Postagens

Mostrando postagens de Julho 14, 2013

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A chanchada do Mercosul

O Estado de S.Paulo
Caudatários de uma ideologia em que a farsa substitui a história, os dirigentes de Brasil, Argentina, Venezuela e Uruguai acreditaram que fosse possível, na base do caradurismo, adulterar a narrativa dos acontecimentos para legitimar a entrada dos venezuelanos no Mercosul. Tal como na Rússia stalinista, em que personagens inconvenientes para a história oficial eram apagados das fotos, o Paraguai, que se opunha ao ingresso da Venezuela, foi "apagado" do bloco sul-americano, como se suas objeções nunca tivessem existido. Agora que o objetivo foi plenamente atingido - a Venezuela não apenas é membro do grupo, como o preside -, o Paraguai foi convidado a reaparecer na foto do Mercosul, para completar o roteiro burlesco costurado pela vanguarda bolivariana. Mas os paraguaios, teimosos, se recusam a participar dessa chanchada.

O Paraguai, sócio-fundador do Mercosul, foi suspenso do bloco em 29 de junho de 2012, como punição por ter afastado…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 20 / 07 / 2013

O Globo
"Jornada mundial da juventude: Papa na rua muda trânsito e segurança na segunda"

Pontífice vai circular em carro aberto pelo Centro após chegar ao Rio

Ruas ao redor da Catedral Metropolitana serão fechadas ao tráfego a partir de 15h, mas não será feriado. A prefeitura divulgou esquema especial de trânsito e segurança para acomodar a mudança de agenda do Papa Francisco, que decidiu circular pelas ruas do Centro do Rio antes de ser recebido no Palácio Guanabara, na segunda-feira. Apesar da possibilidade de protestos, o arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta, afirmou que a ideia é aproximar o Papa da população logo em sua chegada. Após desembarcar na Base Aérea do Galeão, às 16h, o Papa seguirá em carro fechado, até a Catedral Metropolitana, no Centro, escoltado por 400 homens e dois helicópteros da PM. Boa parte das ruas do Centro ao redor da Catedral será interditada a partir das 15h, mas a prefeitura não decretou feriado municipal. Em Guaratiba, as o…

Amigos...

Imagem

Colunistas

The Economist e o ressentimento nacional

Mesmo com edição refinada e sobretudo anglo-saxã, a revista reflete um pensamento neoliberal contra as políticas de estímulo à produção e ao consumo. E, por isso, dirige suas críticas a Guido Mantega

Márcia Denser
Que o setor televisivo das empresas de entretenimento e desinformação da Globo assuma como suas as provocações da The Economist é um fato repetido que não merece nenhum comentário novo. O que merece uma menção é o reiterado uso, por parte de seus jornalistas, do adjetivo “prestigiosa”, é o que afirma o correspondente Dario Pignotti em artigo recente para a Carta Maior e eu mesma aqui no Congresso em Foco numa de minhas últimas colunas (É a imprensa, estúpido!) e reiteradas vezes de forma colateral em muitas outras.

Prestigiosa para quem, cara pálida?

The Economist, que este ano “celebra” seu 170º aniversário, não perdeu o pique e segue pressionando de forma muito, digamos, imperial, as potências emergentes, aqueles países que, na sua opini…

Esfriando a cabeça...

Imagem

Coluna do Celsinho

Cuida bem

Celso de Almeida Jr.

Há uma toada de Armando Cavalcante e Klecius Caldas que eu gosto de ouvir, na voz de Luiz Gonzaga.

Chama-se Boiadeiro.

Começa o dia:

"Minha boiada pra invernada eu vou levar
São dez cabeças; é muito pouco, é quase nada
Mas não tem outras mais bonitas no lugar"


A tarde, vindo pela estrada:

"A fiarada tá todinha a me esperar
São dez filhinhos; é muito pouco, é quase nada
Mas não tem outros mais bonitos no lugar"


E, finalmente, a noite se aproxima:

"E quando chego na cancela da morada
Minha Rosinha vem correndo me abraçar
É pequenina, é miudinha, é quase nada
Mas não tem outra mais bonita no lugar"


Sábio boiadeiro.

Dá valor ao que tem.

Leva o seu gado e não descuida do seu bem.

Visite: www.letrasdocelso.blogspot.com

Twitter

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Para não ficarmos imobilizados nas ruas

WASHINGTON NOVAES *
Já não era sem tempo. A mobilização social, dezenas de grandes manifestações nas cidades com reivindicações em muitas áreas, afinal trouxe para as ruas um tema - a chamada "mobilidade urbana" - até então quase limitado às notícias de prejuízos financeiros ou de tempo perdido pelos usuários. Por isso mesmo, a discussão mais ampla ficava bastante confinada a editoriais de jornais ou artigos de especialistas.

Os números e outras informações sobre transporte urbano nesses dias foram impressionantes. A começar pelo cálculo (Mobilize, 12/7) de que as isenções de impostos para veículos de transporte individual e gasolina desde 2003 já somam R$ 32,5 bilhões, com os quais seria possível implantar 1.500 km de corredores de ônibus ou 150 km de metrô. Pode-se comparar essa cifra também com aplicações do Ministério das Cidades para financiar 95,6 km de metrô, trens, estações: R$ 15,4 bilhões. Só a redução da Cide no preço da gasoli…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 19 / 07 / 2013

O Globo
"Os estilhaços do Leblon: Ministério Público e polícias se unem contra vandalismo"

Após madrugada de medo, Zona Sul reclama de depredações e da falta de ação da PM

Governador vai baixar decreto criando comissão para identificar os responsáveis pelas arruaças nas manifestações. O objetivo é obter provas consistentes de formação de quadrilha, crime grave e inafiançável. Mais de um mês depois do início da onda de protestos no Rio, que culminou num quebra-quebra no Leblon na noite de anteontem, uma comissão especial será criada para investigar a ação de vândalos que têm se infiltrado nas manifestações. O grupo, encarregado de um trabalho de inteligência, será formado por representantes do Ministério Público e das polícias Civil e Militar. O foco será identificar os suspeitos de incitar depredações do patrimônio e estabelecer a relação entre os grupos. Eles então serão indiciados por formação de quadrilha, crime mais grave e inafiançável, evitando …

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Evo, o travesso

O Estado de S.Paulo
A diplomacia companheira trata a Bolívia como aquele irmão menor que, por mais inconveniente que seja, deve sempre ser perdoado por suas traquinagens. Resultado: Evo Morales, o menino travesso, sente-se cada vez mais à vontade para afrontar o Brasil. Em sua última pirraça, o governo boliviano mandou seus agentes vistoriarem três aviões da Força Aérea Brasileira que estavam no aeroporto de La Paz - uma das aeronaves estava a serviço do ministro da Defesa, Celso Amorim, em viagem oficial.

Todos os casos ocorreram em 2011 - dois em outubro e um em novembro - e só agora vieram a público. Em nenhum desses episódios os agentes bolivianos pediram autorização a representantes do governo brasileiro. Simplesmente invadiram os aviões, em busca sabe-se lá de quê - os agentes eram da divisão antinarcóticos, mas há suspeitas de que as autoridades bolivianas estivessem à procura do senador Roger Pinto Molina, opositor que há mais de um ano está refugiado na Embaixada…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 18 / 07 / 2013

O Globo
"Depois das ruas: TCM recua e faz devassa em empresas de ônibus"

Tribunal suspeita de formação de cartel e manipulação de receitas e despesas

Decisão ocorre apenas 22 dias depois que o órgão arquivou a mesma investigação. Prefeitura terá que explicar por que fixa tarifas com base em dados não auditados e fornecidos pelas próprias empresas. O Tribunal de Contas do Município decidiu realizar uma devassa nas empresas de ônibus do Rio apenas 22 dias depois de arquivar uma investigação de cartel no setor. Os conselheiros suspeitam agora de irregularidades na concorrência feita pela prefeitura em 2010, já que as empresas agrupadas em consórcios são as mesmas que operavam antes individualmente. O TCM criou ainda uma força-tarefa para auditar receitas e despesas das empresas. O objetivo é saber como as tarifas são fixadas, pois as informações sobre custos são prestadas pelos próprios empresários. A presidente Dilma Rousseff disse que fará um amplo de…

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A crise maior é de confiança

O Estado de S.Paulo
O governo terá de cuidar com urgência de dois problemas, se quiser comandar uma reativação econômica puxada pelo investimento. Precisará restabelecer a confiança de empresários e consumidores, fortemente reduzida depois de mais um semestre de inflação alta, baixo crescimento e muita incompetência na maior parte da administração pública.

A onda nacional de mau humor, confirmada por uma série de sondagens, como a nova pesquisa CNT/MDA, está refletida na sensível piora de avaliação do governo e da presidente Dilma Rousseff. O outro grande problema é a baixa eficiência do próprio setor público, incapaz de cumprir a maior parte de suas promessas e, de modo especial, de destravar e pôr em movimento os programas e projetos indispensáveis a uma retomada firme do crescimento.

Se a presidente e sua equipe exibirem mais seriedade e competência do que mostraram até agora, poderão mais facilmente fixar um rumo para a economia nacional e influenciar de f…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 17 / 07 / 2013

O Globo
"Francisco em Copacabana - Rio terá dois ‘réveillons’ na semana que vem"

Segurança para jornada do Papa é reforçada

Protestos marcados nas redes sociais alertaram Abin. Contingente de militares aumentou 68%, passando para mais de 14 mil soldados. Para ver o Papa, Copacabana terá na próxima semana esquema especial, com interdições de ruas, semelhante ao adotado no réveillon. Nos dias 25 e 26, durante a Jornada Mundial da Juventude, a Acolhida e a Via Sacra vão levar ao bairro mais de 1,5 milhão de fiéis. Protestos marcados pelas redes sociais para os dias da visita do Pontífice aumentaram a preocupação da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e levaram as Forças Armadas a multiplicar o número de militares na segurança. Em dois meses, o aumento no contingente foi de 68%, passando de 8.500 para 14.300 soldados.


O Estado de São Paulo
"Abin avança que protesto é ameaça na visita do papa"

‘Grupos de pressão’ aparecem como a maior preocup…

Ubatuba

Imagem
Nota de pesar

A prefeitura de Ubatuba registra com profundo pesar o falecimento do sociólogo e professor Quincas Cruz Neto, aos 68 anos, ocorrido nesta segunda feira, 15 de julho, em São Paulo.

Solidarizamo-nos com sua família, amigos e colegas, rogamos a Deus que tenham o conforto merecido em seus corações, neste momento difícil, bem como forças para transformar toda a dor desta perda, em fé e esperança.

Mauricio Humberto Fornari Moromizato
Prefeito de Ubatuba


Quincas Cruz Neto

Gostava de ser conhecido como Professor Quincas

Também era autor de textos, historiador, educador e pesquisador

Amava ter a sua vida ligada com a educação, tem trabalhos na área acadêmica sobre seus temas favoritos como: literatura histórica brasileira, religioso-política, econômica-social, política e elaborava textos baseados em seus estudos em sociologia e antropologia.

Formação: Sociólogo e professor

Professor aposentado, morador de Ubatuba desde 1989, ministrou aulas de História, Geografia, Estudos Sociais e Sociolo…

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

As digitais da gestão Dilma

O Estado de S.Paulo
Entre as muitas distinções duvidosas que hão de marcar o primeiro - talvez o único - mandato da presidente Dilma Rousseff, está o ato da administração federal que levou o pânico a milhões de brasileiros, como não se via desde o catastrófico anúncio do confisco da poupança, há 23 anos, sob o governo Collor. No fatídico 16 de março de 1990, o grosso da população foi induzido a acreditar que, a partir de então, teria de viver com Cr$ 50 mensais até a liberação dos recursos sequestrados, prevista para daí a 18 meses. No dia 18 de maio último, uma parcela dos cerca de 50 milhões de inscritos no Bolsa Família (ou 13,5 milhões de famílias) foi induzida a acreditar que o programa estava para ser extinto - o que provocou uma corrida aos postos de pagamento do benefício em 13 Estados, com filas enormes, tumultos e depredações.

No caso da poupança, tratava-se, não obstante a trapalhada da comunicação, de um fato real. No caso do Bolsa Família, tratou-…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 16 / 07 / 2013

O Globo
"Polícia atrás das grades: Xerife antidrogas de SP é preso por acobertar tráfico"

Grupo de policiais sequestrava parentes de traficantes quando não recebia propina

Esquema arrecadava no mínimo R$ 300 mil por ano em troca de proteção a criminosos. Uma operação da polícia paulista, em conjunto com o Ministério Público, resultou na prisão de sete agentes do Departamento Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Denarc). Entre eles está o supervisor da Unidade de Inteligência do órgão, Clemente Castilhone Júnior. Segundo as investigações, o grupo arrecadava até R$ 300 mil por ano de propinas, além de mesadas, e chegou a sequestrar parentes de traficantes que não pagavam os valores cobrados em troca de informações privilegiadas e proteção aos criminosos. O delegado-geral de Polícia Civil, Maurício Blazeck, anunciou uma reestruturação no Denarc.


O Estado de São Paulo
"Após fim do vale-moradia, deputados têm verba extra"

Assembleia de SP elevou …
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Espírito de corpo

O Estado de S.Paulo
Insensíveis à voz das ruas, que reivindicam mudanças nos usos e costumes da vida política e da administração pública, algumas corporações do funcionalismo público continuam empenhadas em obter privilégios eticamente insustentáveis. É o caso da magistratura. No mesmo dia em que o País experimentava mais uma manifestação de protestos, associações de juízes se mobilizavam para tentar impedir a aprovação, pelo Senado, do projeto de lei que revoga o direito à aposentadoria de juízes afastados compulsoriamente e estabelece regras mais severas para punir magistrados corruptos. "Não queremos manter juiz que comete crime na carreira, mas há colegas que cometem falhas, têm 40 anos de trabalho e não podem perder uma aposentadoria para a qual contribuíram a vida inteira", diz o desembargador Nelson Calandra, presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros.

Pela legislação em vigor, o juiz que se envolver com corrupção é afastado compulsoriamente d…

Manchetes do dia

Segunda-feira, 15 / 07 / 2013

O Globo
"Negócios coletivos - Empresas de ônibus lucram até com vans"

Motoristas legalizados acusam Fetranspor de falta de transparência

Transporte alternativo paga taxa de 8% sobre sua receita a empresas criadas pela entidade para processar a bilhetagem eletrônica. A teia dos negócios controlados pelos empresários de ônibus do Rio, que vão desde agência de publicidade ao futuro VLT do Centro, envolve até um antigo inimigo: as vans. O transporte alternativo legalizado tem de adotar equipamentos de bilhetagem eletrônica, que são fornecidos — e a receita é processada — por duas empresas criadas pela Fetranspor, associação controlada pelo maiores empresários do setor no estado, como Jacob Barata, conhecido como o "Rei dos ônibus". Os motoristas de vans, no entanto, dizem que o sistema não é transparente e que não estão satisfeitos, porque pagam uma taxa de 8% sobre as receitas, bem mais que os R$ 0,0215 repassados pelos ônibus em cada operaçã…

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A canoa de Lula nas águas de Heráclito

GAUDÊNCIO TORQUATO* - O Estado de S.Paulo
Qual a possibilidade de Luiz Inácio Lula da Silva voltar a ser o candidato do PT à Presidência da República, desta vez no pleito sucessório do próximo ano? Tem sido essa a mais recorrente pergunta nos corredores da política, instigada pela acentuada queda da popularidade da presidente Dilma Rousseff na esteira da avalanche de manifestações que vêm sacudindo o País. A resposta está condicionada a outra questão: é possível a mandatária recuperar a avaliação das classes sociais que tinha no início deste ano, a mais positiva entre os chefes de Executivo da contemporaneidade? A resposta não é tão simples, pois agrega um conjunto de fatores, alguns imponderáveis, a começar pelo desempenho da economia nos próximos meses.

A ser pífio o desempenho econômico, com efeitos na inflação, particularmente na área de alimentos, a presidente se defrontará com dois grandes riscos: a perda de controle sobre o processo político-…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 14 / 07 / 2013

O Globo
"Invasão Americana - Brasil quer saber se EUA espionaram Forças Armadas"

Ministério da Defesa investiga quais dados militares podem ter sido obtidos pela NSA

Acesso a comunicações diplomáticas também é investigado. Com programa espacial paralisado, país continua dependendo de tecnologia americana para monitorar seu próprio território com o uso de satélites. A revelação de que milhões de conversas por telefone e e-mail no Brasil foram alvo de monitoramento da NSA levou as Forças Armadas brasileiras a analisar se dados de interesse militar podem ter sido atingidos. O acesso a comunicações diplomáticas também está sendo investigado, relata José Casado. Na última década, o Brasil deixou de fazer investimentos que permitiriam desenvolver satélites próprios, mantendo a dependência dos EUA para captar imagens do território nacional, informa Roberto Maltchik.


O Estado de São Paulo
"Prefeituras inflam quadros com servidores sem concurso"

Em quatro a…