Em tempo de campanha

Um texto interessante da colaboradora Claudia Paschoal que trabalhou na campanha do prefeito Sato e lembra algumas colocações do digníssimo alcaide. Leiam e comentem...

Política sim, politicagem não

Claudia Paschoal

É evidente que a construção democrática é tarefa de gerações, mas a organização da sociedade é tarefa atual e necessária para que os benefícios obtidos no tempo presente se consolidem no futuro.

A política é importante instrumento de desenvolvimento para o indivíduo, para a construção de uma sociedade justa, para a educação de um povo. Segundo o advogado Délcio Sato, podemos através da política adotar medidas que enobrecem uma comunidade,  basta colocarmos energia e coragem para desenvolvermos ações que beneficiam a todos.

Cada vez mais a política é deixada de lado e o que se assisti é a politicagem. Para mudar esse cenário que atinge a todos, deve-se cultivar na sociedade o conceito sobre o que é a verdadeira política.  Infelizmente, assistimos a um jogo de interesses, e a incapacidade de criação e construção do bem comum, isto é politicagem. Onde se explora pessoas e situações visando interesses pessoais. Como mudar esse jogo? Discutindo política.

Para Sato, é fundamental a aproximação com a comunidade, o estabelecimento de parcerias com os cidadãos e com políticos que partilham da mesma posição.  Minha parceria com  o Deputado Samuel Moreira, se deu com esse objetivo. Tive a honra de recebê-lo em Ubatuba no inicio desse ano, e ele ressaltou, para o público presente, a importância do tema. Mencionou o seu posicionamento favorável a reforma política e falou do papel dos políticos e da necessidade de se ter uma proximidade com a comunidade, uma identificação com a população, completou Sato.

A política pode transformar uma nação, uma cidade. É o exercício de um povo consciente de seus direitos, que sabe lutar pela melhoria das condições de vida, pela reorganização política dentro da realidade local, pela melhor aplicação dos recursos e qualidade dos serviços públicos. Um povo que sabe seus direitos, cobra dos governantes e não se vende por benefícios escusos.

Esse é o espírito que temos, o da transformação. Queremos o melhor para nossa cidade, queremos transformar Ubatuba em uma cidade que ofereça qualidade de vida para seus moradores. Estamos fazendo a nossa parte, buscando parcerias que contribuam para a realização desse sonho”, afirmou Sato.

Devemos combater a politicagem que envenena uma sociedade. Jamais teremos uma equidade social se formos complacentes com ações politiqueiras. Precisamos tomar as rédeas da política para a construção de uma cidade justa para todos. E é com esse objetivo que venho atuando junto a comunidade, como na realização do I Fórum de Políticas Públicas que coordenei em 2011,  que  promoveu um debate  público que mobilizou os munícipes , e contou com a participação de representantes do Governo Estadual, identificou-se projetos e estratégias que podiam corroborar na construção de uma cidade mais justa.

A discussão de políticas públicas  é um processo que vai da formulação a avaliação dos resultados, e a nossa proposta é que as alternativas sejam apresentadas pela comunidade, que deve  participar ativamente do processo. E ainda, da adoção de um mecanismo que viabilize a participação de todos de forma democrática para refletir  os interesses da maioria da população, afirma Sato.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Manchetes do dia

Opinião