Editorial

Oposição aguerrida

O papel da oposição, de qualquer oposição, é derrubar o governo. Qualquer governo. Preteridos nas urnas os oposicionistas não podem se conformar. É fundamental desacreditar o vencedor, mostrar que o povo errou. Na próxima eleição tudo será diferente. Esse é o espírito. Sem uma oposição atuante não existe democracia. Opositores aguerridos obrigam os donos do poder a andar na linha. Em Ubatuba também deveria ser assim. Entretanto, Ubatuba é peculiar, nesta terra de belezas mil as leis de Newton são relativas e a relatividade costuma ser questionada. Senão como explicar o comportamento do vereador Jairo dos Santos? Quando ele faz oposição está cumprindo o papel que se espera de políticos derrotados. Derrotados? Aqui existe alguma coisa errada. Jairo não foi derrotado. Venceu, foi eleito vereador pela coligação que ganhou as eleições. Guindado à presidência da Câmara, em pleito tumultuado, contou com a ajuda do prefeito aliado. Aliado? Aliado do PT. E Jairo não é do PT? E o PT não é governo? Essas perguntas pairam nas cabeças ubatubenses, mas tudo indica que a dicotomia existencial é considerada normal pelos dirigentes do partido da estrela vermelha. Romper um acordo político é grave. Vai dificultar alianças futuras. Como confiar em um aliado que não respeita as regras do jogo? Existe na cidade uma associação criada por Jairo e presidida por um de seus assessores. “Associação de Defesa do Povo Caiçara”. Na última semana essa entidade entrou com outro pedido de afastamento do prefeito, alegando improbidade administrativa. Mais um lance da guerra contra Eduardo César, aberta e declarada. No final da semana passada um jornal da cidade publicou uma matéria atacando este escriba por ter feito uma entrevista com o Dr. Ricardo Cortes e defendendo a posição da CPI que incriminava o prefeito. Trazia a chancela de Jairo dos Santos, do PT. Em outra matéria, publicada na mesma edição, o presidente do partido reafirmava a condição de aliado do governo. Em qual cadeira o PT está sentado? Situação ou oposição? Se for situação, como explicar as ações de Jairo, o maior opositor de Ubatuba? O partido precisa decidir logo, antes da próxima eleição. Quanto ao vereador Jairo dos Santos, não há dúvida. Ele quer derrubar Eduardo César a qualquer preço e parece disposto a arcar com as conseqüências políticas decorrentes. Decisão é decisão e deve ser respeitada.

Sidney Borges

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Manchetes do dia

Opinião