Postagens

Mostrando postagens de Outubro 8, 2006

Editorial

Sobre o poder

O poder é inebriante. É tão bom que um dia ACM disse a um repórter. “Vocês jovens pensam que sexo é bom. Vocês não sabem de nada. Bom mesmo é o poder”. Deve existir alguma verdade nessas palavras, pelo menos a experiência mostra que é assim. Os milicos relutaram em deixar o poder e quando o fizeram foi contra a vontade. Collor nem bem assumiu a presidência, começou a escalada para se manter lá por vinte anos. Durou pouco, perdeu para si próprio, arrogância e prepotência o derrubaram. Na seqüência veio FHC, que assim que sentiu o sabor da presidência inventou a reeleição. Ninguém me tira da cabeça que ele imaginou que depois de oito anos no comando e de fazer o sucessor, voltaria para mais oito anos. Quem sabe nos braços do povo, o maior dos desejos dos políticos. Faltou combinar com o adversário, como dizia Garrincha. Finalmente a esquerda chegou ao poder, não com Lula, que nunca foi de esquerda, mas com o PT de José Dirceu e Tarso Genro. Sabe o que a troupe tratou de faz…

O que provocou a mudança?

Fuga ao debate pesou mais

Renata Lo Prete na Folha de S. Paulo
"Ao declarar em entrevista que foi um erro não ter comparecido ao debate da Globo às vésperas do primeiro turno, Lula ecoava os resultados de pesquisa encomendada por sua campanha. O levantamento, feito logo depois do 1º de outubro para investigar as razões da mudança de voto de parte do eleitorado na reta final, apontou a ausência no debate como principal fator de recuo no apoio ao presidente.
Ainda segundo a pesquisa, a prisão dos dois petistas que tentavam concluir a compra do dossiê contra José Serra, uma semana antes do debate, teria exercido menos influência. Mas a divulgação da imagem do dinheiro, dois dias antes da votação, foi o segundo motivo mais citado por quem desistiu de votar em Lula."

Eleição no Legislativo

Mesa Diretora da Câmara de Ubatuba para 2007

Após recente alteração estrutural na formação da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Ubatuba (volta a existir o cargo de 2º Vice-presidente), a Casa de Leis ubatubense, no dia 10 (terça-feira), em sua 31ª Sessão Ordinária elegeu a Mesa Diretora que administrará no ano de 2007.

Mesa Diretora para 2007

Presidente: Ricardo Cortes (PV)
1º Vice-presidente: Marcos Demo (PSC)
2º Vice-presidente: Gerson de Oliveira (PMDB)
1º Secretário: Charles Medeiros (PSB)
2º Secretário: Romerson de Oliveira (PFL)

Os vereadores eleitos foram candidatos únicos e tiveram aprovação unânime. Eles atualmente integram a Mesa Diretora (eleita em 2005), com exceção do vereador Gerson de Oliveira.
Fonte: Ubaweb

Mensagem

Lançamento da Nova TV Iperoig no Anchieta Café foi um sucesso total

Vereador Charles Medeiros acredita que o evento foi quebra de paradigma em nossa Cidade. “Existe o antes, e o depois da Nova TV Iperoig, uma grande conquista para os cidadãos de Ubatuba”, afirma o Vereador de Ubatuba.

Queridos amigos!

Agradeço sua solidariedade e seu apoio nestas eleições, fato marcante durante nossa campanha. Eu acreditava que havia conquistado muitos amigos durante nossa vida pública, porém descobri a existência de um verdadeiro exército. Exército este que se postou ao meu lado em todos os momentos, sendo eles felizes ou tristes. A experiência adquirida nesta empreitada nos é fundamental à nossa preparação para o Futuro.
Aos amigos, familiares e todo o Povo de Ubatuba, o meu muito Obrigado.

Charles Medeiros

Manchetes do dia

Sábado, 14 / 10 / 2006

Folha de São Paulo:
"PT vai dar reajuste menor a servidor se vencer eleição"
O coordenador da campanha do presidente Lula à reeleição, Marco Aurélio Garcia, afirmou ontem que, num eventual segundo mandato, haverá corte de gastos públicos e reajustes salariais menores para os servidores públicos. "Nós vamos ter cortes de gastos. É evidente que nós vamos ter. Vamos fazer uma política gradual de corte de gastos", disse Garcia, em entrevista no comitê de Lula. Em seguida, afirmou que esse corte poderia ser feito, por exemplo, por meio do controle do reajuste de salários do funcionalismo, ou seja, aumentos menores do que os do atual mandato.

O Globo:
"Coordenador contradiz Lula e prevê corte de gastos públicos"
O coordenador da campanha à reeleição do presidente Lula, Marco Aurélio Garcia, contradisse o candidato e afirmou ontem que, num eventual segundo mandato, haverá corte de gastos públicos. Na quarta-feira, em entrevista ao "Globo&qu…

Editorial

O buraco é mais embaixo

Hoje eu vou gravar e editar o Ubatuba Víbora na TV. Só voltarei ao blog no período da tarde. Uma dica de leitura. Se você tem interesse em saber detalhes das relações entre o governo, a imprensa e os donos do capital, leia “Notícias do Planalto”, de Mario Sergio Conti. É obrigatório. Ontem recebi um e-mail falando dos perigos decorrentes de uma eventual vitória de Alckmin. Dentre as pérolas que continha alertava para uma possível guinada à direita. Se existe a possibilidade de isso acontecer é de se supor que estejamos à esquerda. Só em cabeças muito ingênuas poderia passar uma tolice desse calibre. O que está atravancando o desenvolvimento do país não é ideologia e sim inoperância. O autor do disparate não deve saber que o dinheiro do país está sendo utilizado quase que totalmente para pagar juros da dívida interna. Apenas os juros. A dívida, longe de ser amortizada, está aumentando. O xis da questão reside nas contas do governo que não fecham. Para empurrar o …

Manchetes do dia

Sexta-feira, 13 / 10 / 2006

Folha de São Paulo:
"PT ataca família de Alckmin e se desculpa"
No dia em que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva abriu sua propaganda eleitoral dizendo que não desejava "baixaria", os sites na internet do PT e de sua campanha divulgaram um boletim com ataques a familiares do tucano Geraldo Alckmin. No final da tarde de ontem, o PT pediu desculpas em nota assinada pelo presidente da legenda e coordenador da campanha, Marco Aurélio Garcia.
Pesquisa Ibope divulgada ontem, a primeira do instituto depois da votação de 1º de outubro, confirma o favoritismo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na largada do segundo turno. Segundo o instituto, o presidente tem hoje 52% dos votos contra 40% de Geraldo Alckmin (PSDB), uma diferença de 12 pontos percentuais. Votariam nulo ou em branco 4% dos entrevistados, e outros 4% ainda estão indecisos. Com esse resultado, Lula se reelegeria presidente com 57% dos votos válidos (descontados brancos, nulos e indeci…
Imagem

Detalhes

Vida dura

Alguns dados sobre o Brasil de hoje em dia são curiosos e ao mesmo tempo preocupantes. É sabido que a parcela mais rica da população foi aquinhoada com favores especiais. Como o próprio Lula afirmou, nunca os ricos ganharam tanto dinheiro como em seu governo. Por outro lado, o andar de baixo também recebeu o seu quinhão, no que Lula fez muito bem, embora a partilha tenha sido assimétrica. “Um real para você pobretão e quinze para você ricaço. E não se fala mais nisso”. Também é notório que o país não cresceu o suficiente nestes tempos de bem-aventurança global. O que poderia justificar os ganhos de ricos e pobres seria o crescimento, que infelizmente não deu o ar da graça. Se você não é ricaço nem pobretão, pertence à famigerada classe média, deve ter notado que a vida está difícil. Caiu a ficha? Alguém está pagando a conta. (Sidney Borges)

Filme velho

Semelhanças...

Primeiro, o partido substitui a classe operária!
Depois, o Comitê Central substitui o Partido!
E, por fim, o Ditador substitui o Comitê Central!

Leon Trotsky

Ação e Reação

Som ao vivo

Ubatuba é uma cidade turística.
Turistas gostam de som ao vivo. Então devemos dar a eles som ao vivo.
Eu disse som ao vivo. Não disse barulho alucinante ao vivo.
A falta de parâmetros provocou a reação que acabou com o som ao vivo.
Vamos retomar a discussão.
Os músicos precisam trabalhar.
Os habitantes precisam dormir.
Basta desligar os amplificadores.
É tão simples. (Sidney Borges)

A TV daqui

Sexta-feira 13

Estivemos fora do ar em função de problemas técnicos no provedor. O problema foi sanado em parte. Textos já podem ser publicados normalmente, imagens ainda não. Ontem aconteceu a festa de apresentação da nova programação da TV Iperoig, o primeiro canal de televisão voltado primordialmente para Ubatuba. Os Assinantes da Kaybee terão a partir de amanhã, sexta-feira 13, uma nova TV no ar. A TV Iperoig, “a TV daqui”. Você não é assinante? Então corra. (Sidney Borges)

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 12 / 10 / 2006

Feriado agitado na programação da Fundart
IV Salão de Belas Artes de Ubatuba tem 140 obras selecionadas
Caiçarada exibiu danças folclóricas de todo o Brasil
Santa Casa alerta para atuação de golpista
Por irregularidades, casa noturna tem show não autorizado
Junta de Serviço Militar de Ubatuba opera em novo endereço
Inclusão de deficientes no mercado de trabalho é tema de palestra em Ubatuba
Ubatuba realiza I Semana Municipal de Alimentação
Alunos do Projeto EROI comemoram Semana da Criança com Festival de Natação

Leia mais

Manchetes do dia

Quinta-feira, 12 / 10 / 2006

Folha de São Paulo:
"PF quer ouvir Mercadante para apurar caso dossiê"
A Polícia Federal quer ouvir o senador Aloizio Mercadante (PT-SP) sobre a negociação de emissários petistas para a compra do dossiê contra tucanos montado pelos empresários Darci e Luiz Antonio Vedoin. Conforme depoimentos já tomados pela PF, os papéis seriam entregues a Hamilton Lacerda, ex-coordenador-geral da campanha de Mercadante para o governo de São Paulo, na qual tinha como adversário o hoje governador eleito, José Serra. Ontem à noite, Mercadante divulgou nota em que diz que "desde o início das denúncias tem manifestado seu interesse em esclarecer este episódio do dossiê e, por isto, esteve, e está, sempre à disposição para colaborar com as investigações".

O Globo:
"Lula diz que Brasil pode crescer sem cortar gastos"
O presidente Lula afirmou que o país está pronto para crescer, sem necessidade de novas reformas, de cortes de gastos, nem de enxugar o ta…

Ubatuba em foco

Agito Animal

Evely Reyes Prado
Tomando conhecimento da matéria que foi publicada no Jornal Agito, de 06 a 12/10/2006, na seção Agito Animal, gostaria de esclarecer que existem leis federais e estaduais que contemplam os animais no sentido de protegê-los. É importante ressaltar que todo município deve ter uma política pública que vise a proteção e o respeito em relação aos animais, para que isto não venha a acarretar problemas para os seres humanos e sua comunidade. Aplicar verbas, destinar recursos, contratar e capacitar funcionários, adequando seus órgãos municipais correspondentes, é dar prioridade indiretamente ao ser humano, principalmente numa cidade turística, além do que é economicamente menos oneroso para os cofres públicos, pois quando se cuida dos animais, são minimizadas até as ocorrências nos Pronto-Socorros, que segundo consta, tem uma entrada de 60%, só de casos de zoonoses.
O artigo 11 da Lei 11977/05 (estadual), determina que os municípios devem manter programas permanent…

Pensata

Mudei de idéia

Tenho recebido uma grande quantidade de e-mails atacando o PT. Alguns razoáveis, outros mal escritos, com muitos erros gramaticais. Tão mal escritos que poderiam ser creditados a um certo petista de alto coturno. Eu votei em candidatos do PT desde a sua fundação. Lembro-me de ter sido alvo de chacotas por volta de 1984, exatamente por acreditar no PT. Naquela época a fervura política acontecia no Espaço Pirandello, na rua Augusta, em São Paulo. O que me atraia no partido era a possibilidade de um universo político diferente, sem as práticas daqueles que o PT chama de elites e Raymundo Faoro de “os donos do poder”. Votei em Airton Soares, todos que um dia freqüentaram o Riviera e o bar do Zé, votaram. Ao longo dos anos votei em Lula, Suplicy, Zé Dirceu, Florestan Fernandes e Genoino. Também votei na Marta e confesso consternado que até no Mercadante eu votei. Nunca houve uma eleição em que eu não tivesse votado em pelo menos um candidato da estrela vermelha. Com exceção …

Perguntas indiscretas

De onde veio a grana?

Elio Gaspari na Folha:
“Lula não deve reclamar de Geraldo Alckmin. Precisa calçar as sandálias da humildade para o próximo debate, pois afogou-se na poça de platitudes de um adversário previsível, frio como papa-defunto. Alckmin tem razão: "De onde é que veio o dinheiro?" O companheiro ainda não entendeu que a falta de uma resposta a essa pergunta pode lhe custar a reeleição e um pedaço da biografia. Lula passou os últimos quatro anos sem ouvir o contraditório. Diante dele, olho no olho, ao vivo e a cores, desconcertou-se. O peso da banda áulica no Palácio do Planalto de Nosso Guia só tem paralelo no governo do general João Figueiredo (1979-1985). A linguagem chula e a maneira destemperada como Lula trata seus colaboradores faz de Figueiredo uma carmelita. Diz o que quer e só ouve o que quer. O entorno dos governantes isola-os das adversidades e das contraditas. O café vem como ele gosta. O assessor que carrega a toalha para enxugar o suor está sempre por…

Nosso homem em Brasília

O deputado Clodovil

Lucia Hippolito
Toda eleição é a mesma coisa. Toma-se a exceção pela regra e culpa-se o voto proporcional, acusa-se o brasileiro não saber votar, e outras bobagens do mesmo calibre.
Em toda eleição existe um Enéas, um Clodovil, um Juruna, um Agnaldo Timóteo. São a exceção, não a regra.
Vivemos cada vez mais numa sociedade-espetáculo, dos 15 minutos de fama, do Big Brother, do YouTube, das celebridades instantâneas.
E não é de hoje. Há muito tempo, expoentes do mundo dos espetáculos, do esporte, da literatura e da música utilizam-se de sua notoriedade para ingressar na política. Alguns descobrem uma nova vocação. E ficam. Outros são passageiros.
Para não ir muito longe, Ary Barroso, um dos nossos maiores compositores, foi eleito vereador no antigo Distrito Federal em 1946, pela UDN. Foi o vereador mais votado. Um ano antes, Jorge Amado, um dos mais populares escritores brasileiros, fora eleito deputado federal pelo Partido Comunista.
E nem se diga que isto é coisa que só d…

De leve...

Discussão no Senado

De um lado Ideli Salvatti (SC) com aquela candura que lhe é peculiar tecia acusações contra a “elite que vota em Alckmin”. Saturnino Braga (RJ) aproveitou a deixa e emendou. Vota em Alckmin e “veste Prada”, graças à generosa remuneração dos juros lulistas. Nunca antes os ricos foram tão ricos como no governo Lula, que trinca de socialismo. (Sidney Borges d'après Cláudio Humberto)
Imagem

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 11 / 10 / 2006

Festa do Dia da Criança terá oficinas, brincadeiras, serviços e concurso
Festival da Paz é opção para feriado prolongado em Ubatuba
Ubatuba realiza prova de ciclismo considerada o maior desafio de longa distância do Brasil
Prova Pedestre Cidade de Ubatuba foi adiada para o dia 5 de novembro

Leia aqui

Manchetes do dia

Quarta-feira, 11 / 12 / 2006

Folha de São Paulo:
"Lula amplia vantagem sobre Alckmin"
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ampliou de 7 para 11 pontos a vantagem sobre o seu adversário, Geraldo Alckmin (PSDB), no segundo turno da eleição presidencial, revela pesquisa Datafolha realizada ontem em todo o país. Neste levantamento, o primeiro após o debate na TV Bandeirantes no domingo e o segundo realizado na reta final da eleição, Lula oscilou de 50% para 51%, considerando o total de votos declarados pelos eleitores. Alckmin caiu três pontos, de 43% para 40%.

O Globo:
"Corte de gastos abre nova frente na guerra presidencial"
A campanha presidencial entrou ontem em nova polêmica, depois que o economista Yoshiaki Nakano, um dos formuladores do programa de governo do candidato tucano, Geraldo Alckmin, defendeu corte nos gastos correntes do governo da ordem de 3,4% do PIB. Para ele, é possível reduzir gastos com maior eficiência de gestão, sem efeitos recessivos. Nakan…
Imagem

Nosso homem em Brasília

A estréia de Clodovil na Câmara

Clodovil (PTC-SP) fez hoje seu debut no Congresso Nacional. Chegou no início da tarde e foi direto ao gabinete do presidente da Câmara Aldo Rebelo (PC do B-SP).
Vestia a última moda em roupa masculina - um caban cáqui (espécie de casacão), gravata e lenços azuis, sapatos e meias marrons e uma pasta-carteiro a tira colo.
A notícia sobre a presença dele no prédio do Congresso correu rápida. Em poucos minutos, jornalistas, funcionários da Câmara, copeiros, faxineiras e turistas se aglomeraram para vê-lo.
Foram convocados agentes de segurança para prevenir um possível tumulto. Eles aconselharam Clodovil a ser discreto - imagina só...

- Deputado, saia pelo lado que tem muita gente aí! - aconselhou um deles.

Clodovil respondeu feliz:

- Tem muita gente aí? Graças a Deus.

Então deixou com leveza e pose o gabinete de Aldo pela porta principal. Sorridente, parou três vezes para dar entrevistas. Nas três, elogiou a beleza de jornalistas que lhe faziam perguntas.
Para Le…

Coisas da terra

Imagem
Azul-marinho, a banana que muda de cor

Para quem acha que banana é apenas sobremesa, se engana ao atracar na magnífica cidade de Ubatuba, contemplada com o inesquecível prato azul-marinho. Um peixe suculento cozido com banana nanica verde e muito bem temperado, servido com arroz e pirão feito com o próprio caldo do peixe. Essa comida típica de nossa cidade, é sem sombra de dúvida resquício do hábito de nossos antepassados indígenas que tinham a banana como um dos principais alimentos. O peixe já sustentava muitas aldeias litorâneas, tanto que a palavra pirão é de origem tupi, pirau onde pira significa peixe e u comida. No entanto, devemos considerar a influência de nossos colonizadores na criação do prato, pois a banana nanica foi introduzida no país por eles, aqui os índios desfrutavam da banana pakova e branca.
Mas azul, por acaso, é cor de comida?
Neste caso, sim. O caldo do peixe, bem como todos os componentes do cozido apresentam um tom azulado, por conta da banana.
Apesar de ser ver…

Pensata

Dois ministros, duas frases infelizes

Almyr Gajardoni
No dia 1º de setembro de 1994 o ministro da Fazenda do governo Itamar Franco, Rubens Ricupero, cometeu uma imprudência durante entrevista concedida ao jornalista Carlos Monforte, da Rede Globo: num dos intervalos para os comerciais, certo de que estava fora do ar, o ministro confidenciou ao entrevistador: “O que é bom a gente fatura, o que é ruim a gente esconde”. No dia 26 de setembro de 2006 o ministro da Fazenda do governo Lula, Guido Mantega, desabafou diante de uma platéia de empresários, ao saber que uma pesquisa mostrara que 95% dos seus ouvintes preferiam o candidato da oposição: “Por que preferem Alckmin? Isso é uma contradição. Esses empresários nunca estiveram tão bem como hoje. Nunca tiveram tantos lucros.”
Leia mais

Casanova...

Coisa da China

Na região de Xangun, no noroeste da China, na pequena localidade de Odaduka, o alcaide foi apanhado aos beijos e abraços com formosa funcionária do palácio. Quem deu o flagrante foi a esposa traída. Furiosa com o ultraje a mulher distribuiu bordoadas a granel. O priápico sedutor gostaria de manter a coisa em segredo, mas infelizmente para ele vazou. Com todos os detalhes. Aconteceu na China, que é longe à beça. Acontece cada coisa na China!

Sidney Borges

Coisas do amor

Odores noturnos

- Meu bem, acorda.
- O que foi? Pára de me cutucar, me deixa quieta.
- Sinto muito querida, não estou conseguindo dormir, precisamos conversar.
- Você enlouqueceu Mário Luiz? Eu lá tenho a chave do teu sono?
- Nem sei como dizer. Me faz um favor, respira fundo. Sentiu o cheiro?
- Que cheiro Mário Luiz? Não senti nada, quero dormir, socorro!
- Como que cheiro? Se você não está sentindo o que eu estou sentindo então o problema é duplamente grave. Estou falando do teu cheiro.
- Oh! Como você ousa Mário Luiz? O que tem o meu cheiro? Chanel nº 5 te incomoda?
- Respira fundo e você vai saber.
Momentos depois:
- Realmente tem um cheiro forte. O que será?
- Ora Roberta, não fuja da realidade. Não é perfume o que eu estou sentindo, é o teu cheiro. Quem sabe um banho resolveria o problema.
- Você passou dos limites Mário Luiz. Essa eu não vou desculpar. Esse cheiro horrível não é meu. Porco chauvinista. Amanhã mudo para a casa de mamãe. Dito isto ela foi dormir na sala.
Na manhã seguinte, qua…
Imagem

Opinião

Guerra sem vencedor

Herbert Marques
Foi decretada uma guerra de bom tamanho entre os dois candidatos que disputam a política brasileira nesta próxima eleição. E por que a guerra? Porque são entre dois partidos da mesma origem, com a mesma política, mas com lideranças e dirigentes totalmente diferentes.
Lula fez sua estrutura partidária sobre uma classe menos favorecida, mas paulatinamente politizada pelos partidos socialistas europeus, que ao final acabaram não dando certo no velho continente. De qualquer forma, aqui, a estrutura somente deu certo para dar início ao partido, apagando seu aprendizado, como os europeus assim fizeram, para aderir a nova ordem mundial do social liberalismo. Assim, temos um candidato perfeitamente afinado com as idéias modernas de política liberal, contudo cercado por elementos retrógrados, ainda com o pensamento voltado para o socialismo rançoso de antanho. Daí o velho conceito de meios justificarem o fim, o fim que procuram dar a uma democracia, se jovem, m…

À la carte

Saia justa

Esta eu mesmo escutei. Ninguém me contou. Um secretário municipal encontrou um amigo no supermercado. Eu estava na fila paralela, dava para ver e ouvir o que falavam, eles não deram pela minha presença. O secretário disse sussurrando que o deputado eleito, Gil Arantes, está decepcionado com as eleições em Ubatuba. Com o dinheiro que colocou na campanha, muito dinheiro, ele não se conforma. Teve menos votos do que Antonio Carlos e Paulo Ramos. O que teria acontecido, pensei comigo. Será que os funcionários da prefeitura não votaram no candidato apoiado pelo chefe? Se eu for chamado à Justiça para dizer quem fez a fofoca, conto tudo. Digo o nome do secretário e do interlocutor. De quebra dou data, hora e o escambau... (Sidney Borges)

Comparações impossíveis

Lula e Juscelino

Juscelino não teve pai desde tenra idade. Sua mãe, viúva, criou o filho ganhando a vida com uma máquina de costura. Pobre e órfão, Juscelino trabalhou como telegrafista para pagar os estudos. O restante da história é sabido. Formado médico adentrou à política e se tornou presidente da República. Juscelino, que nasceu pobre, acabou a vida como um homem fino, culto, educado e principalmente respeitado. Se estivesse vivo seria taxado de elite. Com todas as nuances pejorativas inerentes ao termo. Juscelino jamais usou seu passado pobre para criar piedade e comoção. Nunca se viu alguém dizer, coitado do Juscelino, é filho de costureira, por isso fala errado. Juscelino jamais falou errado, mesmo pobre não era preguiçoso, estudou e aprendeu. Quando Lula se compara a Juscelino, está mentindo. Ao tentar enganar a nação acaba enganando a si próprio. Nada justifica a ignorância. Nem o socialismo de Tarso Genro. (Sidney Borges)
Imagem

Ubatuba em foco

Programa Luz Para Todos

Em solicitação do vereador Charles Medeiros, a Coordenadoria Estadual do Programa Luz Para Todos encaminhou através do Oficio CT/DIS/LT/061/2006, esclarecimentos sobre o fornecimento de energia elétrica através do Programa Luz Para Todos, para atendimento a algumas famílias do bairro da Pedra Preta no Sertão da Quina, região sul de Ubatuba, que aguardam a benfeitoria há tempos. Segundo a coordenadoria, já foram realizados e efetuados o devido levantamento de cadastro em campo das propriedades e esta providenciando a elaboração do projeto que irá atender as ligações das propriedades do trecho solicitado, que segundo a coordenadoria, a conclusão esta prevista para novembro próximo.
Existem na localidade propriedades que exercem atividades agrícolas familiares, para Antonio Fernandes da Silva, 72, agricultor aposentado, será uma grande conquista pra sua família, já sua esposa, Clarice da Silva, aguarda emocionada a chegada da benfeitoria.
Charles Medeiros realizou vá…
Imagem

Notícias da Prefeitura

Notícias do dia 10 / 10 / 2006

Projeto EROI realiza festival de natação
Natação de Ubatuba conquista título Paulista de Águas Abertas

Leia aqui

Manchetes do dia

Terça-feira, 10 / 10 / 2006

Folha de São Paulo:
"ONU condena Coréia do Norte e estuda sanções"
A comunidade internacional condenou firmemente o anúncio do teste nuclear feito pela Coréia do Norte na noite de domingo, que faria daquele país o nono Estado a possuir armas dessa natureza no mundo. A reação foi liderada pelo presidente norte-americano, George W. Bush, e o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), no primeiro teste do novo secretário-geral da entidade, o sul-coreano Ban Ki Moon. "Os Estados Unidos condenam este ato de provocação", disse Bush. "Mais uma vez, a Coréia do Norte desafiou a comunidade internacional, e a comunidade internacional vai responder", afirmou o presidente logo pela manhã, para depois dizer que seu país "continua comprometido com a diplomacia" e "continuará a proteger" seus interesses.

O Globo:
"Surpreendido, Lula diz que reagirá a ataques de Alckmin"
O presidente Lula admitiu que …

Pssss...

Suplicy pede que Congresso faça advertência a Clodovil

Segundo o senador, Clodovil declarou a jornal argentino que só apoiará projetos desde que receba pagamento

Rosa Costa
BRASÍLIA - Antes mesmo de tomar posse, o costureiro Clodovil, eleito deputado federal pelo PTC, foi alvo do protesto do senador Eduardo Suplicy (PT-SP). Ele pediu nesta segunda-feira da tribuna aos presidentes da Câmara, Aldo Rebelo (PCdoB-SP,) e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que façam uma advertência ao deputado eleito para que ele não continue comprometendo o Congresso, com a afirmação de que poderá apoiar projeto, "desde que recebesse um pagamento".
Segundo o senador, Clodovil deu a declaração em entrevistas a um jornal argentino. Ele não soube precisar se foi ao La Nación ou ao El Clarín. "Um deputado eleito, um representante do povo que comece a vir ao Congresso Nacional dizendo que poderá até vender o seu voto está anunciando que poderá cometer um crime, ainda não cometido", alegou.
Co…

Acidente

Oscar Niemeyer sofre queda e é submetido a cirurgia

O arquiteto está internado desde às 7 horas de domingo em hospital no Rio e, segundo boletim médico, passa bem, mas não há previsão de alta

SÃO PAULO - O arquiteto Oscar Niemeyer, de 98 anos, está internado, desde às 7 horas de domingo, no Hospital Samaritano, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro, por conta de uma fratura no quadril, conseqüência de uma queda sofrida em sua casa.
"O arquiteto foi submetido a uma cirurgia ortopédica e os médicos consideraram o procedimento um sucesso", diz o boletim médico divulgado nesta segunda-feira. De acordo com o boletim, assinado pelo ortopedista Pedro Ivo de Carvalho e pelo clínico geral Fernando Gjorup, Niemeyer "passa bem".
Leia mais

Sinal de alerta

Coréia do Norte desafia o mundo com seu primeiro teste nuclear

Cecilia Heesok Paek Seul, 9 out (EFE).- A Coréia do Norte cumpriu hoje suas ameaças à comunidade internacional e realizou um teste nuclear, rompendo o frágil marco da segurança no Extremo Oriente e colocando em xeque todas as tentativas de diálogo com o regime comunista.
"É uma provocação e um ato intolerável", afirmou um comunicado do país mais afetado pelos testes, a Coréia do Sul, que, após 53 anos de um frágil cessar-fogo com o inimigo comunista do norte, percebe que, além de mísseis e armas químicas e biológicas, o regime pode utilizar a destruição nuclear como ameaça.
Leia mais

Língua solta...

Clodovil diz que pode votar pró-governo por dinheiro

da Folha de S.Paulo, em Buenos Aires
Terceiro deputado federal mais votado em São Paulo, com quase meio milhão de votos, Clodovil Hernandes, 70, do PTC (Partido Trabalhista Cristão), admitiu em reportagem publicada pelo jornal argentino "Perfil", que pode aceitar dinheiro para votar a favor do governo quando estiver no Congresso. Ele já havia dito que não tinha nenhum programa político para o seu mandato.
"Vou aprender com os políticos com experiência, mas não me ensinarão a roubar porque eu, por pouco, não vou me sujar. Tudo dependerá de quanto me ofereçam para votar os projetos do governo", afirmou.
Questionado sobre qual seria o valor em dinheiro necessário para isso, respondeu: "Cada um pesa o dinheiro em sua própria balança. Eu não resolverei os problemas de ninguém. Aqueles que votaram em mim acreditando que eu iria solucionar os seus problemas se enganaram, isso é uma bobagem digna de quem foi mal coloniz…

Ubatuba em foco

Som ao vivo

Sobre a convocação que o vereador Jairo dos Santos (PT) fez para o debate sobre o projeto que regulamenta o som ao vivo nos estabelecimentos comerciais do município, gostaríamos de nos manifestar com alguns comentários.
No texto, o nobre edil fala em “contemplar os músicos e comerciantes, etc.”.
Sim, claro, mas não seria bom pensar também em contemplar com o sossego o cidadão que habita no entorno, a grande maioria ?
Quanto a “gerar empregos”, ninguém vai perder o seu. A idéia é que poderia haver o som acústico, não amplificado, para os freqüentadores. Assim, os turistas interessados em música ao vivo, terão suas opções atendidas (axé, sambão, pagode, etc) e o resto da população poderá repousar.
A prática anterior, o som amplificado, mais parecia um desafio entre torcidas: cada um aumentava mais o seu volume, até conseguir abafar o som do vizinho.
As noites tornaram-se um verdadeiro inferno para quem só queria descansar, curtir su…

Exorcismo

Imagem
Copyright Angeli, na Folha

Notícia da Prefeitura

Notícias do dia 09 / 10 / 2006

Prefeitura de Ubatuba lança o prêmio Ciccillo Matarazzo
Ubatuba realiza “2º Festival da Paz”
Curso de hortas suspensas faz sucesso em Ubatuba
Prefeitura de Ubatuba prepara festa do Dia da Criança
Prefeitura terá ponto facultativo na próxima sexta-feira, dia 13
Ubatuba apresenta Comitê Organizador dos Jogos Regionais 2007
Inscrições para prova pedestre “Cidade de Ubatuba” começam dia 10

Leia aqui

Manchetes do dia

Segunda-feira, 09 / 10 / 2006

Folha de São Paulo:
"Lula e Alckmin partem para o ataque no primeiro debate"
Alckmin ataca e Lula reage em debate inflamado na TV - Tucano cobra explicações para dinheiro apreendido; petista gaba-se por crescimento.
Candidato do PSDB pede a adversário que "olhe nos olhos do telespectador"; presidente diz que rival tem "saudades da tortura".
Marcelo Coelho: Candidatos pareciam casal em crise - Alckmin e Lula entraram dispostos a "dizer verdades" um ao outro; resultado acaba sendo empate.

O Globo:
"Ataques de Alckmin a Lula, e de Lula a FH, marcam debate"
Do começo ao fim, foi um duro embate entre os candidatos Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB), ontem à noite na TV Bandeirantes, no primeiro debate do segundo turno das eleições. A discussão sobre ética e corrupção marcou o encontro, com os dois se chamando até de levianos. Alckmin partiu para o ataque, perguntando diretamente ao adversário: &quo…

Corrida presidencial

Fim de jogo

Eu não poderia me furtar ao dever de comentar o debate. No editorial de hoje afirmei que os candidatos fugiriam do tema crescimento e do que fazer para torná-lo realidade. Na verdade foi o que aconteceu. Nada foi aprofundado e nem haveria como, já que o tempo era exíguo. Lula foi bem, não diferiu do Lula de sempre. Fez afirmações generalistas de conteúdo político e quando as perguntas o incomodaram desconversou. Alckmin surpreendeu. Deixou de lado o estilo picolé de xuxu. Mostrou-se confiante, disposto, aguerrido. Se o debate não mostrou propostas em profundidade, deu uma boa idéia do modo de ser dos candidatos. Não vou dizer quem ganhou, os leitores devem ter tirado suas conclusões. Posso, no entanto, afirmar que o meu voto está definido. Hoje um pouco mais.

Sidney Borges

Debate

Imagem

Editorial

Noite vazia

Hoje é o dia do debate. Por questão profissional sou obrigado a assistir. Vai ser enfadonho, conheço os candidatos há muito tempo, sei exatamente o que esperar deles. Eu gostaria de perguntar ao presidente Lula o que ele pretende fazer para tirar o Brasil da lanterna do crescimento, ou melhor, da zona de rebaixamento. A lanterna pertence ao Haiti, uma espécie de Íbis das nações. Para quem não se recorda, usei uma metáfora a gosto do presidente Lula. O Íbis foi um dia considerado o pior time do Brasil. Perdia todas. Deve estar na vigésima divisão, se é que existe. É para lá que vai a Portuguesa, meu segundo time. Felizmente o Juventus, meu terceiro time continua fazendo bonito. De 1996 para cá o mundo cresceu, menos o Brasil que ficou plantado qual sequóia. Estagnado. Para tirar o atraso precisa crescer sete por cento ao ano. Nem Lula nem Alckmin têm a menor idéia do que fazer para tornar essa meta realidade. Pelo menos nunca mencionaram o tema de forma convincente. Eles diz…
Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 08 / 10 / 2006

Folha de São Paulo:
"Eleitor que ganha até R$ 700 dá vantagem a Lula"
Os eleitores com renda familiar até dois salários mínimos (R$ 700) são os responsáveis pela vitória de 50% a 43% do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre Geraldo Alckmin (PSDB) na pesquisa Datafolha feita na quinta e na sexta sobre o segundo turno das eleições.
Nessa faixa (47% do eleitorado), Lula obtém 59% e Alckmin, 34%. Entre eleitores com renda acima de dez mínimos, o tucano o supera, vencendo por 69% a 24%.
Também dão apoio majoritário a Lula os negros, os pardos, os nordestinos e os pouco instruídos.
Quanto mais branco, mais rico e mais escolarizado, mais o eleitor pende para o lado do candidato tucano.
Para Mauro Paulino, diretor-geral do Datafolha, esta é a eleição, desde a volta das diretas, "em que mais claramente os diferentes estratos tomam posição".


O Globo:
"Lula e Alckmin vão para o ataque na guerra da TV"
Os dois candidatos à Presidência vão part…
Imagem