sexta-feira, setembro 30, 2016

Manchetes do dia

Sexta-feira 30 / 09 / 2016

O Globo
"Candidatos oferecem até wi-fi em troca de votos"

TRE flagra distribuição de remédio contra impotência para eleitores

Benefícios quase sempre são acompanhados de material de propaganda eleitoral; prática, se comprovada, pode configurar crime de abuso de poder econômico e levar à cassação da candidatura

A velha prática de clientelismo, simbolizada em eleições passadas pelos centros sociais, assumiu novas formas nesta campanha. Nas últimas semanas, em busca de votos, candidatos a vereador do Estado do Rio distribuíram sinal de wi-fi, pizzas e até remédios contra impotência, revela VERA ARAÚJO. Na maioria dos casos, a benesse foi acompanhada de material de propaganda, na tentativa de induzir o voto do eleitor. Fiscais do TRE flagraram recentemente em Jacarepaguá caixas de pizza com o nome do candidato a vereador Mário do Conselho (PRTB). Mas o tribunal reconhece a dificuldade de coibir a prática, que pode configurar crime de abuso do poder econômico e levar à cassação da candidatura.

O Estado de S.Paulo
"Governo de SP faz blitz contra os cem maiores devedores"

Força-tarefa mira em R$ 51 bilhões hoje em discussão com grandes grupos

Em meio à queda da arrecadação tributária, o governo de São Paulo montou uma força-tarefa para tentar acelerar a cobrança de R$ 51 bilhões hoje em discussão com os cem maiores devedores do Estado. Liderado pela Procuradoria- Geral, o grupo reúne equipes da Polícia Civil, da Fazenda e do Ministério Público e foi montado no início do ano. Suas estratégias incluem do cruzamento de informações para investigar fraudes e crimes tributários à eliminação de brechas legais. Também passam por ações preventivas, como a verificação de casos em que o pagamento de imposto acaba sendo postergado. Segundo o procurador- geral do Estado, Elival da Silva Ramos, processos contra determinado conglomerado econômico serão agrupados e avaliados por uma só equipe. “Deixamos de atuar por processo e passamos a atuar por devedor.”       

Folha de S. Paulo
"Empatados, Marta e Haddad se atacam em debate decisivo"

Poupado por adversários, João Doria, líder das pesquisas, alia-se a Russomanno para criticar ‘indústria da multa’

De olho em vaga no segundo turno, os candidatos à Prefeitura de São Paulo Marta Suplicy (PMDB) e Fernando Haddad (PT) promoveram o principal confronto do debate da Globo na noite nesta quinta (29) — o último antes da eleição, no domingo (2). Os dois estão em terceiro lugar, segundo pesquisa Datafolha divulgada na terça (27), com 15% e 11% das intenções de voto, respectivamente. O petista e a peemedebista, ex-PT, disputam fatia parecida do eleitorado. Haddad criticou a proposta de Marta de retomar a inspeção veicular. Para o prefeito, a iniciativa seria um mau uso de verbas públicas. “Não sei quem te botou isso na cabeça, se foi o [ex-prefeito] Kassab”, disse o petista. Em resposta, ela disse que a inspeção não será obrigatória. “As pessoas que forem vão tomar a cidade menos poluente. Quem não quer, não vai e pronto.” A peemedebista e outros concorrentes fizeram dobradinhas para atacar o petista. João Doria (PSDB), que lidera com 30% das intenções de voto, elogiou os CEUs, bandeira de Marta. Aliou-se ainda a Celso Russomanno (PRB), em segundo com 22%, para criticar o que chamaram de “indústria da multa”. O tucano foi pouco criticado. Uma das exceções, Luiza Erundina (PSOL), em quinto lugar com 5%, reprovou Doria pelo uso de dinheiro público em convênios com suas empresas. Ele disse ter visão administrativa “moderna, atual”.  
 

Nenhum comentário:

 
Free counter and web stats