sexta-feira, setembro 16, 2016

Coluna do Celsinho

A pé

Celso de Almeida Jr.

Assisti a reação do ex-presidente Lula aos argumentos dos coordenadores da operação Lava Jato.

Peguei um compacto, claro, pois encarar uma hora de discurso do Lula seria overdose provocada.

Não estranhei o comportamento, afinal, sou um dos muitos cidadãos na faixa dos 50 anos que conhece a trajetória deste político astuto.

Foi, porém, espetáculo triste.

Destaco sua frase:

"Provem uma corrupção minha e eu irei a pé para ser preso."

Possivelmente, nasceu do inconsciente, já que a pé e apê tem certa semelhança.

É claro que soou estranho, na manifestação anterior dos promotores, o foco maior no apartamento do Guarujá.

Esperava que a Operação Lava Jato, a esta altura, já apresentasse uma coleção impactante de provas.

Talvez, esteja a caminho.

Devemos aguardar.

O fato é que testemunhamos o fim de uma era.

Será difícil para Lula e sua militância convencer o país de que são vítimas de uma perseguição cruel.

Tudo passará.

Ficará o aprendizado de que confiar cegamente em discursos sedutores é prova de ingenuidade, inocência ou má fé.

Visite: www.letrasdocelso.blogspot.com

Nenhum comentário:

 
Free counter and web stats