sábado, agosto 27, 2016

Manchetes do dia

Sábado 27 / 08 / 2016

O Globo
"PF indicia Lula por tríplex"

Para Lava-Jato, ex-presidente e mulher foram beneficiados por R$ 2,4 milhões

Imóvel em Guarujá foi reformado pela OAS para a família do petista, que classifica relatório como ‘peça de ficção’

Em meio ao julgamento final do impeachment, que pode pôr fim à era PT no governo, o ex-presidente Lula e a mulher dele, Marisa Letícia, foram indiciados pela primeira vez na Lava- Jato sob suspeita de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no inquérito que investiga o tríplex de Guarujá, em São Paulo. Para a PF, o apartamento foi reservado para Lula e sua família, como mostrou O GLOBO em 2014, e as benfeitorias feitas pela empreiteira OAS custaram R$ 2,4 milhões, entre reformas e armazenamento do acervo presidencial. O relatório da investigação segue agora para o Ministério Público, que decidirá se denuncia ou não o casal ao juiz Sérgio Moro. Lula, que ontem se reuniu com Dilma Rousseff, deve estar ao lado da presidente afastada na segunda-feira, quando ela fará sua defesa no Senado. O petista, indiciado também por falsidade ideológica, disse que nunca foi dono do tríplex e que a acusação é “peça de ficção”. Também foram indiciados Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS; Paulo Gordilho, diretor da empresa; e Paulo Okamoto, presidente do Instituto Lula.               
 
O Estado de S.Paulo
"Lula e Marisa são indiciados por corrupção em caso de triplex"

Investigadores dizem que casal se beneficiou de R$ 2,4 milhões da OAS em reforma de apartamento no Guarujá e armazenamento de bens

A Polícia Federal indiciou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica no inquérito que investiga triplex no Guarujá. A ex-primeira- dama Marisa Letícia, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, o ex-presidente da OAS José Aldemário Pinheiro, o Léo Pinheiro, e um engenheiro da empreiteira também foram indiciados. A conclusão do delegado Márcio Adriano Anselmo é de que Lula e Marisa foram beneficiários “de vantagens ilícitas, por parte da OAS, em valores que alcançaram R$ 2,4 milhões, referentes a obras de reforma no apartamento 164-A do Edifício Solaris, bem como no custeio de armazenamento de bens do casal”. O triplex foi construído pela Bancoop e adquirido pela OAS. A empresa acusada de corrupção na Petrobrás também fez benfeitorias no imóvel, que, para investigadores, seria de Lula.  

Folha de S. Paulo
"Lula, Alckmin e Temer tiram mais votos em SP que atraem"

Apoio de caciques a candidatos surtiria efeito contrário, diz pesquisa Datafolha

A vinculação de candidatos com o ex- presidente Lula (PT), o presidente interino, Michel Temer (PMDB), e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), traz mais prejuízos do que vantagens na disputa pela Prefeitura de São Paulo. Segundo pesquisa Datafolha, o petista é o mais rejeitado entre eleitores: 73% disseram que não votariam “de jeito nenhum” no candidato apoiado pelo ex-presidente. A associação com Michel Temer afasta o voto de 65% do eleitorado paulistano. E 51% não escolheriam nas urnas o nome endossado por Geraldo Alckmin. A corrida eleitoral é liderada pelo apresentador e deputado Celso Russomanno (PRB), com 31% das preferências. Ele não é apoiado por caciques políticos nacionais. Correligionária de Temer, a senadora Marta Suplicy está em segundo, com 16%. O prefeito Fernando Haddad (PT), apoiado por Lula, tem 8% — em empate técnico com João Doria (PSDB), com 5%, aliado de Alckmin. Realizada nos dias 23 e 24 de agosto, a pesquisa tem margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos.
 

Nenhum comentário:

 
Free counter and web stats