domingo, agosto 28, 2016

Manchetes do dia

Domingo 28 / 08 / 2016

O Globo
"Privatização na era Temer"

Governo planeja terceirizar gestão de presídios, creches e hospitais

Programa de concessões deverá ser anunciado assim que o presidente voltar da China, onde participará da reunião do G-20

Após assumir em definitivo a Presidência, caso se confirme o impeachment de Dilma Rousseff, Michel Temer pretende lançar um amplo programa de concessões que incluiria serviços essenciais como hospitais, creches e presídios, informam SIMONE IGLESIAS e JÚNIA GAMA. A medida deverá ser anunciada após a volta da viagem que ele pretende fazer à China, em setembro, para a reunião do G-20. Ontem, em depoimento de oito horas, o ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa disse que as “pedaladas” e decretos de Dilma não violaram a lei.                
 
O Estado de S.Paulo
"Temer fará mudanças em programas sociais do PT"

Plano é lançar nova política de reforma agrária e mexer em bandeiras como Bolsa Família e Minha Casa

Passado o julgamento do impeachment de Dilma Rousseff, Michel Temer prepara ofensiva na área social, com mudanças em programas petistas, retomada da reforma agrária e iniciativas de impacto eleitoral. O objetivo é desconstruir o discurso de que a gestão peemedebista representa retrocesso em políticas públicas e se aproximar das camadas mais pobres, que apoiaram as gestões Dilma e Lula. A proposta é “repaginar” cinco bandeiras do PT – Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Ciência sem Fronteiras, Pronatec e Transposição do São Francisco – e lançar dois projetos – um para crianças de até 3 anos e outro de reforma de casas populares. Na nova política de reforma agrária, o plano é dar aos beneficiados o título da propriedade e reduzir a ação de movimentos como o MST.  

Folha de S. Paulo
"Ranking inédito revela que só 24% das cidades são eficientes"

Levantamento da Folha e do Datafolha indica municípios que mais entregam serviços gastando menos

Ferramenta lançada pela Folha em conjunto com o Datafolha neste ano de eleições municipais mostra quais prefeituras entregam mais serviços básicos à população usando menor volume de recursos financeiros. O Ranking de Eficiência de Municípios - Folha leva em conta indicadores de saúde, educação e saneamento para calcular a eficiência da gestão e apresenta dados de 5.281 municípios, ou 95% do total de 5.569 do Brasil. Numa escala de 0 a 1, só 24% das cidades ultrapassam 0,50 e, por isso, podem ser consideradas eficientes. No topo está Cachoeira da Prata (MG), com 3.727 habitantes e heranças deixadas pelo passado industrial forte. Na rabeira estão cidades do Norte, Centro-Oeste e RS. O ranking revela que nas 5% menos eficientes, com índice de até 0,30, o funcionalismo cresceu 67% entre 2004 e 2014, em média. A população aumentou 12% no período. Em crise, os municípios espelham alguns dos principais desafios do país, como o crescimento do gasto público, a dependência de verbas federais, a perda da dinâmica da indústria e a ascensão do agronegócio. 
 

Nenhum comentário:

 
Free counter and web stats