Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 8, 2013

Dominique

Imagem

Opinião

A pauta da recuperação global

O Estado de S.Paulo
A economia mundial deve continuar em recuperação no próximo ano, com os Estados Unidos, a maior potência, crescendo perto de 3% e funcionando outra vez como um dos principais motores do crescimento. A economia número dois, a China, continuará avançando bem mais velozmente que a média mundial, com taxa próxima de 7,5%. Mas a retomada americana e a reação japonesa tornarão mais eficiente a difusão da prosperidade, segundo as projeções das mais importantes entidades multilaterais, incluídos o Fundo Monetário Internacional (FMI) e a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Mas, apesar da melhora do quadro, "a recuperação global tem sido desigual e mais contida do que se esperava", disse na quinta-feira a diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde, ao apresentar o programa de trabalho da instituição para 2014.

Será necessário, segundo ela, implementar políticas mais ambiciosas para passar da estabilização ao &q…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 14 / 12 / 2013

O Globo
"Operação fim de ano: Ação contra caos aéreo sofre com falta de pessoal"

Terminais precisam de reforço de equipes extras da PF e da Receita

Restrições de gastos com viagens e diárias, no entanto, impedem deslocamento de agentes que são fundamentais para agilizar atendimento a passageiros. A operação de fim de ano nos principais aeroportos do país está ameaçada por falta de agentes da Polícia Federal e da Receita Federal. Restrições no orçamento impedem pagamento de diárias e deslocamentos de agente que deveriam reforçar os plantões nos terminais. Hoje, há 48 funcionários da PF no Galeão, mas há necessidade de mais 48, além de mais seis da Receita. Em Guarulhos, a PF tem 62 homens e precisa de outros 24.

O Estado de S. Paulo
"Preso no mensalão, Henry é o 3º a renunciar"

Deputado segue Genoino e Valdemar da Costa Neto; João Paulo Cunha ainda mantém seu mandato.

Condenado no mensalão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, Pedro Henry (PP-M…

Instantâneos de família

Imagem
Tio Albano, espião da PIDE, e seu Gogomobil em Berlim Oriental.

Coluna do Celsinho

Cookie

Celso de Almeida Jr.

Cheguei de viagem.

Esposa, filha e sogro tinham saído.

Entrei em casa e começou a festa.

Pulou, lambeu, pegou no pé.

Eu e a Cookie, somente.

Por um instante, imaginei como seria se eu fosse um velhinho solitário.

Que companhia generosa seria aquela cachorrinha.

Sempre alegre, receptiva, carinhosa.

Cessaria o silêncio.

Faria a companhia necessária, indispensável.

Curiosamente, por um instante, senti o peso da solidão.

Aguentaria?

Abre a porta.

Esposa e filha queridas.

Sogro admirável.

O velho e bom calor humano.

Casa animada.

Pisquei pra Cookie.

Ela me entendeu...

Visite: www.letrasdocelso.blogspot.com

Twitter

Dominique

Imagem

Opinião

Mandela e a alegria que vem de dentro

WASHINGTON NOVAES - O Estado de S.Paulo
Recordo episódio já narrado aqui: durante a Cúpula Mundial do Desenvolvimento Sustentável 2002, o autor destas linhas estava em Joanesburgo, na África do Sul, impressionado com o que via nas ruas: bastava juntarem-se três ou quatro negros da cidade para imediatamente começarem a cantar e dançar, com largos sorrisos na boca. Perguntado sobre como era possível ser assim - já que a pobreza, o desemprego, um "apartheid" de fato (embora abolido por lei) continuavam muito fortes -, o jovem David, motorista de táxi, engravatado, empertigado, não vacilou: "Isso é porque com o sofrimento nós aprendemos que a nossa alegria tem de vir de dentro, não pode depender de nada fora de nós". Inesquecível.

Bastava olhar ao redor para ver que ele tinha razão. A Joanesburgo "branca" era tão apartada que só havia ônibus, por exemplo, de Soweto, o enclave "negro" de mais de 1 milhão de pessoas,…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 13 / 12 / 2013

O Globo
"Enchente anunciada: Estado já tem seis mil desalojados pelas chuvas"

Paes diz que inundação da Binário é inadmissível e multa concessionária

Baixada Fluminense, uma das regiões mais castigadas pelo temporal, agora terá gabinete de crise para prevenção contra cheias. Cabral culpa 'décadas de abandono' por inundações na região. As chuvas já deixaram três mortos e seis mil pessoas desalojadas no Estado do Rio. Após reunião com dez prefeitos de municípios da Baixada Fluminense, o governador Sérgio Cabral anunciou a criação de um gabinete de crise para cuidar das enchentes na região. O prefeito Eduardo Paes vai multar a concessionária Porto Novo pelo alagamento na Via Binário, considerado “falha inadmissível".

O Estado de S. Paulo
"Inquérito do cartel chega ao STF e cita 3 secretários de SP"

Rosa Weber será a relatora; Alckmin vê motivação político-eleitoral em acusações.

O inquérito que investiga o cartel de trens em São Paulo …

Máquinas do passado

Imagem
Ford Prefect 1954 - Sem airbag - Sem ABS - Com acendedor de cigarros

Artes brasilienses

Brasil: futebol e chuva...

Sidney Borges
A Portuguesa vai cair. O Fluminense fica. O Fluminense era o meu time de botões preferido, com o beque Pinheiro que não deixava passar nada. Ficar ou cair não tem nada a ver com o que o time faz em campo. Trata-se do velho e conhecido tapetão. 

No tempo do Raul Klein essas coisas não aconteciam. Na bela "Ilha da Madeira", no Canindé, quando o valente gaúcho desembestava rumo ao arco adversário a torcida batia os pés nas arquibancadas e incentivava: bai raul, bai raul. Raul nem sempre ia, mas o barulho era tão alto que não se ouvia a locomotiva da Cantareira apitando. 

Em 1960 a Portuguesa ficou com o vice campeonato, perdendo para o Santos. Quando Raul Klein cansava entrava o Babá, baixinho que corria muito com as perninhas curtas em frequência frenética. Nos finais de ano chovia a cântaros em São Paulo, inundando parte do Canindé. Ainda chove além da conta em São Paulo, meu amigo Esquerdinha, comunista de carteirinha, que se recusa a pas…

Galáxia

Imagem

Para pensar...

Uma boa ideia custa ou vale?

Ricardo Pimentel
Depende! Depende do potencial do cliente, da praça, do mercado em que está inserido, etecétera e tal. Agora, tratando-se de Ubatuba depende se o criador é local ou não. Aí prevalece a máxima de que “santo de casa não faz milagre” e assim qualquer ideia por mais genial que seja não terá seu reconhecimento devido e honorários compatíveis. Mas, de qualquer forma, vamos devagar porque o andor é de barro.

Agora, com ou sem reconhecimento ideias precisam ser respeitadas pela ética de mercado. Pois, elas brotam em mentes capazes de traduzir sentimentos, novos conceitos, posicionar e diferenciar produtos e serviços. Boas ideias surgem da capacidade de se encontrar o óbvio. Surgem da mente de publicitários atentos às tendências, oportunidades e necessidades de mercado. Surgem de profissionais treinados para oferecer uma comunicação de qualidade aos setores produtivos.
Por isso, precisamos criar dispositivos legais à proteção das ideias, principalmente …

Dominique

Imagem

Opinião

E=ki (ou o minuto de 12 segundos)

EUGÊNIO BUCCI - O Estado de S.Paulo

"O espetáculo é o capital

em tal grau de acumulação

que se torna imagem"

Guy Debord

Domingo de manhã. Na Marginal do Tietê o táxi avança rumo ao aeroporto de Cumbica. O trânsito flui bem, como gostam de dizer os repórteres de rádio. O motorista (do táxi, bem entendido) não encontra dificuldades. Nos dias inúteis os automóveis andam mais soltos. Liberada pela inexistência de engarrafamentos, a mente se aquieta e se ocupa de assuntos amenos: o cachorro da infância, a filha que mora em Berlim, os vinhos Tanat, o filho de riso tão bonito, o laço do sapato que se desfez e assim ficará, desfeito, até o aeroporto.

Então, o celular toca. Um susto. A essa hora? É Adauto Novaes, chamando do Rio de Janeiro. Está bravo. "Amigo, você viu o desrespeito que foi aquele minuto de silêncio da Fifa para homenagear o Mandela? Não durou nem 15 segundos! Que vexame, amigo! Essa gente não suporta o silêncio. Por que eles não supor…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 12 / 12 / 2013

O Globo
"Enchente anunciada: Tempestade de caos e violência"

Despreparado, Rio fica refém das chuvas e pede ajuda para conter arrastões e saques

Temporal fecha principais vias de acesso à cidade, incluindo a recém-inaugurada Via Binário. Cariocas não conseguem chegar ao trabalho, e veículos parados são atacados. Duas pessoas morreram e cerca de quatro mil deixaram suas casas. As fortes chuvas que desde a noite de anteontem castigam o Rio inundaram rios, alagaram as principais vias de acesso à cidade, incluindo a nova Via Binário, e expuseram motoristas parados nos engarrafamentos à violência, mostrando o despreparo para enfrentar um problema que se repete todos os anos. O governador Sérgio Cabral conversou por telefone com a presidente Dilma e anunciou a vinda de policiais federais para ajudar no combate a saques e arrastões, que aterrorizaram motoristas sitiados por causa dos alagamentos na Avenida Brasil e na Dutra. Na Baixada, os prefeitos de Nova…

Dominique

Imagem

Opinião

O ranking das universidades

O Estado de S.Paulo
Não é apenas o ensino básico brasileiro que vem se saindo muito mal nas avaliações comparativas com os sistemas educacionais de outros países realizadas por organismos multilaterais. O mesmo ocorre com o ensino superior.

No levantamento da Times Higher Education sobre a qualidade das universidades dos Brics e países emergentes, divulgado esta semana, quatro instituições brasileiras foram classificadas entre as cem melhores. Nenhuma delas, contudo, ficou no topo da lista. Há dois meses, a Times Higher Education havia divulgado um estudo mostrando que o Brasil não teve nenhuma universidade incluída na lista das 200 melhores do mundo, em 2013. A instituição brasileira melhor classificada, a USP, em 158.º lugar no ranking de 2011, despencou para a faixa entre o 226.º e o 250.º lugares, este ano.

Os estudos comparativos da Times Higher Education avaliam o desempenho dos estudantes, o nível de internacionalização de cada universidade e sua produçã…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 11 / 12 / 2013

O Globo
"O funeral do conciliador: Sob inspiração de Mandela"

Obama aperta a mão de Raúl Castro, no 1ºcumprimento público desde 1959

Presidentes dos EUA e de Cuba se encontraram na cerimônia fúnebre do líder sul-africano. Numa cena não vista desde a Revolução Cubana, em 1959, o presidente dos EUA, Barack Obama, apertou a mão do líder da ilha caribenha, Raúl Castro. O gesto de aproximação ocorreu em Johannesburgo, na cerimônia fúnebre do líder sul-africano Nelson Mandela. Obama aproveitou e cumprimentou com beijos no rosto Dilma Rousseff, no primeiro encontro dos dois após a presidente cancelar a visita de Estado aos EUA, em setembro, em protesto contra a espionagem americana no Brasil.

O Estado de S. Paulo
"Justiça envia ao Supremo inquérito do cartel de trens"

Justificativa é de que a ‘eventual prática de infrações penais’ envolveria políticos com foro privilegiado

A Justiça Federal decidiu remeter para o STF o inquérito que investiga o cartel…

Dominique

Imagem

Opinião

Inépcia e descaso em jogo

O Estado de S.Paulo
Os cariocas Gabriel Ferreira e Diogo Cordeiro, ambos de 29 anos; e os paranaenses Estevão Viana, de 24, e William Batista, de 19, este com o crânio fraturado, sobreviveram por pouco de uma briga na Arena Joinville, domingo. Nenhum deles foi vítima inocente do conflito entre torcedores do Vasco da Gama, do Rio, e do Atlético Paranaense na última rodada da série A do Campeonato Brasileiro de Futebol. Afinal, eles atravessaram todo o espaço vazio que separava as torcidas de seus times para evitar conflitos e partiram em direção aos adversários como uma tribo de bárbaros atacando seus piores inimigos. O resultado foi mais um espetáculo de selvageria. Mas os quatro personagens não são os únicos responsáveis pela briga que os levou ao hospital.

O clube de Curitiba era o mandante do jogo. Não pôde, porém, realizá-lo em seu próprio estádio por causa de outra briga similar em rodada anterior na capital paranaense. Em obediência à punição decretada pel…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 10 / 12 / 2013

O Globo
"Desatando o nó: Governo autoriza cinco novos portos privados no país"

Outros dez estão em análise pela agência que regula o setor

Dois terminais são em Niterói e São João da Barra, no Estado do Rio. Investimentos de R$ 2,4 bilhões só foram possíveis com a aprovação de nova lei em junho. Com base na nova Lei dos Portos, aprovada no Congresso em junho deste ano, o governo federal autorizou ontem a instalação de cinco novos portos privados no país, sendo dois no Estado do Rio —Niterói e São João da Barra. Os demais são em Santos e Guarujá (São Paulo) e Porto Belo (Santa Catarina). O investimento total será de R$ 2,4 bilhões.

O Estado de S. Paulo
"Lista de propina do ISS tem shopping e grandes empresas"

Arquivo de fiscal acusado de integrar quadrilha traz 410 empreendimentos; MP vai investigar construtoras

Gigantes do setor da construção civil - como Cyrela, Tenda (subsidiária da Gafisa) e PDG - estão na lista de construtoras acusadas de pa…

Pitacos do Zé

Imagem
Navalha e Pindoba

José Ronaldo dos Santos
Conforme já escreveu alguém, “as pessoas deixam de sonhar com a superação das dificuldades, passando a sobreviver com elas”. Eu acrescento algo mais grave: sobreviver com as dificuldades é torná-las piores ou propiciar que outras germinem. Tem dificuldades e dificuldades. Veja um impasse exemplar:

No morro perto da minha casa foi construído uma “casa”, depois outra e mais outras. Com fossas improvisadas, o excedente cai num córrego que segue para o rio e que deságua no mar. O mar e as praias, tal como uma comunidade perfeita, repartem tudo. Assim,  as  dificuldades - que não eram poucas! - ganham outras dimensões, avolumam-se, causam doenças, destroem vidas na natureza, geram transtornos sociais, afugenta turistas etc.

No litoral, sobretudo em Ubatuba, eu acompanho as transformações e as devastações, sobretudo a partir do advento do turismo, da ocupação desordenada e da migração intensa. Se por um lado fomos colocados na modernidade ditada pelo ca…

Dominique

Imagem

Opinião

Pensando em 2022

O Estado de S.Paulo
Lula prevê que o PT ainda estará no poder em 2022, na comemoração do segundo centenário da Independência. Como se sabe, o ex-presidente que imagina ter transformado o Brasil num país maravilhoso é extremamente confiante em seu poder de encantar as massas, habilidade da qual já deu provas suficientes. Mesmo assim, considerando que as perspectivas de curto e médio prazos na área da economia não são entusiasmantes e colocam em risco a possibilidade de sustentar por muito tempo o sentimento de prosperidade que bem ou mal ainda perdura e resulta na ampla aprovação popular ao governo petista, fica no ar a pergunta: afinal, o que Lula tem em mente quando está "pensando no Brasil de 2022", como declarou na semana passada, na presença de Dilma Rousseff, ao receber seu 26.º título de doutor honoris causa, na Universidade Federal do ABC?

Populista competente e estritamente pragmático, como na verdade sempre foi, desde os tempos de sua militância sindic…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 09 / 12 / 2013

O Globo
"Vigilância - Clinton critica espionagem à Petrobras"

Para ex-presidente, EUA não deveriam ‘levantar informação econômica sob pretexto de segurança’

No Rio para evento de sua fundação, ele defendeu que o Conselho de Segurança da ONU seja ampliado para incluir Brasil e Índia. Em entrevista exclusiva ao GLOBO, o ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton criticou a espionagem à Petrobras e defendeu uma política clara de uso de inteligência. "Devemos explicar às pessoas o que é a capacidade de rastreamento de informações. Elas precisam ao menos entender, mesmo que não concordem. O problema é a falta de transparência." No Rio para o primeiro evento de sua fundação, a Clinton Global Initiative (CGI) na América Latina, o ex-presidente elogiou os progressos do Brasil no combate à pobreza e afirmou que o país, com a Índia, deveria participar do Conselho de Segurança da ONU.

O Estado de S. Paulo
"Órgão regulador quer limite a aposenta…

Dominique

Imagem

Opinião

Mentira e democracia

Roberto Romano - O Estado de S.Paulo
John Mearsheimer, especialista em questões bélicas e diplomáticas, publicou em 2011 o livro Por Que os Líderes Mentem - Toda a Verdade sobre as Mentiras na Política Internacional. Ele comenta as práticas do governo americano após os ataques ao World Trade Center. Para Mearsheimer, a Casa Branca mentiu ao alegar a existência das armas de destruição em massa no Iraque, ao dizer que Saddam Hussein colaborava com Osama bin Laden, ao proclamar que o ditador iraquiano estava implicado nos ataques às torres gêmeas, ao anunciar negociação pacífica quando a invasão do Iraque estava pronta. Mearsheimer não é jacobino ("liberal"), sua posição tem forma conservadora. Após apresentar o que nomeia mentiras de George W. Bush, ele as justifica. Dada a anarquia imperante na vida internacional (conhecida desde Tucídides, Maquiavel, Hobbes e Hegel), todos os Estados estão sozinhos se precisam defender a hegemonia. Sem aliado seguro não há…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 08 / 12 / 2013

O Globo
"UPPs têm a menor taxa de homicídios do Brasil"

Índice de 8,7 casos por cem mil habitantes é inferior aos de capitais e estados

Dona Marta, que recebeu a primeira unidade em 2008, não tem assassinatos há cinco anos. O programa das UPPs completa cinco anos este mês com levantamento que aponta uma queda drástica dos números de assassinatos. Estatísticas oficiais mostram que em 29 comunidades que têm 18 UPPs, a taxa de homicídios foi de 8,7 por cem mil habitantes em 2012, a menor de todo o país se considerados as capitais e os estados, revelam Carla Rocha, Selma Schmidt e Sérgio Ramalho. O número é inferior aos do Brasil (24,3) da cidade do Rio (18) e de Washington, a capital americana (19) e já não á considerado endêmico pela ONU. No Dona Marta, primeira UPP do Rio, não ocorrem homicídios há cinco anos.

O Estado de S. Paulo
"Acordo inédito na OMC tenta frear iniciativas regionais"

Brasil trabalhou nos bastidores por consenso para evitar que o…