Postagens

Mostrando postagens de Outubro 12, 2014

Dominique

Imagem

Opinião

Liberdade para os biógrafos

O ESTADO DE S.PAULO
O acórdão da desembargadora Elisabete Filizzola, que liberou a circulação do livro Sinfonia de Minas Gerais - A Vida e a Literatura de João Guimarães Rosa, de Alaor Barbosa, supre a luta pela liberdade de expressão dos biógrafos de uma argumentação jurídica sólida e coerente. A obra foi proibida de circular e recolhida das livrarias desde 2008 atendendo a recurso da filha do escritor, Vilma Guimarães Rosa. Em nome dos herdeiros do autor de Grande Sertão: Veredas, ela alegou que a biografia fora feita sem a autorização destes, exigida pela lei.

Em vez de se limitar à exigência formal da autorização de biografados ou de seus herdeiros como condição sine qua non para que a edição de uma biografia seja comercializada regularmente nas livrarias, a desembargadora deu atenção a cada motivo alegado pelos herdeiros para impedir a circulação do livro sobre o pai. Além de pedir à Justiça a proibição da obra que não autorizou, Vilma Guimarães Rosa acus…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 18 / 09 / 2014

O Globo
"PT e PSDB desafiam TSE e insistem nos ataques"

Apesar dos riscos, Dilma e Aécio indicam que estratégias não vão mudar

Pesquisas qualitativas feitas para as campanhas mostram que eleitorado rejeita agressividade

Apesar da recomendação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de que o horário eleitoral seja destinado à apresentação ' de propostas, e não a ataques, Dilma (PT) e Aécio (PSDB) mantiveram ontem a artilharia pesada na TV e nas redes sociais. Os dois disseram que apenas reagem a agressões e, contrariando pesquisas que mostram rejeição do eleitor à agressividade, indicaram que vão manter os ataques que marcaram os dois últimos debates. Aécio se encontrou com Marina em SP, e Dilma foi a Curitiba e Florianópolis. 

Folha de S. Paulo
"São Paulo tem calor recorde, e Sabesp prevê falta de água"

Capital registra 37,8°C; empresa pede que consumidores economizem

Nesta sexta (17), às 14h, São Paulo teve a mais alta temperatura em 71 anos de me…

Lá vai o expresso 2222

Imagem

Coluna do Celsinho

Primavera-Verão

Celso de Almeida Jr.

Será neste fim de semana.

Mais precisamente, na virada de sábado para domingo.

Nas regiões sul, sudeste e centro-oeste os relógios deverão ser adiantados em uma hora.

Pronto!

Estaremos no horário de verão que, desta vez, terminará em 22 de fevereiro de 2015, pós carnaval.

Para nós, ubatubenses, é época especial.

A transição da primavera para o verão, concluída em dezembro, é sempre carregada de expectativa.

Torcer pelo calor intenso, praias lotadas e dinheiro circulando sintetizam o pensamento que invade o comerciante, o empreendedor.

O sol, radiante, aquece a todos, incluindo a economia.

Tudo bem...tá bom!

Compreendo que a confusão aumenta.

Filas, trânsito, etc, etc, etc...

Não é este aspecto, entretanto, que destaco hoje.

Prefiro focar na alegria do turista, na agitação da juventude, nas ondas frenéticas em nossas praias espetaculares.

Moramos no paraíso e a nossa vocação é turística, ouvimos desde pequeninos.

Realidade incontestável - se assim é - temos que entr…

Dominique

Imagem

Opinião

O petróleo mais barato

O ESTADO DE S.PAULO
A brusca queda da cotação do petróleo tende a aliviar as perdas da Petrobrás decorrentes do estrito controle, pelo governo, do preço da gasolina nas bombas, mas não será suficiente para compensar os prejuízos que a estatal acumula há anos na área de abastecimento e, ao longo do tempo, prejudicará seriamente sua capacidade de investimentos, em especial no pré-sal. A queda dos preços é notável. Nos últimos dias, o preço do barril do petróleo tipo Brent negociado em Londres caiu mais de 10%; nos últimos três meses, a queda foi de mais de 20%, da faixa de US$ 110 para US$ 85 o barril.

A fragilidade da atividade econômica mundial, que tende a se acentuar e se estender pelo menos até 2015, nas projeções mais recentes do Fundo Monetário Internacional (FMI) - a instituição reviu de 3,4% para 3,3% a projeção do crescimento da economia mundial neste ano e de 4% para 3,8% no próximo -, já vinha arrastando para baixo o preço do petróleo. O contínuo crescime…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 17 / 09 / 2014

O Globo
"Aécio reage a ataques e Dilma passa mal no fim"

Em debate, senador diz que irmão da presidente foi fantasma em prefeitura do PT

Candidata petista pergunta sobre dia em que tucano deixou de fazer teste de bafômetro em blitz da Lei Seca e afirma que ‘ninguém pode dirigir bêbado ou drogado ’; após debate , Dilma interrompeu entrevista alegando queda de pressão

No debate de ontem, no SBT, o candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, reagiu às acusações de nepotismo feitas pela presidente Dilma Rousseff (PT) e, assumindo a ofensiva, acusou o irmão da presidente de ter sido funcionário -fantasma nomeado na gestão do petista Pimentel na prefeitura de Belo Horizonte. Dilma também subiu o tom ao perguntar a Aécio sobre a obrigatoriedade do teste do bafômetro, que for a recusado por ele ao ser parado em uma blitz da Lei Seca, no Rio, em 2011. Outra questão que acirro u os ânimos foi a notícia de que o ex -presidente do PSDB Sérgio Guerra, morto este …

Dominique

Imagem

Opinião

O PT às voltas com a Justiça

O ESTADO DE S.PAULO
A esta altura dos acontecimentos, diante das devastadoras evidências que se tornaram de conhecimento público, talvez nem o mais fanático dos petistas tenha dúvida de que a bandalheira rolou solta na Petrobrás. São evidências tão robustas que é inútil tentar negá-las. Por essa razão, nem Dilma Rousseff nem o PT se atrevem a fazê-lo. 

Mas procuram minimizar os efeitos eleitorais do escândalo apelando para jogo de cena, deliberada confusão de informações e outras manobras diversionistas. Não contestam as acusações, mas o fato de terem sido divulgadas. E por esse crime de que se dizem vítimas, culpam a Justiça.

À frente de um grupo de deputados petistas que chegaram pisando duro, o presidente do partido, Rui Falcão, protocolou na Procuradoria-Geral da República e no Supremo Tribunal Federal (STF) pedidos de acesso à integra da delação premiada do ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa. Argumentam que conhecer o inteiro teor dessas declaraç…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 16 / 09 / 2014

O Globo
"Disputa fica estável apesar de agressões"

Ibope e Datafolha mostram empate técnico entre Aécio e Dilma

Após dez dias de troca de acusações e ofensas entre os candidatos à Presidência no segundo turno, tucano continua em vantagem numérica nos dois levantamentos, com 45% das intenções de voto, contra 43% da petista

Pesquisas do Ibope e do Datafolha divulgadas ontem mostram o mesmo cenário de estabilidade nas intenções de voto na disputa presidencial. Nos dois levantamentos, Aécio aparece com 45% dos votos (51% se considerados apenas os válidos), contra 43% de Dilma (49% dos válidos). Como a margem de erro é de dois pontos, há empate técnico. Os números mostram que o efeito do apoio de Marina Silva ao tucano, das novas denúncias de corrupção na Petrobras ou da troca de ataques entre eles não alterou as intenções de voto. Para especialistas, essa estabilidade indica que o pleito de 2014 será um dos mais acirrados e polarizados da História do país…

Fale baixo, vamos respeitar o silêncio...

Imagem

Pitacos do Zé

Quem vencerá?

José Ronaldo dos Santos
A mídia pertence a uma classe social elevada. Pobre não tem como possuir os meios de comunicação. O que move esse poder da comunicação é o consumo. 

Portanto, todas as mensagens, salvo alguns modelos alternativos, devem ter uma confluência:  a dependência consumista.

Quem oferece produtos de consumo não está na linha de pobreza. Quem consome também não pode ser miserável. Então, um governo que busca coerência com a lógica consumista, fará investimentos para aumentar o poder econômico da classe que pode consumir esses produtos. Aí vale tudo, desde o Programa de Renda Mínima até os de moradias populares. É o que se denomina redistribuição de renda. Nos últimos anos, nessa direção, as pesquisas sociológicas atestam: a Classe C é a maioria da população brasileira. É a nova classe média, que ganha entre R$ 1.700,00 a R$7.500,00  por mês.

O Brasil é, atualmente, o País da Classe C. Na verdade, ela é fruto da recuperação de uma grande dívida social. Inegavelm…

Dominique

Imagem

Opinião

A cartada do 'golpe'

O ESTADO DE S.PAULO
Decerto preocupada com a possibilidade real de derrota no segundo turno, a presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição, parece ter definitivamente perdido a compostura. Em comício em Canoas (RS), na semana passada, a petista deixou toda a prudência de lado e acusou a oposição de tramar um "golpe".

Que não se considere menor essa gravíssima denúncia apenas pelo fato de que ela foi feita em meio ao natural improviso palanqueiro. Dilma sabia muito bem o que estava dizendo e a quem se dirigia quando declarou, em outras palavras, que seus adversários estariam em pleno curso de uma ruptura institucional com o propósito de apear o PT da Presidência.

A acusação de Dilma foi uma reação à repercussão dos depoimentos prestados à Justiça Federal pelos principais operadores do gigantesco escândalo de corrupção na Petrobrás, o ex-diretor Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef. Ambos relataram, em detalhes, como o PT recebia parte …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 15 / 09 / 2014

O Globo
"Seca reduzirá economia no horário de verão"

Corte no gasto de energia será 31% menor do que no ano passado

Estiagem provoca incêndios em Rio, SP e Minas e piora nível do Cantareira

O horário de verão, que começa na madrugada deste domingo, deve provocar economia de R$ 278 milhões com a redução do consumo de energia. O valor, porém, é 31% inferior ao obtido no verão passado, porque agora a seca levou a aumento do uso de energia termelétrica, mais cara. A estiagem já provoca incêndios em 57 unidades de conservação de Rio, São Paulo e Minas, agravando o nível de água no reservatório do Cantareira, que abastece 8 milhões de pessoas no Sudeste. No Rio, o fogo já se espalha por quatro municípios da Região Serrana. 

Folha de S. Paulo
"Falta de água atinge todas as regiões de SP"

Folha identifica corte no fornecimento em 23 bairros; Sabesp nega racionamento

Os relatos de falta de água se espalharam pela cidade de São Paulo. Há problemas de ab…

Dominique

Imagem

Opinião

O Rio que passa em nossa vida

Fernando Gabeira
Uma forma de ser universal é escrever sobre o lugar onde se mora. Custei a escrever sobre as eleições no Rio porque ainda estava muito próximo de uma vida política aqui, conheço os personagens e resolvi me concentrar na questão nacional. Desde menino, o Rio para mim é a cidade das luzes. Eu as vi do alto da serra e disse para mim mesmo que iria morar lá embaixo, naquele mundo iluminado. No Rio havia o mar, moravam os artistas, do Rio vinham os jornais e as revistas, aqui estava a vanguarda do país. Os políticos não só eram nomes nacionais como pensavam o país.

Otempo e a decadência, com a mudança da capital, fizeram com que os políticos se voltassem, sensatamente, para os problemas locais. Surge uma nova geração focada nas questões do nosso cotidiano. O ideal seria que se formasse aqui gente com visão nacional e, ao mesmo tempo, capaz de agir localmente. As peripécias de nossa história nos levaram a longos períodos de dominação, ora populist…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 14 / 09 / 2014

O Globo
"MP e magistrados apoiam juiz do caso Petrobras"

Entidades reagem a Dilma e dizem que atuação na Lava-Jato é imparcial e apartidária

Em nota, associação de juízes manifesta ‘total apoio e confiança no trabalho desenvolvido com zelo e responsabilidade pela Justiça Federal do Paraná ’; PT volta a pedir acesso à delação de ex-diretor da estatal

A Procuradoria Geral da República no Paraná e a Associação de Juízes Federais (Ajufe) saíram ontem em defesa do juiz Sérgio Moro e dos promotores que estão à frente da Operação Lava-Jato, que investiga corrupção na Petrobras. Em nota, a procuradoria diz que a atuação da PF, do MP e do Judiciário é “estritamente técnica, imparcial e apartidária”. A reação ocorreu após críticas da presidente Dilma e de petistas ao que chamaram de “vazamento seletivo” dos depoimentos do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Youssef. Ao serem ouvidos pelo juiz Moro, os dois acusaram PT, PMDB e PP de s…

Antes que acabe...

Imagem

Pensata

Por que não me ufano

Sidney Borges
Ontem tive a paciência de ouvir o depoimento do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa. Está no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=OhZLGqHWkd4, é um depoimento longo e tem pontos da maior importância. 

Não há nada que não seja de conhecimento geral no quesito apropriação de dinheiro público para financiamentos de campanhas. Paulo Roberto Costa mostra com clareza que muito dinheiro foi pelo ralo, o depoente, um ator num palco de grande elenco, tinha - pasmem - 70 milhões de dólares na Suiça e mais alguns milhões de reserva em um paraíso fiscal caribenho. Bem, como eu disse, isso é notícia velha, mas dentro das revelações há um detalhe que a mídia sonolenta não percebeu, ou preferiu não perceber. 

Segundo "Paulinho", apelido carinhoso dado ao depoente pelo ex-presidente Lula, que nunca desconfiou de que o PT desviava dinheiro, as diretorias da Petrobras não são ocupadas pelo critério da meritocracia, mas por indicação política. Paulin…

Dominique

Imagem

Opinião

Brasília, epicentro do desastre

O ESTADO DE S.PAULO
Seis anos depois do começo da crise, a economia global avança lentamente e a maior parte dos países perdeu potencial de crescimento. O setor financeiro é de novo uma fonte de risco, principalmente pela expansão do shadow banking, sistema paralelo ao dos bancos comerciais e menos sujeito à regulação. Cerca de 200 milhões de pessoas estão desempregadas em todo o mundo e a esse número poderão acrescentar-se mais 18 milhões até 2018. A desigualdade aumentou, os problemas sociais cresceram e as condições de vida pioraram até em áreas desenvolvidas. Os piores efeitos do estouro da bolha imobiliária em 2007-2008 ficaram para trás, mas a recuperação tem sido insegura. O Fundo Monetário Internacional (FMI) reduziu mais uma vez suas estimativas de crescimento para 2014 e 2015. Nesse quadro sombrio, o Brasil se destaca por indicadores muito ruins e graves fraquezas estruturais.

Poucas autoridades de Brasília participaram este ano, em Washington, d…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 13 / 09 / 2014

O Globo
"Marina apoia Aécio, e Dilma diz que é um só voto"

Candidata derrotada do PSB afirma que ‘alternância de poder fará bem ao país’

Ex-senadora anuncia decisão um dia após tucano divulgar carta em que aceitava parte do programa dela e receber a adesão da família de Eduardo Campos. Para a 

presidente, não há transferência automática nas urnas

Um dia após Aécio Neves (PSDB) divulgar um manifesto em que contemplava parte do programa de Marina Silva (PSB), a ex-senadora, terceira colocada no primeiro turno das eleições presidenciais, declarou seu apoio ao candidato tucano no segundo turno. Para Marina, que culpou o governo Dilma, do PT, por “um imenso retrocesso” nos últimos quatro anos, “a alternância de poder fará bem ao Brasil”. Segundo Marina, ainda não se discutiu como será sua participação na campanha tucana. Aécio, que na véspera já ganhara o apoio da família do ex-governador Eduardo Campos, morto em agosto quando era o candidato do PSB à Pres…

Dominique

Imagem

Opinião

Como roubaram a Petrobrás

O ESTADO DE S.PAULO
Começam a brotar os detalhes daquele que se afigura como um dos maiores escândalos de corrupção da história brasileira - o assalto à Petrobrás, que teria movimentado ao menos R$ 10 bilhões. Os mais recentes depoimentos dos principais personagens desse escabroso esquema, montado para drenar os recursos da maior empresa estatal do País, revelam a quem foi repassado o produto do roubo - e, mais uma vez, como tem sido habitual ao longo dos governos lulopetistas, aparecem fartas digitais do PT.

Fica cada vez mais claro que figuras de proa desse partido - muitas das quais já foram presas por corrupção - permitiram na última década o arrombamento dos cofres do Estado por parte de delinquentes, servindo-se desse dinheiro para financiar seu projeto de poder.

À Justiça Federal no Paraná, Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Refino e Abastecimento da Petrobrás e um dos pivôs do escândalo, confirmou que uma parte do dinheiro desviado financiou as campanhas …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 12 / 09 / 2014

O Globo
"Quase metade dos campeões de voto está sob investigação"

Ações vão de desvio de recursos a crimes de tortura e falsidade ideológica

Levantamento do GLOBO considerou senadores e deputados mais votados

Quarenta dos 108 deputados federais mais votados e senadores eleitos para o próximo Congresso são investigados pela polícia ou pelo Ministério Público, revelam Vinicius Sassine, Eduardo Bresciani e André de Souza. As suspeitas vão de desvio de recursos e improbidade administrativa a crimes de tortura ou falsidade ideológica. Na lista há ex-ministros, ex-governadores, parlamentares reeleitos e novatos na política que assumirão o mandato com o risco de se tornarem réus no STF.

Folha de S. Paulo
"'Choque de gestão' de Aécio em MG teve efeito limitado"

Contas estaduais declinaram no 2º mandato do tucano como governador

Bandeira de Aécio Neves, o "choque de gestão" que o presidenciável do PSDB diz ter aplicado como governador de M…