Postagens

Mostrando postagens de Maio 6, 2012

Picasso

Imagem

Colunistas

Democracia & ceticismo

“De que servem eleições se, nos temas essenciais – questões econômicas, financeiras e sociais – os novos governantes adotam a mesma política de seus antecessores?”

Márcia Denser
O ceticismo quanto às políticas democráticas como instrumento de justiça social generaliza-se em todo o mundo. Como observou recentemente Slavoj Zizek:”uma vez que a economia global está fora dos limites das políticas democráticas, qualquer tentativa de aproximá-la da democracia apressará o declínio desta. Então o que podemos fazer? Engajar-nos no sistema político existente, o qual – conforme o próprio Washington Post, através de sua porta-voz ultra-neo-conservadora, Anne Applebaum – não pode justamente cumprir essa tarefa?…”

Uma análise recente de Ignácio Ramonet da situação na UE – a bola da vez na cena geopolítica – evidencia com clareza o binômio democracia & ceticismo. Para ele, eis como a questão se coloca: François Hollande, ao enfrentar ditadura dos mercados, recuará, humilha…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Protelação recusada

O Estado de S.Paulo
O ministro Joaquim Barbosa, do STF, frustrou mais uma tentativa de retardar o julgamento do processo do mensalão ao indeferir requerimento do advogado Marcio Thomaz Bastos para que os autos fossem desmembrados, para que os 35 réus - dos 38 - que não desfrutam de foro privilegiado sejam julgados em primeira instância, deixando na Suprema Corte apenas os três deputados que, por prerrogativa de função, têm esse direito. De acordo com a Folha de S.Paulo (9/5), para Barbosa "a questão relativa ao desmembramento do feito em relação aos réus que não gozam de foro por prerrogativa de função já foi, por várias vezes, apreciada nesta ação penal, sendo, em todas as ocasiões, rejeitada". Ou seja, o STF entende que os 38 réus do mensalão devem ser julgados juntos.

Thomaz Bastos representa no processo o diretor do Banco Rural José Roberto Salgado, um dos 35 réus que não gozam de foro por prerrogativa de função. Mais do que conquistar um aparente benefí…
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 12 / 05 / 2012

Folha de São Paulo
"Para relator, é desnecessário CPI convocar procurador"

Petista diz que Gurgel pode explicar por escrito por que não investigou senador

O relator da CPI do Cachoeira, deputado Odair Cunha (PT-MG), disse considerar desnecessário que o procurador-geral, Roberto Gurgel, seja convocado a depor. Gurgel tem sido pressionado a explicar por que não investigou Demóstenes Torres (ex-DEM-GO) em 2009, quando a PF já tinha evidências de envolvimento do senador com o contraventor.

O Estado de São Paulo "Governo quer acabar com reajuste anual de tarifas de energia"

Reestruturação do setor prevê apenas revisões tarifárias a cada cinco anos
A renovação dos contratos de concessão das empresas de energia elétrica deve vir acompanhada de uma mudança radical nas regras do setor. O governo está elaborando o fim dos reajustes anuais das tarifas, baseados nos índices de inflação. A ideia seria, a partir da prorrogação dos contratos, em 2015 e 2017, fazer …

Lennon & Che / 1960

Imagem

Coluna do Celsinho

Chinelo na mão

Celso de Almeida Jr.
Domingo, não sensibilizarei a filhinha lembrando Herivelto Martins e David Nasser:

“Mamãe, mamãe, mamãe, eu te lembro o chinelo na mão...”

A musiquinha melada perdoava o rigor das mamães, emocionando, em tempos remotos.

Talvez, um dia, minha filha exerça a maternidade.

Terá a felicidade de zelar por uma criança, ajudando a construir o amanhã.

Entenderá, melhor, o sentimento de sua própria mãe, transformada em vovó coruja.

Neste futuro, espero um mundo melhor, mais solidário.

Chinelos ficarão nos pés, politicamente corretos.

Até lá, senhora, compreenderá os versinhos de outrora:

“Se eu pudesse

Eu queria, outra vez, mamãe

Começar tudo, tudo de novo”

Visite: www.letrasdocelso.blogspot.com

Twitter
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

O golpe dos mensaleiros

O Estado de S.Paulo
É de todo verossímil o argumento do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, segundo o qual "pessoas que estão morrendo de medo do processo do mensalão" estão por trás das tentativas de convocá-lo a depor na CPI do Cachoeira. A razão invocada é a demora de Gurgel em pedir ao STF abertura de inquérito contra o senador goiano Demóstenes Torres por suas ligações com o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira.

Na realidade, o procurador está na mira do PT e do ex-presidente Lula pelo menos desde que começou a ganhar corpo a possibilidade de iniciar-se em breve o julgamento dos 38 réus, a começar pelo ex-ministro e deputado cassado José Dirceu, do esquema de corrupção que Gurgel considera "o maior atentado à democracia brasileira". O intento de intimidá-lo e, no limite, desmoralizá-lo antecede o escândalo que levou à CPI - e foi uma das razões por que o PT se bateu por sua criação.

Ainda que os parlamentares …
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 11 / 05 / 2012

Folha de São Paulo
"Traficante poderá responder ação em liberdade, diz STF"

Para a maioria da corte, é inconstitucional a lei que obriga manter preso até julgamento criminoso pego em flagrante

Ao julgar um pedido de habeas corpus para um homem detido em 2009 em São Paulo com quatro quilos de cocaína e uma pedra de crack, o Supremo Tribunal Federal decidiu, por 7 votos a 3, que traficantes presos em flagrante podem aguardar o julgamento em liberdade. A maioria dos ministros considerou inconstitucional artigo da Lei de Drogas que proíbe conceder liberdade provisória a esses presos.

O Estado de São Paulo "STF "blinda" procurador pressionado por petistas"

Ministros do Supremo dizem que Gurgel não tem de ir à CPI do Cachoeira para dar explicações
Alvo de integrantes da CPI do Cachoeira com ligações com os mensaleiros, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, foi “blindado” ontem pelo Supremo Tribunal Federal. Ministros do STF deixar…

Zé Ronaldo diz:

Imagem
Procurando “Jesus” (II)

José Ronaldo dos Santos
Não é difícil encontrar o lugar onde “Jesus” tem moradia fixa. Basta subir a estrada principal do bairro Taquaral, indo até um entroncamento de onde se deixa a rua que homenageia a saudosa líder do lugar: a Maria Charleaux, a “Xana do Taquaral”. Depois, continua subindo, mas não muito. Pronto! Do lado direito, surge um caminho bem cuidado no meio da mata. Se embrenhando mais 50 metros, é possível avistar os simples chalés e os cachorros que ajudam o Toninho “Jesus” Suré a cuidar de um “pedacinho de céu”, onde a natureza nos tranquiliza porque está preservada.


Conforme disse o Toninho: “Os chalés são simples, para acolher amigos. A minha segurança depende dessas pessoas que estão sempre próximas de mim. Elas me protegem, inclusive dos meus irmãos que se juntaram com políticos e doutores para desfazerem-se daquilo que nós herdamos. O meu avô, que veio da Alemanha, viveu 85 anos. Ele adquiriu esta propriedade que tem mais de 130 alqueires. Que…

Rockcar

Imagem

Eleições 2012

Nota PMDB - Municipal

Caribé assume presidência do PMDB e confirma aliança com PT para as eleições 2012

O político Sérgio Caribé assumiu nessa semana a presidência do diretório municipal do PMDB em Ubatuba e confirmou a aliança do partido com o PT, PP, PSDC e PCdoB para as próximas eleições municipais. A notícia foi dada pelo próprio político e confirmada pelo Secretário do Diretório Estadual do PMDB, deputado Jorge Caruso. Caribé ressaltou o fortalecimento da aliança e reforçou sua condição como um dos líderes da legenda na cidade.

“Estar na presidência do PMDB é um modo de fortalecer a legenda e o grupo que se formou aqui em Ubatuba. Temos uma conversa já bem adiantada para que, juntamente com o PT, formemos a chapa majoritária dessa aliança”, ressalta Sérgio Caribé.

A informação foi ratificada pelo secretário do Diretório Estadual do PMDB, deputado Jorge Caruso. “A conversa que temos para Ubatuba é antiga e já passou inclusive pela aprovação oficial da Estadual do PMDB. A alteração na …
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Falcão, o do PT, insiste

O Estado de S.Paulo
Uma das obsessões do presidente do PT, Rui Falcão, relacionada com sua fervorosa admiração pelo regime cubano, é implantar no Brasil um "controle social da mídia" como o que existe há mais de meio século na ilha dos Castros. Para ele, imprensa boa é aquela que apoia o governo - desde que, é claro, os "trabalhadores" controlem também o governo. A mais recente bravata do preposto petista pega carona nos últimos ataques da presidente Dilma Rousseff aos altos juros bancários, na demagógica intenção de deixar claro que, quando estão em jogo os "interesses populares", não falta "coragem" ao governo lulopetista: "Este é um governo que tem compromisso com o povo e que tem coragem para peitar um dos maiores conglomerados, dos mais poderosos do País, que é o sistema financeiro e bancário. E se prepara agora para um segundo grande desafio, que iremos nos deparar (sic) na campanha eleitoral, que é a apresentaç…
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 10 / 05 / 2012

Folha de São Paulo
"Protetores de mensaleiros me atacam, diz procurador-geral"

Para ele, quem o critica por retardar apuração sobre Demóstenes tem medo do julgamento do mensalão

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, disse que os ataques que sofre por não ter investigado Demóstenes Torres (ex-DEM) em 2009 partem de quem “está morrendo de medo do julgamento do mensalão". Sem citar nomes, Gurgel disse ser “compreensível” que pessoas que buscam proteger os réus do mensalão, denunciados pela Procuradoria, queiram fazer ataques a ele e a ministros do STF, que julgarão o caso.

O Estado de São Paulo "Procurador-geral vê réus do mensalão por trás de ataques"

Gurgel é alvo da base aliada na CPI do Cachoeira, sob acusação de não ter tomado providências contra o contraventor
Alvo da base aliada na CPI do Cachoeira, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, acusou os réus do mensalão de serem os mentores dos ataques contra ele. Parlam…

Basquiat

Imagem

Panorama das eleições 2012

Movimento no tabuleiro

Sidney Borges
Escolhi o título desta matéria recordando o match Fischer-Spassky de 1972. Talvez influenciado por Charles Bukowski eu corujava ondas curtas no Zenith militar de meu pai enquanto bebia vinho barato e fumava Minister. Hoje diriam coisa de junkie, há 40 anos era o que havia a ser feito. Um locutor da rádio portuguesa que não me recordo qual anunciava os lances com a frase "movimento no tabuleiro", escaneando as sílabas com ar de desdém. Não deve ser fácil a vida de locutor de xadrez, imagino Galvão Bueno narrando um xeque-mate. Em tempo, Fischer esmagou Spassky, não deu chance ao russo. Também não deu chance aos americanos de comemorar a vitória, trancou-se em copas e só reapareceu na Islândia para morrer.

Até ontem as eleições de Ubatuba estavam movimentadas como uma partida de xadrez transmitida por rádio. A mesma falta de emoção, os mesmos atores, o mesmo palco, o mesmo script, as mesmas estratégias baratas, as mesmas promessas falsas que j…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

O BC domesticado

O Estado de S.Paulo
A domesticação do Banco Central (BC) poderá custar caro ao Brasil, como custou, em outros tempos, a sua subordinação ao ministro da Fazenda ou a quem comandasse a política econômica. Longe de ser um luxo, a autonomia operacional da autoridade monetária é uma garantia de segurança contra desmandos do governo, um contrapeso para a irresponsabilidade fiscal e uma proteção contra a política eleitoreira e os interesses partidários de curto prazo. As lições de um passado não muito remoto mantêm clara a lembrança de todos esses males. Ninguém, no Palácio do Planalto, deveria desconhecê-las. No entanto, já não pode haver dúvida sobre a influência da presidente Dilma Rousseff na política oficial de juros, principal instrumento da administração monetária. A mansidão do presidente do BC diante da ingerência palaciana encoraja as pressões de ministros, empresários, sindicalistas e políticos e desmoraliza a instituição.

"Não ter inflação é um pressuposto para…
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 09 / 05 / 2012

Folha de São Paulo
"Processo que pode cassar Demóstenes é aberto por 16 a 0"

Presidente do Conselho de Ética diz querer encerrar até junho apuração sobre relações do senador com Cachoeira
Por unanimidade, o Conselho de Ética do Senado abriu processo de cassação contra o senador Demóstenes Torres (ex-DEM), acusado de defender os interesses de Carlinhos Cachoeira no Congresso e no governo. Os 16 integrantes do órgão aprovaram relatório do petista Humberto Costa pela abertura de processo.

O Estado de São Paulo "Bancos vão baixar juros e indicam apoio a Dilma"

Ação de Itaú e Bradesco ocorre em meio a polêmica entre Febraban e governo sobre expansão de crédito
Os dois maiores bancos privados do País, Itaú e Bradesco, preparam novas reduções de juros cobrados de empresas e pessoas físicas. A medida é uma forma de demonstrar convergência com a agenda da presidente Dilma Rousseff, um dia depois de mais uma polêmica entre o governo e a Federação Brasile…

Mon Oncle (1958)

Imagem

Coisas da terra...

Imagem
E por falar em civilidade... (XII)

José Ronaldo dos Santos
O que será que queria dizer a adolescente, do bairro do Ipiranguinha, ao dizer a seguinte frase: “tem que acontecer mais Festa do Trabalhador durante o ano para que o nosso bairro receba mais atenção, ganhe até asfalto”.
Twitter
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Mobilidade emperrada

O Estado de S.Paulo
É cada vez maior o risco de um vexame nacional na Copa do Mundo - e não por causa do desempenho da equipe brasileira. As informações mais recentes sobre o andamento dos projetos não permitem outra conclusão. Quem se dispuser a vir ao Brasil para acompanhar os jogos terá de enfrentar aeroportos despreparados para um tráfego mais intenso de passageiros, cidades congestionadas e sistemas de transporte urbano inapropriados para metrópoles modernas. O governo terá de correr muito para garantir a conclusão a tempo das obras necessárias. Se não conseguir desemperrar em pouco tempo os investimentos programados, ainda acabará pagando muito mais que os valores atualmente orçados, porque não terá outro meio de compensar o tempo perdido. Os valores atuais já são muito maiores que os estimados quando o governo brasileiro assumiu o compromisso de realização da Copa.

A presidente Dilma Rousseff e o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, anunciaram em 24 de abr…
Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 08 / 05 / 2012

Folha de São Paulo
"Europa é tomada por incertezas após eleições"

Fracassa coalizão na Grécia; França e Alemanha divergem sobre rigor fiscal

Incerteza sobre os rumos da França e pessimismo em relação ao futuro da Grécia marcaram o dia seguinte às eleições nos dois países. Na Alemanha, a chanceler Angela Merkel deixou claro que há divergências no modo como ela e François Hollande encaram o pacto fiscal assinado em março. 

O Estado de São Paulo "Estoque dispara e montadoras já pensam em férias coletivas"

Encalhe de veículos é o maior desde 2008, início da crise internacional, e vendas caem 14,2% em abril
A indústria automobilística encerrou o mês de abril com estoques suficientes para 43 dias de vendas. É o maior nível desde novembro de 2008, no auge da crise financeira internacional, quando o encalhe nas fábricas e nas revendas atingiu 56 dias. Na virada do mês, havia 366,5 mil veículos nos pátios, volume muito superior ao das vendas registradas…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Banda cara e lenta

O Estado de S.Paulo
Uma pesquisa com usuários de banda larga, fixa e móvel, de 40 países, foi organizada pela Consumers International (CI), em colaboração com o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), com o objetivo de identificar os principais problemas e falhas desses serviços. A CI é uma federação mundial de entidades de defesa do consumidor, que reúne 220 organizações de 115 países. O Idec foi o responsável pelos dados das Américas.

Os resultados mostraram que são comuns as queixas de usuários sobre a velocidade de conexão - 75% dos usuários, em todos os países pesquisados, se queixaram da velocidade de sua conexão, que não corresponderia ao que lhes foi vendido; sobre grandes obstáculos ou mesmo impossibilidade de mudança de operadora; e sobre insatisfação com a forma como as empresas atendem às reclamações. E a fonte principal dessas distorções é a concentração da oferta. O Brasil não foge à regra, pois apenas três grupos controlam 80% do mercado da …
Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 07 / 05 / 2012

Folha de São Paulo
"França elege presidente socialista"

Com discurso contra crise econômica e desemprego, François Hollande vence Nicolas Sarkozy no segundo turno

O socialista François Hollande, 57, foi eleito ontem o novo presidente da França. No segundo turno das eleições, ele derrotou o atual presidente, Nicolas Sarkozy, de centro-direita, que buscava a reeleição. Hollande recebeu 52% dos votos, ante 48% de seu adversário, e assume na semana que vem para um mandato de cinco anos. Os socialistas não ocupam a Presidência francesa desde 1995, quando François Mitterrand deixou o cargo. 

O Estado de São Paulo "Após 24 anos, França elege socialista"

Eleitor rejeita planos de austeridade de Sarkozy; o vencedor Hollande reafirmou defesa do crescimento como saída para a crise
O discurso de defesa do crescimento econômico em lugar da austeridade devolveu ontem o poder na França aos socialistas, que não venciam eleições presidenciais havia 24 anos. E…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

As mentiras do senador

O Estado de S.Paulo
O "doutor", que o seu bom amigo "professor" ambicionava até vê-lo um dia de toga, como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), foi levado a descer aos infernos de seu ofício, a uma distância intransponível das alturas que se imaginava capaz de escalar. "Doutor" era o tratamento que o senador goiano Demóstenes Torres recebia do batoteiro Carlinhos Cachoeira, a quem se dirigia como "professor" em algumas passagens dos 298 telefonemas trocados entre eles de fevereiro a agosto do ano passado e interceptados pela Polícia Federal.

Na quinta-feira, iniciando uma partida a uma sequência de procedimentos que em pouco mais de 60 dias devem culminar com a cassação de Demóstenes, o senador Humberto Costa, do PT pernambucano, relator no Conselho de Ética do pedido de ação disciplinar apresentado pelo PSOL, aprovou a abertura do processo por quebra do decoro contra o parlamentar que há um mês se desfiliou do DEM par…
Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 06 / 05 / 2012

Folha de São Paulo
"Com crise política e CPI, Dilma abre cofre a aliados"

Planalto multiplicou liberação de verbas em momentos de tensão com Congresso

Ao mesmo tempo em que enfrentava uma crise com a base e negociava a criação da CPI do Cachoeira, o governo Dilma multiplicou a liberação das verbas de interesse de parlamentares, prefeitos e governadores, informa Gustavo Patu. As despesas com as chamadas emendas parlamentares, incluídas por congressistas no Orçamento em favor de suas bases eleitorais, quadruplicaram de fevereiro para março, quando bateram R$ 350 milhões. Em abril, o patamar se repetiu. 

O Estado de São Paulo "Mesmo com juros em queda, estoque alto adia recuperação"

Problema atinge um terço dos principais ramos da indústria, e produção só deve crescer no segundo semestre
O lento ajuste dos estoques nas fábricas, provocado pela redução na demanda, deve adiar a retomada da produção da indústria para o segundo semestre. Em abril, um terç…