Caso Isabella

Polícia apura se Isabella deixou bebê cair antes do crime

Segundo investigações policiais, menina pode ter sido espancada pela madrasta após deixar irmão cair

da Redação - estadao.com.br
SÃO PAULO - A polícia de São Paulo investiga se Isabella Nardoni teria sido agredida pela madrasta Anna Carolina Jatobá, momentos antes do crime. A menina de 5 anos teria deixado, por um descuido, o irmão mais novo, Kauã, que completou 1 ano na quinta-feira, 17, escapar de seus braços e cair no chão. O que teria levado a madrasta a ter uma reação furiosa. Isabella, segundo depoimento de sua família, adorava segurar o irmãozinho.
Segundo a teoria da polícia, na noite de 29 de março, dia da morte de Isabella, ao chegar ao apartamento, ainda no corredor de entrada, teria ocorrido o acidente. A madrasta teria se enfurecido ao ver o filho cair. Gritou palavrões, ouvidos por testemunhas. Neste momento teria começado uma discussão entre o casal. Os investigadores levam em consideração depoimento de uma testemunha que ouviu a menina gritando por socorro: "Papai, papai, papai, pára, pára." O silêncio veio em seguida. Nesse instante, segundo a suspeita da polícia, Isabella teria sido espancada e asfixiada.

Leia mais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Manchetes do dia

Opinião