Postagens

Mostrando postagens de Outubro 13, 2013

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

A greve de Libra pega a maré

O Estado de S.Paulo
A greve dos petroleiros contra o leilão do Campo de Libra, na Bacia de Santos - a primeira licitação de área do pré-sal - não é um raio em céu azul no Brasil de hoje. Nem a sua anunciada manifestação diante do hotel carioca onde o evento se realizará segunda-feira é um caso especial na sequência de atentados ao direito alheio, em protestos contra tudo e nada ou em nome de demandas que vão do razoável ao delirante, sem esquecer daquelas concebidas às pressas para aproveitar a onda.

Precavido, o governo do Rio pediu socorro ao Exército para prevenir novas violências dos vândalos que têm feito o diabo nas cidades brasileiras e não gostariam de perder uma ocasião como essa. Com a PM fluminense confessadamente exausta depois de 90 dias enfrentando a bandidagem dos black blocs, a presidente Dilma Rousseff invocou a Garantia de Lei e Ordem (GLO) que autoriza a força militar a policiar de forma "esporádica e temporária" locais sujeitos a…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sábado, 19 / 10 / 2013

O Globo
"Lula condena máscara e depredação em protestos"

Ex-presidente afirma que comandou passeatas sem esconder o rosto

Para petista, só pela política é possível resolver problemas, e o restante se assemelha ao nazismo. Diante da violência de vândalos que interrompem protestos pacíficos, o ex-presidente Lula condenou a depredação de patrimônio e o uso de máscaras. Em evento no Rio, afirmou: "Nunca coloquei uma máscara, porque nunca tive vergonha do que fiz." Defendeu a política e disse que, fora disso, é fascismo, nazismo ou ditadura. Em SP, voltou ao tema: "Fiz as maiores passeatas e nunca quebramos nada. Temos que respeitar o patrimônio dos outros.”


O Estado de S. Paulo
"Ações tentam barrar leilão do pré-sal na Justiça"

AGU contabilizava ontem à noite 19 pedidos de liminar para impedir evento de 2ª-feira; sete foram indeferidos

A dois dias do leilão do campo de Libra, o primeiro a ser negociado no pré-sal, um grande volume de açõe…

Tudo bem, bicho?

Imagem

Coluna do Celsinho

Chave do cofre

Celso de Almeida Jr.

Com o fim da greve dos bancários, fico pensando o que os espera.

Os bancos, bons de propaganda, ótimos de faturamento, ao que tudo indica, continuarão enxugando o quadro de funcionários.

Estes, sobrecarregados, merecem maiores salários e melhor estrutura de trabalho.

Os banqueiros, por sua vez, preocupam-se mais com os investimentos em automação, apesar das filas não cederem.

O grande público, sem retaguarda, fica refém de um sistema ganancioso e com poderes ilimitados.

Nesta queda de braços, entre banqueiros e bancários, vi poucas autoridades tomarem partido; manifestarem-se sobre o precário atendimento das agências em geral.

Poucos tem coragem de magoar os donos da chave.

Muitos sonham com os seus mimos...

Visite: www.letrasdocelso.blogspot.com

Twitter

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

O Enem de 2013

O Estado de S.Paulo
Marcado para os dias 26 e 27 deste mês e com cerca de 7,1 milhões de inscritos, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) mais uma vez será realizado em meio a uma polêmica sobre as implicações políticas de suas perguntas e os critérios de correção - principalmente o da prova de redação. Nas últimas edições, algumas questões foram formuladas com nítido viés ideológico, avaliando não o conhecimento dos alunos, mas sua opinião com relação a temas como direitos humanos e identidade sexual, por exemplo. No caso da redação, a falta de domínio das normas cultas do idioma não foi levada em conta na definição das notas.

Redações com erros grosseiros de ortografia - como "enchergar", "rasoavel" e "trousse"- e de acentuação, pontuação e concordância obtiveram a nota máxima na prova de 2012. Na época, vários pedagogos afirmaram que a concessão de nota máxima a quem não tem mérito leva os estudantes a se acomodarem e estimula a banalizaç…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Sexta-feira, 18 / 10 / 2013

O Globo
"Mesmo com acordo nos EUA, dólar cai no mundo"

Impasse no Congresso pode custar US$ 206 bilhões em perda de crescimento econômico

A decisão do Congresso americano de aprovar, na última hora, um plano para que o governo Obama voltasse a funcionar e o teto da dívida fosse elevado fez os mercados respirarem aliviados. Apesar disso, a moeda americana desabou no mundo. No Brasil, fechou em queda de 0,73%, a R$ 2,159. Frente ao euro, caiu 1,03%, na maior baixa em um mês. Especialistas estimam em US$ 206 bi a perda no crescimento econômico americano este ano e no próximo por causa da queda de braço do governo Obama com o Congresso.


O Estado de S. Paulo
"Greve contra primeiro leilão do pré-sal paralisa refinarias"

Protesto contra licitação de Libra deixou sem produção 16 plataformas de Campos; Rio reforça segurança

A quatro dias do leilão do campo de Libra, primeira área de petróleo do pré-sal a ser licitada, greve convocada pela Frente Única d…

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Pink blocs e romeiros disputam o seu olhar

Eugênio Bucci* - O Estado de S.Paulo
Essa expressão ardilosa, "pink blocs", veio carimbada na primeira página do Estadão de segunda-feira, 14 de outubro: Pink blocs na Parada Gay do Rio. Foi esse o título de um pequeno texto-legenda aos pés de uma fotografia tão ousada quanto imensa, bem pouco usual num diário circunspecto como este aqui. Na foto, desfraldada na metade superior da capa do jornal (com o crédito do fotógrafo Marcos de Paula), dois homens se beijam na boca em pleno sol carioca, tendo ao fundo a bandeira do arco-íris, que simboliza os direitos dos homossexuais.

Calma: dizer que os dois manifestantes se beijam na boca no espaço mais nobre deste sóbrio e centenário matutino talvez seja exagero, posto que os lábios de um não tocam os lábios do outro. Eles têm o rosto coberto por uma camiseta providencial. À moda dos black blocs, estão mascarados, apenas com os olhos à mostra - a diferença é que, enquanto os black blocs prefer…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quinta-feira, 17 / 10 / 2013

O Globo
"Crime e castigo: Lei mais dura leva 70 vândalos para presídios"

Presos em protesto são enquadrados por crime organizado, que é inafiançável

Cerco aos black blocs teve o maior efetivo policial desde o início dos protestos. Setenta dos 190 presos nas manifestações violentas da noite de terça-feira no Centro foram indiciados na nova lei do crime organizado, que prevê pena de até oito anos de prisão. Os acusados foram levados para presídios em Bangu e São Gonçalo, já que o crime é inafiançável. Apesar da ação da PM, que mobilizou 1.500 homens no cerco aos black blocs, o maior efetivo já empregado desde o início dos protestos, os vândalos deixaram muita destruição. No fim dos protestos, tiros de arma de fogo foram disparados, mas a polícia ainda tenta identificar os autores.


O Estado de S. Paulo
"Aécio diz que tem "melhores condições’ de derrotar PT"

PSDB tenta retomar liderança da oposição e não quer dividir palanque com Campos e Ma…

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

O ataque ao PCC

O Estado de S.Paulo
Agora que a investigação do Ministério Público Estadual (MPE) escancarou o tamanho e o poder verdadeiros do Primeiro Comando da Capital (PCC) - ambos muito maiores do que deixavam entender as avaliações otimistas do governo -, é preciso iniciar o quanto antes um ataque sem trégua a essa organização criminosa, que representa um desafio intolerável à autoridade do Estado. Não se está com essa afirmação exagerando a gravidade da situação.

Prova disso é que, como se não bastasse a enorme lista de crimes cometidos por eles dentro e fora dos presídios, os bandidos ainda tiveram a audácia de planejar a morte do governador Geraldo Alckmin. É o que prova uma conversa telefônica entre líderes do PCC, em 11 de agosto de 2011: "Você sabe de tudo o que aconteceu, cara, na época em que 'nóis' decretou ele". Decretar é a gíria para executar. Quem chega a esse ponto, depois de criar "tribunais" e "leis" próprios, não conhece mais …

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Quarta-feira, 16 / 10 / 2013

O Globo
"Dia dos professores: STF suspende corte de ponto e tenta conciliação"

Protesto pacífico de profissionais da educação é de novo tomado por vândalos

Atos violentos dos black blocs no entorno da Cinelândia tiveram até carro da PM incendiado, e pelo menos 45 baderneiros foram detidos. Em SP, 56 foram levados para delegacias após quebra-quebra na região central. No Dia dos Professores, a categoria fez manifestação pacífica nas ruas do Centro do Rio, tomadas depois por vândalos, que voltaram a depredar prédios públicos e privados. Um carro da PM foi queimado e um ônibus da corporação, depredado. À noite, o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, suspendeu a decisão judicial que permitia o corte do ponto dos professores estaduais grevistas. Fux convocou o governador Sérgio Cabral e o prefeito Eduardo Paes para audiência de conciliação com sindicalistas no próximo dia 22. A decisão do STF beneficia professores da rede estadual, que entraram …

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Saúde sem educação

Charles Mady* - O Estado de S.Paulo
Muito tem sido dito, escrito e discutido sobre o problema da saúde em nosso país. Opiniões e ideias das mais variadas origens levaram o assunto a longas discussões, algumas procedentes e outras, nem tanto, muitas vezes beirando um amadorismo intelectual perigoso para a formação de opinião de nossa sociedade. É muito fácil colocar preconceitos na mente de um povo necessitado de certos tipos de providências. Portanto, discussões com as mais variadas fontes devem ser divulgadas pela imprensa, na tentativa de informar, e não querer formar opiniões.

Devemos partir do princípio de que não se conseguirá resolver problemas nesse campo em curto espaço de tempo. A situação tornou-se muito grave pelo descaso, ao longo de décadas, de nossas autoridades, que assumiram e assumem atitudes pontuais e eleitoreiras, que simplesmente servem para demonstrar ao público que algo estaria sendo feito no momento. Não há planos racionais a longo prazo, talvez…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Terça-feira, 15 / 10 / 2013

O Globo
"Ex-ministra fala em retrocesso e presidente diz que cumpre metas"

Em resposta à petista, que cobrou dos adversários conhecimento sobre o país, Aécio diz que ela não sabe dos problemas de Minas

A presidente Dilma Rousseff e a ex-senadora Marina Silva subiram o tom das críticas ontem Em Minas, Dilma aconselhou adversários a estudar para conhecer os problemas do Brasil. Em Recife, terra do aliado Eduardo Campos, Marina reagiu: “Deu conselho de professora." Marina poupou FH e Lula, voltou a criticar a economia e disse que a marca do governo Dilma é o retrocesso. A presidente rebateu defendendo a política econômica de seu governo.


O Estado de S. Paulo
"Barbosa não descarta ser candidato após aposentadoria"

Presidente do STF avalia se afastar antes da idade-limite e diz que terá tempo para ‘refletir’ sobre o tema.

O presidente do STF, Joaquim Barbosa, disse que pensa em se aposentar antes do limite legal de 70 anos e não descartou a pos…

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Telefonia cara e deficiente

O Estado de S.Paulo
O número de linhas telefônicas portáteis multiplicou-se assustadoramente nos últimos 15 anos, mas o usuário está pagando por isso um preço cada vez mais alto, e que já se tornou o maior do mundo - em troca de serviços cada vez menos satisfatórios. A União Internacional de Telecomunicações constatou que a tarifa de celular no Brasil é a maior num grupo de 157 países.

O preço por minuto em horário de pico para chamadas entre celulares da mesma operadora chega a US$ 0,71 no Brasil, o que equivale a 70 vezes a tarifa paga pelo usuário da Índia, ou 35 vezes o que se paga em Bangladesh, Egito, Ucrânia, Nepal e Hong Kong. Para chamadas entre operadoras diferentes, a tarifa no Brasil alcança US$ 0,74 por minuto. No Brasil, as operadoras internacionais chegam a cobrar cinco vezes mais do que cobram nos seus países de origem.

Embora ruim para elas, porém, a informação de que seus serviços são excessivamente caros não é tão desastrosa quanto foi a susp…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Segunda-feira, 14 / 10 / 2013

O Globo
"Tragédia sobre duas rodas: Acidentes de motos com crianças no Rio disparam"

Número de colisões e quedas subiu 59% para 121 casos em um ano

ONG propõe mudança no Código Nacional de Trânsito para elevar de 7 para 11 anos idade mínima para quem vai na garupa. De janeiro a setembro deste ano, o número de acidentes de motos no Rio com menores envolvidos aumentou 59%, se comparado com o mesmo período de 2012, passando de 76 para 121, revelam estatísticas do Corpo de Bombeiros. O uso de motocicletas no transporte dos filhos tem sido uma opção cada vez mais comum entre pais que querem evitar atrasos provocados pelos congestionamentos. Na tentativa de frear a evolução do total de crianças vítimas de acidentes de moto, a Associação dos Motociclistas do Estado do Rio de Janeiro está propondo mudança no Código de Trânsito para que a idade mínima de quem vai na garupa passe de 7 para 11 anos. 


O Estado de S. Paulo
"EUA não têm acordo sobre dívida a 4…

Ninja

Imagem
Acesse aqui o "Blog do Ninja"

Opinião

Classe média sem fôlego

O Estado de S.Paulo
Pesquisas recentes atestam a dificuldade cada vez maior que os brasileiros estão enfrentando para pagar suas contas em dia. Fortemente estimulada nos últimos anos a consumir, graças a uma expansão inédita do crédito, a festejada classe média agora está atolada em dívidas - e isso deve minar a estratégia do governo para o crescimento da economia.

A situação claudicante do Brasil e de seus consumidores foi tema de reportagem de primeira página no Wall Street Journal e do principal editorial do New York Times, ambos no dia 9/10. Nos dois casos, destacou-se a fragilidade das bases que sustentaram a expansão da economia até aqui e se enfatizou a necessidade urgente de profundas reformas e de investimentos em infraestrutura, em produtividade e em educação, em vez de continuar insistindo no estímulo ao crédito.

O Wall Street Journal, em texto intitulado A conta chega para a classe média do Brasil, cita pesquisa da Fitch Ratings segundo a qual o endivid…

U.V.

Imagem

Manchetes do dia

Domingo, 13 / 10 / 2013

O Globo
"PSDB melhorou serviços e PT reduziu desigualdade"

Série histórica da Pnad mostra pontos fortes de governos tucano e petista

Foram comparados cerca de 130 indicadores. Apesar dos avanços, especialistas alertam para o desafio de buscar qualidade. No momento em que a campanha de 2014 invade 2013, a análise dos dados dos últimos 20 anos permite comparar ganhos e perdas do Brasil. O governo Fernando Henrique (PSDB), assim como o de Itamar Franco, se destacou em expansão de serviços como iluminação e telefonia, redução do analfabetismo e acesso à educação. As gestões petistas do ex-presidente Lula e da presidente Dilma reduziram mais a desigualdade, aumentaram a renda e geraram mais empregos. É o que relata Paulo Celso Pereira a partir da análise da série histórica da Pnad, do IBGE.


O Estado de S. Paulo
"Secretário vai pedir escutas do PCC para punir policiais"

Fernando Grella quer ter acesso a dados que mostram cotidiano de achaques

O secretário…