quarta-feira, setembro 07, 2016

Manchetes do dia

Quarta-feira 7 / 09 / 2016

O Globo
"Cassação de Cunha já tem 231 votos favoráveis"

Só 3 deputados ouvidos pelo GLOBO admitem absolver o acusado

Réu na Lava-Jato e processado por mentir sobre contas na Suíça, o peemedebista do Rio está sob pressão devido à sessão marcada para a próxima segunda-feira

Enquete feita pelo GLOBO mostra que o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, réu na Lava-Jato, terá grande dificuldade para preservar o mandato de deputado. No levantamento, 231 parlamentares anunciaram voto pela cassação de Cunha na sessão marcada para a próxima segunda-feira, apenas 26 a menos do que o necessário (257). Outros 243 não responderam ou disseram que não falarão antes. Apenas três aliados do peemedebista revelaram voto contra a cassação. Cunha responde por quebra de decoro por negar a posse de contas na Suíça. Perguntados também se irão à sessão, 34 admitiram que poderão se ausentar, o que equivale a voto pró-Cunha.                   
 
O Estado de S.Paulo
"Temer vai enviar reforma da Previdência antes da eleição"

Decisão foi tomada após pressão do PSDB para sinalizar apoio ao ajuste; votação do reajuste do STF está mantida

O Palácio do Planalto vai enviar a proposta de reforma da Previdência ao Congresso antes das eleições municipais, mesmo após pressão da base aliada. A decisão do presidente Michel Temer atende a reivindicação do PSDB, que quer sinalizações do governo com o compromisso de ajuste fiscal. A votação do projeto que reajusta o salário dos ministros do STF, porém, foi mantida para amanhã. “Queremos sinalizar a preocupação que temos em pôr as contas públicas em ordem e dar rumo à bagunça que herdamos do governo deposto e afastado”, disse o ministro Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo). O presidente do PSDB, Aécio Neves, viu na iniciativa o cumprimento do que Temer vinha prometendo. Aécio e o governador Geraldo Alckmin (SP) criticaram anteontem a possibilidade de o governo adiar a discussão da proposta em razão do possível impacto nas eleições municipais.    

Folha de S. Paulo
"Investigação mira fundos de pensão do setor elétrico"

Para PF e Procuradoria, esquema pode ter atuado na construção de Belo Monte

Procuradores que conduzem as apurações sobre perdas em investimentos dos maiores fundos de pensão do país planejam investigar também negócios das entidades no setor elétrico. Um dos alvos é a usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará. A Petros, dos funcionários da Petrobras, e a Funcef, da Caixa Econômica, têm fatias de 10% na concessionária Norte Energia, consórcio formado também por empresas estatais e privadas e fundos de investimentos. Preso na primeira fase da Operação Greenfield, o ex-diretor-presidente da Funcef Guilherme Narciso de Lacerda é descrito pelos investigadores como um dos principais responsáveis pelo esquema criminoso que atingiu o patrimônio da Funcef. São alvos também as ligações dele com políticos que controlavam os fundos. A defesa de Lacerda afirmou que analisará os autos antes de se manifestar. Procurada, a Funcef não quis se pronunciar. 
 

Nenhum comentário:

 
Free counter and web stats