Postagens

Mostrando postagens de Abril 6, 2014

Dominique

Imagem

Opinião

Mais um fracasso do governo

O Estado de S.Paulo
A inépcia administrativa está comprometendo o programa Ciência sem Fronteiras, que é a mais importante iniciativa do governo federal no campo da educação. Lançado em 2011, ele foi planejado para conceder 101 mil bolsas a estudantes brasileiros interessados em fazer iniciação científica, mestrado, doutorado e pós-doutorado em universidades conceituadas de países desenvolvidos.

Até agora, já foram concedidas 61 mil bolsas. Contudo, por erros elementares no processo seletivo, muitos bolsistas foram para o exterior sem ter proficiência no idioma em que as atividades didáticas seriam realizadas e as provas seriam aplicadas. O problema é mais grave entre os alunos escolhidos para estudar na Europa, nos Estados Unidos, no Canadá e na Austrália. Por não falar inglês, um contingente expressivo não conseguiu acompanhar os cursos nos quais se matriculou. Também há bolsistas que, tendo demorado muito tempo para aprender inglês, não se prepararam sufici…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 12 / 04 / 2014

Correio Braziliense
"Blitz da PF na Petrobras sobe pressão por uma CPI"

Agentes apreendem documentos na sede da estatal, no Rio, para apurar contrato no valor de R$ 443 milhões.

Em nova etapa da Operação Lava-Jato, a Polícia Federal colocou ontem a maior estatal do país no centro das investigações. Agentes foram ao local de trabalho de Graça Foster para averiguar suspeitas de irregularidade em um contrato, entre o governo e a Ecoglobal, de quase meio bilhão de reais. Em Brasília, o Supremo deu 48 horas para o presidente do Senado, Renan Calheiros, justificar a abertura de uma CPI.

Folha de São Paulo
"PF faz busca na sede da Petrobras"

Alvo de investigação era um contrato de R$ 444 milhões assinado pela estatal em processo que não teve concorrência.

Num desdobramento da Operação Lava Jato, que investiga esquema chefiado por doleiros, a Polícia Federal ampliou investigações sobre lavagem de dinheiro com uma busca na sede da Petrobras, no Rio de Janeiro…

Pitacos do Zé

Imagem
E por falar em civilidade...

José Ronaldo dos Santos
A imagem mostra algumas das mansões na Ponta das Toninhas (Ubatuba - SP). Dizem que autoridades federais sobrevoaram as áreas assim do nosso município, pois desconfiam de sonegação de impostos. Ou seja, talvez muitos dos trabalhadores, relativamente falando, pagam mais impostos do que esses nobres proprietários. Em tempo: são os ocupantes de lugares assim que se acham no direito de fechar o caminho da servidão (trilha dos antigos caiçaras) que liga  as duas extremidades (Enseada-Toninhas), impedindo a livre circulação dos trilheiros e deixando de oferecer outras alternativas turísticas.

Twitter

Tupi

Imagem

Coluna do Celsinho

Azul e branco

Celso de Almeida Jr.

Com a polêmica criada após a prefeitura tentar tornar oficiais todas as cores da bandeira e do brasão de Ubatuba, lembrei do amarelo.

Isso mesmo.

Deve ser genético.

A mamãe, fã do amarelo, adotou a cor para a nossa escola.

Há 36 anos, para onde eu olho, lá está ele.

Acabei gostando...

Caso a Câmara tivesse aprovado a mudança, não seria apenas o vermelho que seria promovido.

O bom e velho amarelo, também.

Ele está presente na bonita bandeira ubatubense, brilhando, atrás da cruz.

Entretanto, ao impedir a mudança, creio que os vereadores fizeram bem.

O azul e branco já estão consolidados.

Eu ainda me lembro - garoto - o impacto que causava a Escola de Samba do Itaguá quando entrava na avenida.

Ela, azul e branco. 

Eu, na bateria do BAC, vermelho e branco.

Defendia a bandeira, vestia a camisa, mas admirava as cores da concorrente.

Afinal, são as cores da cidade, consolidadas em sua tradição, enraizadas em nossa cultura.

É isso...

O debate teve lá o seu lado bom.

Creio, poré…

Dominique

Imagem

Opinião

O farmacêutico do ar

FERNANDO GABEIRA - O Estado de S.Paulo
As coisas andam esquisitas. Ou sempre estiveram, não sei. Dia agradável de trabalho na Serra da Canastra, revisitei a nascente do São Francisco e vi uma loba-guará se movendo com liberdade em seu território. De noite sonhei com o PT. Logo com o PT.

Sentei-me na cama para entender como os pesadelos do Planalto invadiam meus sonhos na montanha. Lembrei-me de que no início da noite vira a história de André Vargas e do doleiro Alberto Youssef na TV, os farmacêuticos do ar que vendiam remédios dos outros ao Ministério da Saúde. Pensei: esse Vargas é vice, no ano que vem seria presidente da Câmara dos Deputados. Como foi possível a escalada de um quadro tão medíocre? A resposta é a obediência, o atributo mais valorizado pelos dirigentes, antítese de inquietação e criatividade, sempre punidas com o isolamento.

Vargas fazia tudo o que o partido queria: pedia controle da imprensa e fazia até o que o partido aprova, mas não ousa fazer, com…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 11 / 04 / 2014

Estado de Minas
"Muita infração, pouco reboque"

Em meio a festival de desrespeito nas ruas, cai número de carros apreendidos

A BHTrans guinchou no ano passado 7.765 veículos em situação irregular, 11% a menos do que os 8.730 do ano anterior. Em média, são rebocados 21 por dia, por estacionamento em local indevido ou por descumprimento de regulamento (caso de coletivos, táxis e escolares). O volume de apreensões é muito baixo, considerando-se que, em apenas uma hora, num giro pela Região Centro-Sul, o Estado de Minas flagrou 56 veículos em infrações passíveis de punição. De 2012 para 2013, o número de caminhões de guincho subiu de 11 para 14. Oito deles, porém, são usados apenas para desobstruir vias.Os rebocamentos de infratores ficam para os outros sete.Ontem,eles levaram dois carros em estacionamento proibido no Barreiro. Mas um terceiro transgressor ficou para trás. Faltou reboque.

Folha de São Paulo
"Comitê intervém contra atrasos nos Jogos do …

Dominique

Imagem

Opinião

A resistente 'Voz do Brasil'

O Estado de S.Paulo
Em vez de ser extinto, por ser incompatível com um regime plenamente democrático, o programa A Voz do Brasil está prestes a ser consagrado no Congresso como "patrimônio cultural imaterial do Brasil" - e, com isso, passaria a ser intocável.

A iniciativa consta de um projeto de lei que avança no Senado. De autoria de Marinor Brito (PSOL-PA), o texto afirma que "A Voz do Brasil tem desempenhado historicamente importante papel na construção da unidade nacional".

Decerto foi pensando exatamente nessa característica que Getúlio Vargas mandou criar o programa, não por mera coincidência quase ao mesmo tempo em que ele impunha aos brasileiros a ditadura do Estado Novo. A ideia de que era possível atribuir ao Brasil uma única "voz" - não a cacofonia democrática dos múltiplos atores sociais e econômicos, mas apenas a monocórdia versão dos fatos emanada do centro do poder - dá bem o caráter desse programa.

A "u…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 10 / 04 / 2014

Estado de Minas
"Inflação dispara e pão vai subir"

Índice oficial, de 0,92%, é o maior para março em 11 anos e sofrerá mais pressão

O avanço registrado no mês passado fez a inflação acumulada em 12 meses chegar a 6,15%, aproximando-se do teto da meta estipulado pelo governo, de 6,5%. O grupo alimentação é um dos maiores responsáveis pela alta do custo de vida. E pesará ainda mais com o aumento de preço do pão, entre 7% e 10%, nas próximas semanas, segundo estimativa da Associação Brasileira da Indústria da Panificação e Confeitaria. Além do reajuste da energia, que esquenta os fornos, as padarias serão obrigadas a repassar ao consumidor a elevação do custo do seu principal insumo, a farinha de trigo, que ficará de 5% a 10% mais cara ainda este mês. Os moinhos de trigo explicam que, com o fim dos estoques na Argentina, principal fornecedor do Brasil, a despesa com a importação de matéria-prima dos Estados Unidos e do Canadá é bem maior.

Folha de São Pa…

Pitacos do Zé

Imagem
E por falar em civilidade... (LIV)

José Ronaldo dos Santos
Perigo na ciclovia, em dois pontos bem visíveis na margem da Rodovia Oswaldo cruz, logo depois da Capela do Bairro da Marafunda (Ubatuba). Os outros pontos perigosos, basta pedalar de acordo com as normas de civilidade, para percebê-los. Por ali passam milhares de pessoas por dia. No  entanto, quem fiscaliza e exige melhores condições para se viver?

Twitter

Dominique

Imagem

Opinião

De dia vai faltar água, de noite vai faltar luz

José Nêumanne* - O Estado de S.Paulo
Este autor ainda não era o que os anglófonos chamam de teenager (maior de 13 anos) quando uma marchinha de sucesso tornava relativa a definição de "Cidade Maravilhosa" para a então capital da República, apregoando: "Rio de Janeiro, cidade que me seduz, de dia falta água, de noite falta luz". Muita água já moveu as turbinas do parque hidrelétrico nacional nos últimos 50 e poucos anos. E agora, de posse de uma autorização de "idoso" para estacionar em vagas especiais e furar filas em agências de bancos e portões de embarque, espero o dia em que a lâmpada não acenderá e da torneira o "precioso líquido" não jorrará. Mais dia, menos dia, é o que acontecerá.

Já imaginou os holofotes das monumentais arenas padrão Fifa de custo proibitivo desligadas por um apagão monumental por falta de água nos reservatórios, assim denominados por, em teoria, armazenarem "reservas&qu…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 09 / 04 / 2014

Correio Braziliense
"Empresa-chave do novo mensalão foi além da Petrobras"

A Jaraguá Equipamentos Industriais faturou alto em contratos com a Petrobras e também em negócio de R$ 41,3 milhões com o governo, referente à reconstrução da base de lançamento de foguetes de Alcântara, no Maranhão

A empresa é suspeita de ser uma das financiadoras do esquema operado pelo doleiro Alberto Youssef para distribuição de dinheiro a políticos e partidos da base aliada de Dilma, como PT, PP e PMDB. Há suspeita de que os recursos viriam de contratos superfaturados ou aditivos e eram lavados na forma de doações legais, um mensalão mais sofisticado que o operado por Marcos Valério. Flagrado em suposta sociedade com Youssef e sob forte pressão do Planalto e do PT, que temem o desgaste nas eleições e tentam abafar o escândalo, o deputado e petista André Vargas deve renunciar hoje ao mandato.

Folha de São Paulo
"Lula cobra ação de Dilma para melhorar economia"

Ex-pr…

Dominique

Imagem

Opinião

Os negócios de Vargas

O Estado de S.Paulo
O vice-presidente da Câmara dos Deputados, André Vargas (PT-PR), é um pândego. Mas gosta de negócios. Na abertura do ano legislativo, em 3 de março, sentado à mesa diretora dos trabalhos, por causa do cargo que ocupa, ao lado do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, ele posou para fotografias erguendo o punho direito fechado. O gesto, usado na Olimpíada do México, em 1968, por atletas negros para protestar contra a discriminação racial, foi repetido pelos petistas condenados no processo do Mensalão pelo STF como forma de protesto contra a decisão do Poder Judiciário. Apesar da quebra de decoro evidenciada pelo desrespeito ao chefe de um Poder da República, a atitude, interpretada como galhofa, não foi punida nem com uma advertência.

Algum tempo depois, contudo, a Nação foi informada de que Vargas tinha quebrado o decoro em atitudes que atentam contra a honestidade exigida de um representante do povo. Há uma seman…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 08 / 04 / 2014

Correio Braziliense
"Escândalo leva o governo a rifar petista na Câmara"

Sob pressão do PT para que renuncie, André Vargas pede licença de 60 dias do mandato e da vice-presidência da Câmara dos Deputados 

Desde que vieram à tona as relações com o doleiro Alberto Youssef, preso pela PF na Operação Lava-Jato, a situação do petista só piora. E-mails evidenciam favorecimento de Youssef por Vargas em contrato com o Ministério da Saúde. E até uma possível sociedade entre os dois. "Você vai ver quanto isso vai valer... Tua independência financeira e nossa (...) kkkkk”, festeja o doleiro em conversa com Vargas. Como o parlamentar tem foro privilegiado, a Justiça Federal do Paraná enviou parte do caso ao STF, que é quem tem poder para autorizar uma possível investigação.

Folha de São Paulo
"Deputado ligado a doleiro se licencia"

Petista André Vargas deixa cargo na Câmara após virem à tona relações com acusado de chefiar esquema de lavar R$ 10 bi

O v…

Dominique

Imagem

Opinião

Assim já é demais

O Estado de S.Paulo
Uma medida aprovada pela Câmara dos Deputados altera tão profundamente o mecanismo de multas aplicadas por infrações cometidas por planos de saúde que pode tornar inócua a fiscalização dessas empresas. Como o comportamento dos planos não é propriamente um primor - tanto que o governo vem tentando enquadrá-los em normas mais rígidas para melhorar o seu desempenho -, é fácil de imaginar os prejuízos que essa medida, se transformada em lei, pode acarretar para os mais de 40 milhões de pessoas atendidas por eles.

Atualmente, as empresas operadoras dos planos são multadas por cada infração cometida, como é normal, variando as multas de R$ 5 mil a R$ 1 milhão, conforme a gravidade do caso. Um exemplo é a punição por negativa de realização de procedimento médico devido, como exame ou cirurgia, que chega a R$ 80 mil. Por 2 infrações o pagamento é de R$ 160 mil; por 3, R$ 240 mil; e assim por diante.

Na prática, com a mudança pretendida, a operadora que comete…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 07 / 04 / 2014

Correio Braziliense
"Fuja das armadilhas dos planos de saúde"

Se uma operadora oferecer a você um convênio coletivo, de poucos participantes e preço imbatível, desconfie 

Esse modelo de contrato foge às regras estabelecidas pela Agência Nacional de Saúde (ANS), permitindo que as empresas reajustem livremente as taxas. E tem mais, a administradora pode simplesmente desfazer o negócio quando ele deixar de ser lucrativo, sem qualquer reparação ao consumidor. Por fim é bom lembrar: quanto menor o número de beneficiários, maior o risco.

Folha de São Paulo
"Petrobras contrata R$ 90 bi sem licitação em três anos"

Empresa usa decreto, contestado pelo TCU, que lhe permite comprar sem concorrência

A Petrobras assinou, de 2011 a 2013, R$ 90 bilhões em contratos sem licitação, escolhendo fornecedores. O valor é igual a 28% do gasto pela estatal no período com empresas que não lhe pertencem nem são concessionárias de serviços públicos. Levantamento da Folh…

Dominique

Imagem

Opinião

O petês e o tucanês

GAUDÊNCIO TORQUATO - O Estado de S.Paulo
A campanha era a de 1985, aquela em que Jânio Quadros ganhou de Fernando Henrique, depois de este se ter sentado na cadeira de prefeito de São Paulo antes de terminada a apuração dos votos. Para um dos raros comícios na periferia - Jânio, ao lado da esposa, Eloá, preferia verberar contra bandidos e sonegadores em despojado programa eleitoral de TV - levou o ex-ministro da Fazenda Delfim Netto, que assim concluiu sua peroração palanqueira: "A grande causa do processo inflacionário é o déficit orçamentário". Após a fala, Jânio puxou Delfim de lado e cochichou: "Olhe para a cara daquele sujeito ali. O que você acha que ele entendeu de seu discurso? Ele não sabe o que é processo, não sabe o que é inflacionário, não sabe o que déficit e não tem a menor ideia do que seja orçamentário. Da próxima vez, diga assim: a causa da carestia é a roubalheira do governo".

O guru da economia, a quem todos hoje recorrem para ex…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 06 / 04 / 2014

Correio Braziliense
"Casa própria já é realidade para jovens de Brasília"

Casa própria, sonho de todos os brasileiros vira realidade na capital do país

Um em cada quatro compradores de imóveis na capital tem menos de 30 anos. A proporção é bem superior à de outros grandes centros. Estabilidade e bons salários oferecidos pelo funcionalismo estariam na base do fenômeno.


Folha de São Paulo
"Pessimismo sobre economia cresce, e Dilma perde 6 pontos"

Petista cai de 44% a 38% no cenário eleitoral mais provável, diz Datafolha; popularidade também recua.

Em meio a um crescente pessimismo com a economia e a um forte desejo de mudança, as intenções de voto na presidente Dilma caíram seis pontos desde o fim de fevereiro, de 44% a 38%, na principal hipótese da corrida ao Planalto. Apesar disso, os prováveis rivais da petista Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) não cresceram, mostra pesquisa Datafolha feita em 2 e 3 de abril. Eles têm, respectivamente, 16% …