Postagens

Mostrando postagens de Maio 22, 2016

Física

Imagem

Opinião

Sapiens x Abelhas

Luiz Felipe Pondé
Quando estava na minha primeira faculdade, passamos por uma longa greve de estudantes. No início, ia às assembleias discutir a razão de achar aquela greve inútil. Entre elas, a mais evidente era: estudantes de uma universidade pública (ou não) em greve nada importam para o dia a dia da cidade, por isso podem ficar 30 anos em greve. O único dano é aos colegas que querem avançar na vida.

Mas o que mais chamava minha atenção era como alguns colegas em bloco esvaziavam a assembleia até que só eles estivessem nela e votassem pela continuidade da greve. Golpe? Isso sim é golpe.

Entretanto, outra coisa também me chamava atenção: como gritavam frases feitas como se fossem um coral furioso. Hoje sabemos o que aquilo era: o nascimento dessa nova moda e praga chamada "coletivo". Não me refiro a transporte coletivo, como quando se diz "aí vem o coletivo". Refiro-me a um conjunto de estudantes (mas pode também ser de artistas ou similares) que se…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sábado 28 / 05 / 2016

O Globo
"STF proíbe tramitação oculta de casos contra autoridades"

Para Moro, ataques à Lava-Jato são tentativa de volta à impunidade

Em grampo, presidente do Senado, Renan Calheiros, diz ter atuado para impedir a recondução do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao cargo. ‘Eu tentei, mas eu estava só’
No momento em que conversas grampeadas revelam tentativas de interferência na Lava- Jato, o presidente do STF, Ricardo Lewandowski, proibiu a tramitação oculta de processos no tribunal, entre eles ações penais e inquéritos envolvendo políticos, como um que investiga o ex-presidente Lula, agora visível no sistema do STF. No tribunal, prevaleceu o entendimento de que a transparência é a regra. O juiz Sérgio Moro, da Lava-Jato, reagiu aos ataques à investigação. Para ele, os diálogos gravados que mostram integrantes da cúpula do PMDB atuando contra a Lava-Jato são “sinais de uma tentativa de retorno ao status quo da impunidade dos poderosos”. Novo gramp…

Embraer E190-E2

Imagem

Coluna do Celsinho

Flores

Celso de Almeida Jr.

E lá foi ele...

Deixar uma coroa de flores no memorial aos 140 mil mortos de Hiroshima.

Bacana, o Obama.

Passadas sete décadas da explosão da bomba atômica que mudou o mundo, um presidente americano em exercício pisa no palco da tragédia.

E, enquanto Barack Obama encerra seu mandato firmando-se como estadista, os EUA estão às voltas com Donald Trump.

Mundo louco, né?

Praticamente definido pelo Partido Republicano, o magnata garantirá para a eleição de lá um show de estupidez.

Pois é prezado leitor, querida leitora.

Fico confuso.

Não consigo vislumbrar os caminhos do mundo.

Há muito radicalismo, extremismo, agressividade, violência.

Como tudo é questão de escolha, resta torcer para que a maioria ainda priorize a sensatez.

Não podemos brincar.

Não é permitido comprometer o futuro com aventureiros destemperados.

Nossa descendência tem todo o direito de viver num mundo melhor.

Serenidade é a palavra de ordem.

Menos bombas.

Mais flores.

Visite: www.letrasdocelso.blogspot.com

Física

Imagem

Opinião

A morada do diabo

Alexandre Schwartsman
Ainda em sua primeira versão, a mesma que causou (justificado) escândalo em agosto do ano passado, o Orçamento federal previa deficit de R$ 30 bilhões, rapidamente transformado em superavit de R$ 24 bilhões, embora, é claro, apenas no papel. Tanto que a administração anterior já reconhecia que o número seria negativo e bem pior do que as primeiras estimativas, na casa de R$ 100 bilhões.

Ainda assim, quem segue a questão fiscal de perto já havia manifestado sua descrença, apostando num buraco ainda maior, e valores na casa de R$ 150 bilhões não chegavam a escandalizar ninguém, uma triste ilustração de como nos adaptamos facilmente à miséria. Nesse sentido, o anúncio de um deficit de R$ 170 bilhões, equivalente a 2,7% do PIB, foi recebido por uma sociedade anestesiada.

Não há dúvida de que o valor é horroroso e retrato do grau de deterioração das contas do governo nos últimos anos. Contudo, não chega a ser o pior desenvolvimento nessa frente: o que me…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira 27 / 05 / 2016

O Globo
"Cargos de confiança consomem 35% da folha"

Custo de 346 mil comissionados chega a R$ 3,5 bi por mês, diz TCU

Levantamento inclui apenas Executivo, Legislativo e Judiciário federais; em 65 dos 278 órgãos analisados pelo tribunal, número de servidores em funções de chefia passa de 50% do total
O Brasil gasta R$ 3,47 bilhões por mês com 346 mil ocupantes de cargos de confiança e comissionados, revela relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) obtido por LUIZA SOUTO. O levantamento foi feito apenas em órgãos da administração pública federal, incluindo Executivo, Legislativo e Judiciário. O gasto com os comissionados chega a 35% de toda a folha de pagamento do funcionalismo da União, que é de R$ 9,6 bilhões mensais. De 278 órgãos federais, 65 deles têm mais de 50% do quadro de pessoal ocupado por integrantes de cargos de confiança. O PT é o partido com mais filiados no governo. Mas há proporcionalmente mais comissionados nos poderes Legislativo …

Física

Imagem

Opinião

Eleitores e consumidores

Contardo Calligaris
Se você passar por Nova York até 26 de junho, não perca a exposição de Nicole Eisenman no New Museum (na Bowery com Prince).

Se eu fosse muito rico, convidaria Eisenman ao Brasil, para o tempo que for preciso, até ela estar a fim de "retratar" a realidade brasileira.

"Coping" (lidando, entende-se, com a adversidade), de 1,6 m por 2 m, é de 2008, mas parece que foi pintado em Mariana (MG): mostra como seria a vida numa praça com a lama até a cintura (http://ci13.cmoa.org/artwork/2712).

Eisenman retrata cada realidade com o tipo de realismo que ela merece. Por exemplo, um pequeno formato, com o título "Uma Família Disfuncional", se parece com a vinheta preparatória para uma campanha publicitária da família margarina. Mas, chegando perto, a gente descobre uma família diferente da que é sonhada pelos publicitários e parecida com a que conhecem os psicanalistas: a mãe está fazendo tricô, mas a saia levantada revela seu s…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira 26 / 05 / 2016

O Globo
"Grampos revelam tentativa de livrar políticos da Lava-Jato"

Em conversa sobre acordo, Renan cita Dilma e Lula e critica delação

O ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, que teve delação homologada pelo STF, também gravou Sarney, que prometeu ajudá-lo a escapar de Moro e previu estrago se Odebrecht falar
Conversas gravadas em março pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado com o presidente do Senado, Renan Calheiros, e o ex-presidente José Sarney revelam que eles discutiam formas de livrar políticos, entre eles a então presidente Dilma e o ex-presidente Lula, da Lava-Jato. Renan apoia proibir delação de presos e diz que a “turma topa” um “acordo” para livrar Dilma, cuja contrapartida seria adotar o parlamentarismo. Sarney promete a Machado tentar ajudá-lo a escapar do juiz Moro e prevê: “A Odebrecht vem com uma metralhadora ponto 100.”

Folha de S.Paulo
"Sarney fala em ajuda a investigado em gravação"

‘Sem meter advogado no mei…

Física

Imagem

Opinião

Hiroshima, meu terror

João Pereira Coutinho
Barack Obama visita Hiroshima na próxima sexta-feira (27), e o mundo suspende a respiração: as bombas atômicas lançadas sobre o país continuam a assombrar-nos. E, com elas, as perguntas clichê: foi mesmo necessário? Ou tratou-se de um monstruoso crime de guerra?

Longe de mim ter a pretensão de decidir um dos temas mais complexos da história contemporânea. Além disso, e como tenho uma inclinação para teorias morais deontológicas, sempre olhei para o bombardeio indiscriminado de civis —sejam eles ingleses, alemães, japoneses— com um arrepio de horror pela espinha abaixo. Nesse quesito, só agradeço aos céus nunca ter estado em posições de poder para violar questões de consciência.

Mas é importante ler História —e, sobretudo, opiniões mais utilitaristas sobre a matéria. Nos últimos dias, tenho acompanhado Max Hastings e o seu impressionante "Retribution: The Battle for Japan, 1944-45". A prosa é admirável ("comme d'habitude")…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira 25 / 05 / 2016

O Globo
"Teto de Temer para gastos inclui saúde e educação"

Alta não poderá superar inflação
Mudar Previdência será próxima etapa
BNDES deverá antecipar R$ 100 bi


O presidente interino, Michel Temer, lançou um pacote de medidas para equilibrar as contas públicas que prevê a fixação de um teto para as despesas, incluindo saúde e educação. Os gastos não poderão mais subir acima da inflação. O governo enviará ao Congresso uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que, se aprovada, vai alterar as regras de vinculações e, com isso, dizem analistas, provocar redução proporcional nos gastos com saúde e educação. O governo também quer antecipar o pagamento de R$ 100 bilhões do BNDES ao Tesouro e venderá R$ 2 bilhões do Fundo Soberano. Líderes governistas apoiaram as propostas, mas disseram acreditar que pode haver resistências à aprovação do limite para despesas.

Folha de S.Paulo
"Temer propõe que despesas não subam além da inflação"

Teto para gastos d…