Pensata

Guerra no ar

Eliane Cantanhêde na Folha Online:
O Palácio do Planalto, o Ministério da Defesa e a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) achavam que estavam salvando a Varig e a pátria ao bolarem o plano de autorizar a venda da VarigLog pela tal Volo do Brasil, abrindo caminho para que as duas empresas juntas se habilitassem a comprar a Varig operacional (o que resta de bom da grande empresa). Mas, em vez de salvar alguma coisa, podem ter se metido numa zona de grande turbulência.A decisão de aprovar que a Volo comprasse a VarigLog (transporte de carga) num dia e disputasse a compra do resto da Varig no outro foi a toque de caixa, questão de dias, apesar de o processo ter se arrastado desde o ano passado. Era tão complicado que durava meses. Virou tão fácil que, literalmente de um dia para outro (de 22 para 23 de junho), produziram-se os pareceres e aprovou-se a decisão na Anac.
Leia mais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Manchetes do dia

Opinião