Opinião

“Mentiras e Ocultações"

Corsino Aliste Mezquita
Políticos mentem. Faz muito tempo que o fazem. Os políticos locais estão se especializando, nessa prática, com absoluto descaro. As mentiras são absurdas e fazem pensar que seus autores consideram otária a sociedade toda.
Toda mentira visa prejudicar alguém. Tratando-se de políticos, geralmente, pretendem ocultar da sociedade mazelas administrativas, trambiques, contratos superfaturados, vantagens ilegais conseguidas utilizando-se dos cargos públicos e do uso indevido da autoridade, em prejuízo da sociedade.
Mentiras, por tradição, tem pernas curtas e, “sendo o tempo senhor da verdade”, aos poucos vão aparecendo suas teias e engrenagens. As revelações, da verdade, costumam vir ao público por algum áulico cúmplice de plantão.
Já as ocultações, sendo um tipo de mentira ou sonegação da verdade a quem tem direito de conhece-la, com o propósito de enganar, iludir, fraudar, trapacear acabam vindo à luz do dia curiosamente. Às vezes de forma intempestiva e inesperada. Outras com a violência de uma explosão de suborno de posto de gasolina. Aplica-se o provérbio: “Nada do que é feito às ocultas deixará de ser revelado”.
Estão surgindo provas disso. Denúncia publicada revela que, vereador, fanático defensor do Executivo, teve sua casa e a da irmã dele reformadas, sem custos, por sub-empreiteiro da Prefeitura. A notícia já era pública faz algum tempo. Faltava ser publicada. Vai ser tomada alguma providência?. Provavelmente nada. Para sete vereadores está tudo bom, tudo ótimo!.
A voz do povo espalha que as obras da Piscina Municipal foram empreitadas para filho de vereador. Não tem placa de obra indicando preço, prazo, empresa contratada, etc... como a lei determina. Será para ocultar mais essa ilegalidade?. Estará sendo praticada uma ilegalidade (não colocar a placa) para ocultar mais uma falcatrua? (prática do nepotismo também nos contratos).Aos cidadãos conscientes não faltam motivos para desconfiar e exigir. Para sete vereadores está tudo bom, tudo ótimo!.
As obras de reforma do Estádio Francisco Matarazzo Sobrinho (Ciccílo) e a construção da pista de atletismo, no Perequê-Açu, também não possuem placa de obra e estão, supostamente, irregularmente contratadas. É obra, supostamente, orçada em mais de R$ 400.000,00 (quatrocentos mil reais) e deveria ser realizada uma concorrência de tomada de preços. Não se conhece essa concorrência. Para sete vereadores está tudo bom, tudo ótimo!
Deve ser por isso que o amigo MANOLO disse: “A Câmara tem uma maioria claudicante, adesista, desfibrada e esquecida de seus deveres de fiscalizar, questionar e processar os desvios do Executivo”. Desconheço as razões de MANOLO para essa afirmativa. Não a confirmo, nem a nego. Foi MANOLO quem disse.
Ubatuba 12-06-07


PARA REFLETIR:
“Uma sociedade de ovelhas costuma dar lugar a um Estado de lobos”

(José Manuel Moreira - Professor da Universidade de Aveiro – Portugal)

ENTENDA ESTE POEMINHA
Em louvor a nossos representantes no Planalto.
PARECEM INCAPAZES
MAS COMO SÃO RAPAZES
ESSES NOSSOS RAPAZES.

(MILLÖR Fernandez. VEJA. Edição 2011. pg 50)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Manchetes do dia

Opinião