Postagens

Mostrando postagens de Março 17, 2013

Joan Miró i Ferrà

Imagem

Colunistas

O ano em que sonhamos perigosamente – volume 2

Da Primavera Árabe ao Occupy Wall Street, uma série de eventos libertários marcou 2011. Márcia Denser retoma análise do ensaio do esloveno Slavoj Zizek para compreender o que está por trás e à frente dessas transformações

Márcia Denser
Retomando a discussão sobre o último ensaio do filósofo esloveno Slavoj Zizek (O ano em que sonhamos perigosamente. S.Paulo, Boitempo, 2012) cujo resumo da ópera ele define sutilmente, observando que a língua persa tem uma excelente expressão war nam nihadan, que quer dizer “matar uma pessoa, enterrar o corpo e plantar flores sobre a cova para escondê-lo”.

O fato é que, em 2011, testemunhou-se uma série de eventos libertários de massa – desses que modificam a História, abrindo a porta do Futuro – da Primavera Árabe ao Occupy Wall Street. De certo modo, 2011 foi o ano em que se sonhou perigosamente em duas direções: houve sonhos de emancipação que mobilizaram as massas em Nova York, na Praça Tahir, em Londres e …
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

'Rubicão' da imprensa britânica

O Estado de S.Paulo
Um acordo entre os principais partidos da Grã-Bretanha abriu caminho para a instituição de um código de conduta que imporá pesadas sanções a jornais que cometerem abusos. As maiores associações de imprensa do país reagiram com preocupação. Elas concordam que o atual sistema de autorregulamentação requer melhorias e defendem que a irresponsabilidade jornalística deve ser castigada com rigor, mas não aceitam que essa punição seja imposta por uma entidade vinculada, ainda que apenas parcialmente, ao Estado. Para o jornal The Telegraph, "os parlamentares cruzaram o Rubicão da regulamentação da imprensa", isto é, avalizaram o restabelecimento da normatização estatal dos jornais após 318 anos de total autonomia.

Essa regulamentação é resultado do escândalo causado pelo jornal News of the World, do magnata Rupert Murdoch. Em julho de 2011, a publicação foi fechada, depois de 138 anos de existência, diante da revelação de que …
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 23 / 03 / 2013

O Globo
"Polícia responsabiliza 28 por incêndio da Kiss"

Donos da boate, músicos e dois bombeiros foram indiciados por homicídios doloso

Delegado também acusa prefeito de Santa Maria de contribuir para morte de 241 pessoas. Comandante dos Bombeiros na cidade foi exonerado do cargo. Em 13 mil páginas produzidas em 55 dias de investigação,a Polícia Civil do Rio Grande do Sul apontou elementos para responsabilizar 28 pessoas pela tragédia da boate Kiss, na madrugada de 27 de janeiro. Nove delas foram indiciadas por homicídios doloso, por terem assumido o risco de matar. O prefeito Cezar Schirmer é acusado de homicídio culposo e de improbidade administrativa. Bombeiros que liberaram o funcionamento da boate também foram citados. O inquérito será analisado pelo Ministério Público, que decidirá quem será denunciado à Justiça. Schirmer sustentou que houve manipulação política da investigação pelo governo do estado.


O Estado de São Paulo
"Dilma venceria eleiçõe…

Portinari - Marias

Imagem

Coluna do Celsinho

Descendência

Celso de Almeida Jr.
A filha pediu fotos dos avós.

Cumprindo uma atividade escolar, montará uma árvore genealógica.

Lembrei de uma história da família.

Em 7 de setembro de 1887, do convés do Malange, vapor da Mala Real Inglesa, algumas meninas ouviam a queima de fogos e o som de fanfarras no Rio de Janeiro.

Graciosamente inocentes, pensavam que tratava-se de recepção especial.

Em verdade, eram as festas pelo 65º aniversário da Independência e a cidade mal dava conta dos que chegavam da Europa.

No desembarque, o pai das garotinhas apresentou o passaporte.

Uma folha grande, onde se lia que Lourenço Marques de Almeida, esposa e filhas estavam autorizados a seguir para o Brasil.

Vinham da cidade do Porto, Portugal.

No Rio de Janeiro, começando a vida no Novo Mundo, Lourenço montou uma livraria, na rua do Ouvidor.

Deixou para os descendentes um "Livro Particular", diário que até hoje é guardado com carinho especial.

Algumas passagens, citadas a seguir, sempre recordamos, com cert…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Conluios e amizades

O Estado de S.Paulo
Durante o julgamento, pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que determinou a aposentadoria compulsória de um juiz piauiense acusado de beneficiar advogados, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, recolocou na agenda do Judiciário um problema antigo: o risco de as relações de amizade entre magistrados e advogados resultarem em favorecimento de uma das partes e em tráfico de influência.

"O conluio entre juízes e advogados é o que há de mais pernicioso nos tribunais. Sabemos que há decisões condescendentes, absolutamente fora das regras", afirmou o ministro, depois de defender uma "limpeza" na instituição. Além de afetar o equilíbrio de forças no jogo judicial, a excessiva intimidade entre juízes e advogados é a origem de muitos casos de corrupção na Justiça, disse o presidente do STF e do CNJ. Semanas antes de assumir o cargo, no final de 2012, ele tocou no mesmo tema, criticando os filhos, cô…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 22 / 03 / 2013

O Globo
"Nó na infraestrutura: Apagão logístico faz China cancelar compra de soja"

Gigante de comércio exterior desiste de importar quase 5% do total vendido pelo Brasil

Produto poderia se tornar o principal item da pauta de exportações brasileiras este ano, ultrapassando o minério de ferro, mas as filas nos portos e problemas em armazenagem e embarques deixam a meta mais distante. O complexo da soja — grão, óleo e farelo — poderia se tornar, este ano, o principal item da pauta de exportações brasileira, com US$ 32,5 bilhões, ultrapassando o minério de ferro. No entanto, um verdadeiro apagão de logística, com filas quilométricas de caminhões em direção aos portos de Santos e Paranaguá para escoar a mercadoria, dificuldades de embarque e aumento do preço de frete ameaçam a ampliação do comércio exterior brasileiro. Com todas essas dificuldades, a Sunrise, principal trading chinesa, cancelou a compra de dois milhões de toneladas de soja — quase 5% da ex…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Herança maldita da Petrobrás

O Estado de S.Paulo
O plano de negócios da Petrobrás para o período 2013-2017, apresentado na terça-feira aos investidores e ao público em geral, reitera a tentativa da diretoria presidida por Maria das Graças Foster de corrigir erros de planejamento, na maioria de inspiração política, cometidos na gestão anterior e que ainda afetam duramente os resultados da empresa. É sua herança maldita.

Algumas características do plano anunciado em 2012, marcado por forte contenção de despesas de custeio e dos investimentos, permanecem no novo. Nos próximos cinco anos, a companhia pretende investir US$ 236,7 bilhões, praticamente o mesmo valor previsto para o período 2012-2016. A austeridade continua sendo a palavra mais frequente no discurso da presidente e dos diretores da empresa. Os investimentos continuarão concentrados na área de exploração e de produção, em particular o pré-sal.

Mas outras medidas aprovadas pelo Conselho de Administração da Petrobrás para os próximo…
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 21 / 03 / 2013

O Globo
"Irresponsabilidade. De novo: Prédio para vítimas de tragédia ameaça cair"

Terreno cedeu com chuvas e provocou rachaduras em dois de 11 edifícios. Cada prédio custou R$ 2 milhões.

Depois de mais de dois anos vivendo em situação precária no 3º Batalhão de Infantaria (BI), em São Gonçalo, as 89 famílias sobreviventes da tragédia do Morro do Bumba, em Niterói, que matou 47 pessoas, vão ter que esperar mais tempo por nova casa. Dois dos 11 prédios que estão sendo erguidos pela construtora Imperial Serviços Limitada no bairro do Fonseca para abrigar definitivamente as vítimas da catástrofe apresentaram rachaduras que comprometem suas estruturas. Segundo a construtora, o terreno onde os prédios estavam sendo construídos cedeu com as chuvas. Um deles terá que ser inteiramente demolido e reerguido. O outro passará por reforma estrutural. Cada um custou R$ 2 milhões da verba total de R$ 27 milhões liberados pela Caixa, que ainda analisa quem pagará pe…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A fisiologia da coalizão

O Estado de S.Paulo
A presidente Dilma Rousseff quis dar um lustre de alta política na eleitoreira troca de três ministros efetuada na última sexta-feira e impropriamente comparada a uma reforma ministerial em seus primeiros passos. Na manhã seguinte, ao dar posse aos novos titulares da Agricultura, Antonio Andrade; Trabalho, Manoel Dias; e Secretaria da Aviação Civil, Wellington Moreira Franco, tentou transformar em virtuoso instrumento de gestão do Estado o que não passa de uma contingência de que os partidos não têm como escapar nos países cujo sistema político-eleitoral praticamente impõe a formação de parcerias de governo. O modelo brasileiro, chamado "presidencialismo de coalizão", é um clássico do gênero.

Às vezes, mesmo em configurações construídas para dar à legenda vencedora nas urnas a maioria que lhe permita monopolizar o poder, vez por outra o arranjo não funciona. Desde 2010, por exemplo, o Reino Unido é governado por uma aliança entre os …
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 20 / 03 / 2013

O Globo
"Número de mortos em Petrópolis sobe para 27"

De R$ 112,8 milhões orçados para reassentamento na cidade, só 1,9% foi gasto.

Entre as vítimas, doze são crianças. Sem teto chegam a 1.463 pessoas. O número de mortos na tragédia provocada pelo temporal em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, subiu para 27, desde a noite de domingo. Desse total, 12 são crianças. A chuva deixou outras 18 pessoas feridas e 1.463 desalojadas. Dados do Sistema de Acompanhamento Financeiro do Estado obtidos pelo GLOBO mostram que, no ano passado, de uma previsão orçamentária de R$ 112,8 milhões para o programa de reassentamento da população instalada em áreas de risco, só R$ 2,2 milhões foram gastos.


O Estado de São Paulo "Petrobrás desiste de vender refinaria após investigação no TCU"

Negócio provocaria prejuízo de US$ 1 bilhão, conforme revelou o ‘Broadcast’

A Petrobrás desistiu de vender a refinaria de Pasadena, nos EUA, alvo de investigação do Tribunal de Co…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

O alvo do governo Kirchner

O Estado de S.Paulo
A redução de 73% registrada em 2012 no saldo do Brasil no comércio com a Argentina - num período em que superávits dos principais parceiros comerciais dos argentinos aumentaram até 52% - não deixa dúvidas de que a política protecionista cada vez mais agressiva do governo da presidente Cristina Kirchner tem um alvo específico. Medidas administrativas que retardam ou impedem a entrada de produtos importados na Argentina têm sido contestadas por diversos países exportadores, mas toleradas pelo governo brasileiro. Como a escarnecer da atitude brasileira e das reiteradas promessas de amizade indestrutível da presidente Dilma Rousseff, feitas a sua colega argentina, o protecionismo de Buenos Aires prejudica direta e duramente o Brasil e preserva os demais países.

Os números da balança comercial entre os dois países não deixam dúvidas de que a condescendência com que o governo Dilma reage às restrições comerciais da Argentina estimula a ação dos fu…
Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 19 / 03 / 2013

O Globo
"Rio tem a maior vitória até agora nos royalties"

Liminar da ministra Cármen Lúcia, do STF, suspende lei que prejudica produtores

Distribuição de recursos entre os estados fica como é hoje e governadores comemoram resultado. O despacho, que cita urgência na ação, estanca perdas bilionárias de Rio, Espírito Santo e São Paulo. A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal STF), concedeu liminar na Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) impetrada pelo governo do Rio. Com isso, suspendeu a nova regra de distribuição dos royalties do petróleo aprovada pelo Congresso. No despacho, a ministra cita "urgência" e "riscos objetivamente demonstrados" na decisão do Congresso. Até julgamento do mérito, a divisão dos royalties permanece como está. Os governadores Sérgio Cabral (RJ), Renato Casagrande (ES) e Geraldo Alckmin (SP) comemoraram.


O Estado de São Paulo "Chuva mata 16 em Petrópolis e Dilma fala em ‘ação drástica’&…

Pitacos do Zé

Imagem
E por falar em civilidade... (XXXIV)

José Ronaldo dos Santos
Tenho várias fotografias de carros abandonados por nossos logradouros, no município de Ubatuba. Nestas, a carcaça de um caminhão antigo, há muito tempo está na mata ciliar do rio Ipiranguinha, no Jardim Ipiranga; o ônibus está no Jardim Carolina, num cruzamento com a estrada que vai para o Monte Valério. O cúmulo: houve uma obra de saneamento no local, mas o monstrengo, mesmo notoriamente atrapalhando, ficou “imexível”.

Questão: O que é as autoridades podem fazer para a remoção de tais entulhos? A prefeitura, Ciretran etc. não tem um setor capaz de resolver um problema dessa estupenda envergadura?

Twitter

James Rosenquist

Imagem

Aeroclube de Ubatuba

COMUNICADO

No link http://www.ninja-brasil.blogspot.com.br/p/estatutosocial-aeroclubede-ubatuba.html encontra-se a redação do Estatuto Social do Aeroclube de Ubatuba para apreciação dos interessados. Pedimos que as sugestões de alteração e/ou complemento sejam encaminhadas para o endereço eletrônico ninja.aero@gmail.com até 23 de março de 2013.

Atenciosamente

Lemar Gonçalves

Núcleo Infantojuvenil de Aviação – NINJA

www.ninja-brasil.blogspot.com
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Ameaças à livre opinião

O Estado de S.Paulo
A liberdade de imprensa "continua sendo minada por governos autoritários e intolerantes que aumentam e reinventam as formas de perseguição ao jornalismo", relata o documento final da Reunião de Meio de Ano da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP). Realizado em Puebla, no México, com representantes de empresas jornalísticas sediadas em 21 países americanos, entre os quais o Brasil, o encontro foi concluído com a denúncia de "uma violência que parece não ter limites", praticada contra jornalistas do continente. Representando o presidente mexicano na cerimônia de encerramento, o secretário de Educação mexicano, Emílio Chuayffet, comentou o fato com uma sentença reveladora das consequências nefastas desta constatação na vida institucional das nações: "Agredir um jornalista é agredir toda a sociedade".

O relatório semestral da SIP relaciona oito países americanos nos quais os profissionais dos meios de comunicação …
Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 18 / 03 / 2013

O Globo
"Sem royalties, Rio bate no teto do endividamento"

União cortará repasses se estado descumprir Lei de Responsabilidade Fiscal

Tributos federais e empréstimos ficarão comprometidos; STF analisará validade de contratos antigos. A perda estimada de R$ 4,1 bilhões na receita anual do Rio com a nova lei que redistribui os royalties fará com que o indicador de endividamento do estado retroceda a níveis de 2001 e fique no limite do permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, revela a FGV. A punição em caso de estouro da meta é o corte dos auxílios da União, com impedimento de tomar empréstimos e retenção das transferências de impostos. Na quarta-feira, o STF deve decidir sobre medida cautelar enviada pelos estados produtores solicitando que nada mude até o julgamento das ações.


O Estado de São Paulo "Brasil resiste a exigências dos EUA e fim de vistos atrasa"

Governo não quer enviar dados de segurança; País deve decidir se entra em progr…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Embalsamamento tardio

O Estado de S.Paulo
A inexorável degenerescência orgânica e a crônica incompetência de áulicos de pouca prática podem prejudicar a candidatura do chavista Nicolás Maduro nas eleições presidenciais da Venezuela, em 14 de abril, de uma forma que nem o mais otimista oposicionista preveria. O candidato oficial, que substitui o extinto no governo desde a última viagem deste para Havana, reconheceu publicamente que um dos símbolos de sua campanha - o cadáver do comandante - pode sair de cena, porque o processo de seu embalsamamento não foi providenciado em tempo hábil.

A Constituição tinha sido o primeiro obstáculo à intenção do governo bolivariano da Venezuela de expor os despojos do ex-chefe no Panteão Nacional, construído por Chávez para abrigar os restos mortais de Simón Bolívar, o venerado patrício que sempre teve a memória exaltada a ponto de dar nome à moeda local. No regime chavista, o Libertador tornou-se padroeiro do esquisito socialismo pregado por Chávez. Talv…
Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 17 / 03 / 2013

O Globo
"Novo Papa muda jogo do poder na América do Sul"

Ao priorizar pobres, Francisco avança sobre reduto de populistas e evangélicos

Como arcebispo de Buenos Aires, Pontífice foi crítico de políticas clientelistas dos governos Kirchner. Analistas avaliam que o Papa sul-americano terá considerável impacto político na região ao se voltar à população mais pobre, que vem migrando para igrejas neopentecostais, revelam Mariana Timóteo da Costa e Janaina Lagè. Na Argentina, Francisco sempre criticou os Kirchner e seu fracasso no combate à miséria. Não à toa, sua ascensão inquieta também líderes populistas que se fiam em políticas assistencialistas, informa José Casado. "Essa Igreja que cumpre o papel dos jesuítas pode fortalecer a consciência crítica da população" diz Marlos Lima, do Centro Latino-Americano de Políticas Públicas da FGV. 


O Estado de São Paulo "Papa diz que natureza da Igreja é espiritual, não política"

A jornalistas, Francisc…