura à prefeitura. Ditinho prometeu que apoiará os dois, eu me coloco olimpicamente na moita. É cedo para discutir apoios e como dizia minha avó, em boca fechada não entra mosquito. Para peixe assado, churrasco de costela e coca light abro excessões, dou todo apoio aos almoços políticos. (Sidney Borges)
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Para evitar o colapso anunciado

O Estado de S.Paulo
O rápido crescimento da população de idosos, que passará dos atuais 11,7% da população total para 18,7% em 2030, é uma das mudanças do padrão demográfico que aproximam o Brasil cada vez mais dos países desenvolvidos. Por resultar da melhora das condições de vida, a longevidade é um importante indicador da evolução de uma sociedade.

Ao lado desses aspectos positivos, no entanto, o aumento da população idosa impõe à sociedade responsabilidades crescentes, principalmente do ponto de vista financeiro. É preciso assegurar aos idosos condições dignas de vida também na sua fase não produtiva, o que significa gastos maiores com previdência social e com saúde. E esses gastos adicionais não poderão resultar em sacrifícios para os jovens e para as crianças, cujas demandas de bem-estar crescerão com a evolução do País.

Para não ter de enfrentar os problemas quando os sistemas previdenciário e de saúde pública tiverem entrado em colapso - o que impli…
Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 24 / 12 / 2012

O Globo
"Fisco fecha o cerco para recuperar R$ 630 bi"

Novo sistema permite que governo monitore os 11.622 principais devedores para bloquear bens

Segundo a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), o total de débitos inscritos na dívida ativa da União deverá ultrapassar R$ 1 trilhão este ano. O governo está monitorando 11.622 contribuintes que devem R$ 629 bilhões aos cofres públicos. Para recuperar esse dinheiro a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional acaba de desenvolver novas técnicas para garantir o bloqueio de bens. Um sistema inteligente capta, junto à Comissão de Valores Imobiliários (CVM) e à Bolsa de Valores, o exato momento em que um devedor está para receber novas receitas. O sistema emite um sinal ao procurador que, rapidamente, bloqueia a entrada desses recursos. Até novembro, a recuperação de débitos inscritos na dívida ativa chegou a R$ 682,2 milhões, mas o total de débitos deve ultrapassar R$ 1 trilhão este ano.

O Estado de São…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Guerra fria digital

O Estado de S.Paulo
Uma "cortina de ferro" pode estar sendo baixada para dividir a internet em duas - a aberta e a fechada. Essa perspectiva sombria, que lembra o cenário da guerra fria, inclusive com os mesmos protagonistas, surgiu como resultado da recém-encerrada conferência da União Internacional de Telecomunicações (UIT), órgão da ONU, realizada em Dubai.

Dos 144 países com direito a voto, 89 aprovaram um novo tratado sobre os ITRs, como são chamados, na sigla em inglês, os regulamentos internacionais de telecomunicação. Os Estados Unidos, seguidos de todos os países da Europa, além de Canadá e Japão, recusaram-se a assinar o documento, sob a alegação de que ele confere aos governos o poder de interferir no livre fluxo de informações na internet. Do lado dos que firmaram o texto estão Rússia e China, além do Irã e de países árabes, todos interessados em impor alguma limitação à web.

O Brasil alinhou-se a esse grupo, com a justificativa, segundo o ministr…

Manchetes do dia

Domingo, 23 / 12 / 2012

O Globo
"Universidades federais não cumprem metas"

Instituições poderiam oferecer mais vagas pelo mesmo número de professores

Média de alunos por docente estagnou desde 2007, apesar de o MEC ter prometido expansão. A relação de alunos por professor nas instituições federais ficou estagnada nos últimos cinco anos, apesar de o governo ter lançado, em 2007, o Reuni, programa que distribuiu quase RS 3 bilhões para federais em troca, entre outras metas, de aumento de dez para 12 na relação de alunos por docente. O dado mais recente do Censo da Educacão Superior, de 2011, mostra que a média está em 12. O MEC diz usar outro método para calcular a meta, e que ela já estaria em 18. No entanto, pelos dados do próprio ministério, também não houve evolução em relação a 2007, informam Demétrio Weber e Eduardo Vanini.

O Estado de São Paulo "Kassab sai com a mais baixa avaliação desde Celso Pitta"

Para 42% dos paulistanos, a gestão de Kassab foi ruim ou péssima, …