Postagens

Mostrando postagens de Março 13, 2005

Galinha também é cultura

O recorde de tempo de vôo de uma galinha é de 13 segundos, minha tia voou mais quando caiu do avião ao errar a porta do lavatório. Titia voou 128 segundos, segundo vovô que é matemático. Morreu de desaceleração súbita, quer dizer, deu uma senhora porrada no chão. As fezes produzidas por uma galinha durante toda a sua vida podem alimentar uma lâmpada de 100 watt durante 5 horas. Há perto de 450 milhões de galinhas só nos Estados Unidos, contando somente as de penas, de outros tipos também há muitas, apenas não foram contadas. Para finalizar saiba que há mais galinhas do que pessoas no mundo e alectorofobia significa medo de galinhas. É isso.

Sidney Borges

Museu reaberto

O público já pode freqüentar o Museu Histórico Washington de Oliveira, localizado na antiga cadeia de Ubatuba. A solenidade de reabertura aconteceu ontem, com pouco público e uma chuvinha intermitente que estragou o melhor da festa; a banda que tocava ao ar livre. Lamentamos pelos companheiros da Fundart que tanto se empenharam para que tudo desse certo e viram a festa acabar cedo. No entanto, valeu o esforço, o museu está bonito e vai cumprir com êxito a função de divulgar a cultura local.

Sidney Borges

CARAPUÇA

Ronaldo Dias
Não sou dono da verdade, muito menos pretendo ser juiz, para julgar quem quer que seja. Assim, na condição de cronista, quando escrevo sobre determinado assunto, não tenho a intenção da ofensa pessoal, em qualquer uma de suas formas, muito menos a gratuita, a quem quer quem seja, independentemente de sua cor, raça ou credo. Uma crônica é simplesmente uma crônica. Só. O que não posso impedir são algumas identificações pessoais, com, ou nos fatos relatados. Aí, é o “mea culpa”. Não há quem possa evitar. Quem quiser ser julgado, que se apresente, como réu confesso, ao juiz. Na linguagem popular, diz-se vestir a carapuça. Aos “vestidos”, se assim se entenderem, quero esclarecer que não me curvo e não me intimido com ameaças. Questão de têmpera.

Notícias da Prefeitura

Casarão do Porto sofre degradação por falta de recursos

“Trata-se de um edifício interessantíssimo, tanto do ponto de vista histórico, como arquitetônico, de caráter apalaçado. É tradição que seu traço e cantaria vieram trazidos do Portugal.”
Mário de Andrade

Atual sede da Fundart, o Sobradão do Porto é uma das únicas arquiteturas históricas que ainda resistem ao tempo em Ubatuba, mas está se degradando a cada dia por conta da falta de recursos para restaurá-lo. A Fundação acumula uma dívida com o INSS, o que impede a captação de recursos junto aos governos estadual, federal e fundações.
O edifício sofre de goteiras múltiplas, instalações elétricas precárias e madeiramento deteriorado. O terceiro andar já foi desativado por conta do risco de desabamento. Quando chove, os eventos no auditório não podem ser realizados porque a água cai em grande volume dentro do espaço. O presidente da Fundart, Martiniano Viana diz que é lamentável o estado de conservação do prédio. “Nós herdamos a Fundart …

Severino, um retirante às avessas

Pedro Paulo Teixeira Pinto– Professor*
Severino, que é Cavalcanti entre tantas outras “coisas” nossas de cada dia, pernambucano de João Alfredo (115 km de Recife), foi fortemente festejado pela vitória para a presidência da Câmara dos Deputados, ao som do hino de seu estado natal e escoltado com todas as honras por guerreiros do maracatu, no aeroporto de Recife, na sexta-feira, 4 de março, como informou a Folha.
Representante do chamado “baixo-clero” político, que ao lado do “alto-clero”, também não confiável, dizem bem o que são, ao insistir em levar nossas instituições políticas, costumeiramente, à produção de fatos nada exemplares, Severino tem se parecido a um macaco em loja de cristais.
Ao contrário dos “Severinos” de João Cabral de Melo Neto, que em “Morte e Vida Severina” seguem em longo percurso o desenho do Rio Capibaribe, para chegar em Recife e tentar poder “morrer de velhice”, em sonho acalentado (e não de fome e de outras mortes do sertão pernambucano), Severino, o Cavalcant…

Editorial

Divulgando Ubatuba

A Secretaria de Turismo vai fazer promoções para atrair turistas na baixa estação. Durante os meses de abril, maio e junho, Ubatuba não apresenta congestionamentos, quase não chove, os dias são ensolarados e as praias praticamente exclusivas. Sem falar nas noites estreladas que proporcionam aquela sensação de bem-estar indescritível. Tudo pela metade do preço! Poderia estar escrito nos folhetos que serão distribuídos. Com a foto de uma praia. Foto difícil de escolher, são tantas e tão bonitas! Um pequeno detalhe. Não adianta espalhar folhetos em Taubaté e adjacências, seria chover no molhado, desperdiçar dinheiro. Também não adianta divulgar Ubatuba apenas na TV Vanguarda, outra redundância. Existe vida além do Vale do Paraíba! Há lugares com gente que não sabe que Ubatuba existe e com dinheiro para gastar! Que tal pensar nisso! Enquanto os turistas vinham majoritariamente de São Paulo, a cidade conheceu o esplendor, todos ganharam dinheiro. Um dia mudou o perfil eco…

Mudança no secretariado

Sidney Giraud deixou a secretaria de Arquitetura e Urbanismo. Em reunião com o prefeito Eduardo César, ocorrida ontem, Sidney colocou o cargo à disposição e Eduardo aceitou. Na noite anterior o ex-secretário esteve reunido com um grupo de estudantes alemães de urbanismo que têm uma proposta para a Ilha dos Pescadores.

Sidney Borges

RAPOSAS EM PELE DE CORDEIROS

Ronaldo Dias
O controle do número de ônibus de “turismo de um dia” é necessário devido as limitantes das infraestruturas de acesso ( rodovias) viárias ( locais) além de local apropriado para receber e oferecer a este público o mínimo de serviço receptivo, para atender suas necessidades (dimensionamento do terminal, sanitários, banhos, segurança etc). O número, adequado a nossa infraestrutura é de 40 ônibus. Fiquei sabendo que alguns espertalhões imaginem, há muito tempo, passaram a comprar grandes quantidades (30, 50,100) de senhas de acesso para ônibus por R$ 30,00 da COMTUR (como se fossem proprietários de hotéis) e revendiam, tais senhas (com a maior cada de pau do mundo) (para quantos ônibus aparecessem interessados), por R$ 300,00. Isto feito direcionavam, cinicamente (estes ônibus) para (seus) estacionamentos clandestinos (onde ofereciam aos passageiros, entre outras coisas, maiôs e biquínis encalhados em suas lojinhas, por preços, bem baratinhos). Empresários!!! Os espertalhões …

Notícias da Prefeitura

Setur irá promover “Ubatuba na baixa temporada”

Campanha específica busca atrair turistas nos próximos meses

A Secretaria Municipal de Turismo está elaborando uma campanha institucional junto à Associação Comercial, Associação de Pousadas e Hotéis e Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes para atrair turistas para Ubatuba nos próximos meses, considerados baixa temporada. A secretaria elaborou um plano de mídia para televisão e jornais que será veiculado na região de Campinas e Vale do Paraíba, onde mostrará preços promocionais em vários segmentos do comércio da cidade. Os comerciais serão veiculados todas as quartas, quintas e sextas-feiras de abril.
Segundo Luiz Felipe Azevedo, secretário de Turismo, Ubatuba sofre muito com a sazonalidade do turismo. “Estaremos promovendo a primeira campanha municipal de baixa temporada. Em abril e maio as condições climáticas são boas, a cidade não está lotada e os turistas devem aproveitar os descontos em todos os setores”, diz.

Temporada

O secret…

FEBEM EM UBATUBA

Rui Alves Grilo- Professor
“Não me convidaram pra esta festa pobre
que os homens armaram pra lhe convencer
a pagar sem ver toda essa droga
que já vem malhada
antes de eu nascer.
Brasil, mostra a tua cara...” (Cazuza)

Você quer que uma FEBEM seja instalada em Ubatuba? Acredito que não.
No entanto não existe grupo que exista sem regras. Para a sobrevivência do grupo ou sociedade, aquele que transgride as regras está sujeito à punição.
Por outro lado, não existe transformação sem a contestação. Geralmente aquele que contesta o padrão vigente paga um alto preço e é preciso ser muito forte para resistir às pressões do meio social. Todo o progresso originado dessa atitude, geralmente só muito mais tarde é valorizado e reconhecido. Como exemplo podemos citar Jesus Cristo, Zumbi, Chiquinha Gonzaga. Martin Luther King, Mandela...
A adolescência é um período de formação e de afirmação da personalidade. Para isso, o jovem questiona tudo, experimenta tudo para ver quais são os limites e possibilidades. …

Forbes

A revista Forbes colocou Fidel Castro entre os mais ricos do mundo. Besteira da grossa. Fidel não é rico, Fidel é rei. Rei de Cuba. Como todos os reis o “Comandante” goza de privilégios. Sabemos ser quase impossível encontrar reis pobres, eventualmente acontece de um rei momo perder o emprego e ir para a bancarrota. No caso o neopobre não é rei, sim ex-rei, o que é totalmente diferente. Conheci um que ficou diabético, emagreceu e foi despedido. Agora tem uma barraquinha onde vende esfihas e luta bravamente para recuperar a majestade. Em tempo, o nome da barraca é o rei da esfiha. Fidel está velhinho, dia desses bate as botas e vai ser o maior salseiro em Cuba. Uma saída seria empalhar o comandante e contratar um ventríloquo. Loquaz, tem que ser um ventríloquo loquaz, capaz de fazer discursos de seis horas! Sem esvaziar a praça! Continuaria tudo como está, com direito a bloqueio, gusanos em Miami, turistas tomando daiquiris no Floridita, sorvetes na Copélia e visitando a Finca Vigia pa…

"Conhecer é preciso"

Corsino Aliste Mezquita Professor*
Mesmo sem ser convidado compareci a reunião comunicada à página 10 do jornal "A Cidade" de 12-03-05, com a finalidade de escolher os professores municipais representantes do Conselho Municipal de Educação. O comunicado foi publicado no dia 12-03-05 (sábado) convidando para uma reunião a ser realizada às 11:00 H do dia 14-03-05 (segunda feira). Compareci na qualidade de professor aposentado da Prefeitura Municipal de Ubatuba.
Manifestei meu desapontamento com o processo, o curto espaço de tempo entre o comunicado e a reunião e a falta de representatividade dos 27 (vinte e sete) professores presentes (comigo vinte e oito) num contexto de mais de 600(seiscentos) com direito a votar e serem votados. Como pode observar-se não estava presente um representante de cada escola. Só algumas estavam representadas e os presentes não tinham recebido credenciais para representar os colegas. Os aposentados que, também são professores e tem direito a votar …

Notícias da Prefeitura

Destinação do lixo no Litoral Norte ganha força política e grupo de estudo

Documento assinado ontem durante workshop estabeleceu parceria entre prefeituras, câmaras, órgãos estaduais e comunidade para encontrar solução para o lixo doméstico das quatro cidades

Representantes dos órgãos ambientais estaduais, Secretaria Estadual do Meio Ambiente, Cetesb, Prefeitos, presidentes das Câmaras Municipais e os secretários municipais de Meio Ambiente dos quatro municípios do Litoral Norte assinaram, na tarde de ontem, uma carta compromisso com o objetivo de encontrar uma solução definitiva para o problema do lixo na região. A assinatura do documento foi a etapa final do workshop Resíduos Sólidos Soluções para o Litoral Norte realizado ontem, dia 15, no Teatro Municipal, em São Sebastião.
A necessidade em encontrar uma solução conjunta para coletar, tratar e dispor o lixo urbano foi a tônica dos discursos dos prefeitos e dos presidentes das Câmaras Municipais. Eduardo César, prefeito de Ubatuba, l…

Ubatuba e o avião à álcool

A primeira vez em que voei um longo trajeto de cabeça para baixo foi em Itu. O meu saudoso amigo Lamartine Navarro Junior, artífice do Proálcool, usineiro e entusiasta de aviação, trouxe para o Brasil um professor universitário americano que estava desenvolvendo pesquisas para o uso do álcool como combustível aeronáutico. Acabei me lembrando do fato porque hoje a Embraer anunciou a venda do milésimo Ipanema, avião agrícola sobejamente conhecido. Acontece que o combustível do número mil é o álcool e poucos sabem como tudo começou. É obvio que as pesquisas para o uso desse combustível não começaram com a vinda de Max Schauke (seria essa a grafia correta?) e sua fogosa mulher italiana, a turma do CTA estava atenta, acontece que havia pouca divulgação e nós não ficávamos sabendo. Max fazia álcool de restos de chocolate e com ele abastecia seu Bellanca Decathlon que vez por outra tossia e dava um susto no passageiro. Ele estava acostumado. Não era incomum o motor parar, fazendo com que o a…

Editorial

Quando a Globo lançou a minissérie “Um só coração”, o “Correio do Litoral” me contratou para escrever uma série de reportagens. Seriam páginas semanais, a idéia era acompanhar o tempo da televisão dando ênfase à passagem de Ciccillo Matarazzo pela prefeitura de Ubatuba. Foi feito, teve boa repercussão e acredito contribuiu para que a cidade refletisse sobre a figura de Ciccillo. Ele trouxe a modernidade, a civilização, depois nada aconteceu, exceto um contínuo e aparentemente interminável retrocesso. A política cega pós Ciccillo só cuidou de inundar a cidade com retirantes do Vale do Jequitinhonha enquanto promovia um crescimento desordenado e caótico, fruto de mediocridade. Um oceano dela! Entre os que aqui aportaram na corte do mecenas estava Lia de Barros, de quem muito ouvi falar, mas não tive a oportunidade de conhecer. Meus amigos diziam que eu tinha a obrigação de entrevistá-la, lembravam de sua beleza, do entusiasmo com que abraçou a causa do turismo ubatubense e dos colares h…

Março de 1985

20 anos...
"Eleitos podem mandar ao lixo seus compromissos com o eleitorado. Presidentes podem governar por decretos idênticos aos da ditadura, bastando batizá-los de medidas provisórias. Impostos, juros, obstáculos ao crescimento, desconsideração total do Orçamento aprovado pelo Congresso, apropriação progressiva de verbas que caberiam aos Estados federados -tudo pode ser feito à revelia da sociedade, contra a sociedade, e é como se nada de anormal houvesse.
Não é exatamente uma democracia que se está construindo desde um 15 de março muito diferente de hoje. Aquele era um dia feito de esperanças. Não de conformismo."

Janio de Freitas
Fonte: Folha de São Paulo

Notícias da Prefeitura

Museu Histórico Washington de Oliveira será reinaugurado nesta sexta-feira

Rodas de engenho de açúcar, objetos de Ciccilo Matarazzo e Seu Filhinho, utensílios indígenas e muito mais...

O Museu Histórico Washington de Oliveira, localizado na antiga cadeia de Ubatuba, será reinaugurado sexta-feira, dia 18, às 19h, com coquetel e apresentação da Banda Lira Padre Anchieta. A iniciativa da Fundart traz de volta fragmentos da história de Ubatuba, representados por objetos arqueológicos, peças do tempo dos engenhos de açúcar e dos escravos, quadros e pertences de personalidades que marcaram época.

Objetos que contam histórias

Entre as peças mais curiosas, tem um crânio humano pré-histórico, encontrado em Ubatuba; utensílios indígenas feitos de ossos e vestígios arqueológicos encontrados nas regiões do Itaguá e Tenório. O museu mostra também os ciclos econômicos, através de objetos de grandes fazendeiros, peças de alambiques e prensas de mandioca.
Entre as personalidades homenageadas no museu, fig…

Editorial

Sobre urbanismo e urbanidade

Na semana passada fui convidado para assistir uma apresentação de estudantes de urbanismo. Na ocasião foi apresentada uma proposta para a Ilha dos Pescadores. Os rapazes que palestraram são alemães, estudam em Hamburgo, estão acostumados a encarar os problemas urbanos com uma óptica diferente do descaso que há por aqui. Na Europa qualquer ação modificadora tem grande impacto, conciliar o novo com o existente, muitas vezes construções milenares, não é tarefa simples. Em Paris aconteceu um rompimento quando Renzo Pianno venceu o concurso para a construção do Centro de Artes Jorge Pompidou, mundialmente conhecido como Beauborg. O contraste com o entorno é evidente, para não dizer chocante, na época diziam que o prédio parecia uma refinaria de petróleo. Pode até parecer, mas o conjunto que se apresenta aos olhos é harmonioso, enquanto produz a sensação de espanto que é prerrogativa da arte. Eu disse espanto, não terror, como acontece com as obras de nossa cidad…
Imagem
Uma foto dá apenas a noção da realidade, impossível traduzir a sensação de escala. Entretanto é possível imaginar a dificuldade de conciliar uma construção tão contemporânea como essa e a Catedral de Notre Dame.
Imagem
Não sei bem o porquê, mas imagino que o senador José Sarney tinha essa aparência quando criança. Ao vê-lo no Roda Viva a sensação se intensificou. S.B.

Jóias do "pensamento" de Severino

O Presidente da Câmara e filósofo, deputado Severino Cavalcanti, disse que “meter o cacete em deputados” é ruim. Concordo. Ontem ele fez outra declaração esclarecedora quando afirmou que a Câmara "não é supositório". Será? O presidente Lula já havia confundido a "Casa das Leis" com almoxarifado de obra quando falou em trezentos picaretas. Nordestinos gostam de frases de efeito!

Sidney Borges

A propósito do lixo...

Prezado Roberto Russo.

Com respeito à sua carta sobre 'coleta de lixo seletivo', quero me solidarizar com seu protesto.
Aqui no seu vizinho Felix, há mais de mês, peço coleta de lixo orgânico - cascas de coco -, e nada.
A Prefeitura, em seu 'departamento competente' (???), promete buscar e nada.
Com a presente, já dou notícia da omissão pela quarta vez, aqui no Litoral Virtual.
Outra omissão, objeto de reclamação na Vigilância Sanitária (123/2005), sobre derrame ou infiltração de fossa na desembocadura do rio do Felix, não mereceu qualquer providência de que eu tenha tomado conhecimento e olha que estou, diariamente, na praia.
É vazamento visível, que se constitui de três manchas de areia negra e nauseabunda, que exala odor de fossa.
Logo aqui no Felix, ainda cartão de visitas de Ubatuba, mercê de trabalho que desenvolvemos, particularmente, há mais de 20 anos, via da Associação dos Amigos da Praia do Felix.
Dizem que no período que medeia entre 90 e 180 dias do início de qual…

Educação Ambiental no Colégio Dominique

Dominique Com.Vida
Neste sábado, 19 de março, das 13h às 17h, à rua das Orquídeas, 210, no Jardim Carolina, haverá a apresentação do Projeto de Educação Ambiental do Colégio Dominique. A comunidade está convidada para prestigiar o levantamento realizado pelos alunos dos problemas ambientais de Ubatuba; acompanhar apresentações artísticas, registros fotográficos, gincanas de conscientização e palestras com especialistas que irão abordar os temas: Água e esgotos na cidade; Situação dos rios; Lixo e reciclagem; Manipulação de alimentos não industrializados; Alimentação saudável; Espécies em extinção; Crescimento urbano e preservação de florestas; Saneamento básico e doenças; Funcionamento de ONGs e Ecoturismo. Para participar basta levar um reciclável (latinha, pet, etc.). O Dominique Com.Vida faz parte do projeto pedagógico da escola e traz o lema Educação Ambiental e Solidariedade formando cidadãos. Vale conferir.
Fonte: Colégio Dominique
Imagem
Os secretários de turismo Luiz Felipe de Azevedo e Marco Antônio Castello Branco (Estadual) reunidos com o prefeito de Ubatuba Eduardo César.

Notícias da Prefeitura

Prefeitos do Litoral Norte discutem regionalização do turismo


O prefeito de Ubatuba, Eduardo César e o secretário de turismo, Luiz Felipe de Azevedo participaram na última sexta-feira, de um encontro com o Secretário Estadual de Turismo, Marco Antônio Castello Branco para discutir a criação do Circuito Turístico Costa Verde. Além de Ubatuba, estavam presentes os prefeitos de Caraguá, São Sebastião e Ilha Bela e seus respectivos secretários de turismo. Segundo o secretário estadual, o turismo não será mais tratado a nível de município e sim por região. De acordo com ele, os investimentos, tanto do governo estadual como do federal, irão priorizar as regiões que se organizarem e oferecerem roteiros e calendário de eventos em conjunto.
Durante a reunião ficou definido que as quatro cidades irão estudar um roteiro turístico para ser comercializado por agências de viagem em feiras promocionais do setor. A primeira delas será em abril, em São Paulo, e irá reunir agências de todo Brasil. Em jun…
Imagem
arquivo

Voando em grande estilo

Super Constellation, a forma eficiente e elegante de voar em 1955

As viagens duravam o dobro do tempo de hoje, havia escalas e em certas rotas muita turbulência. O serviço de bordo e o charme aventuresco compensavam. Era preciso, entretanto, ter uma boa conta bancária para cruzar os céus a bordo de um desses aviões. Voar era caro.

Sidney Borges

O passo do elefantinho...

Imagem
arquivo

São enormes, desajeitados e simpáticos, gigantes em extinção

A cena dispensa comentários, fica faltando a trilha sonora de Henry Mancini, do memorável filme Hatari. Elefantes vivem muito, têm boa memória e muita massa, fardo difícil de carregar. Viveriam melhor na Lua onde a gravidade é apenas uma sexta parte da terrestre. Será que há elefantes na Lua, além de dragões e santos? Bobagem, a Lua é feita de queijo.

Sidney Borges

Editorial

Tampando buracos
A necessidade da informação é um fato. Alguns políticos no ostracismo, não estariam lá se tivessem prestado atenção na imagem que projetavam. Cercados de “yes men”, não viram a vaca indo para o brejo. Estão mortos politicamente. Embora exista a ilusão da volta, “no voltarán” como disse “La Passionária, na verdade a frase foi “no passarán”, fiz uma livre interpretação em portunhol corintiano. Ontem estive na casa de amigos para um jantar informal. Conversa vai conversa vem fui argüido sobre as ações do novo governo. A mesa era composta por pessoas de bom nível sócio-econômico e cultural, porém logo alguém disse que estava tudo igual ao que sempre foi e nada iria mudar, num determinismo niilista do qual discordei. Falei da Câmara, sempre lotada, em contraste com o que acontecia nesta mesma época há quatro anos. Em algumas sessões apenas três pessoas acompanhavam os trabalhos, denotando apatia e desinteresse, dizia-se que em Ubatuba só nas vésperas da eleição o povo pensa…

Notícias da Prefeitura

Ubatuba se prepara para a Soccer do Brasil Cup 2005

Evento deve reunir jovens de vários países

Os organizadores da Soccer do Brasil Cup estiveram reunidos com o prefeito Eduardo César e apresentaram a proposta para a realização do evento deste ano em Ubatuba. Realizada há dois anos na cidade, a competição teve a participação, no ano passado, de nove equipes do exterior, com destaque para os representativos de UNAM e Pato Baeza do México, alem de diversas equipes brasileiras, totalizando 38 participantes.
O Diretor da Soccer do Brasil, Andrés Córdoba, diz que a edição deste ano tem tudo para ser um sucesso. “A edição 2005 já conta com o compromisso de participação de equipes do Chile, Peru, Espanha, México, Costa Rica, Argentina e Portugal. Um completo trabalho de divulgação do torneio, em mais de 50 países, está sendo realizado com o propósito de garantir a presença de um número cada vez maior de equipes estrangeiras”, afirmou Córdoba.
O torneio conta com 6 categorias e terá a participaç…

César Lattes

Imagine duas bolinhas imantadas se repelindo. Todos nós quando crianças brincamos com ímãs, é uma experiência vivenciada pela maioria. Nos núcleos dos átomos há muitas bolinhas – Prótons - que em outra situação se afastariam, são como ímãs se repelindo. Alguma “coisa” as força a ficar unidas. É uma linguagem simples para falar da “força forte”, que impede que a repulsão eletrostática desmonte os átomos. Além de Prótons e Nêutrons há outras partículas no núcleo, uma delas deu notoriedade a um brasileiro que tangenciou o Prêmio Nobel de Física. César Lattes, que morreu no dia 9, é dele a descoberta do “Méson Pi” ou “Píon”, em 1947, partícula que parece ter papel relevante na estabilidade do núcleo atômico. Há quem diga que a produção científica brasileira é de pouca importância, o que não é verdade. Começamos a pensar de forma organizada em ciências há menos de 100 anos, em 1936 para ser preciso, com a criação da USP. Aprendi a gostar de Física com o Paulus Pompéia, que trabalhou com Cé…

Liderança é Liderança!

Flavio Medici Ribeiro*
Há muitos e muitos anos, viveu um homem do mar, conhecido como "O Capitão".
Ele era muito valente e jamais teve medo diante de qualquer inimigo.
Certa vez, navegando pelos sete mares, um dos vigias da embarcação viu que se aproximava um barco pirata. "O capitão" gritou:
- Tragam a minha camisa vermelha!
E vestindo-a, ordenou aos seus homens:
- Ataquem! Ataquem e vençam estes malditos piratas!
E assim foi feito, e derrotaram os piratas. Alguns dias mais tarde, o vigia viu dois barcos piratas. "O Capitão" pediu novamente sua camisa vermelha e a vitória voltou a ser sua. Nesta mesma noite, seus homens
perguntaram porque ele sempre pedia a camisa vermelha, antes de entrar na batalha, e "O Capitão" respondeu:
- Se eu for ferido em combate, a camisa vermelha não deixará que meus homens vejam meu sangue, e assim, todos continuarão lutando sem medo.
Todos os homens, diante daquela declaração, ficaram em silêncio,maravilhados com a coragem d…

Notícias da Prefeitura

Secretaria de Obras executa serviços em várias ruas do município

Diversas ruas da cidade receberam, nos últimos dias, melhorias por parte da Secretaria Municipal de Obras. No Perequê-Açu foram concluídas obras que há muito eram reivindicadas pela população. A rua Rio de Janeiro, por exemplo, recebeu pavimentação asfáltica em toda a sua extensão e a avenida São Paulo, que ficou em condições precárias após as chuvas do início do ano, foi totalmente nivelada e recebeu serviços de ajardinamento em seu canteiro central.
No Jardim Anchieta, na Praia Grande, as ruas Borba Gato e Anhanguera tiveram levantamento de caixas de areia, obras executadas em parceria com a comunidade. Na região central, a prefeitura acionou a Sabesp para solucionar problemas de infiltração na rua Cel. Ernesto de Oliveira e Avenida Liberdade, que provocavam afundamento do asfalto. A empresa atendeu de imediato e conteve os vazamentos, possibilitando o reparo nos locais. PMU



Atletas de Ubatuba disputarão Estadual de Jiu …