Postagens

Mostrando postagens de Julho 17, 2011

Wesley Duke Lee

Imagem

Bairros de Ubatuba

"Pobres sempre tereis entre vós!"

José Ronaldo dos Santos
Escolhi esta frase como título para responder àqueles que me perguntam sobre a situação de violência no bairro do Ipiranguinha, onde moro. É uma exclamação de Jesus Cristo comumente usada para a aceitação da pobreza como uma predestinação, um determinismo, um destino já escrito para as pessoas. Maktub, conforme os ismaelitas (árabes), seguidores do profeta Maomé.

Dentre os bairros de Ubatuba, o do Ipiranguinha parece ser onde a pobreza é mais gritante. Creio que, se fizermos uma pesquisa, a proporção dos mais carentes é relativamente igual em todos os lugares (seja como trabalhadores, seja como moradores). Ou seja, em todos os lugares os pobres abundam. Afinal, estamos no Brasil! Só para citar alguns países da América Latina, o nosso país ganha, no quesito má distribuição de renda, do Uruguai, da Colômbia, de Cuba e da Venezuela. Por isso faço questão de argumentar (em minhas propostas) sempre pensando em agir nas divers…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Façanha ditatorial no Equador

O Estado de S.Paulo - Editorial
Assim como a livre expressão do pensamento, o recurso à Justiça por quem quer que se considere caluniado pela imprensa é um direito consagrado nos regimes democráticos. Aparentemente, portanto, o presidente do Equador, Rafael Correa, agiu com inteira legitimidade ao processar por injúria o jornalista Emilio Palacio, ex-editor de Opinião do El Universo, o principal diário do país, publicado em Guayaquil, e os seus proprietários, os irmãos Carlos, César e Nicolás Pérez. Na edição de 6 de fevereiro último, em artigo intitulado Não às mentiras, Palacio acusou o presidente, a quem se referia invariavelmente como "ditador", de crime de lesa-humanidade.

Ao criticar a intenção de Correa de indultar os policiais e membros da Marinha que se amotinaram em 30 de setembro passado, invocando reivindicações salariais - o que ele qualificou como uma tentativa de golpe de Estado -, o jornalista escreveu que um futuro presidente, talv…
Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 23 / 07 / 2011

Folha de São Paulo
"'Sairão todos', promete Dilma"

Presidente diz que trocará diretorias do Dnit e da Valec e que não quer 'inflação sob controle com crescimento zero'

"Sairão todos os integrantes do Dnit e da Valec", afirmou a presidente Dilma Rousseff, em referência aos dirigentes dos órgãos do Ministério dos Transportes responsáveis por obras em rodovias e ferrovias e alvos de denúncias de corrupção. Em conversa com jornalistas da mídia impressa, incluindo a Folha, Dilma afirmou que demissões ocorrerão independentemente dos "endereços partidários". "Não se pode demonizar a política", acrescentou.

O Estado de São Paulo
"Negociação com republicano fracassa e crise nos EUA piora"

Presidente da Câmara rejeita acordo para dívida; Obama diz que oposição será responsável por eventual calote

Fracassaram as negociações entre a Casa Branca e o presidente da Câmara dos Representantes (deputados), o republicano Jo…

Bandiera rossa

Imagem

Coluna do Celsinho

Fato novo

Celso de Almeida Jr.
Soube que o Alfredo Correa Filho assumirá a presidência de um partido político em Ubatuba.

Gostei da novidade.

É importante que as jovens lideranças atuem na política de forma definitiva.

Para tanto, torna-se necessário utilizar as ferramentas oferecidas pela democracia para a conquista e o exercício do poder.

E, um partido político, é o espaço apropriado para a discussão de propostas; formação de agentes comunitários; preparação de candidatos a prefeito e vereador.

Geralmente, os formadores de opinião resistem em atuar diretamente na linha de frente da política.

Não é um jogo fácil.

Por isso, é obrigatório aplaudir aqueles que demonstram coragem e disposição para levantar uma bandeira em defesa dos interesses da cidade.

Estou entusiasmado com o quadro que se forma para a eleição de 2012.

Há bons nomes no páreo.

Muitos deles comungam ideais semelhantes e, dependendo do quadro político na época da eleição, poderão compor forças, construindo uma ampla coligação.

Acredi…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Em torno da indignação

Fernando Gabeira - O Estado de S.Paulo
Muitas pessoas afirmam que a corrupção chegou a níveis intoleráveis. E algumas, como Juan Arias, editor do El País, perguntam por que os brasileiros não se indignam. Em vez de buscar as causas sociológicas e econômicas, tão debatidas nos artigos sobre o tema, procuro utilizar também a memória.

Os governos Juscelino Kubitschek e João Goulart eram acusados de corrupção. É possível até dizer que os oficiais da Aeronáutica que promoveram a Revolta de Aragarças achavam a corrupção intolerável e não entendiam por que os brasileiros não se indignavam. No período Goulart havia uma forte ligação entre sindicatos e governos. Movimentos independentes no setor só surgiram no fim da década de 1960, com as greves de Osasco e Contagem. Na época anterior à ditadura, como agora, as denúncias de corrupção parecem ser apenas um contraponto oposicionista e figuram como um episódio lateral ao impulso desenvolvimentista de JK ou ao projeto de refor…
Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 22 / 07 / 2011

Folha de São Paulo
"Europa aprova socorro que deve levar Grécia ao calote"

Se confirmado, será o 1º 'default' da história do euro; pacote reestrutura títulos e baixa juros

Líderes europeus reunidos em cúpula extraordinária em Bruxelas aprovaram programa de € 159 bilhões para ajudar a Grécia - o país deve € 350 bilhões. A medida deve levar ao primeiro calote da história do euro. O pacote centra-se na ampliação de prazos e reestruturação de títulos, na redução dos juros para empréstimos e na contribuição do setor privado - este último ponto, uma vitória da chanceler alemã, Angela Merkel.

O Estado de São Paulo
"Dnit libera verba de estradas para fazer casas"

Diretor petista do órgão financia plano da prefeitura do PT em Canoas (RS) para habitação de sem-terra

Contrariando pareceres da Advocacia Geral da União (AGU), o diretor de Infraestrutura Rodoviária do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Hideraldo Caron, orie…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A faxina não pode parar

O Estado de S.Paulo - Editorial
A varrição em curso no Ministério dos Transportes ganhou proporções políticas novas com a decisão da presidente Dilma Rousseff de incluir entre os exonerados funcionários cujos nomes não tinham aparecido na sequência de prováveis casos de corrupção levantados pela imprensa. Desse modo, a presidente não apenas sinaliza que deixa de estar a reboque do noticiário, como assinala a intenção de reaver o controle da pasta e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), com seu orçamento de R$ 15,5 bilhões, que o antecessor Lula entregou gostosamente aos cuidados do PR, no bojo de transações políticas espúrias que precederam até a sua primeira eleição.

A maioria dos demitidos, com efeito, devia seus empregos - com as avantajadas oportunidades neles embutidas - aos caciques da legenda, a começar do deputado mensaleiro Valdemar Costa Neto, secretário-geral da agremiação e dono de alentado prontuário. Outro patrono, natural…
Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 21 / 07 / 2011

Folha de São Paulo
"Perícia atesta fraude na criação da sigla de Kassab"

Assinaturas em listas vieram da mesma pessoa; coordenador sugere ação de rivais

Análise grafotécnica feita a pedido da Folha mostra que listas de apoio à criação do PSD, legenda patrocinada pelo prefeito de SP, Gilberto Kassab, contém assinaturas falsas, relatam Daniela Lima e Catia Seabra. Nas três listas a que o jornal teve acesso, há assinaturas atribuídas a vários eleitores que, segundo a perícia, foram feitas por uma só pessoa. As fichas foram feitas em Duque de Caxias (RJ) e na zona leste de São Paulo.

O Estado de São Paulo
"SP banca custo para estádio do Corinthians abrir Copa"

Alckmin financiará ampliação da arena exigida pela Fifa; para governo, ‘exposição da cidade’ justifica decisão

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) vai bancar, com dinheiro público, a diferença de 20 mil assentos no futuro estádio do Corinthians, de 48 mil para 68 mil, para que ele possa ser s…

E Pelé disse: love, love, love...

Imagem

Decisão

Hoje é dia...
x Sidney Borges
Depois de longo jejum Brasil e Argentina estarão finalmente na final de uma copa. É que a partir deste ano voltará a ser disputada a Copa Roca. Argentina versus Brasil lá e Brasil versus Argentina aqui. Só loiros de olhos azuis, nada da gentalha do fut para atrapalhar. Por falar em gentalha (preciso parar de assistir Chaves) os pupilos de Chávez estão bombando. Como disse um amigo que trinca de socialismo, os craques da Venezuela exercem suas competências com louvor. Nesses anos igualitários fizeram capacitação e agora mostram ao mundo um futebol sustentável, participativo e solidário. Há também quem diga ecológico, observem como tratam bem a grama! Viva a revolução!
x
Mesmo assim, com todo o respeito aos craques da camisa "vinotinto", sou mais Paraguai. De empate em empate o país del mariscal Solano López vai chegando lá. 
x
Mas nem só de futebol é constituída a existência. A presidente Dilma está fazendo uma verdadeira faxina no quadro de servidores.…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Quais são mesmo os porcos nesta história?

José Nêumanne - O Estado de S.Paulo
Antônio Palocci não era um burocrata qualquer quando a presidente Dilma Rousseff dispôs de seu emprego na alta cúpula do governo federal. Ele tinha sido o avalista do padrinho e ex-chefe dela Luiz Inácio Lula da Silva no crédito de confiança que a classe média deu à adesão do Partido dos Trabalhadores (PT) ao rigor fiscal e à estabilidade da moeda. Isso o credenciou a se tornar o todo-poderoso ministro da Fazenda do primeiro governo do patriarca. E foi com essa missão que também costurou o apoio da burguesia nacional à candidatura de Dilma à sucessão presidencial, reunindo cacife para coordenar a equipe de transição e ocupar a chefia da Casa Civil.

Tampouco o sanitarista de Ribeirão Preto era um "ficha-limpa" quando, empossada na Presidência, Dilma recorreu ao seu talento de articulador. Pois Sua Excelência já havia caído do alto, envolvido num escândalo - a frequência habitual de uma mansão suspeita …
Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 20 / 07 / 2011

Folha de São Paulo
"Faxina derruba mais 6 nomeados dos Transportes"

Cinco dos exonerados são ligados ao PR e um ao PT; diretor petista do Dnit também deve ser afastado nesta semana

O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, demitiu mais seis servidores, dois deles do Dnit (que cuida de obras nas estradas). Cinco afastados são ligados ao deputado Valdemar Costa Neto e ao ex-ministro Alfredo Nascimento, ambos do PR, que controla a pasta.

O Estado de São Paulo
"'Faxina' nos Transportes derruba mais seis e continua"

Chegam a 13 os demitidos em meio ao escândalo de corrupção, e outros devem cair; maioria é ligada ao PR

A “faxina" no Ministério dos Transportes continuou ontem. Foram demitidos quatro funcionários do ministério e dois do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Agora, já são 13 os funcionários afastados desde a revelação do esquema de corrupção dentro dos Transportes, no começo do mês. A maioria…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Ditadura do Executivo

O Estado de S.Paulo - Editorial
Como durante boa parte do governo Lula, quando o tema da corrupção dominava o noticiário em surtos recorrentes, nos primeiros seis meses do governo Dilma Rousseff o assunto continuou na ordem do dia sob diferentes roupagens - do fabuloso enriquecimento do deputado Antonio Palocci, antes de se tornar o braço direito da presidente, aos escândalos que não cessam de jorrar no Ministério dos Transportes. Cada uma a seu modo, uma vez armada a tempestade, as denúncias traziam para as páginas políticas as dificuldades de Dilma para administrar a sua obesa base parlamentar da qual dependia ora para impedir a apuração exaustiva dos fatos (no episódio Palocci), ora para que não criasse caso com a varrição nos Transportes.

As demandas por verbas e cargos das 14 bancadas aliadas na Câmara, que o ex-ministro da Casa Civil foi acusado de represar, ao manter fechada a porta de seu gabinete aos respectivos líderes, saltaram como a tampa de um bueiro c…
Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 19 / 07 / 2011

Folha de São Paulo
"Acidentes com moto na Rebouças dobram em 4 anos"

Avenida foi alvo de campanha educativa da prefeitura, mas casos saltaram de 62, em 2006, para 130, em 2010

O número de acidentes de motos com vítimas na avenida Rebouças, em São Paulo, subiu 110% em quatro anos, relata Menear Izidoro. Saltou de 62, em 2006, quando foi adotada a faixa preferencial de motociclistas, para 130, em 2010. Nesse período, a expansão da frota foi de 65%.

O Estado de São Paulo
"Contrariando Carvalho, Dilma demitirá diretor do Dnit"

Saída de Pagot é decidida apesar da pressão de ministros ligados a Lula, como o secretário-geral da Presidência

A ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, foi encarregada pela presidente Dilma Rousseff de anunciar que o diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Luiz Antonio Pagot, atualmente em férias, não retornará mais ao cargo, em meio a escândalo de corrupção. O vice Michel Teme…

Veneza

Imagem
Vista da Ponte Rialto (clique para ampliar)

Futsgrila!

Explicando o inexplicável
Sidney Borges O jogo de ontem foi raro. Nunca antes neste pais alguém viu um time perder quatro pênaltis seguidos. Se viu, não contou, eu mesmo não acreditei nas imagens da TV. Tive de me beliscar para saber se era verdade ou sonho, ou melhor, pesadelo. Mano errou, é humano, acho que não deveria ter tirado Neymar.

Bem, isso é detalhe, o que interessa são os pênaltis. Os brasileiros culparam o gramado que por coincidência era o mesmo usado pelos paraguaios.

Um acontecimento tão fora do trivial precisa ser esclarecido nos pormenores. Assim, depois de escurecer, fui ao centro do compadre Zifiu consultar espíritos.

Levei uma garrafa de puríssima ubatubana de 30 anos que ele logo foi abrindo e lançando goela abaixo depois de verter a parte do santo no terreiro. Em instantes deu-se o download. Zifiu incorporou um caboclo que falava portunhol arcaico. Falava bastante, logo soubemos tratar-se do alferes Obdúlio Zamora, morto em 2 de maio de 1866 na Batalha de Estero Bell…

Eêêê... toro!

Imagem

Política

Brasil ainda tem 87% das estradas sem pavimentação

Marcelle Ribeiro, O Globo Enquanto o Ministério dos Transportes passa por uma crise, com denúncias de corrupção, superfaturamento de obras e demissão de ministro e diretores do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit), a situação das estradas brasileiras continua caótica, num retrato do atraso no setor. Esburacadas, sem acostamento e, em sua maioria, sem asfalto, são um dos gargalos para que o país cresça em condições de competir com seus concorrentes entre os países emergentes.

Leia mais
Twitter
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Os problemas mundiais de energia

José Goldemberg - O Estado de S.Paulo
Viena, a bela capital do Império Austro-Húngaro, foi um dos mais importantes centros culturais da Europa desde o século 18 até 1938, quando a Áustria foi incorporada pelos nazistas à Alemanha. Nesse longo período, em Viena brilharam Mozart, Beethoven, Strauss e inúmeros outros expoentes da música e da cultura. Sigmund Freud, que viveu desde os 4 anos de idade nessa cidade, ali criou a psicanálise.

Hoje em dia Viena é a sede de numerosas organizações internacionais, como a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), a Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (Unido), a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep). E também de renomadas instituições dedicadas à pesquisa, como o Instituto Internacional para a Análise de Sistemas Aplicados (Iiasa), que durante a guerra fria foi o único local de encontro de cientistas americanos e soviéticos. O Brasil recentemente se tornou um dos país…
Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 18 / 07 / 2011

Folha de São Paulo
"Expansão imobiliária cria cinturão de favelas em SP"

Valorização de áreas centrais e periféricas empurra comunidades pobres para fronteiras

A valorização imobiliária das áreas centrais de São Paulo e de regiões antes consideradas periféricas vem empurrando as favelas para as fronteiras da capital paulista. Há um boom demográfico no seu entorno. As favelas formam hoje um cinturão nos limites de São Paulo. Ele chega a transbordar para as cidades vizinhas, informa José Benedito da Silva. É o que revela mapa da Secretaria Municipal da Habitação.

O Estado de São Paulo
"Dnit e Valec têm contratos com empresas suspeitas"

Fornecedoras de mão de obra são acusadas de usar documento falso em concorrências de R$ 31 milhões

Diretores do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e da Valec Engenharia montaram um esquema com duas empresas acusadas de usar documentos falsos em contratos, informa o repórter Leandro Colon…
Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

O risco dos bancos europeus

O Estado de S.Paulo - Editorial
Qualquer abalo mais sério nas economias europeias mais endividadas porá em grave risco pelo menos 24 bancos - 8 reprovados no teste de estresse divulgado na sexta-feira e 16 aprovados por margem muito estreita. O risco de uma nova quebradeira bancária é um dos terrores dos governos da Europa, já forçados, a partir de 2008, a assumir o controle de várias instituições quando estourou a bolha da especulação imobiliária. O pesadelo voltou quando países da chamada periferia do euro - Grécia, Irlanda e Portugal - chegaram perto de um calote da dívida pública. Os temores aumentaram na semana passada, quando uma crise no governo italiano chamou a atenção para o grave desequilíbrio fiscal do país, sobrecarregado por uma dívida pública próxima de 120% do Produto Interno Bruto (PIB). As preocupações em relação à Itália, terceira maior economia da zona do euro, atenuaram-se nos últimos dias. Mas o cenário geral continuou sombrio, por causa…
Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 17 / 07 / 2011

Folha de São Paulo
"8 em cada 10 têm oferta para mudar de emprego"

Dado é relativo aos profissionais que recebem entre R$ 6.000 e R$ 15 mil

Oito em cada dez profissionais com salário entre R$ 6.000 e R$ 15 mil receberam proposta para mudar de emprego nos últimos 12 meses, informa Érica Fraga. O dado, de pesquisa da consultoria Asap, indica como o mercado de trabalho está aquecido no Brasil. Só 24,5% dos que receberam convite de outros empregadores aceitaram a oferta. Segundo o consultor Carlos Eduardo Ribeiro Dias, o índice de transferência é menor que o esperado e “reflete a política agressiva das empresas para segurar seus funcionários”.

O Estado de São Paulo
"Estoques crescem e levam indústrias a antecipar férias"

Em nove setores subiu o porcentual de empresas com encalhe; comércio reduz pedidos e oferece promoções

O descompasso entre o ritmo de produção das fábricas e as vendas do varejo provocou um aumento dos estoques em setores importantes, c…