Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 21, 2010
Imagem

Jornalismo

Filiação de não diplomados racha sindicalismo jornalístico

Do Webmanário (original aqui)
O sindicalismo jornalístico brasileiro está muito perto de um racha. E o motivo é bizarro: alguns sindicatos (com São Paulo à frente) passaram (em respeito à lei) a filiar não diplomados em jornalismo, mas que exercem a profissão.

Como todos nós sabemos, no Brasil o exercício do jornalismo é livre _como de resto, no mundo: o avanço tecnológico já tinha dado uma imprensa para cada um.

Dentro da Fenaj (a federação nacional da profissão) surgiu um movimento contra essa filiação, e o assunto será discutido em 27 de março pelo Conselho de Representantes, que quer proibir a prática.

Os motivos desse grupo eu entendo perfeitamente. Minha grande dúvida é saber o porquê de não diplomados em jornalismo decidirem se filiar a entidades da classe, o que se passa na cabeça dessa gente?

Como sindicalizado veterano, atesto a inutilidade da coisa.

Afinal, queremos um sindicato de diplomados em Jornalismo ou um sindicato …

Brasil

Imagem
Cara de milionário, roupa de milionário e sorriso de milionário. Não se engane leitor, não se trata de um burguês qualquer. O fotogênico personagem está disfarçado de rico. É o revolucionário "Super Zé", que nunca descansa. Vive permanentemente centrado na luta para implantar o socialismo no Brasil. Dizem por aí que ele está ganhando muito dinheiro. Os milhões serão doados à causa?

O maior lobista do país

José Dirceu, o "consultor" mais quente da República, aparece no meio de uma bilionária operação que pretende botar em pé uma empresa estatal de internet e, claro, fazer a fortuna de alguns bons companheiros

Fábio Portela e Ronaldo França (original aqui)
De tempos em tempos, o governo Lula se vê obrigado a explicar ne-gócios obscuros, lobbies bilionários, maletas de dinheiro voadoras e beneficiamento a grupos privados. Já é uma espécie de tradição petista. E o que une todos esses casos explosivos? José Dirceu, o ex-militante de esquerda e ex-ministro-chefe da Casa Civi…
Imagem
Clique e saiba mais

Opinião

Do lado dos perpetradores

Editorial do Estadão
São de um cinismo deslavado os comentários do presidente Lula sobre a morte do ativista cubano Orlando Zapata Tamayo, ocorrida horas antes de sua quarta visita à ilha desde que assumiu o governo. Tamayo, um pedreiro de 42 anos, foi um dos 75 dissidentes condenados em 2003 a até 28 anos de prisão. Inicialmente, a sua pena foi fixada em 3 anos. Depois, elevada a 25 anos e 6 meses por delitos como "desacato", "desordem pública" e "resistência". Embora não fosse um membro destacado do movimento de direitos humanos em Cuba, a Anistia Internacional o incluiu na sua lista de "prisioneiros de consciência" - vítimas adotadas pela organização por terem sido detidas apenas por suas ideias. Em dezembro, Tamayo iniciou a greve de fome por melhores condições para os 200 presos políticos do regime, da qual morreria 85 dias depois.

Lula conseguiu superar o ditador Raúl Castro em matéria de cinismo e escárnio. Este dis…
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 27 / 02 / 2010

Folha de São Paulo
"Em SP, aluno sai da rede pública 3 anos defasado"

Desempenho de estudantes da 4ª série, porém, apresenta melhora sutil

Os resultados do Saresp, prova de português e matemática aplicada pelo governo paulista, mostram que, na rede estadual, o desempenho dos alunos do 3º ano do ensino médio não chega ao esperado para a 8ª série. O exame avalia os estudantes da 4ª e da 8ª séries do ensino fundamental e da 3ª série do médio. Em 2009, foi registrada melhora na 4ª série: a média subiu de 180 para 190, 4 em português, numa escala que vai até 500. O avanço foi mais tímido na 8ª série e inexistente no 3º ano do ensino médio, ambos com desempenho abaixo do que é considerado ideal. Em matemática, houve pequeno recuo na média geral (de 273,8 para 269,4). A gestão José Serra alega que, embora a situação não seja satisfatória, políticas adotadas pelo governo melhoraram os resultados. Especialistas classificaram como “pífio” ou “tímido” o desempenho do…
Imagem

Eleições 2010

Democracia é a minha praia

Sidney Borges
Gosto de simplicidade. Por isso explico aos leitores as razões pelas quais vou votar em Serra.

Primeiramente devo ressaltar meu apreço pela democracia. Gosto do sistema, gosto da liberdade que há. Lula fez um bom trabalho, mas está na hora da alternância.

A segunda razão é pessoal, simpatizo com o governador. Ele é da Mooca, eu sou do Pari, o pai dele tinha banca no mercado, meu avô comprava coisas para vender no nosso mercado. Ele foi aluno do Cabrão na Poli, eu fui aluno do Cabrão na FAU, esse é um laço indestrutível.

Também tivemos uma animada conversa num Boeing 737 da Vasp em 1989. Avião cheio, até o Di Genio, dono do Objetivo, estava a bordo. Serra era deputado. Sentou-se ao meu lado, eu no banco do meio, ele perto do corredor e na janela um japonês que suponho mudo. Serviram macarrão no jantar, embora o vôo fosse curto, apenas uma hora e quinze entre Brasília e São Paulo.

Serra comeu silenciosamente, depois virou-se para mim e falou:
- Macar…
Imagem

A ponderar...

Uma séria ameaça à web na Itália

Google
No fim de 2006, estudantes de Turim, na Itália, gravaram um vídeo em que humilham um colega de escola com problemas mentais. Em seguida, eles enviaram o filme ao Google Video. O filme era absolutamente deplorável e nós o retiramos da web horas depois de sermos notificados pela polícia italiana. Também trabalhamos com a polícia local para ajudar a identificar a responsável pelo envio. Ela foi sentenciada a 10 meses de serviço comunitário por um tribunal de Turim, assim como outros colegas de classe envolvidos. Nessas raras e desagradáveis ocasiões, nosso envolvimento normalmente acabaria aí.

Mas, neste caso, um promotor público de Milão decidiu acusar quatro funcionários do Google: David Drummond, Arvind Desikan, Peter Fleischer e George Reyes, que saiu da empresa em 2008. Eles foram acusados de difamação e violação de privacidade. Para deixar bem claro, nenhum dos quatro funcionários do Google teve relação com o vídeo. Eles não aparecem nele, não o…
Imagem

Eleições

TSE inviabiliza investigação de fraude em urna eletrônica

por Marcela Rocha, em Terra Magazine, dica de Francisco Latorre
Para a advogada Maria Cortiz, falta de transparência e o custo da urnas eletrônicas brasileiras são dignos de maior atenção. Contudo, alerta, o Tribunal Superior Eleitoral "inviabiliza" investigação sobre fraudes e "ridiculariza" quem levanta essas questões. Em entrevista a Terra Magazine, a especialista em auditoria de processo eleitoral aponta essas e mais uma série de falhas no sistema que adota o voto eletrônico desde 1996.

- As urnas não são invioláveis - pontua Cortiz.

A advogada presta consultoria para o PDT e PT, mais recentemente. Por conta disso, conta ter visto e denunciado uma série de fraudes envolvendo as urnas eletrônicas brasileiras. Na entrevista abaixo ela detalha casos em que elas foram violadas e, segundo a advogada, nada foi feito. Segundo ela, pelo contrário, "os pedidos foram indeferidos". "Estão parados".

P…
Imagem

Deu em O Globo

Ilha presídio

De Miriam Leitão:
Foi constrangedor ver a cena do presidente Lula e seus assessores rindo do lado dos Castros de Cuba, enquanto o governo cubano prendia os amigos de Orlando Zapata que tentavam comparecer ao enterro.

A mãe de Zapata disse que ele era torturado sistematicamente; o desespero foi tal que ele ficou 84 dias sem comer. E lá estava o nosso presidente sorrindo e brincando com os ditadores.

Tenho dito aqui que concordo com a necessidade de se apurar as torturas e mortes de opositores durante a ditadura brasileira, mas o governo fica sem moral para defender que, no Brasil, os militares que torturaram e mataram sejam punidos, se aceita se confraternizar com quem tortura e mata integrantes da oposição em Cuba.

Os detalhes da morte de Orlando Zapata Tamayo lembram os piores regimes. A casa dele, onde o corpo foi velado, ficou cercado de seguranças. Pessoas tentavam chegar perto do livro de condolências e não conseguiam. Alguns amigos dele permanecem presos só por querer i…
Imagem

Coluna do Celsinho

Como será?

Celso de Almeida Jr.
Pena eu não ter uma bola de cristal.

Com o fim do carnaval, início do ano brasileiro, eu gostaria de ter maior segurança sobre o que vem pela frente.

No município, algumas posturas indicam que o caixa da prefeitura está raso.

Choro dos fornecedores; estratégias desesperadas para angariar tributos; declarações aflitas de secretários municipais mostram, dia-a-dia, a fragilidade do erário.

Na política, o número de votos conquistados pelos deputados com o apoio do prefeito e/ou dos vereadores revelará o poder de fogo de cada um; espécie de termômetro para os postulantes à sucessão municipal.

Indicará, também, se Eduardo César ainda tem o apoio de sua base eleitoral original.

Não quero entrar na expectativa do vencedor da Copa do Mundo, nem do novo Presidente da República.

Fico por aqui, neste nosso mundinho confuso, cheio de trapalhadas; mas um fiel retratinho das mazelas do Brasil.

Não posso adivinhar, realmente, os fatos do curto prazo.

Mas no médio prazo já dá pra …
Imagem
Clique e saiba mais

Opinião

Uma lógica para os transportes

Washington Novaes
Tal como o tema da transposição de águas do Rio São Francisco, assombração que aparecia e desaparecia no Brasil ao longo de mais de um século, até o projeto ser levado à prática (contrariando cientistas, técnicos, ambientalistas, comitê de gestão da bacia, etc.), outra assombração recorrente volta mais uma vez ao noticiário - o projeto da Hidrovia Araguaia-Tocantins, talvez estimulado pela defesa que dele fez o ministro do Meio Ambiente, ao anunciar o veto às hidrelétricas no primeiro rio, em julho do ano passado, bem como um projeto do governo do Pará de operacionalizar essa hidrovia.

Muitas pessoas menos próximas da realidade concreta até defendem em princípio esse projeto, com o argumento de que hidrovias prejudicam menos o meio ambiente e permitem um custo de transporte inferior ao das rodovias e ferrovias. Mas não é o caso do Araguaia, com seus 2.115 quilômetros de extensão. Porque se situa numa região de formação geológica relativame…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 26 / 02 / 2010

Folha de São Paulo
"Lucro do BB é recorde com receita de fundo de pensão"

Acerto de R$ 3 bi da Previ leva ganho do Banco do Brasil para R$ 10,15 bi

O Banco do Brasil obteve o maior ganho anual apurado entre as instituições financeiras do país. O lucro líquido de R$ 10,15 bilhões anunciado pelo BB em 2009 inclui R$ 3 bilhões de receitas resultantes do acerto de contas com a Previ, fundo de pensão de seus funcionários. Outros fatores também influenciaram o resultado. Enquanto o mercado ampliou em 14,5% a oferta de crédito, o BB expandiu em 33.8% a sua carteira de empréstimos. A inadimplência do banco girou em 3,3%. Já a do sistema financeiro como um todo ficou em 4,4%. O temor de mais calotes por causa da crise não se confirmou. Para este ano, o BB prevê um acirramento na concorrência entre os bancos, com maior disposição das instituições privadas para os financiamentos. Mesmo assim, projeta crescer 23% no segmento.

O Estado de São Paulo
"Preso pol…
Imagem

Cotidiano

Enquanto isso...

Sidney Borges
O projeto do presidente Lula de estender a banda larga ao país tem o meu apoio. O que se discute por aí, ou melhor, o que não se discute é que o ex-guerrilheiro sem batalhas, ex-ministro e ex-mensaleiro, José Dirceu, levou vantagem. Como sempre acontece, enquanto os outros brigam, ele enriquece. Dizem que logo vai comprar um jatinho. Será o aerodirceu. Para voar perto do aerodilma. Ou do aeroserra. No fim do ano saberemos. Acho que se der Serra Dirceu vai se exilar em Cuba e fazer outro curso. Desta vez de empanadas, o outro foi de trapalhadas.

Na Argentina o casal real tem menos de 30% de ibope. Uma boa razão para tocar fundo a alma dos hermanos. O tema: patriotismo. Desde que nascem os rebentos do país vizinho escutam que as Malvinas são argentinas. Levantar o espírito do um por todos e todos por um pode ser um paliativo, mas não vai mudar o panorama da impopularidade.

Os ingleses tomaram posse das Falklands/Malvinas em 1833. Faço um paralelo com Goa, ex-…
Imagem
Clique e saiba mais

Opinião

A retórica da integração

Editorial do Estadão
Do presidente mexicano Felipe Calderón: "O ideal de Bolívar, de uma América unida, continua vivo e está mais vivo do que nunca." Do presidente venezuelano Hugo Chávez: "Podemos dizer que o sonho de Simon Bolívar foi realizado." Do presidente cubano Raúl Castro: "Transcendência histórica." Do presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva: "Fato histórico de grande dimensão." Mesmo para os padrões da vizinhança, é confrangedor o contraste entre a retórica derramada para saudar a criação de um novo ente multilateral na região e as suas mais do que óbvias limitações para integrar "uma só nação americana, unida em seus valores de democracia, justiça e igualdade", como declamou Calderón.

Ele e outros 31 chefes de Estado e governo, reunidos durante dois dias em Cancún para a Cúpula da América Latina e Caribe (Calc), assinaram a certidão de nascimento da entidade que o venezuelano queria que se cham…
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 25 / 02 / 2010

Folha de São Paulo
"Cuba reprime protesto da oposição na visita de Lula"

Mais de 30 pessoas são impedidas de ir a funeral; Lula critica dissidentes

A morte do preso político Orlando Zapata Tamayo, 42, que estava em greve de fome havia 85 dias, fez sombra ao clima festivo da última visita oficial que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva faz a Cuba. O brasileiro esteve na região do porto que terá obra financiada pelo BNDES. Segundo grupos de direitos humanos, mais de 30 oposicionistas foram presos ou mantidos em suas casas por agentes de segurança. Essa medida foi apontada como tentativa do governo cubano de impedir que o funeral de Zapata se tornasse um acontecimento político. O presidente de Cuba, Raúl Castro, culpou a política de "confrontação" com os EUA pela morte do dissidente. Porta-voz do Departamento de Estado americano disse que Zapata estava sob custódia do governo cubano e defendeu a libertação de outros presos políticos. Lula …
Imagem

Brasil

Pensando em voz alta

Sidney Borges
Nessa coisa de banda larga e Eletronet tem boi na linha. A consultoria prestada ao Sr. Nelson dos Santos pelo ex-ministro José Dirceu pode não ter sido lobby, mas tem cara de lobby, focinho de lobby e grunhe como lobby.

Segundo a Folha o "trabalho" colocou no bolso de Dirceu R$ 620 mil.

Saiba o leitor que com esse dinheiro dá para viver por muito tempo com padrão de classe média. Nada comparável aos costumes do comissariado petista que incluem ternos Armani, vinhos de US$ 1000 a garrafa e charutos cubanos.

Quando digo viver bem, falo em R$ 5 mil por mês. Com um salário desses o ex-minitro poderia ficar de papo pro ar durante 10 anos e quatro meses.

Dirceu é um grande articulador político, mas não fez carreira como advogado. Se fosse para obter um parecer jurídico o Sr. Nelson dos Santos teria dezenas de alternativas de comprovada competência e preços melhores.

Fica no ar a pergunta que suponho jamais ver respondida. Qual foi o trabalho prestado…
Imagem

Igualzinho em escala diferente

Parece linho. É linholene...

Sidney Borges
"Da noite para o dia, expandindo-se a área permitida para edificação, quadruplica-se o valor de um lote. Avançando-se sobre áreas da cidade onde é obrigatória a construção de imóveis populares ou para a classe média, consegue-se quintuplicar o valor de um terreno onde há hoje um galpão abandonado. Isso tudo e mais uma carta de corso para se construir onde, legalmente, não há mais espaço acima dos limites estabelecidos pelo zoneamento."

Se você imagina que o texto acima tem relação com o que acontece em Ubatuba, tire o cavalinho da chuva. Existe alguma semelhança, mas as práticas relatadas são da lavra de outra administração do DEM. Ressalte-se que o "modus operandi" não é marca registrada dos democratas. Os fatos denunciados por Elio Gaspari são anteriores às "Porteiras do Brás" e à "Caixinha do Adhemar."Outros tempos, outros partidos, a mesma sanha alucinada de avançar nas fichas que assola a alma dos pol…
Imagem

Deu na Folha

Dirceubrás

De Fernando de Barros e Silva:
José Dirceu tem um blog -o "blog do Zé". Ele o define como "um espaço para a discussão do Brasil".

Discutindo o Brasil como quem não quer nada, Dirceu escreveu o seguinte: "Do ponto de vista econômico, faz sentido o governo defender a reincorporação, pela Eletrobrás, dos ativos da Eletronet, uma rede de 16 mil quilômetros de fibras óticas" etc. etc. etc.

Este é um assunto caro a Dirceu. Seu primeiro post sobre o tema é de março de 2007. Por coincidência, o mesmo mês em que o empresário Nelson Santos contratou seus serviços de consultoria. Ficamos sabendo disso só ontem, pela reportagem de Marcio Aith e Julio Wiziack.

Em 2005, Nelson Santos, dono da "offshore" Star Overseas, sediada nas Ilhas Virgens, havia comprado pelo valor simbólico de R$ 1 a participação em uma empresa à época falida -a Eletronet. Entre 2007 e 2009, o empresário pagou a Dirceu R$ 620 mil por consultorias.

Se a Telebrás for reativada, como …
Imagem

Deu em O Globo

Planalto busca esvaziar denúncia sobre ‘lobby’ de Dirceu

De Gustavo Paul e Mônica Tavares:
Quatro dias depois do lançamento da pré-candidatura da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, à presidência da República pelo PT, o Palácio do Planalto se movimentou ontem para esvaziar a denúncia de que o ex-ministro José Dirceu fez lobby para beneficiar interesses privados no Plano Nacional de Banda Larga (PNBL).

Sob monitoramento direto da Casa Civil, o governo evitou politizar o tema e acionou a Advocacia Geral da União (AGU) para rebater juridicamente a suspeita de que a decisão de utilizar no programa a rede de fibra óptica administrada pela Eletronet foi influenciada por Dirceu. O próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em viagem ao México, declarou:

— Se você entrar no site da AGU, você vai ver a resposta da AGU. Não procedem as informações.

Dilma também desqualificou a suposta influência do ex-ministro. Para reforçar o caráter técnico da defesa oficial, foram convocados ainda os dois …
Imagem
Clique e saiba mais

Opinião

Equívocos da banda larga

Editorial do Estadão
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem manifestado reiterado apoio à reativação da Telebrás, com o propósito alegado de que essa estatal "coordene e gerencie a oferta de serviços de banda larga pelo menor preço possível a todos os brasileiros". Por louvável que seja esse objetivo, há uma distância muito grande entre os fins visados e os meios propostos para alcançá-los.

Como em ano de eleições tudo se promete, o presidente diz que a intenção é oferecer o acesso à banda larga a R$ 10 mensais. Só não diz como fazer esse milagre.

Para que se tenha ideia do disparate, é bom lembrar que a mais avançada e mais barata rede de banda larga do mundo é da Coreia do Sul, onde 97% dos domicílios podem acessar a internet à velocidade de 50 Megabits por segundo (Mbps) - quase 100 vezes a velocidade da banda larga brasileira - por apenas US$ 25 (R$ 47), como mostrou o jornalista Ethevaldo Siqueira no Estado de domingo.

Também é estranho que o pre…
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 24 / 02 / 2010

Folha de São Paulo
"DF perde 2º governador em 12 dias"

Interino Paulo Octávio renuncia, e Wilson Lima, aliado de Arruda, assume cargo em Brasília

Apenas 12 dias depois de assumir o lugar de José Roberto Arruda, preso desde o dia 11, o governador interino do Distrito Federal, Paulo Octávio, alegou falta de apoio político, renunciou ao cargo e se desfiliou do DEM. Arruda e Paulo Octávio são suspeitos de comandar o mensalão do DEM -esquema de formação de caixa dois para a campanha que os elegeu em 2006, além de coleta e distribuição de propina. Eles negam as acusações. O novo governador é o presidente da Câmara Legislativa, Wilson Lima (PR), aliado de Arruda e da gestão anterior, de Joaquim Roriz (PSC). A avaliação é que ele terá dificuldades políticas para se sustentar no cargo. Esse cenário aumenta a chance de intervenção no DF, que será analisada pelo Supremo Tribunal Federal. O próximo na linha sucessória, Níveo Gonçalves, do Tribunal de Justiça, d…
Imagem
Clique sobre a imagem e saiba mais

Mundo

No México, Lula questiona soberania britânica nas Ilhas Malvinas

FABRÍCIA PEIXOTO enviada especial da BBC Brasil a Cancún
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira que o Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas) "deve reabrir" a discussão em torno da jurisdição sobre as Ilhas Malvinas, em disputa entre a Argentina e o Reino Unido.

Em discurso durante a Cúpula da América Latina e Caribe, em Cancún, Lula questionou tanto a postura do Reino Unido como a da ONU no episódio.

"Qual é a explicação geográfica, política e econômica de a Inglaterra estar nas Malvinas? Qual a explicação política de as Nações Unidas já não terem tomado uma decisão dizendo: não é possível que a Argentina não seja dona das Malvinas e seja um país [Reino Unido] a 14 mil quilômetros de distância?", questionou o presidente.

Lula sugeriu que a resposta para esse questionamento pode estar no fato de o Reino Unido ser um dos membros permanentes do Conselho de Segur…

Espaço do leitor

Imagem
Inauguração da ponte da Ressaca

Alexandre Vilensky
Examinando a foto (em anexo) da inauguração da ponte da Ressaca (foto oficial da assessoria de comunicação, portanto a melhor que eles conseguiram), alguns detalhes chamam a atenção:

A ausência do secretário municipal Engº João Paulo Rolim.
Certamente envergonhado pelo modo como administrou a obra e sobretudo pela absurda omissão em esclarecer a população sobre sua atuação, como as encaminhadas por mim em carta aberta, e até o momento sem resposta (também em anexo para conhecimento de todos).

A total ausência de populares e moradores ao "evento".
O que se deu porque o mesmo foi antecipado às pressas, sem nenhuma divulgação, exatamente para evitar o encontro do prefeito com moradores, quando fatalmente seriam cobradas explicações sobre os absurdos havidos na execução da obra.

Porém, nada é mais emblemático na foto do que a postura do prefeito.
A começar pelo seu sorriso... no lugar do característico sorriso confiante, quase arrogant…
Imagem

Brasil

"Nova" Telebrás beneficia cliente de José Dirceu

O ex-ministro e deputado cassado José Dirceu recebeu pelo menos R$ 620 mil do principal grupo empresarial que será beneficiado caso a Telebrás seja reativada, como promete o governo, informa a reportagem de Marcio Aith e Julio Wiziack publicada nesta terça-feira pela Folha.

O dinheiro foi pago entre 2007 e 2009 pelo empresário Nelson dos Santos, dono da Star Overseas, sediada nas Ilhas Virgens Britânicas. Em 2005, Santos havia comprado participação de 49% na empresa Eletronet pelo valor simbólico de R$ 1.

Praticamente falida, a Eletronet era dona de 16.000 km de cabos de fibra óptica ligando 18 Estados, o que não cobria suas dívidas, estimadas em R$ 800 milhões.

Após Santos contratar Dirceu, o governo decidiu usar as fibras ópticas da Eletronet para reativar a Telebrás e arcar sozinho com a caução judicial necessária para resgatar a rede, hoje em poder dos credores. Estima-se que o negócio renda ao empresário R$ 200 milhões.

Segund…