Postagens

Mostrando postagens de Maio 25, 2014

Dominique

Imagem

Opinião

Quanto custa o atraso do PAC

O Estado de S. Paulo
Por incompetência administrativa, negligência, desconhecimento da realidade ou pura má-fé, obras bilionárias de grande importância para a atividade produtiva e para a vida da população começam com grande atraso ou só terminam muito depois do prazo previsto. Algumas nem saem do papel. Essa prática, constatada no governo Lula e intensificada na gestão Dilma, resulta em custos adicionais que muitas vezes superam o orçamento original – e a demora na conclusão das obras, ao retardar os benefícios esperados, impõe custos adicionais ao País.

Num estudo envolvendo apenas seis grandes obras atrasadas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) – que serviu eficazmente ao ex-presidente Lula para transformar Dilma Rousseff em sua sucessora e está servindo a ela como instrumento para tentar obter mais um mandato –, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) constatou que, se elas tivessem sido concluídas de acordo com o cronograma oficial, teriam …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 31/ 05 / 2014

Correio Braziliense
"Servidores proibidos de aceitar ingresso da Copa"

Regras de condutas estabelecidas pela Controladoria-Geral da União (CGU) proíbem funcionários públicos federais de aceitar convites, transporte ou hospedagem para o Mundial 

O objetivo das normas, que serão publicadas no Diário Oficial na segunda-feira, é evitar conflitos de interesses. Quem desrespeitar as orientações poderá responder a processo administrativo e sofrer desde advertência até demissão. Mas o texto também traz exceções: os servidores podem receber ingressos da própria Administração Pública, desde que doados peia Fifa, pela CBF ou pelo Comitê Organizador Brasileiro. Permite ainda, o recebimento de bilhetes dados por parentes e amigos, se não tiverem sido oferecidos em razão do vínculo com o serviço público.

Folha de São Paulo
"Consumo das famílias cai e PIB cresce só 0,2%"

Investimentos têm queda de 2,1% no 1º trimestre, e indústria também se retrai

A economia brasile…

Nossa!

Imagem

Coluna do Celsinho

Previsão

Celso de Almeida Jr.

O Brasil ganhará a Copa do Mundo de Futebol.

Nossos valentes jogadores desfilarão em veículo do Corpo de Bombeiros.

O povo - feliz, radiante - aplaudirá ao longo da avenida.

Crianças correrão para o campinho da esquina, inspiradas em seguir no bate-bola.

Tudo vai dar certo.

Afinal, ao final, dá tudo certo!

Somos brasileiros, abençoados.

Nascemos para vencer, não é mesmo?

É a taça na raça!

Curioso...

Já vi este filme.

Do tricampeonato prá cá, testemunhei essas reações.

Agora, rumo ao hexa!

Será em 2014?

Isso não sei responder.

Minhas previsões não alcançaram, ainda, este nível de precisão.

Ganharemos novamente, posso afirmar.

Sobre o ano a brindar, não recomendo apostar...

Visite: www.letrasdocelso.blogspot.com

Twitter

Dominique

Imagem

Opinião

Nada será como antes, amanhã ou depois

Washington Novaes - O Estado de S.Paulo
Quem acompanha no dia a dia o noticiário internacional e nacional da atualidade política, econômica e social não tem como escapar da sensação de estarmos perdidos em meio a um tiroteio gigantesco, sem vislumbre de um caminho seguro. Por aqui a impressão, além disso, é de uma corporação política descolada da realidade e da magnitude dos problemas, cuidando apenas dos interesses específicos e imediatos desta ou daquela porção do eleitorado que lhe interessa, para garantir a próxima eleição - quando não se trata mesmo de interesses financeiros pura e simplesmente.

Ainda há poucos dias o Senado aprovou a criação de mais de 20 municípios no País, com população mínima de 20 mil habitantes no Sudeste e no Sul, 12 mil no Nordeste, 6 mil no Norte e no Centro-Oeste. E que ganharão essas novas unidades da Federação que já não pudessem ter como parte de outros municípios? Simples: participação no Fundo dos Municípios, rec…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 30/ 05 / 2014

Correio Braziliense
"Como será a blindagem ao Mané durante a Copa"

Imagine um pequeno território, com leis definidas e rígidas, cravado no coração de 12 capitais brasileiras 

Assim será o entorno dos estádios do Mundial de futebol, entre eles o do Mané Garrincha, que receberá sete partidas da competição. Os limites comerciais e de segurança já foram estabelecidos (veja mapa ao lado). Na área maior, a Fifa proibirá a presença de ambulantes e a venda de produtos não licenciados — feirantes da Torre ainda têm dúvidas sobre o que pode ser comercializado. A restrição chega até a 906 Norte. Num perímetro menor — que será ampliado em caso de manifestações —, estará o esquema de policiamento. São 1.760 homens de segurança na proteção do estádio, de torcedores e autoridades.

Folha de São Paulo
"Barbosa decide deixar o Supremo"

Presidente do STF, que por lei poderia continuar no tribunal até 2024, vai se aposentar até o final de junho

Relator do mensalão, …

Dominique

Imagem

Opinião

Tomai e bebei, este é o ‘volume morto’

Eugênio Bucci
No Dicionário Houaiss, água-viva, assim mesmo, com hífen, pode designar tanto a "água que brota de uma fonte ou nascente e corre em grande quantidade" como aquele bicho marinho "de corpo mole, gelatinoso e transparente, e tentáculos providos de células urticantes, capazes de provocar sérias queimaduras em seres humanos". A primeira serve para matar a sede. A segunda pode matar a gente. Palavras são traiçoeiras: a mesma expressão, com o mesmíssimo hífen, nomeia coisas tão díspares quanto o líquido que nos faz viver e o cnidário que nos faz morrer. Palavras, como frases, têm sempre mais de um sentido, inclusive essa. Palavras traem, acusam e fogem; não se pode pegá-las com a mão, não se pode prendê-las, matá-las. Não dá para comê-las. Principalmente, não há como bebê-las.

Mesmo assim, uma palavra sonora, bem posta e inspiradora ajuda a melhorar o encanto que imaginamos estar presente no que bebemos ou comemos. Do mesm…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 29/ 05 / 2014

Correio Braziliense
"Protestos levam o governo a rever segurança da Copa"

As greves violentas pelo país, o cerco ao ônibus da Seleção Brasileira no Rio e o confronto aberto entre índios e policiais em Brasília acenderam o sinal de alerta no Planalto

Temerosa de que atos como esses se repitam no Mundial, a presidente Dilma ordenou ao ministro da Justiça que converse pessoalmente com os secretários de segurança das 12 cidades sedes da competição. O objetivo é tomar medidas que garantam a tranquilidade da Copa. Para driblar possíveis protestos, as seleções desembarcarão em bases aéreas e deixarão os locais em rotas alternativas. O Ministério Público anunciou a instalação de um gabinete de crise para agir em casos de excessos nas manifestações.

Folha de São Paulo
"Após 9 altas consecutivas, BC mantém juros em 11%"

Economistas preveem novo aumento da taxa Selic para o final deste ano.

O Comitê de Política Monetária do Banco Central interrompeu a sequ…

Dominique

Imagem

Opinião

Unanimidades não tão unânimes

O Estado de S.Paulo
Em uma sociedade que se considera cada vez mais plural, há um setor onde a unanimidade ainda parece ser a regra: os órgãos colegiados das instituições e empresas. Recentemente, tornou-se público que o Conselho Universitário da USP havia aprovado por unanimidade o plano de carreira para os seus funcionários e professores, fator responsável em boa medida pela atual situação em que os salários representam 105,14% do seu orçamento. Todos estavam de acordo em que agora era a melhor hora de implantá-lo? No mínimo, é um assunto complexo, passível de uma análise discordante.

A "unanimidade do ano", no entanto, ocorreu em 2006. Conforme o Estado revelou no dia 19 de março, o Conselho de Administração da Petrobrás - na época, sob a presidência da sra. Dilma Rousseff - aprovou, por decisão unânime, a compra de parte da Refinaria de Pasadena. É verdade que o PT nestes anos em que está no governo se esforçou por impedir qualquer comparação e…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 28/ 05 / 2014

Correio Braziliense
"Flechas, tiros e bombas a duas semanas da Copa"

Confronto de policiais com índios e integrantes de movimentos sociais deixa pelo menos cinco pessoas feridas. Protesto paralisa o Centro de Brasília e obriga a Fifa a suspender exibição de taça

Estudantes de escolas públicas que estavam na fila para ver o troféu do Mundial em exposição no Mané Garrincha foram levados às pressas para ônibus. A confusão começou quando tropas da PM impediram cerca de 2,5 mil pessoas que saíram em passeata da Rodoviária do Plano Piloto de avançar até o estádio. Os manifestantes forçaram a passagem e foram fortemente reprimidos com cassetetes, tiros de balas de borracha e bombas de efeito moral. Participantes do protesto reagiram atirando pedras. Índios lançaram flechas. Uma delas atingiu a perna de um policial. Greves de rodoviários causaram tumulto em São Luiz e Salvador. Hoje, haverá paralisação de ônibus também no Rio. 

Folha de São Paulo
"Itamarat…

Dominique

Imagem

Opinião

Histórias feias da Petrobrás

O Estado de S.Paulo
Os estragos já conhecidos são enormes, mas só com mais contas e mais informações será possível avaliar com precisão os danos causados à Petrobrás, maior empresa brasileira, pelo aparelhamento de sua direção, pelo relaxamento dos controles, pelo populismo e pelos interesses pessoais e partidários encastelados a partir de 2003 no Palácio do Planalto. Erros políticos e administrativos levaram a desperdícios multibilionários, como no projeto da Refinaria Abreu e Lima, à perda de foco, à redução do fluxo de caixa, à elevação de custos, à insuficiência de investimentos e à queda de produção.

É preciso levar esses fatores em conta para entender o aumento das importações de combustíveis, estimadas neste ano em US$ 18,8 bilhões - 4,5% mais que no ano passado -, segundo o Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE). Ou para entender os efeitos financeiros dos subsídios ao consumo interno de derivados de petróleo - no caso do gás de cozinha, uma perda…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 27/ 05 / 2014

Correio Braziliense
"Nunca uma Copa dividiu tanto o país"

O sentimento de insatisfação com o Mundial ameaça superar a paixão nacional pelo futebol e incendeia discussões políticas.

Além da revolta contra o Mundial, como a expressada por grevistas que vaiaram a chegada da Seleção ao Rio, ontem, especialistas estão surpresos com a elevada parcela da população que revela desinteresse pela Copa. “São manifestações associadas à insatisfação com o dito legado mais prometido que entregue”, avalia o cientista político Leonardo Barreto. A mudança de comportamento é clara: nas rodas de amigos, o velho papo sobre futebol vem perdendo espaço para os debates políticos.  

Folha de São Paulo
"Rede de ‘coiotes’ controla tráfico de haitianos ao país"

Criminosos trazem ilegalmente ao Brasil cerca de 400 pessoas por semana.

Um esquema na fronteira da Amazônia ocidental com Peru e Bolívia envia semanalmente ao Brasil uma média de 400 imigrantes ilegais —imensa maior…

Dominique

Imagem

Opinião

Brasil, risco da radicalização

Carlos Alberto Di Franco - O Estado de S.Paulo
Confundido com o irmão, o servente de pedreiro Mauro Rodrigues Muniz sobreviveu a uma tentativa de linchamento. O episódio ocorreu em Araraquara (SP). Durante as agressões, familiares de Mauro gritavam que estavam confundindo os irmãos, mas o espancamento continuou. O rapaz quase foi morto. Recentemente, a dona de casa Fabiane Maria de Jesus foi linchada no litoral de São Paulo após boato de que seria uma sequestradora de crianças para rituais de magia negra. O crime bárbaro do Guarujá pautou o noticiário e foi o ponto de partida para uma discussão que deve ser feita na sociedade e no jornalismo: a responsabilidade da informação. A boataria começou num pretenso site jornalístico e desencadeou uma onda de justiçamento, que provocou a morte de uma inocente.

A brutalidade, por rotineira, já não produz o mesmo impacto que causaria no passado. Ela ocupa, talvez, o tempo de uma conversa de bar. É tremendo, sobretudo …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 26/ 05 / 2014

Correio Braziliense
"O rastro de destruição do álcool"

A tolerância social do brasileiro ao consumo de bebidas mascara que o alcoolismo é uma doença crônica e de fundo genético 

O primeiro gole ocorre, em média, aos 13 anos. A dependência costuma vir após 8 anos de uso. A partir daí, a saúde do indivíduo se deteriora até o desfecho inevitável. Faça o teste e avalie se você tem problemas com essa droga lícita. 

Folha de São Paulo
"Cai exigência de cor e idade para adoção de criança"

Parcela de candidatos a pais que só aceitam meninos e meninas brancos diminuiu de 39% para 29% em 4 anos

Dados compilados pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça) indicam que diminui o número de candidatos a pais adotivos que fazem exigências em relação à cor e à idade das crianças. Entre 2010 e 2014, a parcela de pretendentes que aceitava só crianças brancas caiu de 39% para 29%. Já a de indiferentes quanto à cor passou de 29% para 42,5%. Também aumentou o percentual…

Dominique

Imagem

Opinião

Dengue avança em São Paulo

O Estado de S.Paulo
Com 6.005 casos de dengue registrados entre 1.º de janeiro e 21 de maio na cidade de São Paulo, foi batido um recorde absoluto e surpreendente: em menos de cinco meses foi superado o total até então recordista de incidências do ano inteiro de 2010, com 5.866 registros. Uma mulher de 33 anos, residente na Capela do Socorro, zona sul da capital, foi a quinta morte de 2014, tendo as quatro outras ocorrido nos bairros de Jaguaré (zona oeste) e Tremembé (zona norte). No ano passado, foram registradas duas mortes causadas pela doença.

O recorde e o aumento da letalidade contrariaram as expectativas do Ministério da Saúde, anunciadas há dois meses no Levantamento do Índice de Infestação por Aedes aegypti (Lira), conhecido como "mapa da dengue". Em março, a autoridade sanitária federal divulgou a redução nos registros da doença no País de 477,7 mil nos meses de janeiro e fevereiro do ano passado para 87,1 mil nos dois primeiros meses deste…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 25/ 05 / 2014

Correio Braziliense
"Deputados com casa no DF têm bolsa-aluguel"
Eis uma situação que desafia o bom senso


De acordo com o regimento da Câmara, os representantes do povo — sem distinção — fazem jus a um auxílio-moradia de R$ 3,8 mil mensais. Estranhamente, o benefício é embolsado inclusive por aqueles que possuem imóvel no Distrito Federal. Pelo menos 19 parlamentares, a maioria deles do PMDB, se enquadram nessa situação. A benesse para com esses consumiu cerca de R$ 2,7 milhões nesta legislatura. Vale lembrar que a Casa é dona de 432 apartamentos funcionais.

Folha de São Paulo
"Governo irá à Justiça contra greve de policiais na Copa"

AGU diz não tolerar baderna; lei prevê indenização à Fifa se houver distúrbios

Com receio de que greves na área de segurança criem problemas durante a Copa e arranhem a imagem do Brasil no exterior, o governo decidiu atacar os movimentos com ações na Justiça e medidas que atingem o bolso dos manifestantes. A intenção é e…