terça-feira, julho 19, 2016

Manchetes do dia

Terça-feira 19 / 07 / 2016

O Globo
"Odebrecht recupera dados com provas de propina"

Entrega de documentos à Lava-Jato deve garantir acordo de delação

Ministério Público Federal exigiu recuperação dos arquivos, que têm cópias num servidor reserva na Suíça, para concluir a negociação de colaboração com a maior empreiteira do país

Encarregada de recuperar seus arquivos digitais que provam o pagamento de propina a políticos e autoridades, a Odebrecht informou ao Ministério Público Federal que esse processo será concluído em breve, o que deve garantir o acordo de delação premiada de executivos da empreiteira presos, inclusive Marcelo Odebrecht, informa JAILTON DE CARVALHO. A recuperação de documentos contábeis do chamado “Departamento da Propina” da empresa, que se acreditava terem sido apagados, mas que estão copiados num servidor reserva na Suíça, é uma das exigências dos procuradores para fechar o acordo. A expectativa da Lava-Jato é que este seja o mais devastador acordo de delação feito nos dois anos de operação.   

Folha de S.Paulo
"Metade dos brasileiros é contra os Jogos do Rio"

Rejeição à Olimpíada-2016 dobra em relação a 2013, diz pesquisa Datafolha

Cinquenta por cento dos brasileiros são contrários aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que começam no dia 5 de agosto, aponta pesquisa Datafolha. A porcentagem é o dobro da verificada no levantamento anterior, de junho de 2013. A rejeição ao maior evento esportivo do mundo, que é realizado a cada quatro anos, cresce entre a população do Sul e do Sudeste, os mais escolarizados e os com renda familiar mensal entre cinco e dez salários mínimos (R$ 4.400 a R$ 8.800). Para 63%, a Olimpíada, cujo orçamento já passa de R$ 39 bilhões, trará mais prejuízo que benefício aos brasileiros. Também para a maioria, a segurança e o transporte nos 17 dias de evento serão mais motivo de vergonha que de orgulho. Na pesquisa, feita nos dias 14 e 15, 40% se disseram favoráveis à Olimpíada —há três anos, eram 64%. Moradores do Norte e do Nordeste e jovens são os que mais dão apoio. Metade dos brasileiros afirma não ter interesse pelos Jogos.      
 
O Estado de S.Paulo
"Caixa passará a financiar imóveis de até R$ 3 milhões"

Banco sobe para 80% parcela que pode ser financiada pelo Sistema Financeiro; medidas valem a partir de segunda

A Caixa Econômica Federal vai facilitar o financiamento de imóveis pela classe média alta. Entre as medidas que valerão a partir de segunda-feira está o aumento do valor máximo a ser financiado, de R$ 1,5 milhão para R$ 3 milhões. Para unidades de mais de R$ 750 mil, o banco subiu de 70% para 80% a parcela que pode ser financiada por meio do Sistema Financeiro Imobiliário. No caso de imóveis usados, a cota a ser financiada aumentou de 60% para 70%. Também será possível transferir à Caixa uma parcela maior, de 50% para 70%, de empréstimos tomados em outros bancos. Por trás da iniciativa, está a corrida para não perder mercado. Hoje, a instituição responde por duas de cada três operações de crédito imobiliário no País, mas a liberação de financiamentos ficou abaixo da expectativa no primeiro semestre. Para especialistas, as mudanças são positivas, apesar do cenário adverso.              
           

Nenhum comentário:

 
Free counter and web stats