Postagens

Mostrando postagens de Junho 8, 2014

Dominique

Imagem

Opinião

Advertência oportuna

O ESTADO DE S.PAULO
A greve é um direito garantido pela Constituição aos trabalhadores para que possam defender seus interesses em convenções, acordos coletivos, laudos arbitrais ou sentenças normativas da Justiça do Trabalho. Utilizá-la com objetivos ideológicos, políticos ou partidários é desfigurar esse direito.

Esse foi o argumento invocado pela Seção Especializada em Dissídios Coletivos do Tribunal Superior do Trabalho (TST) para declarar abusiva a greve deflagrada por professores e servidores administrativos da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) em novembro de 2012, para tentar impedir a posse da reitora Anna Maria Marques Cintra. Colocada em terceiro lugar na eleição feita pela comunidade, ela foi escolhida para ocupar a Reitoria pelo cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, presidente da Fundação São Paulo, entidade mantenedora da PUC-SP. Pelas regras da instituição, o cardeal tem a prerrogativa de escolher um dos integrantes da lista tríplice ind…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 14 / 06 / 2014

Correio Braziliense
"Bem-vindo willkommen bienvenido bienvenue"

Terceira cidade sede da Copa que mais receberá estrangeiros durante o torneio — e a número um quando se trata de turistas brasileiros —, Brasília está pronta para estrear no Mundial. Serão disputadas sete partidas no Mané Garrincha. A primeira delas, amanhã, às 13h, entre Suíça e Equador. Torcedores das duas seleções já invadiram a capital. Na edição de hoje, o Correio mostra o que mudará no trânsito neste domingo. E ainda traz um roteiro de bares onde assistir aos jogos, dicas de restaurantes com o melhor da culinária brasileira, exposições em que a bola é a estrela da vez e os horários de visitação aos mais belos monumentos da capital da República. 


Folha de S. Paulo
"Belo Monte deve atrasar geração de energia em um ano"

Concessionária prevê adiamento de 2015 para 2016 e culpa atrasos no licenciamento ambiental do governo

Terceira maior hidrelétrica do mundo e principal obra de infrae…

Voar é com os voadores...

Imagem

Coluna do Celsinho

Piloto

Celso de Almeida Jr.

Para o bem da humanidade não me formei psicólogo.

Em verdade, vibro mais com as exatas.

O problema, penso, está no exagerado senso de humor que carrego.

Não resisto a uma abordagem que torne mais suave as situações do cotidiano.

O perigo é a inconveniência da atitude

Aquela manifestação inadequada na hora errada.

Nestes assuntos, só a sensibilidade conta.

Mas, como num vício, arriscar numa brincadeira excita, dá prazer.

Nesta semana, num voo de Brasília a Guarulhos, uma estudante de medicina sofria com medo de avião.

Já voara muitas vezes, mas a decolagem, as turbulências e o pouso provocavam os maiores desconfortos naquela jovem passageira.

Em cruzeiro, um comissário de voo procurava tranquilizá-la, explicando o nível de segurança que a aviação atingiu.

Nesta hora, olhei no crachá do outro comissário, notando algo inusitado.

Seu sobrenome era Piloto.

Pois é...

Não resisti.

Entrei na conversa e disse:

_ Admiro o seu esforço em procurar confortá-la, mas imagine quando ela sou…

Dominique

Imagem

Opinião

O problema da 'fúria aérea'

O ESTADO DE S.PAULO
Voar tem sido um teste de paciência e equilíbrio mental, tanto para passageiros quanto para tripulantes. Aeroportos cada vez mais cheios, aviões cada vez mais desconfortáveis, passageiros que bebem além da conta e tripulantes sem tato para lidar com o público, entre outros fatores, acabam por ampliar a possibilidade de conflito durante as viagens - acarretando riscos graves à própria segurança do voo. Por essa razão, a Assembleia-Geral da Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata, na sigla em inglês) tomou a correta decisão de elaborar medidas para enfrentar o problema.

De acordo com a entidade, que representa 240 companhias aéreas, num total de 84% do tráfego mundial, as novas determinações serão definidas em comum acordo com governos e indústria. A Iata informou que o interesse dos governos foi manifestado em uma conferência da Organização da Aviação Civil Internacional, em abril, na qual se concluiu que há necessidade de…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 13 / 06 / 2014

Correio Braziliense
"O anjo japonês (e outras crônicas de uma Copa rodrigueana)"

O Brasil protagonizou ontem uma abertura de Copa do Mundo digna das mais inventivas crônicas de Nelson Rodrigues. Dentro e fora do campo, houve de tudo. Batucada americana ensaiada por uma belga. Vaias e xingamentos da torcida à presidente da República. O primeiro gol contra de um brasileiro num mundial. E até um escandaloso pênalti inexistente - ou seria uma providencial intervenção do Sobrenatural do Almeida? - que só o árbitro, o senhor Yuichi Nisimura, viu e que mudou a história do jogo, abrindo caminho para os 3X1 do escrete Canarinho contra a Croácia. Enquanto isso, país afora, mascarados contrários ao torneio enfrentavam a polícia nas ruas. Que venha o México! Que venha o hexa!


Folha de S. Paulo
"Brasil abre a Copa com gol contra, virada e vaia a Dilma"

Favorecida por erro da arbitragem, seleção faz 3 a 1 na Croácia em São Paulo; país tem protestos isolados

Dominique

Imagem

Opinião

Na marca do pênalti

O ESTADO DE S.PAULO
A presidente Dilma Rousseff deve estar se perguntando o que foi que fez de errado ao seguir à risca os conselhos de seu patrono Luiz Inácio Lula da Silva e do seu marqueteiro João Santana para virar o jogo de seu crescente desprestígio. Nos últimos tempos, como a instruíram, ela praticamente só fez expor-se, expor-se e expor-se. Ou abrindo a residência oficial do Alvorada a diferentes grupos de jornalistas, em jantares nos quais não só aceitava responder ao que quisessem, mas ainda - para mostrar ao eleitorado, por meio deles, a sua "face humana" - lhes repassava a sua inigualável receita de bacalhoada.

Ou percorrendo o País inteiro, como a candidata em campanha que é, para ser o centro das atenções em eventos criados só para isso, reproduzindo o que o Lula fazia em 2010 ao carregar o seu "poste" para todo lado. Ou convocando redes nacionais para se vangloriar dos seus feitos, prometer um futuro ainda mais superlativo e ir para …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 12 / 06 / 2014

Correio Braziliense
"Somos todos Brasil"

Vai ter Copa? Sim. Ela começa hoje. Como será é que são elas

Nunca antes, nem mesmo na ditadura, a disputa de um Mundial dividiu tanto o país. Desta vez, porém, não se ouvem críticas à Seleção Brasileira. Quando a bola rolar, às 17h, contra a Croácia, o time escalado por Felipão será aplaudido ou não pelo que jogar dentro de campo. As divergências sobre a Copa são de outra natureza. Descontentes com a competição acreditam que o governo teria feito melhor se tivesse investido em escolas, hospitais e transporte público no mesmo padrão dos estádios construídos por exigência da Fifa. Na abertura do torneio, no Itaquerão, o Planalto teme que vaias aumentem o desgaste político da presidente Dilma. Futebol à parte, também existe preocupação com protestos de sindicalistas e blackblocs.

Folha de S. Paulo
"Copa começa hoje com seleção em alta e organização em xeque"

País dá início em São Paulo à 20ª edição do tor…

Dominique

Imagem

Opinião

A chantagem funcionou

O ESTADO DE S. PAULO
Estava o coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), Guilherme Boulos, anunciando em entrevista que a sua organização continuaria promovendo manifestações nas ruas de São Paulo na quinta-feira do jogo de abertura da Copa do Mundo quando foi chamado ao telefone. Sete minutos depois de conversar com um assessor do ministro da Casa Civil, Gilberto Carvalho, como informaria em seguida, um jubiloso Boulos retomou a entrevista – para anunciar que o MTST daria uma trégua aos paulistanos. Não iria marcar novos atos em favor dos metroviários ainda em greve naquela segunda-feira. Afinal, acabara de saber que o governo federal havia acatado as suas exigências. “Encerramos nossa jornada com a vitória da mobilização e com nossa pauta completamente atendida”, exultou o dirigente.

Era a rendição do governo da presidente Dilma Rousseff à ofensiva criminosa desencadeada no dia 3 de maio, quando uma área pertencente a uma construtora, propriedade …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 11 / 06 / 2014

Correio Braziliense
"Em queda, Dilma vai à TV e apela para a Copa"

O medo de vaias levou o presidente da Fifa a sugerir, meses atrás, que nem ele nem Dilma discursem amanhã na abertura do Mundial. A presidente, no entanto, antecipou-se e fez pronunciamento ontem em cadeia de rádio e tevê, em que exaltou a construção dos estádios e chamou de “pessimistas" os críticos da realização do torneio no país. A oposição interpretou a iniciativa como campanha eleitoral antecipada e anunciou que entrará com queixa no TSE. O discurso ocorreu no mesmo dia em que Dilma recebeu o apoio de um PMDB dividido e no qual pesquisa apontou o crescimento de Aécio e Eduardo na corrida pelo Planalto, além de nova baixa na preferência pela petista. 


Folha de S. Paulo
"Apesar de dissidências, PMDB aprova apoio a Dilma"

Votos favoráveis à aliança com o PT atingem 59%, abaixo dos 85% de 2010

Convenção nacional do PMDB aprovou o apoio à reeleição da presidente Dilma Rou…

Dominique

Imagem

Opinião

Uma greve contra todos

O ESTADO DE S.PAULO
A greve do metrô de São Paulo se explica em poucas palavras. "Estamos em um momento único. Tem uma Copa do Mundo. Tem também eleições no fim do ano", conclamou o presidente do sindicato dos metroviários, Altino de Melo Prazeres Júnior, filiado ao PSTU, na assembleia que aprovou no domingo a continuação do movimento, pouco depois de os desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) considerarem abusiva a paralisação, determinarem o seu término imediato e imporem uma multa diária de R$ 500 mil à entidade da categoria em caso de descumprimento da decisão.

O colegiado resolveu também conceder ao setor o reajuste de 8,7% oferecido pela Companhia do Metropolitano, aproximadamente 3 pontos acima da inflação medida pelo INPC nos 12 meses encerrados em abril (a data-base do setor). O TRT decretou a ilegalidade da greve porque a direção do sindicato se recusara a cumprir a ordem da vice-presidente da Corte, desembargadora Rilma Hemetério…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 10 / 06 / 2014

Correio Braziliense
"Invasão na UnB ameaça atrasar salário de junho"

Barricadas levantadas por encapuzados que ocupam a Reitoria impedem servidores de terem acesso ao local onde é preparada a folha de pagamento da universidade. Ato público cobra a saída de rebeldes do prédio.


Folha de S. Paulo
"Alckmin demite 42, e greve do Metrô de SP é suspensa"

Sindicato da categoria ameaça retomar paralisação na quinta se governo não anular demissões

No quinto dia da greve dos metroviários, a gestão Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou a demissão de 42 funcionários do Metrô. Sob pressão e dividido, o sindicato da categoria decidiu suspender a paralisação por 48 horas. O governo enviou telegramas de desligamento por justa causa para grevistas que, segundo a administração tucana, foram a piquetes nas estações ou veicularam mensagens a favor da greve no sistema de som dos trens. O sindicato dos metroviários diz que as demissões visam intimidar a categoria e ameaçam…

Dominique

Imagem

Opinião

Dando bom-dia a cavalo

O ESTADO DE S.PAULO
A crônica política brasileira é pródiga em episódios com os quais Luiz Inácio Lula da Silva ilustra o aforismo segundo o qual quem fala muito acaba dando bom-dia a cavalo. Em longa entrevista concedida a uma revista semanal, o ex-presidente exercita sua megalomania, insiste em conhecidas mistificações sobre os governos petistas e o papel de seu partido na vida política brasileira, repete ataques à imprensa e sofismas sobre o "controle social da mídia", não se constrange em praticar o jogo do "faça o que eu digo, não o que eu faço".

Aflora em toda a extensão da entrevista a obsessão pelo confronto maniqueísta com uma "elite" retrógrada, inominada, a qual acusa de conspirar contra todas as fabulosas conquistas dos governos petistas. É o velho "nós" contra "eles".

É interessante a visão de Lula dos problemas de comunicação de que, entende, padece o governo Dilma. Problemas esses veladamente atribuído…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 09 / 06 / 2014

Correio Braziliense
"Reitor denuncia clima de guerra civil na UnB"

Professores e servidores fazem protesto hoje, às 10h, contra mascarados que ocupam a Reitoria a quatro dias. Câmeras teriam flagrado atos de depredação na universidade, onde nos últimos dias houve até tiros e pessoas feridas em festas

A Justiça determinou a reintegração de posse da Reitoria. Mas, até as 20h30 de ontem, quando se encerrou o prazo para a desocupação, cerca de 50 pessoas continuavam no prédio. Os encapuzados dizem que se trata de protesto para impedir a criminalização e o julgamento de oito estudantes acusados de vandalismo. Para o reitor, Ivan Camargo, o movimento é uma espécie de vanguarda do atraso que se espalhou por todo o país e hoje inviabiliza o funcionamento da UnB. Na hora da invasão, contou Camargo, câmeras flagraram uma “agressividade inacreditável” em um ambiente acadêmico. “Alguns seguiram para a minha sala e quebraram todas as portas”, descreveu. 

Folha de…

Dominique

Imagem

Opinião

A inflação ainda ameaça

O ESTADO DE S.PAULO
A inflação continua infernizando a vida do consumidor e o resultado final de 2014 poderá ser pior que o do ano passado, embora a alta de preços tenha perdido impulso nos últimos dois meses. A decisão de dar uma trégua na política anti-inflacionária, recém-anunciada pelo Banco Central (BC), poderá, na melhor hipótese, poupar o País de uma estagnação mais grave, mas deixará mais espaço para remarcações no comércio e no setor de serviços. Com isso, a melhora de alguns indicadores do varejo poderá ser temporária. No mês passado, a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 0,46%, bem menos que em abril, quando a variação ficou em 0,67%. O número de maio quase coincidiu com a projeção (0,43%) das cinco instituições financeiras com mais acertos na pesquisa Focus, conduzida semanalmente pelo BC. Mas, se outros números previstos por essas instituições estiverem corretos ou muito aproximados, a acomodação vai durar pouco. A …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 08 / 06 / 2014

Correio Braziliense
"Dívida compromete renda de servidor por cinco anos"

Enquanto o governo estimula o consumo para incentivar a economia, levantamento do BC mostra que as famílias estão com o orçamento no limite. Nunca os brasileiros deveram tanto aos bancos.


Folha de S. Paulo
"Dilma pretende incluir sem-teto no Minha Casa"

Objetivo é atender reivindicação do MST para estancar protestos na Copa

A presidente Dilma Rousseff ordenou que a sua equipe encontre uma maneira de incluir os sem-teto no programa habitacional Minha Casa, Minha Vida. O objetivo é tentar neutralizar os protestos e os conseqüentes danos à imagem do governo. A ideia é encaixar o grupo em um dos braços da ação governamental chamado de “entidades”, modalidade na qual o Executivo libera recursos e a organização executa as obras. 0 foco será o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto). Para o Planalto, o grupo é o movimento com maior poder de mobilização durante a Copa. Após a ofer…